3DMark 11

Links para Download

3DMark 11 v1.0.132 / Futuremark


O 3DMark, desenvolvido pela Futuremark, é o principal software de benchmark do mercado, e é produzido desde 1998. O enfoque da nova versão do software, o 3DMark 11, é o API DirectX 11. Entre os destaques deste aplicativo para teste de hardware, com foco em placas de vídeo, estão:

Produção de resultados consistentes
O 3DMark tem como objetivo ser um teste abrangente das capacidades da placa, sendo mais Ágil e simples que realizar teste com um conjunto de jogos.

Realiza testes de estresse de diversas tecnologias
O benchmark foi produzido com a inclusão de conteúdos de engenheiros e desenvolvedores de diversas empresas como AMD, Dell, HP, Intel, Microsoft, NVIDIA, Imagination Technology, entre outras. Isso torna o 3DMark um benchmark confiÁvel que engloba o teste de diversas tecnologias, de vÁrias produtoras.

Milhões de resultados disponíveis online
Utilizado em larga escala ao redor do mundo, o 3DMark é o benchmark mais popular e possui uma base de dados que armazena as informações de todos os usuÁrios. Isso torna possível realizar comparativos entre diversos sistemas, e verificar se o hardware estÁ rodando dentro do padrão ou se o overclock estÁ surtindo efeito.

A novidades da versão 11 são:

  • Mecanismo nativo para DirectX 11 com o uso de avançados grÁfico real-time, incluindo tessellation, iluminação volumétrica, profundidade de campo e pós-processamento.
  • 3DMark 11 usa a biblioteca opensource Bullet Physics, rodando a simulação de corpos rígidos na CPU e a simulação de corpos maleÁveis na GPU.
  • Modo demostração retorna na versão 11 do 3DMark, com trilha sonora produzida por Pedro Macedo Camacho
  • Sistema melhorado de serviço online, permitindo validar, armazenar, compartilhar e comparar o resultado do benchmark com outros resultados, de outros usuÁrios do sistema.

A pontução final dada a um conjunto de hardware é formada pela combinação, através de uma equação, do resultado de seis testes:

- Continua após a publicidade -

Teste 1 - É renderizada uma cena com grande quantidade de pontos de luz com e sem projeção de sombra. A cena utiliza iluminação volumétrica com ajuste na densidade do ruído, e não usa o recurso do tessellation.

Teste 2 - É renderizada uma cena com um nível moderado de pontos de luz com e sem projeção de sombra. A iluminação volumétrica é apenas ativada para projeção de sombras de luzes direcionais, e o recurso do tesselation é usado na geometria.

Teste 3 - Uma cena com apenas a projeção de sombra de uma fonte de luz direcional, e poucas sombras são renderizadas. A iluminação volumétrica estÁ ativa para as poucas sombras projetadas. A luz direcional usa iluminação volumétrica  e densidade óptica variada ao longo do comprimento. O tesselation é ativado.

Teste 4 - Uma cena com uma sombra projetada por um ponto de luz e poucas sombras adicionais é renderizada. A luz direcional usa iluminação volumétrica e densidade óptica variada ao longo do comprimento.   A maior parte do trabalho do hardware é focada no tesselation para as sombras do mapa e o G-buffer.

Teste 5 - É o teste de física, em que uma cena com vÁrios corpos rígidos é simulada e renderizada. A renderização é criada com técnicas leves. Os corpos são colididos uns com os outros e alguns estão conectados com juntas. A simulação usa multithreads para criar vÁrios mundos isolados. O path "Bullet Open Source Physics Library C++" é usado assim como o "physics SDK" para este teste.

Teste 6 - Chamado de teste combinado, é feito através da renderização de uma cena com vÁrios corpos rígidos e maleÁveis. Os rígidos colidem entre si e alguns estão conectados por juntas. O multithread é usado com a criação de regiões isoladas com colisões. Os corpos maleÁveis são criados com o recurso DirectX Compute Shaders. O "The Bullet Open Source Physics Library" é usado assim como o "physics SDK".  Uma carga de recursos grÁficos são adicionados, como tesselation e iluminação volumétrica, para gerar um teste de estresse.

O 3DMark serÁ comercializado em três versões:

- Continua após a publicidade -

Basic Edition - Disponível para download gratuito no site http://www.3dmark.com/, oferece um número ilimitado de testes de benchmarks com a performance pré-definida sem expirar ou necessidade de registro.
Advanced Edition
- Oferece todos os recursos, customizações, looping de benchmark, armazenamento ilimitado de registros de resultados, administração de resultados offline por U$ 19,95.
Professional Edition
- A única licenciada par auso comercial, esta versão possui todos os recursos desbloqueados, incluindo automatização de command line, ferramenta de qualidade de imagem, demo sem exibição de logo e prioridade no suporte, por U$ 995,00.

O 3DMark teve seu lançamento adiado em uma semana, segundo Oliver Baltuch, presidente da Futuremark, para tornar possível a correção de falhas que o programa ainda apresentava. "É melhor atrasar o lançamento do que lançar um produto e poucos dias depois publicar um patch de correções", afirmou Baltuch.

Antes do link para download, algumas imagens e um vídeo, além dos requerimentos.

{image}{image}

{image}{image}

Requerimentos:
Sistema Operacional: Microsoft Windows Vista ou Windows 7
Processador: 1.8GHz dual-core Intel ou AMD
Memoria: 1 GB
Placa de vídeo: Compatível com DirectX 11
Espaço livre no HD: 1.5 GB
Áudio: Placa de vídeo compatível com Windows Vista ou Windows 7

OBS.: Para placas de vídeo sem suporte a DirectX 11, a Futuremark recomenda o 3DMark Vantage(DirectX 10) e 3DMark06(DirectX 9).

Update 07/02/2014 - v1.0.132
- This is a minor update. Benchmark scores are not affected.
- New installer technology (similar to 3DMark and PCMark 8).
- SystemInfo updated to v4.25.366 to improve hardware detection.
- User interface now shows all GPUs present in the system.
- Fixed a few rare crashes within the user interface.

Update 18/04/2013 - Versão 1.0.5
A versão 1.0.5 tem como principal destaque a atualização de compatibilidade com novos hardwares.

IMPROVEMENTS

  • Keyboard focus is no longer checked during the demo or when running the benchmark in a loop. Note that if the display switches to the desktop due to a popup window during the benchmark, the run will still be aborted as the display mode is no longer the same.
  • 3DMark 11 now remembers the last custom resolution used.
  • GPU count detection for multi-GPU systems is now correct even when SystemInfo is explicitly disabled.
  • 3DMark 11 will now prevent Windows from entering Sleep during the test.
  • The license key is now reset when the benchmark is reinstalled, allowing removal of invalid keys.

COMPATIBILITY

  • SystemInfo updated to version 4.15 for full Windows 8 compatibility.
  • Updated DirectX redistributable.
  • Now using static Visual C++ 2010 runtime libraries to fix rare installation issues on some systems.
  • Removed dependency on EvaDotNet.dll and EvaDotNet.DirectX.dll for GPU enumeration to fix compatibility issues with some systems.

BUG FIXES

  • Fixed display initialization code that caused "SetFullscreenState failed: DXGI_ERROR_NOT_CURRENTLY_AVAILABLE" errors on some systems.
  • Fixed several memory and texture leaks, improving stability during very long looping runs.
  • The HUD timer no longer rolls over if a single test takes more than ten minutes. (Yes, this could happen during the Combined Test on some low end DirectX 11 cards.)

PROFESSIONAL EDITION ONLY

  • Fixed submitting saved files to 3dmark.com from the command line.
  • Image Quality Tool no longer gives a cryptic error if the output directory does not exist. 

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Quem estava pior no primeiro vídeo?