[TÓPICO DEDICADO] Dúvidas sobre aquisição de novas fontes

ScrooW

This Is the Way
Registrado
Olá pessoal, assim como fizemos em hardware geral, dúvidas sobre novas configurações e upgrades de peças, iriam ficar em um único tópico, sentimos a necessidade de criar um parecido aqui na área de energia para tentar organizar e deixar as dúvidas em um só local.




Atenção: Qualquer tópico que for criado depois desse aqui, será fechado e os usuários serão direcionados para esse, assim como já citei, queremos organizar essa área e a criação desses tópicos fragmenta as dúvidas.
 

ScrooW

This Is the Way
Registrado
Explicação sobre fontes por Eraldo Freitas (pode está desatualizado)​

Como andei vendo que muitos têm muitas duvidas em relação de qual fonte comprar, resolvi criar esse tópico para explicar melhor de como funciona uma fonte, e para juntar o maximo possível de informações sobre marcas e modelos de fontes. Claro vou começar colocando um pouco, mas com a ajuda de vc’s vamos ir juntando informações, testes experiências próprias sobre as fontes.

A Fonte


Uma fonte de alimentação é um aparelho ou dispositivo eletrônico que é constituído por 4 blocos de componentes elétricos que são: um transformador de força (que aumenta ou reduz a tensão), um circuito retificador, um filtro capacitivo e/ou indutivo e um regulador de tensão.
Uma fonte de alimentação é usada para transformar a energia elétrica sob a forma de corrente alternada (CA) da rede em uma energia elétrica de corrente contínua, mais adequada para alimentar cargas que precisem de energia CC (corrente contínua).
Numa fonte de alimentação do tipo linear, a tensão alternada da rede elétrica é aumentada ou reduzida por um transformador, retificada por diodos ou ponte de diodos retificadores para que somente os ciclos positivos ou os negativos possam ser usados, a seguir estes são filtrados para reduzir o ripple (ondulação) e finalmente regulados pelo circuito regulador de tensão.
Um outro tipo de fonte de alimentação é a chamada fonte chaveada, onde se alimenta com tensão CA uma etapa retificadora (de alta ou baixa tensão), filtra-se através de capacitores e a tensão resultante é "chaveada" ou comutada (transformada em tensão CA de alta freqüência) utilizando-se transistores de potência. Essa energia "chaveada" é passada por um transformador (para elevar ou reduzir a tensão) e finalmente retificada e filtrada. A regulação ocorre devido a um circuito de contrôle com realimentação que de acordo com a tensão de saída altera o ciclo de condução do sinal de chaveamento, ajustando a tensão de saída para um valor desejado e pré definido. A vantagem é que o rendimento de potência é maior e a perda por geração de calor bem menor do que nas fontes lineares. Além disso necessita de transformadores menores e mais leves. A desvantagem é a emissão de ruídos e radiação de alta freqüência devido à alta freqüência de chaveamento.

ATX.

ATX12V: Conector principal de 20 pinos, além de um conector secundário de 4 pinos e um conector terciário de 8 pinos, utilizado por processadores Pentium 4, Athlon MP e Athlon 64.

EPS12V: Conector principal de 24 pinos, além de conectores secundário e terciário de 8 pinos, utilizados por processadores Xeon e Opteron.
ATX12V 2.0: Conector principal de 24 pinos, além de um conector secundário de 4 pinos, utilizado por processadores Pentium 4/D/ Core 2 Duo e Athlon 64/FX

ATX12V v2.x: Esta nova versão da fonte ATX12V mudou o conector de alimentação da placa-mãe de 20 para 24 pinos. Ela também removeu o conector auxiliar de seis pinos, já que não era mais usado, e ratificou o uso do conector de alimentação Serial ATA. Algumas placas-mãe ATX12V v2.x, no entanto, permitem que você use fontes de alimentação de 20 pinos, ou seja, fontes de alimentação ATX12V v1.x. Fontes de alimentação ATX12V v2.x podem ser usadas em placas-mãe ATX12V v1.x através do uso de um adaptador. O tamanho das fontes de alimentação ATX12V v2.x é o mesmo das fontes ATX originais e elas continuam tendo um conector de alimentação extra de quatro pinos de 12 V introduzido nas fontes ATX12V v1.x.

Estabilidade

Uma boa fonte de alimentação tem de garantir voltagens estáveis em suas saídas independente de imperfeições ou sobrecargas oriundas da rede elétrica ou das variações de consumo do próprio computador. Para que um computador funcione corretamente e de forma segura é necessário que as tensões de saída da fonte de alimentação estejam estáveis mesmo que haja uma sobretensão na rede elétrica comercial. Alguns dispositivos do micro, em especial o processador, são extremamente sensíveis a variações de tensão. Variações bruscas nas tensões da fonte podem fazer com que o computador trave ou podem até mesmo resultar na queima de algum periférico do micro. O computador pode tolerar certa variação de tensão sem que haja problemas a seus componentes. A tabela abaixo mostra as tensões de saída da fonte, bem como os valores máximos e mínimos tolerados pelo micro.


Tensão de Saída Tolerância Mínimo Máximo
+5VDC ±5% +4,75V +5,25V
+12VDC ±5% +11,40V +12,60V
-5VDC ±10% -4,5V -5,5V
-12VDC ±10% -10,8V -13,2V
+3,3VDC ±5% +3,14V +3,47V
+5V SB ±5% +4,75V +5,25V

Tensão contínua e alternada.



A Figura a cima mostra a diferença entre uma fonte de tensão contínua e uma alternada. Na fonte de tensão contínua (CC), a corrente trafega sempre no mesmo sentido. O valor da tensão é constante, e se ligarmos um circuito de características constantes, como lâmpadas e resistores, a corrente também será constante. Existem dois terminais, o positivo e o negativo. Na fonte de corrente alternada (CA), a corrente trafega, ora em um sentido, ora em outro sentido. A fonte CA empurra e puxa a corrente, indefinidamente.

A rede elétrica usada no Brasil opera com 60 ciclos por segundo, ou seja, empurra a corrente, depois puxa a corrente, e repete este ciclo 60 vezes a cada segundo. Dizemos que a tensão da rede é 60 Hz. Em alguns países, sobretudo na Europa, a rede opera com 50 Hz. O gráfico da tensão alternada tem a forma de uma senóide porque a geração é feita por eixos rotativos, existentes nos geradores das usinas de energia. Uma vantagem da tensão alternada é que pode ser facilmente convertida em valores mais altos ou mais baixos, através de transformadores, coisa que não pode ser feita tão facilmente com a corrente contínua.
Uma fonte de alimentação recebe corrente alternada a partir da rede elétrica, com freqüência de 60 Hz e voltagem que pode ser de 110 ou 220 volts. Inicialmente esta tensão é reduzida para um valor menor, através de um transformador. Temos então corrente alternada, mas com um valor menor. A seguir é feita uma retificação, que consiste em fazer a corrente trafegar sempre no mesmo sentido. O próximo passo é a filtragem, e finalmente a regulação. A figura 3 mostra as etapas da geração de tensão contínua em uma fonte.
Potência

Fontes de alimentação são classificadas e comercializadas com base na potência máxima que podem ter em suas saídas, medida em watts. Potência é a capacidade de transformação da energia elétrica em outro tipo de energia, normalmente energia térmica, energia mecânica, energia química, etc. Em geral, quanto maior for a potência de uma fonte de alimentação, mais placas e periféricos podem ser instalados no computador.

Mas o que realmente vem a ser a potência de uma fonte? O que significa os “300W” de uma fonte de alimentação?
Como comentamos anteriormente, as fontes de alimentação são comercializadas de acordo com a potência máxima produzida por suas voltagens. Uma fonte de alimentação de 300W significa que a fonte pode fornecer ao micro uma potência máxima, também chamada de potência nominal, de 300W. A potência máxima de uma fonte de alimentação pode ser facilmente calculada multiplicando a tensão pela corrente de cada uma das suas saídas e somando os resultados. Por exemplo, na tabela abaixo calculamos a potência máxima produzida por uma fonte de alimentação AT de 300W. Note que a potência produzida por uma tensão negativa é somada ao total, e não subtraída.

Como podemos ver a potência total produzida pela fonte de alimentação AT é um pouco maior do que os 300W que ela foi rotulada.
Tensão de Saída Corrente Elétrica Potência Máxima
+12V 12A 12 * 12 = 144W
+5V 30A 5 * 30 = 150W
-5V 0,3A 5 * 0,3 = 1,5W
-12V 1A 12 * 1 = 12W

Potência Total da Fonte 144 + 150 + 1,5 + 12 = 307,5W

O cálculo da potência máxima de uma fonte de alimentação ATX é um pouco diferente devido ao conceito de potência combinada. As fontes de alimentação ATX combinam as tensões de +3,3V e +5V e fornecem um novo valor de potência que é a potência combinada. Isso significa que o valor a ser considerado na hora de calcular a potência máxima de uma fonte de alimentação é o valor da potência máxima combinada e não os valores das potências individuais fornecidas por essas duas voltagens.
Abaixo compilamos os valores das tensões, e suas respectivas potências, de uma fonte de alimentação ATX 300W. Como podemos observar na tabela abaixo, o valor da potência combinada é de 150W (+3,3/+5V). Para calcular a potência máxima de uma fonte de alimentação ATX somamos o valor da potência de +12V, a potência combinada (+3,3V/5V), a potência de -5V, a potência de -12V, e a potência de +5V Standby. O resultado será a quantidade de potência máxima que a fonte consegue fornecer ao micro.

Tensão de Saída Corrente Elétrica Potência Máxima
+12V 8A 12 * 8 = 96W
+5V 30A 5 * 30 = 150W
+3,3V 14A 3,3 * 14 = 46,2W
+3,3V/+5V 150W
-5V 0,5A 5 * 0,5 = 2,5W
-12V 0,5A 12 * 0,5 = 6W
Standby 1,5A 5 * 1,5 = 7,5W

Potência Total da Fonte 96 + 150 + 2,5 + 6 + 7,5 = 262W


Como podemos ver a fonte de alimentação que utilizamos em nossos cálculos é na verdade uma fonte de 262W e não de 300W, como está sendo anunciada. Infelizmente esse é tipo de prática comum entre alguns fabricantes de fontes que informam erroneamente o valor da potência máxima fornecida.


Eficiência

A eficiência de uma fonte de alimentação diz o porcentual da tensão alternada da rede que ela está efetivamente conseguindo converter em tensão contínua. Trata-se da diferença entre o consumo que está sendo fornecido em suas saídas e o quanto ela está efetivamente consumindo da rede elétrica.
Por exemplo, suponha uma fonte de alimentação que esteja fornecendo em um determinado momento em suas saídas 150 W, mas que esteja, neste mesmo instante de tempo, consumindo 200 W da rede elétrica. Temos que esta fonte tem uma eficiência de 75%. A diferença, os 50 W deste exemplo, é dissipada em forma de calor.
Isso significa que fontes com um índice de eficiência maior irão gerar menos calor no interior do gabinete do que fontes com um índice de eficiência inferior.
Como você pode ver, a fonte de alimentação pode ser um dos grandes causadores do aumento do calor interno no gabinete do micro. Fontes mais caras – isto é, com um maior índice de eficiência – tendem a gerar menos calor do que fontes mais baratas. Nestes tempos onde uma das maiores preocupações na hora de montar um micro é o superaquecimento, este dado deve ser levado em conta.


Como escolher a sua fonte. Por lfaller
Hoje, respondendo a um post aqui no fórum, notei a necessidade de colocar esse tópico para tentar fazer com que saia do pensamento do usuário típico de informática, que quer montar sua máquina, que fontes para PC são dimensionadas somente pela potência.

O processo de escolha da melhor fonte para seu PC pode ser tão simples quanto escolher uma pizza num cardápio.
Alguns passos são importantes para uma correta decisão. A seguir veremos alguns deles, os mais importantes.


1) As fontes para configurações atuais diferem na distribuição interna de potência, segundo suas diversas tensões, daquelas fontes para configurações antigas. Fontes antigas privilegiam a entrega de potência nas tensões de 3,3 e 5 Volts. Fontes modernas privilegiam a entrega de potência na tensão de 12 Volts. Desse modo uma fonte de 400 Watts para uma configuração antiga pode não ser tão adequada quanto uma fonte de 300 Watts, mas já preparada para alimentar uma configuração moderna. Uma outra informação importante é saber que o mercado oferece fontes adequadas às novas configurações, bem como fontes adequadas às antigas configurações. Essas fontes "a moda antiga" apesar de terem uma boa disponibilidade de fornecimento de potência, já sabemos, essa potência esta concentrada nas tensões baixas. Geralmente essas fontes são fabricadas/distribuídas por empresas idôneas, são de boa potência e preço atrativo. Dai deduzimos o óbvio. A potência total da fonte não é indicador para escolha da mesma.
Veja como exemplo as características de uma Tt W0019 Purepower 480W Butterfly, ótima fonte para configurações antigas.


2) Um segundo fator importante é o que chamo “nome fantasia” da fonte. Alguns fabricantes/distribuidores se valem do nome da fonte para levar um posicionamento mercadológico ou promessa de potência dessa fonte. Esse grupo gostaria de tratá-lo em dois subgrupos distintos. O primeiro deles representado pelas ditas genéricas, onde o nome da fonte nada tem a ver com a real potência disponibilizada pela mesma. Ai se encontra de tudo, desde coisas como Gamer 700W, numa fonte que é incapaz de suprir 200 Watts de potência, até promessas de 450 Watts, com um preço de mercado de R$ 35,00. O antídoto para ficar imune a esse grupo passa pelo conhecimento da história daquele fabricante/distribuidor no mercado, pela consulta a “reviews” e análises dessas fontes na Internet, pela consulta à fóruns de discussão, e pelo preço propriamente dito. Algumas vezes todos esses componentes do antídoto devem ser avaliados para que realmente fiquemos imunes a ameaça que esse grupo representa. Outro grupo não menos importante, constituído de fabricantes/distribuidores de peso, com nome respeitado no mercado e que, de diferentes modos classificam as suas fontes, no tocante a potência. É normal encontrar fontes de diferentes fabricantes, com potência efetiva similar para não dizer a mesma, e com “nomes fantasia” diferentes, envolvendo diferenças de 20% a 30% na potência declarada. Desse exposto fica fácil de deduzir que a potência declarada, quer no nome, quer na descrição de uma fonte, mesmo de fabricante confiável, não é um bom indicador para a escolha da melhor fonte para seu PC.

3) É necessário, portanto, o estabelecimento de um outro indicador que não a potência total da fonte para servir de elemento de comparação dessa fonte. Todas as fontes do mercado conseguirão, com folga, atender as demandas de seu PC nas tensões de 3,3 e 5 Volts. As CPU´s, as placas de vídeo e todos os demais periféricos tem tomado, de modo pesado, suas alimentações da tensão de 12 Volts. Desse modo é fácil entender que a capacidade de suprimento de energia na tensão de 12 Volts é o indicador mais favorável que temos hoje para a escolha de uma boa fonte para PC.

4) As fontes em geral atualmente possuem mais de uma saída para as tensões de 12 Volts, cada uma com uma capacidade limite para fornecimento de energia. Não é correto simplesmente somar as capacidades individuais de cada saída para tentar descobrir a corrente ou a potência total concentrada nessas saídas de 12 Volts. O correto é buscar a definição da capacidade de fornecimento de energia nas saídas de 12 Volts, no modo combinado, dita pelo fabricante.
Veja, como exemplo, essa Spire abaixo. Cada saída de 12 Volts é capaz de fornecer 20 Amperes, mas de modo combinado, as duas saídas fornecendo ao mesmo tempo, não é correto deduzirmos como sendo de 40 Amperes o provimento total, como se poderia imaginar e sim, veja lá o fabricante dizendo que a potência máxima das duas juntas é de 432 Watts. Ora, 432W/12V = 36 Amperes (essa é a única relação matemática de que necessitamos P=VxI, e ai no caso... P/V = I, que é derivada da relação). Veja que, se uma das saídas estiver fornecendo 20A, a outra somente poderá fornecer até 16 Amperes, por causa do limite da corrente ou potência combinada. Ex:




Alguns fabricantes declaram a potência combinada desse modo mostrado ai na fonte da Spire, na tabela de características da fonte, ou na etiqueta colada a essa fonte. Outros declaram lá nas especificações, de modo textual, como é o caso dessa ST-450P-AG. Veja a declaração textual do fabricante de que as saídas de +12V1 e +12V2 não deverão exceder os 300 Watts (25 Amperes).

5) Um outro elemento que poderá ajudar muito na comparação de fontes é a eficiência da mesma. É essa eficiência que nos diz o quanto de energia será desperdiçada por essa fonte para fornecer energia de modo adequado ao PC.
- Valores de eficiência na casa dos 60% são marginais e você deve fugir deles;
- Valores de eficiência na casa dos 70% já são mais adequados a atual tecnologia e, poderíamos dizer, aceitáveis, mas com restrição;
- Valores de eficiência na casa dos 80% são aqueles que devem balizar nossas escolhas pois resultarão em fontes com baixa emissão de calor, maior economia de energia e também baixo ruído. Veja que o rendimento não dá idéia alguma sobre a qualidade, a estabilidade de uma fonte. O rendimento define somente o desperdício de energia para cumprir a tarefa de bem alimentar o PC.


6) Existência de PFC. O PFC é uma modernidade, um novo arranjo do estágio de entrada de uma fonte. Sua tarefa é a de aliviar a rede elétrica e seus componentes, evitar geração de harmônicas, ruído elétrico e magnético. Prefira sempre PFC ativo. Como adicional dos sistemas de PFC ativo, a fonte ganha a liberdade de poder ser alimentada com qualquer tensão de entrada de 90 a 270 Volts, sem necessidade de chave de escolha de tensão de entrada. A fonte fica full-range. Imaginem que é completamente desnecessário, inútil e prejudicial a colocação de estabilizadores para esse tipo de fonte. Nenhum estabilizador de mercado tem um range da tensão de entrada tão grande, de trabalho, como o range desse tipo de fonte. A existência do PFC ativo na fonte de alimentação vale cada centavo eventualmente pago a mais por isso.
Para os interessados em aprofundar um pouco o seu conhecimento de PFC, tenho um tópico de minha autoria, em outro fórum, que oferece uma visão clara do assunto. Me permito indicar como leitura: http://www.forumpcs.com.br/viewtopic.php?t=203281


7) Poderíamos dizer que outros fatores tais como a proteção dos cabos, o cabeamento modular, conectores especiais, tipo e número de conectores, tipo de suspensão do fan, prazo de garantia e outras mil e uma características menos importantes podem sim ser invocadas na hora da escolha da fonte para seu PC, mas gostaria de finalizar com somente uma dica a mais que é a estimativa da potência que a sua configuração irá demandar. É muito normal em um fórum perguntas do tipo.. Qual a fonte para minha config? e mais normal ainda são respostas do tipo.. Recomendo uma XYZ com 850 Watts... Tenho visto que a enorme maioria dos PC´s que por ai rodam tem seus consumos de pico centrados em uma faixa de 150 a 250 Watts. Excepcionalmente alguns PC´s alcançam uma demanda superior a essa, até lá pelos 400 Watts, e raríssimas vezes superior a isso. Como então saber da demanda de seu PC para bem poder dimensionar a fonte? Segue o link para mais informações: http://www.adrenaline.com.br/forum/showthread.php?t=163208
O site www.extreme.outervision.com disponibiliza uma calculadora de demanda para seu PC baseada no tabelamento das CPU´s, placas de vídeo, e demais periféricos possíveis de estar em sua configuração. Quando você declara lá toda a sua configuração esse site performa a soma das potências necessárias para fazer aquela configuração operar a pleno. O uso do site, com um pouco de bom senso, ajudará a definir, de modo super conservador (irá definir com folga) a necessidade de energia para sua configuração. Tem um tópico aqui no fórum em que dei umas dicas do uso dessa calculadora...


8) Em sabendo a real demanda de pico de sua configuração, considero como uma boa prática, para o dimensionamento de fontes, que essa demanda de pico represente os 70% de capacidade de fornecimento de sua futura fonte. Essa preocupação fará com que, desde o trabalho em vazio até o trabalho com carga total, a sua configuração estará trabalhando com uma demanda de energia na faixa de 50 a 70% da capacidade de sua fonte. Veja abaixo um gráfico típico de eficiência de uma fonte..


Isso na enorme maioria das fontes representa a região de maior desempenho da mesma, resultando numa operação eficaz, com baixo consumo, baixa geração de calor e baixo ruído. Para buscar esse valor de potência ideal, uma vez sabido o valor da demanda total de sua configuração, retirada pelo item anterior, divida essa demanda total por 0,7. Essa será, em potência, o target de busca da fonte ideal para o seu PC. Claro que todas as outras condições já vistas deverão estar atendidas...


A correta definição de sua demanda, aliada às características essenciais a uma boa fonte, condicionada ao valor que se está disposto a pagar, determinam sempre a melhor escolha para uma fonte de PC.

Resumo dos pontos a conhecer:

1) A potência total da fonte não é indicador para escolha da mesma;

2) A potência declarada, quer no nome, quer na descrição de uma fonte, mesmo de fabricante confiável, não é um bom indicador para a escolha da melhor fonte para seu PC;

3) A capacidade de suprimento de energia na tensão de 12 Volts é o indicador mais favorável que temos hoje para a escolha de uma boa fonte para PC;

4) O correto é buscar a definição da capacidade de fornecimento de energia nas saídas de 12 Volts, no modo combinado, dita pelo fabricante.

5) Eficiência:
- Valores de eficiência na casa dos 60% são marginais e você deve fugir deles;
- Valores de eficiência na casa dos 70% já são mais adequados a atual tecnologia e, poderíamos dizer, aceitáveis, mas com restrição;
- Valores de eficiência na casa dos 80% são aqueles que devem balizar nossas escolhas pois resultarão em fontes com baixa emissão de calor, maior economia de energia e também baixo ruído;


6) A existência do PFC ativo na fonte de alimentação vale cada centavo eventualmente pago a mais por isso.

7) Como então saber da demanda total de seu PC para bem poder dimensionar a fonte?

8) Para buscar esse valor de potência ideal, uma vez sabido o valor da demanda total de sua configuração, retirada pelo item anterior, divida essa demanda total por 0,7
Vejamos alguns modelos de Fontes, com alguns reviews :yes:

Antec TruePower Trio 550W

Watts reais: 600w
Eficiência: <85%
Tensões:
+5V: 24A
+3.3V: 24A
+12v1: 18A
+12v2: 18A
+12v3: 18A
Review

Corsair CMPSU-520HX

Watts reais: 520W
Eficiência: 80~ 85%
Tensões:
+5V: 24A
+3.3V: 24A
+12V1: 18A
+12V2: 18A
+12V3: 18A.
Review

Corsair CMPSU620HX

Watts reais: 620W
Eficiência: 80~ 85%
Tensões:
+3.3V:24A
+5V:30A
+12V1:18A
+12V2:18A
+12V3:18A

Enermax EG565P-VE FMA

Watts reais: 535W
Eficiência: 80%
Tensões:
+5v: 32A
+3.3: 32A
+12V1: 18A
+12V2: 18A
Review

Enermax Liberty 620W

Watts reais: 620W
Eficiencia: 80%
Tensões:
+3.3V: 28A
+5V: 32A
+12V1: 22A
+12V2: 22A
Review

Enermax Noiseetaker II EG701AX-VE

Watts reais: 600W
Eficiência: 80%
Tensões:
+5V: 34A
+3.3V: 34A
+12V1: 22A
+12V2: 22ª
Review

Huntkey 450W Green Star

Watts reais: 450W
Eficiência: 85%
Tensão:
+5V: 35ª
+3.3V: 30A
+12V1: 15A
+12V2: 17A

HuntKey 550W Green Star

Watts reais: 550W
Eficiência: 85%
Tensão:
+5V: 40A
+3.3V: 35A
+12V1: 16A
+12V2: 18A

EvoStream OCZ600EVOSLI

Watts reais: 600W
Eficiência: 75%
Tensões:
+3.3V:20A
+5V:30A
+12V1:15A
+12V2:15A
+12V3:15A
+12V4:15A
Review

OCZ EvoStream OCZ720EVOSLI

Watts reais: 720W
Eficiência: 75%
Tensões:
+5V: 30A
+3.3V: 20A
+12V1: 16A
+12V2: 16A
+12V3: 16A
+12V4: 16A
Review

OCZ ModStream 520w
Watts reais: 520W
Eficiência: 80%
Tensão:
+5V: 54A
+3.3V: 28A
+12v: 28A
Review


OCZ GameXStream OCZ600GXSSLI

Watts reais: 600W
Eficiência: 80%
Tensão:
+5V: 30A
+3.3V: 36A
+12v1: 18A
+12v2: 18A
+12v3: 18A
+12v4: 18A
Review

OCZ StealthXStream OCZ600SXS

Watts reais: 600W
Eficiência: 80%
Tensão:
+5V: 30A
+3.3V: 36A
+12v1: 18A
+12v2: 18A
+12v3: 18A
+12v4: 18A

OCZ GameXStream OCZGXS700

Watts reais: 700W
Eficiência: 81%
Tensões:
+5V: 30A
+3.3V: 36A
+12v1: 18A
+12v2: 18A
+12v3: 18A
+12v4: 18ª

OCZ GameXStream OCZ850GXSSLI

Watts reais: 850W
Eficiência: 85%
+5V: 40A
+3.3V: 28A
+12v1: 18A
+12v2: 18A
+12v3: 18A
+12v4: 18A
Review
Seventeam ST-750EAJ

Watts reais: 750W
Eficiência: 80%
Tensões:
+5V: 30ª
+3.3V: 25A
+12V1: 16A
+12V2: 16A
+12V3: 16A
+12V4: 18A

Thermaltake Purepower W0129RU

Watts reais: 600W
Eficiencia: 80%
Tensões:
+5V: 30A
+3.3V: 30A
+12V1: 18A
+12V2: 18A
Review

Thermaltake ToughPower W0104RU

Watts reais: 650W
Eficiencia: >85%
Tensões:
+3.3V: 30A
+5V: 28A
+12V1: 18A
+12V2: 18A
+12V3: 18A
+12V4: 18A
+12V combinados: 52ª

Review

Thermaltake ToughPower W0106RU

Watts reais: 700W
Eficiencia: >85%
Tensões:
+3.3V: 30A
+5V: 28A
+12V1: 18A
+12V2: 18A
+12V3: 18A
+12V4: 18A
+12V Combinados: 60A
Review

Thermaltake ToughPower W0116RU

Watts reais: 750W
Eficiencia: >85%
Tensões:
+3.3V: 30A
+5V: 28A
+12V1: 18A
+12V2: 18A
+12V3: 18A
+12V4: 18A
+12V Combinados: 60A
Review

Zippy "Gaming Version" HP2-6500G1

Watts reais: 500W
Eficiencia: 70%
Tensões:
+3.3V: 30A
+5V:40A
+12V: 32A
Review

Akasa POWER+ iQ AKP650FH-V1

Watts reais: 710W
Eficiencia: 96%(c/ PFC) 75%(s/ PFC)
Tensões:
+3.3V: 33A
+5V: 24A
+12V1: 13A
+12V2: 18A
+12V3: 16A
+12V4: 8A

Review

AKASA Green Power AK-P050FG7-BK

Watts reais: 500W
Eficiência: >80%
Tensões:
+3.3V: 30A
+5V: 30A
+12V1: 18A
+12v2: 18A
Review

Enermax Liberty ELT500AWT

Watts reais: 500W
Eficiência: 80%
Tensões:
+3.3V: 28A
+5V: 30A
+12V1: 22A
+12V2: 22A
Review

Extream Superflower EXTFEX35T12
Watts Reais: 350W
Eficiência: >73%
Tensões:
+3.3V: 17A
+5V: 22A
+12V1: 12A
+12V2: 13A

Extream Superflower FEX-60T28

Watts reais: 600W
Eficiência: >75%
Tensões:
+3.3V: 24A
+5V: 32A
+12V1: 21A
+12V2: 22ª

Extream Superflower Aurora FEX-A6R28

Watts reais: 600W
Eficiência: >75%
+3.3V: 24A
+5V: 32A
+12V1: 21A
+12V2: 22ª

Seventeam ST-600EAD

Watts reais: 600W
Eficiência: 80%
Tensões:
+5V: 30A
+3.3V: 25A
+12V1: 16A
+12V2: 16A
+12V3: 16A
+12V4: 16A

Seventeam ST-1000EAD

Watts reais: 1000W
Eficiência: 83%
Tensões:
+5V: 40A
+3.3V: 30A
+12V1: 18A
+12V2: 18A
+12V3: 18A
+12V4: 26A
+12V combinados: 68A
Review

Silverstone Strider SST-ST60F

Watts reais: 600W
Eficiência: 95%(c/ PFC)75%(s/ PFC)
Tensões:
+5V: 24A
+3.3V: 33A
+12V1: 13A
+12V2: 18A
+12V3: 16A
+12V4: 8A
Review

Silverstone Strider SST-ST75ZF

Watts reais: 750W
Eficiência: 95%(c/ PFC) 86%(s/ PFC)
Tensões:
+5v: 30A
+3.3V: 28A
+12v1: 18A
+12V2: 18A
+12V3: 18A
+12V4: 18A
Review

Silverstone Zeus ST85ZF


Watts reais: 850W

Eficiencia: >85%

Tensões:
+3.3V 24A
+5V 30A
+12V1 18A
+12V2 18A
+12V3 18A
+12V4 18A

Thermaltake Pure Power W0049RUC

Watts reais: 680W
Eficiência: 80%
Tensões:
+5V: 30A
+3.3V: 28A
+12V1: 14A
+12V2: 23A
+12V3: 15A
+12V combinados: 52A
Review

Zalman 600-HP

Watts reais: 600W
Eficiência: 99%(c/PFC) 84%(s/ PFC)
Tensões:
+3.3V: 24A
+5V: 24A
+12V1: 16A
+12V2: 16A
+12V3: 16A
+12V4: 15A
Review

Zalman ZM460B-APS

Watts reais: 460W
Eficiência: 96%(c/ PFC) 80%(s/ PFC)
Tensões:
+5v: 30A
+3.3v: 30A
+12v1: 16A
+12v2: 18A
+12V Combinados: 34A
Review

Zippy Gaming‧GSM-6600P(G1)

Watts reais: 600W
Eficiência: 72%

Tensões:
5V:30A
12V:40A
3.3V:30A
Review

Zippy PSL-6701P

Watts reais: 700W
Eficiência: 70%
Tensões:
+3.3V:30A
+12V: 45A
+5V: 35A
Review

CoolerMaster eXtreme Power 550W RP-550-PCAR

Watts Reais: 550W
Eficiencia: 70%
Tensões:
+3.3v: 25A
+5v: 25A
+12v1: 16A
+12v2: 16A

Cooler Master Real Power RS-850-EMBA

Watts reais: 850W
Eficiência: >85%
+3.3V: 25A
+5V: 30A
+12V1: 18A
+12V2: 18A
+12V3: 18A
+12V4: 18A
+12V5: 18A
+12V6: 18A
Review

Coolermaster Real Power Pro 1000W

Eficiencia: 85%

12v1 - 18a
12v2 - 18a
12v3 - 28a
12v4 - 28a
12v5 - 18a
12v6 - 18a
Combinados: 100A !!!

AVC AVS-350CSBA

Watts reais: 350W
Eficiencia: 70%
Tensões:
+3.3V: 20A
+5V: 12A
+12V1: 10A
+12V2: 13A

SevenTeam 850E-AD

Watts Reais: 850W

Eficiência: 83%

Tensão:
+5V:40A
+3,3V:30A
+12V1:18A
+12V2:18A
+12V3:18A
+12V4:18A

SEVENTEAM ST 420BKV

Watts reais: 420W
Eficiencia: 70%
+3.3V: 30A
+5V: 30A
+12V1: 16A
+12V2: 16A
Review

SEVENTEAM ST-550PAG

Watts reais: 550W
Eficiencia: 70%
+3.3V: 28A
+5V: 30A
+12V1: 18A
+12V2: 18A

SEVENTEAM ST 350BKV

Watts Reais: 350W
Eficiencia: 70%
+3.3V: 28A
+5V: 25A
+12V1: 15A
+12V2: 15A


Cooler Master iGreen Power CMRS500ASAA

Watts reais: 500W (Max 600w)
Eficiencia: 85%

Tensões:
+3.3V: 25A
+5V: 20A
+12V1: 19.5A
+12V2: 19.5A
+12V3: 19A

Spire RockeTeer III

Watts reais: 500W
Eficiencia: ??%
Tensões:
+3.3v: 28A
+5v: 46A
+12v1: 20A
+12v2: 20A
Review

Spire RockeTeer IV

Watts reais: 600W
Eficiencia: ??%
Tensões:
+3.3v: 30A
+5v: 54A
+12v1: 20A
+12v2: 20A
Review

Dr.Hank PW-400T-RB

Watts reais: 400w

Eficiência : >68%

Tensões:
+3.3v:30A
+5v:28A
+12V1:14A
+12v2:15A
Review

Satellite SL8600EPS

Watts reais: 600W

Eficiência: 80%

Tensões:
+5V: 30A max.
+3,3V: 24A max.
+12V1: 22A max. e 26A de pico
+12V2: 22A max. e 26A de pico

Review

Hiper TypeR 580W Modular

Watts Reais: 580W
Eficiência: >70%
Tensões:
+3.3V: 30A
+5V: 36A
+12V1: 20A
+12V2: 18A

Rosewill RD600N-2DB-SL-BK

Eficiencia: 80%

[email protected]
[email protected]
[email protected]
[email protected]

APEVIA ATX-AS600W-BL

Eficiencia: 70%

[email protected]
[email protected]
[email protected]
[email protected]

Apevia Beast Power 680W

Watts Reais: 680W
Eficiência: >70%

Tensões:
+3.3V: 32A
+5V: 40A
+12V1: 22A
+12V2: 24A

Extream SuperFlower 550W FEX-55T28

Watts reais: 550W
Eficiência: >73%
Tensões:
+3.3V -> 24A
+5V -> 30A
+12V1 -> 19A
+12V2 -> 20A



Review
Bom.. com o tempo eu vo adicionando mais informações sobre as fontes e outros modelos... Informações, sugestões são sempre bem vindas :p

[χђ†].
 
Última edição:

Leozon

New Member
Registrado
Senhores,
Bom dia!
Gostaria de ajuda dos experts de plantão.
Estou montando uma nova máquina com o seguinte setup:

i7 4770
GTX 960
WaterCooler H100i
16 Gb RAM 1600
SSD 2.5
HD SATA 1 T
CoolerMaster 700W RS700-ACAAB1-WO

Gostaria de saber se esse fonte é boa para este setup ou se é melhor uma outra opção.

Obrigado!!

Abraços
 

Gabriel Viana

New Member
Registrado
Olá Pessoal eu tenho essa configuração aí embaixo!



Processador: Intel Core i5 3330 3.0GHz

Memória Ram: 8GB DDR3 1333MHz

Placa de Vídeo: Nvidia GT240 1GB DDR3

Placa-mãe: Pegatron/PCWARE IPMH61P1



Então, sei que minha placa de vídeo é péssima e eu estava querendo troca-la e pegar uma Nvidia GTX 970 4GB GDDR5 e gostaria de sabe qual fonte vocês recomendam eu pegar para essa placa de vídeo? De preferência que tenha um preço bom!
 

Mugiwara Luffy

New Member
Registrado
Blz galera me recomendaram uma fonte de 750w para segurar um SLI de GTX 970 G1 com um i7 4790k achei essas duas aqui por um valor legal qual delas seria mais recomendada ?

EVGA
http://www.kabum.com.br/produto/581...va-80-plus-bronze-semi-modular-110-b1-0750-vr

Corsair
http://www.kabum.com.br/produto/39786/fonte-corsair-atx-750w-80-plus-bronze-psu-cx750m-cp-9020061

Tem essa outra EVGA
https://www.infoturbo.com.br/loja/fontes/fonte-atx-750w-110-b2-0750-vr.html

Não sei se é impressão minha mas achei essa EVGA com acabamento bem melhor
 
Última edição:

wjmateus

Active Member
Registrado
Olá, pessoal. To passando minha dúvida do outro tópico que não foi respondida para esse aqui:

Meu sogro ta indo para os EUA agora final de janeiro e pra "não passar em branco" to pensando em pegar uma fonte tier 1 e passar minha RM750 pra frente.

Das fontes 750~760w que são consideradas tier 1 (na lista do tópico ou quem sabe alguma fora da lista) qual o melhor CxB?

Tava pensando simplesmente em pegar uma Corsair Ax760 na amazon (ta 150 dólares) mas me pergunto se tem alguma outra fonte com preço próximo e que seja considerada melhor.
Por exemplo, a EVGA SuperNova G2 750w está 99 dólares e tem 10 anos de garantia. Qual seria a vantagem da ax760 ou alguma outra fonte sobre essa EVGA?

edit: por 120 dólares também tem a supernova p2 750w.


Outra pergunta: quanto posso pedir na minha Corsair RM750 com 1 ano e 6 meses de uso?
 
Última edição:

Igor Soares™

New Member
Registrado
Boa tarde galera, minha fonte antiga foi para o alem e precisei comprar uma nova com urgencia, acabei comprando uma Zalman 700W LX e logo apos a compra percebi a burrada, pois a fonte nao tem 80+ somente o modelo americano que no caso nao e a minha.
Agora vem a parte boa ( ou nao ) que terei de comprar uma nova fonte para alimentar esse meu kit, vi varios testes e muito me agradou essa fonte porem a duvida e se ira segurar minha configuracao tranquilamente e me dando a possibilidade mais tarde de migrar para uma GTX 980Ti ou colocar mais uma R9 290x.

Obrigado pelo seu tempo e aguardo respostas.
 

Mugiwara Luffy

New Member
Registrado
Boa tarde galera, minha fonte antiga foi para o alem e precisei comprar uma nova com urgencia, acabei comprando uma Zalman 700W LX e logo apos a compra percebi a burrada, pois a fonte nao tem 80+ somente o modelo americano que no caso nao e a minha.
Agora vem a parte boa ( ou nao ) que terei de comprar uma nova fonte para alimentar esse meu kit, vi varios testes e muito me agradou essa fonte porem a duvida e se ira segurar minha configuracao tranquilamente e me dando a possibilidade mais tarde de migrar para uma GTX 980Ti ou colocar mais uma R9 290x.

Obrigado pelo seu tempo e aguardo respostas.
posso está enganado mas acho q nem uma fonte de 700w TOP segura duas R9 290x, para efeito de comparação uma unica R9 290x consome quase o msm q o SLI de gtx 960
 

Elesito

Uno com escada e RGBs
Registrado
Senhores,
Bom dia!
Gostaria de ajuda dos experts de plantão.
Estou montando uma nova máquina com o seguinte setup:

i7 4770
GTX 960
WaterCooler H100i
16 Gb RAM 1600
SSD 2.5
HD SATA 1 T
CoolerMaster 700W RS700-ACAAB1-WO

Gostaria de saber se esse fonte é boa para este setup ou se é melhor uma outra opção.

Obrigado!!

Abraços
Fácil. A única opção que vejo melhor na mesma faixa de preço é a Cooler Master GX650 Storm, mas essa daí já dá conta com bastante folga. Na verdade isso vale mesmo pra uma boa fonte de 500 W.

Olá Pessoal eu tenho essa configuração aí embaixo!


Processador: Intel Core i5 3330 3.0GHz

Memória Ram: 8GB DDR3 1333MHz

Placa de Vídeo: Nvidia GT240 1GB DDR3

Placa-mãe: Pegatron/PCWARE IPMH61P1


Então, sei que minha placa de vídeo é péssima e eu estava querendo troca-la e pegar uma Nvidia GTX 970 4GB GDDR5 e gostaria de sabe qual fonte vocês recomendam eu pegar para essa placa de vídeo? De preferência que tenha um preço bom!
Cooler Master G500M, Corsair CX500 e EVGA 500/500B.

Blz galera me recomendaram uma fonte de 750w para segurar um SLI de GTX 970 G1 com um i7 4790k achei essas duas aqui por um valor legal qual delas seria mais recomendada ?

EVGA
http://www.kabum.com.br/produto/581...va-80-plus-bronze-semi-modular-110-b1-0750-vr

Corsair
http://www.kabum.com.br/produto/39786/fonte-corsair-atx-750w-80-plus-bronze-psu-cx750m-cp-9020061

Tem essa outra EVGA
https://www.infoturbo.com.br/loja/fontes/fonte-atx-750w-110-b2-0750-vr.html

Não sei se é impressão minha mas achei essa EVGA com acabamento bem melhor
Ficaria com a EVGA B2. A plataforma Golden Green da Super Flower já a deixa num patamar melhor que a EVGA B1 e a Corsair CX750M.

Olá, pessoal. To passando minha dúvida do outro tópico que não foi respondida para esse aqui:

Meu sogro ta indo para os EUA agora final de janeiro e pra "não passar em branco" to pensando em pegar uma fonte tier 1 e passar minha RM750 pra frente.

Das fontes 750~760w que são consideradas tier 1 (na lista do tópico ou quem sabe alguma fora da lista) qual o melhor CxB?

Tava pensando simplesmente em pegar uma Corsair Ax760 na amazon (ta 150 dólares) mas me pergunto se tem alguma outra fonte com preço próximo e que seja considerada melhor.
Por exemplo, a EVGA SuperNova G2 750w está 99 dólares e tem 10 anos de garantia. Qual seria a vantagem da ax760 ou alguma outra fonte sobre essa EVGA?

edit: por 120 dólares também tem a supernova p2 750w.

Outra pergunta: quanto posso pedir na minha Corsair RM750 com 1 ano e 6 meses de uso?
A G2 é melhor. A plataforma não tende a dar problemas de coil whine como as fontes baseadas em Seasonic KM/XP como essa AX760 e também tem um desempenho levemente acima. Lembrando que a AX760 foi lançada em 2012, mas a grande questão aqui é o preço.
 

wjmateus

Active Member
Registrado
Fácil. A única opção que vejo melhor na mesma faixa de preço é a Cooler Master GX650 Storm, mas essa daí já dá conta com bastante folga. Na verdade isso vale mesmo pra uma boa fonte de 500 W.



Cooler Master G500M, Corsair CX500 e EVGA 500/500B.



Ficaria com a EVGA B2. A plataforma Golden Green da Super Flower já a deixa num patamar melhor que a EVGA B1 e a Corsair CX750M.



A G2 é melhor. A plataforma não tende a dar problemas de coil whine como as fontes baseadas em Seasonic KM/XP como essa AX760 e também tem um desempenho levemente acima. Lembrando que a AX760 foi lançada em 2012, mas a grande questão aqui é o preço.
E posso considerar a P2 melhor que G2? A P2 segue a mesma lógica de tender a ter menos problemas de coil whine? Por apenas 20 dólares a mais me pareceu interessante pegar uma platinum.

edit: Pelo que vi aqui a G2 é de março de 2014 e a P2 é de junho de 2015.
Ter sido lançada mais de 1 ano depois pode ser considerada uma vantagem, seguindo teu exemplo da ax760?
 
Última edição:

Kellor

New Member
Registrado
A pergunta e simples: comprei uma gtx 960 e quero saber se a fonte segura junto ao resto das configurações + um detalhe:

Processador: FX 6300 stock
MOBO: Ga 78lmt s2p
Memória: 2 x 4 GB
HD: HD 1 TB
Fonte: Cx 430

O detalhe mencionado antes é que em especifico essa vga requer 2 conectores 6 pin, porém a cx 430 só tem um, o correto seria conectar o 6 pin em uma entrada, e usar um adaptador molex - 6 pin na outra? Haveria algum risco? Até pretendo trocar de fonte, porém lá pra frente pra poder pegar uma que suporte sli da 960 (uma 700~ por ai)

Valeu.
 

XDyuXD

Computeiro Registrado
Registrado
Pessoal, to com um problema sério aqui, uma CX430, config i5 4670K, 12GB DDR3, GTX970 Mini-ITX o PC perde video rodando jogos e 3D Mark, qual fonte me recomendam para aguentar essa config e possivelmente um i7 no futuro?
 

alexandre.ce

Active Member
Registrado
Olá, pessoal.

Depois de quase 9 anos de serviços prestados a minha SevenTeam 750-EAJ queimou. Acredito ter sido a combinação de umidade com o tempo de uso.

Bem, estou provisoriamente com uma fonte Akasa, modelo AK-PT050FG, e já percebi que, diferentemente da 7Team, pelo menos no monitoramento da bios a linha 12v está sempre abaixo de 12, chegando a 11,5.



Como gostaria de ter uma fonte mais confiável, e modular, queria sugestões de compra.

O PC é o da assinatura (3570k + Asrock Extreme4 + 2 HDD + 1 SSD + DVDRW + R9 270X). Eu penso em trocar de placa de vídeo futuramente, talvez pegar uma GTX970 OC Mini.

O que vocês sugerem?

Obrigado desde logo.
 

Elesito

Uno com escada e RGBs
Registrado
E posso considerar a P2 melhor que G2? A P2 segue a mesma lógica de tender a ter menos problemas de coil whine? Por apenas 20 dólares a mais me pareceu interessante pegar uma platinum.

edit: Pelo que vi aqui a G2 é de março de 2014 e a P2 é de junho de 2015.
Ter sido lançada mais de 1 ano depois pode ser considerada uma vantagem, seguindo teu exemplo da ax760?
Não, porque eu disse coil whine referente ao projeto interno/plataforma da AX760, que é uma Seasonic XP internamente. E os problemas com coil whine com esta plataforma me parecem frequentes... Já as EVGA G2/P2 usam a plataforma Super Flower Leadex, que sofre bem menos desse problema e tem um desempenho elétrico excelente também.

E até pelo fato de tanto a G2 e a P2 compartilharem a mesma plataforma, não vejo muito porque não economizar na G2 quando a única diferença entre elas é alguns centavos na conta de luz anualmente. Tempo de fabricação também não é problema nesse caso.

A pergunta e simples: comprei uma gtx 960 e quero saber se a fonte segura junto ao resto das configurações + um detalhe:

Processador: FX 6300 stock
MOBO: Ga 78lmt s2p
Memória: 2 x 4 GB
HD: HD 1 TB
Fonte: Cx 430

O detalhe mencionado antes é que em especifico essa vga requer 2 conectores 6 pin, porém a cx 430 só tem um, o correto seria conectar o 6 pin em uma entrada, e usar um adaptador molex - 6 pin na outra? Haveria algum risco? Até pretendo trocar de fonte, porém lá pra frente pra poder pegar uma que suporte sli da 960 (uma 700~ por ai)

Valeu.
Exato. O risco mesmo é usar um adaptador molex meia boca ou usar uma placa de vídeo que consome muito, mas não é o caso da GTX 960 que pode até ser alimentada por um único conector PCIe em algumas versões.

Pessoal, to com um problema sério aqui, uma CX430, config i5 4670K, 12GB DDR3, GTX970 Mini-ITX o PC perde video rodando jogos e 3D Mark, qual fonte me recomendam para aguentar essa config e possivelmente um i7 no futuro?
Corsair CX600, EVGA B600, Cooler Master GX650/G600M.

Olá, pessoal.

Depois de quase 9 anos de serviços prestados a minha SevenTeam 750-EAJ queimou. Acredito ter sido a combinação de umidade com o tempo de uso.

Bem, estou provisoriamente com uma fonte Akasa, modelo AK-PT050FG, e já percebi que, diferentemente da 7Team, pelo menos no monitoramento da bios a linha 12v está sempre abaixo de 12, chegando a 11,5.



Como gostaria de ter uma fonte mais confiável, e modular, queria sugestões de compra.

O PC é o da assinatura (3570k + Asrock Extreme4 + 2 HDD + 1 SSD + DVDRW + R9 270X). Eu penso em trocar de placa de vídeo futuramente, talvez pegar uma GTX970 OC Mini.

O que vocês sugerem?

Obrigado desde logo.
Não que leitura de tensão por software seja precisa, muito pelo contrário. Mas sua fonte atual não deve se comportar tão bem em altas cargas, logo eu recomendaria boas fontes de 500 W especialmente por conta da GTX 970. Corsair CX500, EVGA B500, Cooler Master G500M.
 

wjmateus

Active Member
Registrado
Não, porque eu disse coil whine referente ao projeto interno/plataforma da AX760, que é uma Seasonic XP internamente. E os problemas com coil whine com esta plataforma me parecem frequentes... Já as EVGA G2/P2 usam a plataforma Super Flower Leadex, que sofre bem menos desse problema e tem um desempenho elétrico excelente também.

E até pelo fato de tanto a G2 e a P2 compartilharem a mesma plataforma, não vejo muito porque não economizar na G2 quando a única diferença entre elas é alguns centavos na conta de luz anualmente. Tempo de fabricação também não é problema nesse caso.
Muito obrigado pelas respostas e ajuda.

Realmente essa Supernova G2 parece ser o melhor CxB, pelo menos daquela lista "tier 1" do outro tópico não achei nenhuma tão barata na amazon. E faz tempo que vejo tu falando bem dela aqui na área de energia. Via tu recomendar a G2 desde a época que comprei a RM750 que uso atualmente, haha.

Mesmo assim talvez eu pegue a P2 porque pretendo aproveitar essa garantia de 10 anos e ficar com essa fonte muito tempo, e considerando isso, esses 20 dólares acabam significando pouco.

Insistindo um pouco na pergunta anterior: Por quanto achas que consigo vender minha RM750 com 1 ano e 6 meses de uso, na caixa e com tudo completinho?

.
 

lucas_assis

New Member
Registrado
Olá preciso de ajuda, vou fazer upgrade no processador gostaria de saber de minha fonte suporta:


Processador: FX 8320e (atual 4300 funcionando 100%)
MOBO: Ga 78lmt--USB3
Memória: 2 x 4 GB
HD: 500 gb
Video: R7 260X 6 pinos
Fonte: 400W Cooler Master GX 2 (plus bronze)

Já usei algumas calculadoras, algumas dizem q preciso de 380W e outras de 260W. Obrigado!
 

Elesito

Uno com escada e RGBs
Registrado
Não vi nada sobre ela por aí, e julgando que a Thermaltake pode ter escolhido tanto CWT, HEC ou Sirtec como fabricante (essa última é ruim pra fontes de baixo custo), prefiro não recomendar por enquanto.

Muito obrigado pelas respostas e ajuda.

Realmente essa Supernova G2 parece ser o melhor CxB, pelo menos daquela lista "tier 1" do outro tópico não achei nenhuma tão barata na amazon. E faz tempo que vejo tu falando bem dela aqui na área de energia. Via tu recomendar a G2 desde a época que comprei a RM750 que uso atualmente, haha.

Mesmo assim talvez eu pegue a P2 porque pretendo aproveitar essa garantia de 10 anos e ficar com essa fonte muito tempo, e considerando isso, esses 20 dólares acabam significando pouco.

Insistindo um pouco na pergunta anterior: Por quanto achas que consigo vender minha RM750 com 1 ano e 6 meses de uso, na caixa e com tudo completinho?

.
Por R$300 vai.

Olá preciso de ajuda, vou fazer upgrade no processador gostaria de saber de minha fonte suporta:

Processador: FX 8320e (atual 4300 funcionando 100%)
MOBO: Ga 78lmt--USB3
Memória: 2 x 4 GB
HD: 500 gb
Video: R7 260X 6 pinos
Fonte: 400W Cooler Master GX 2 (plus bronze)

Já usei algumas calculadoras, algumas dizem q preciso de 380W e outras de 260W. Obrigado!
380 W se o cálculo já ser de fonte recomendada, porque o consumo mesmo fica na casa dos 260 W. E o FX 8320e não é nenhum monstro de consumo de energia... Pode ficar de boas.
 

lucas_assis

New Member
Registrado
Não vi nada sobre ela por aí, e julgando que a Thermaltake pode ter escolhido tanto CWT, HEC ou Sirtec como fabricante (essa última é ruim pra fontes de baixo custo), prefiro não recomendar por enquanto.



Por R$300 vai.



380 W se o cálculo já ser de fonte recomendada, porque o consumo mesmo fica na casa dos 260 W. E o FX 8320e não é nenhum monstro de consumo de energia... Pode ficar de boas.
vlw cara consegui ele num valor lgl na Pichau (trocas de uns produtos) e o boleto vence amanha. Agora só abrir a carteira =p
 

alexandre.ce

Active Member
Registrado
Não que leitura de tensão por software seja precisa, muito pelo contrário. Mas sua fonte atual não deve se comportar tão bem em altas cargas, logo eu recomendaria boas fontes de 500 W especialmente por conta da GTX 970. Corsair CX500, EVGA B500, Cooler Master G500M.
Obrigado pela resposta, cara. Inicialmente eu estava pensando em pegar a eVGA G2 de 750W. Porém, o preço dela subiu demais ultimamente. O que achei estranho foi ler review positivo sobre essa Akasa (Hardware Heaven e Anandtech).

De toda sorte, essas que você recomendou via de regra sofrem de coil whine? Pergunto porque sei bem o que é isso e me incomoda bastante. No mais, como a GTX970 vai ficar para quando aparecer uma promoção, você acha que talvez possa estar expondo minhas peças a risco com essa Akasa?

Desculpe-me as perguntas. Como faz tempo que não compro peças para PC (gabinete tem 9 anos, cpu+mobo mais de 3, fonte tinha 9), ando meio por fora.
 
Última edição:

PhantoMFury

New Member
Registrado
Gente será que essa Fonte Cooler Master eXtreme Power Plus 500 W (RS-500-PCAR-A3 ) dá conta do meu sistema ?

*****Minha Configuração*****

Processador: i5 2310 *Sem Overclock
Memoria Ram: 6 GB
Memoria: 1 TB
Placa Mãe: pos eih61ce
Placa de video: XFX Radeon HD 7750 1 GB *Sem Overclock
+ Gravador externo
Apenas 1 Cooler


 

Kaminalaar

New Member
Registrado
Então... Peguei um PC semi montado e inclui algumas coisas extras (o PC da assinatura), porem veio com essa fonte. Fiquei sabendo que a thermaltake tem duas fontes na linha de 600W, uma porcaria e uma ok. Só que não sei qual dessas é a minha, alguem tem alguma ideia? Será que segura a carga do PC tranquilo?

O meu modelo é o SPD-0600P. A fonte consta como selo 80 plus standard no site da ecos, e tambem possui pfc ativo.
 

Elesito

Uno com escada e RGBs
Registrado
Obrigado pela resposta, cara. Inicialmente eu estava pensando em pegar a eVGA G2 de 750W. Porém, o preço dela subiu demais ultimamente. O que achei estranho foi ler review positivo sobre essa Akasa (Hardware Heaven e Anandtech).

De toda sorte, essas que você recomendou via de regra sofrem de coil whine? Pergunto porque sei bem o que é isso e me incomoda bastante. No mais, como a GTX970 vai ficar para quando aparecer uma promoção, você acha que talvez possa estar expondo minhas peças a risco com essa Akasa?

Desculpe-me as perguntas. Como faz tempo que não compro peças para PC (gabinete tem 9 anos, cpu+mobo mais de 3, fonte tinha 9), ando meio por fora.
Fonte bem antiga essa Akasa, não é (e boa por dentro por sinal). Daria conta sim pelos resultados, mas além da fonte ser bem antiga, o problema é que a Akasa já lançou tanta fonte de 500 W em embalagem discreta que você vai ter que conferir se é esse é o mesmo modelo que você tem pra ter alguma tranquilidade.

Gente será que essa Fonte Cooler Master eXtreme Power Plus 500 W (RS-500-PCAR-A3 ) dá conta do meu sistema ?

*****Minha Configuração*****

Processador: i5 2310 *Sem Overclock
Memoria Ram: 6 GB
Memoria: 1 TB
Placa Mãe: pos eih61ce
Placa de video: XFX Radeon HD 7750 1 GB *Sem Overclock
+ Gravador externo
Apenas 1 Cooler
A fonte não entrega mais que 400 W, mas pra 200 W ela dá pro gasto.
 

alexandre.ce

Active Member
Registrado
Fonte bem antiga essa Akasa, não é (e boa por dentro por sinal). Daria conta sim pelos resultados, mas além da fonte ser bem antiga, o problema é que a Akasa já lançou tanta fonte de 500 W em embalagem discreta que você vai ter que conferir se é esse é o mesmo modelo que você tem pra ter alguma tranquilidade.
O modelo da fonte, pela etiqueta, é o mesmo. Visualmente também é a mesma do review. Acho que só se abrir para comparar com a foto dos reviews. De toda sorte, apesar da idade ela foi utilizada por um mês por um amigo e depois guardada na caixa. Estava lá encostada desde que ele trocou a fonte do PC por essa Akasa e depois pela G2 750W achando que o problema do PC dele era fonte, quando na verdade era placa mãe.
 

gb90

New Member
Registrado
Pessoal, estou montando um PC novo e a configuração é a seguinte:

i5-6500 Skylake 3.2Ghz
ASUS H170 Pro Gaming
GTX 970 G1 Gaming
RAM 8gb 2133mhz G.skill Ripjaws V
SSD 120gb + 2 HDs 1.5tb

Eu já tenho uma fonte Cosair VX450W que pretendia reutilizar, mas estava pensando em adquirir uma: http://www.kabum.com.br/produto/385...0m-atx-power-supply-80-plus-bronze-cp-9020060 embora achei um pouco cara, alguém tem uma opção mais em conta que seja de uma qualidade equivalente, ou será que minha fonte aguenta tranquilamente (já uso há 5 anos, sem nenhum problema).
 

Usuários que estão vendo esse Tópico (Users: 0, Guests: 1)

Topo