Juiz Dredd veio do século XXII para fazer anúncios da Sega nos anos 90!

Sonymaster

Jogador de Videogame das décadas 1980/1990.
Registrado
Durante os anos 90 foi lançada no Reino Unido a publicação Judge Dredd: The Megazine, que tinha como destaque histórias do truculento vigilante do futuro Juiz Dredd, que a maioria das pessoas aqui no Brasil devem conhecer mais pelo filme com Sylvester Stallone ou pelo estrelado por Karl Urban.



Aproveitando o grande sucesso que o personagem fazia por lá, a Sega europeia teve uma brilhante ideia: fazer uma série de tiras de uma página do Juiz Dredd junto com os seus consoles Game Gear, Master System e Mega Drive, apelando para uma audiência mais velha e madura, que eram os leitores do herói.

É realmente interessante notar como conseguiram juntar dois universos tão diferentes de forma bem natural e divertida, com artes bem feitas que funcionam como mini-histórias de Dredd.






E como muitos fãs do Mega Drive devem se lembrar, o console (e outros sistemas) ganhou o seu próprio game do Juiz Dredd anos depois dessas propagandas, lançado originalmente em 1995 pela Probe e Acclaim, e baseado no filme do Stallone do mesmo ano.



Infelizmente como chegou ao mercado no final de vida do aparelho, o título não se tornou muito conhecido e apesar de não ser um game espetacular (tem uma jogabilidade bem complicada), ele tem os seus bons momentos como um jogo de ação e plataforma 2D.

Fonte: Tectoy
 

DunhaMaster

¯\_(ツ)_/¯
Registrado
Caramba, que nostalgia. Joguei demais esse jogo. Na época eu tinha alugado e adorei o jogo. Uns meses depois de alugar eu achei um cara que estava vendendo (há uns 15 anos isso, pqp hahaha) e comprei:



Eu queria tanto o jogo que eu nem liguei que não tinha caixinha, nem que o mocorongo tinha colado esse adesivo na fita (segundo ele, o adesivo combinava com o Dredd hahaha). Recentemente até comprei uma réplica da caixa do jogo:



Pra quem quiser um jogo muito bom e desafiador, recomendo.
 
Última edição:

Usuários que estão vendo esse Tópico (Users: 0, Guests: 1)

Topo