Dica do estagiário: Black Mirror chega no Netflix misturando tecnologia e terror

Se você não tem dinheiro para ir à Primeira Guerra Mundial em "Battlefield 1" e está procurando algo novo pra se divertir no fim de semana, a Netflix tem algo que pode te agradar: a terceira temporada de "Black Mirror".

A série traz diversas histórias independentes mostrando a relação da humanidade com a tecnologia num futuro distópico. Ou seja, cada episódio traz um conto que mistura tech e terror numa bela produção com cerca de uma hora.

Caso você não tenha se interessado pela proposta, pelo menos veja o episódio "Versão de Testes", que traz referências incríveis ao mundo dos games, incluindo um desenvolvedor japonês de jogos de terror que parece ser irmão mais novo do Hideo Kojima. Além disso, o episódio cumpre a promessa de mostrar uma realidade aumentada "mais bizarra que Pokémon GO". 


Black Mirror tem até um Hideo Kojima. Um FUCKING Hideo Kojima

Os novos episódios também trazem assuntos como privacidade, superexposição em redes sociais e segurança na internet. Como as tramas não são dependentes, você pode começar a ver por onde quiser  e selecionar as histórias que mais parecem interessantes. Além da terceira temporada, "Black Mirror" já possui sete produções anteriores, que são tão interessantes quanto os novos episódios.

O seriado é produzido pelo Netflix, seguindo os padrões de qualidade da empresa, e quem assina o produto é o britânico Charlie Brooker. Cada capítulo tem uma equipe própria de produção, que inclui roteiristas como Dan Trachtenberg, Joe Wright, diretor de "Orgulho e Preconceito",  e os atores de "The Office" Rashida Jones e Mike Schur.

Deixe nos comentários sua opinião sobre a série!

 

Assuntos
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Com o GeForce Now e o xCloud surgindo como opções, qual seu plano a médio prazo?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.