Disponível no Game Pass, Tetris Effect Connected é uma ótima válvula de escape na pandemia

Com belos gráficos e trilha sonora, o título renova a icônica fórmula do jogo mais famoso da história

Após 2020 dar uma surra na humanidade, o ano de 2021 começou na voadora e já mostrou que não está para brincadeira. A pandemia continua letal, os preços não param de subir e manter a sanidade mental está cada vez mais complicado.

Nesse mar de insanidade, os games podem ser um porto-seguro para a cabeça dos brasileiros que tem o privilégio de ter um console ou PC minimamente capaz de rodar jogos. Enquanto títulos com histórias imersivas e gráficos rebuscados podem ser uma boa pedida para te levar para outro mundo, minha principal válvula de escape nos últimos meses é um clássico reimaginado: Tetris Effect Connected.

Lançado originalmente no PS4 e Epic Game Store, Tetris Effect ganhou uma edição atualizada no fim do ano passado que chegou no lançamento do Xbox Series X e S. Já disponível no Game Pass de PC e Xbox, o jogo aposta em uma experiência visual deslumbrante e gameplay diversificado para manter sua mente fora da realidade.

O Tetris de sempre, mas com novidades

Tetris Effect Connected segue a mesma fórmula do clássico jogo que foi sinônimo de “videogame” por décadas, mas também conta com algumas novidades interessantes na parte de gameplay. No modo single-player principal, o projeto da Tetris Company se aproveita do ar de concentração trazido pelo gameplay e presenteia os jogadores com uma experiência gráfica deslumbrante.

As diferentes fases trazem temáticas visuais e uma trilha sonora envolvente, que mudam de acordo com o decorrer dos puzzles. Enquanto visual é o que mais chama a atenção, a grande novidade fica por conta da mecânica de “Zona”.

Diferente das versões anteriores de Tetris, o novo game da franquia traz um “ataque especial” que permite parar o tempo e fazer combos que vão além das quatro linhas de blocos. A função é ótima para tirar o jogador do aperto em certas situações, além de gerar momentos empolgantes durante o gameplay com suas catarses visuais.

Diversos modos de jogos

Além de trazer uma campanha que moderniza o gameplay clássico de Tetris, o mais recente game da franquia conta com diversos modos extras de jogo. Ao entrar na aba “Effect Modes”, os usuários podem desfrutar de uma competição rápida, partidas tradicionais e também modificações na fórmula clássica do game mais famoso do mundo.


(Imagem: Mateus Mognon/Captura de tela)

- Continua após a publicidade -

Um dos destaques fica para a divisão “Relax”, que traz playlists com fases sem teor competitivo. O objetivo do jogador é simplesmente aproveitar a ambientação entregue por Tetris Effect e fugir da realidade por um tempo.

Outro grande ponto positivo fica por conta das partidas rápidas, que possuem duração próxima de três minutos. Nesse caso, o jogo brilha em parceria com o Xbox Series X e S, ou quando está sendo utilizado em um SSD. A velocidade para abrir o game e o tempo predeterminado tornam Tetris Effect Connected o game perfeito para “bater uma partidinha” sem compromisso durante o dia a dia.


(Imagem: Mateus Mognon/Captura de tela)

Para quem possui mais tempo, a dica é conhecer o modo de jogo “Mistério”. A partida começa normalmente, mas, com o cair das peças, alguns efeitos especiais começam a alterar a matriz. As intempéries vão desde peças gigantes até uma inversão na tela, o que enche o gameplay de surpresas.

Multiplayer

A versão Connected, que atualmente só está disponível no Xbox e Windows Store, também conta com modos multiplayer -- o lançamento no PlayStation e Epic Games Store acontece em 2021. Os jogadores mais ávidos podem aproveitar modos competitivos e ranqueados, mas a grande novidade é o cooperativo “Conectado”. 

Neste modo de gameplay assimétrico, três jogadores são colocados contra um “vilão” controlado pela IA e precisam jogar de maneira cooperativa para vencer o algoz da partida. Em certos momentos, a tela do trio se une e todos devem fazer movimentos coordenados para emplacar combos.


(Imagem: Mateus Mognon/Captura de tela)

Um ponto positivo do multiplayer é que tanto o competitivo quanto o coop trazem suporte para tela dividida no PC e consoles. Além disso, os responsáveis pelo game estão caprichando no suporte com eventos limitados com objetivos compartilhados para toda a comunidade.

- Continua após a publicidade -

Porém, vale ressaltar que a experiência poderia ser ainda mais conectada se o jogo não contasse com diversas exclusividades temporárias. Tetris Effect foi lançado originalmente para realidade virtual, PS4 e Epic Games Store, enquanto a versão Connected, a única com multiplayer até agora, só está disponível no Xbox e Windows Store.

Segundo os desenvolvedores, o multiplayer será liberado para mais plataforma ainda em 2021. Até lá, pode ser que Tetris Effect Connected também dê as caras na Steam, que ainda não recebeu nem a versão original do game.

Tetris Effect Connected serve pra mim?

Se você aproveitou a promoção do Game Pass Ultimate por R$ 5 no PC ou Xbox, Tetris Effect Connected é um dos jogos que mais vale a pena dar uma chance atualmente na assinatura. O começo de geração para o Xbox Series X e S ainda está morno e o game também é uma boa escolha para aproveitar o poder gráfico dos consoles.

Enquanto o multiplayer ainda é exclusividade para a versão distribuída pela Microsoft, a edição básica de Tetris Effect traz conteúdos similares à edição Connected, com exceção do multijogador. Logo, se você está disposto a gastar cerca de R$ 100 no PS4 ou Epic Store, o game também é uma viagem que vale a pena no console da Sony e, principalmente, em aparelhos de realidade virtual.

E se você não curte o gameplay de Tetris, também tenho uma dica: entre no YouTube e busque pela trilha sonora do game, uma obra da banda Hydelic. Mais do que um espetáculo visual e de jogabilidade, Tetris Effect é lar de uma coleção de músicas cativantes.

  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.