Este vídeo é a prova de que não importa em qual plataforma você joga, mas sim como você joga

Além de uma Black Friday cheia ofertas imperdíveis e várias notícias empolgantes no mundo dos games, um dos momentos mais memoráveis desta semana pode ter passado despercebido pela sua timeline: a lição de vida, o despertar da treta, o vídeo Vindication, que pode ser visto logo acima.

Utilizando suas habilidades com o personagem Lúcio de "Overwatch", o jogador conhecido como DSPStanky conseguiu provar lindamente que a guerra entre jogadores de PC e consoles é inútil, e não importa em qual plataforma você joga, mas sim como você joga.

Como tudo aconteceu

Tudo começou com uma publicação feita por DSPStanky em 16 de setembro, no vídeo nomeado "The King of The Swing". O jogador de "Overwatch" exibe sua maestria com o personagem de suporte brasileiro Lúcio, fazendo movimentos extravagantes e mostrando bastante habilidade para curar os parceiros de time e jogar os inimigos para fora da arena.

A produção chamou a atenção da comunidade de Overwatch, que caiu de amores pelas skills de DSPStanky, mas, como era de se esperar, também acabou levantando o ceticismo de um grupo: os jogadores de PCs. Todo o gameplay foi feito em um console, o que acabou gerando diversos comentários preconceituosos a respeito da comunidade de jogadores de videogame de mesa.


Como é mostrado no início do vídeo, alguns usuários do Youtube questionaram as habilidades do jogador dizendo que ele não duraria muito tempo no PC, que só conseguia fazer aquilo porque o "pessoal do console não sabe mirar", além de que estaria jogando com "noobs", pois, "o ranking do consoles é inferior ao do PC".

- Continua após a publicidade -

Reunindo todo o seu tempo e amor por "Overwatch", o jogador resolveu dar uma lição nos haters: em dois meses, montou um PC e migrou para a comunidade "Master Race".

I really hope I'm still good when I move to PC because I have the perfect song for my first PC video. Hoo boy it's so perfect I'm so hype

— dspstanky (@DSPStanky) 6 de outubro de 2016

O resultado da experiência abre esta coluna: para provar que não existe diferença entre as plataformas, DSPStanky começa jogando no ranking 2700 e chuta tantas bundas no PC quanto nos consoles. Tudo ao som de Queen e com uma edição satisfatória, regada de superação e lágrimas dos haters.

Moral da História

A lição que podemos tirar disso é que, no final das contas, não existe uma plataforma melhor, existem jogadores bons e ruins. E se isso te incomoda, é só jogar até ficar melhor. Como o co-criador da Alienware disse: "Contanto que você esteja jogando e a comunidade continue viva, todo mundo ganha".

Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Qual vai ser o melhor lançamento de game em julho de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.