Vamos tentar entender o teaser para Death Stranding, a mais nova loucura do Kojima

Estávamos eu e Andrei Longen, serelepes e pirilampos acompanhando a conferência da Sony na E3 2016, quando o teaser acima aconteceu. Nós dois e todo o resto do mundo ficou, no mínimo, extremamente confuso com o teaser de revelação para Death Stranding, o primeiríssimo jogo do cientista louco Hideo Kojima em seu novo laboratório de insanidades Kojima Productions. Sem as amarras da Konami, é impossível imaginar que tipo de coisas vão sair da mente deste homem que é tão maluco quanto criativo. 

O teaser não nos dá a mínima dica do que o jogo vai ser, além de bom. Mas isso a gente só sabe porque é do Kojima mesmo. Por isso decidi fazer esta coluna, onde convido vocês, queridos usuários, a me ajudarem a entender o que diabos vai ser Death Stranding, no final das contas. Eu assisti ao trailer de novo várias vezes ontem lá pelas 4h20 e agora vou escrever o que eu acho que cada cena significa e vocês dão suas opiniões nos comentários. :)

E ah! Se já não ficou óbvio o suficiente, isso é uma coluna, um espaço aberto dos redatores e esse texto é uma brincadeira. Muita gente gostou do teaser, eu inclusive, mas se você não consegue lidar com críticas ou brincadeiras com coisas que você gosta, talvez o texto a seguir não lhe agrade. Talvez muita coisa no mundo não lhe agrade. Muita coisa mesmo! Procure ajuda, amigo. 

Vamos nessa!

O vídeo começa com esse trecho de um poema do romântico inglês William Blake. Eu não esperava isso numa E3, então não estava com my body is Reggie pra isso. Mas lendo de novo, com calma, pausando, até que é bem bonito. Sou mais um niilista do que um romântico, mas gostei do pedacinho. E um apelido pra William pode ser Bill, então o nome do cara é Bill Blake, o que já daria um herói da Marvel, pontos aí. Começou bem.

Seguimos então pela praia cinza dos caranguejos mortos. Isso eu acredito ter sido um pedido pessoal da Sony pro Kojima pra empresa mostrar que seus dias de Giant Enemy Crab na E3 acabaram! Não vamos nos preocupar com a realidade histórica não sendo bem representada nesse jogo, porque a realidade não vai ser representada e pronto. Só não se esqueçam de acertar o ponto fraco pra conseguir dano massivo.

Eis que chegamos às pegadinhas oleosas. Isso aqui na hora me confundiu muito, mas pensando depois fica bem simples. É uma crítica do Kojima às empresas petrolíferas que ficam derramando óleo nas praias, óbvio. Note que quando o fantasma faz sua pegadinha engatinhando ( o.O ) a areia se enche de óleo depois. Por que? Porque tem tanto petróleo absorvido nessa praia q só de cavar um pouquinho ele já aparece. O que automaticamente justifica essa quantidade absurda de bichos mortos. Parece que poluição era bem mais efetiva do que o ponto fraco pra enfrentar os enemy crab hein?

- Continua após a publicidade -

Agora as coisas ficam mais complexas. Tem um cara aparentemente pelado largado nessa praia, que quando eu vi os pés achei que era só alguém que ia acordar com muita ressaca depois de uma festa de ano novo cabulosa. Mas vemos que ele tem uma algema high-tech! O jogo é futurista, o que dá mais pontos pra minha teoria da praia poluída. E esse cara fugiu de uma prisão do futuro onde todos os prisioneiros têm que andar pelados pra não esconder nada. Cadê direitos humanos? Futuro insólito. E tem um cordão ali. O vídeo vai seguir o cordão e nos revelar...

#ReedusFetus! Também conhecido como Norman Feetus. Um bebê chorando jogado na areia preso por um cordão umbilical ao homem pelado que mais tarde vai ser revelado como o Daryl do Walking Dead, aka Norman Reedus. Depois de muito ponderar sobre essa cena bolei a teoria do "homem grávido". Pois é, nesse futuro horrível das praias encharcadas de petróleo, as mulheres não existem mais e os bebês são produzidos de maneira artificial e gestados por homens, inclusive presidiários, contra sua vontade! :O

Nessa cena o peladão está pegando o bebê do chão e ainda não sabemos que ele é o Norman Reedus, então eu não tinha entendido porque ele está cheio de marca de mão. Quando sua identidade é revelada, no entanto, tudo faz sentido. Seria impossível o Daryl do Walking Dead andar por aí pelado e a mulherada não ficar tentando pegar nele. Daí as marcas de mão.

Chegamos então à cena acima, uma das que mais marcou o trailer. Norman "Peladão" Reedus segura o neném no colo e chora. Como o bebê desaparece na cena seguinte, isso me leva a pensar que ele está chorando de remorso porque fugiu do presídio e deixou seu filhinho de gestação forçada pra trás, aí ele está tendo uma alucinação porque isso é um jogo do Kojima. Aliás, essa cena também pode ser interpretada da seguinte forma: Reedus está interpretando o Kojima depois de ver que a Konami transformou seu bebê Metal Gear num pachinko.

- Continua após a publicidade -

Depois do desaparecimento do #ReedusFetus vemos que as mãos do protagonista é que estão sujas de óleo! Mais uma vez um sinal de remorso. Talvez aquelas pegadas que vimos na areia eram ele mesmo se arrastando pra posição em que ele estava no início do vídeo. O homem pelado teve culpa nesse desastre ambiental aí! Vai ver por isso ele estava preso. A cena é seguida com pegadinhas menores, do bebê dele, em óleo também, o guiando. O que nos mostra que ele talvez vai ser guiado pela memória do filho pra buscá-lo de volta ou outra coisa. E também nos mostra que ele usou muitas drogas e está alucinando com força.

A seguir vemos a cicatriz do abdome (sarado) de Reedus. Nesse momento minha teoria do "homem grávido" que era só uma brincadeira começa a fazer mais sentido do que eu esperava e isso me assusta. Foi dali que o neném foi tirado, oras.

Essa bad trip de ácido que o Kojima chama de teaser termina então com a cena acima, com 5 entidades flutuantes que depois desaparecerem. Essa é muito fácil. Trata-se obviamente da galera do PETA que não tá nada feliz com as mãos oleosas matadoras de baleia do Reedus.

Então é isso aí, galera... O jogo vai ser tipo um God of War em que o jogador tem que matar os deuses do PETA com poderes de petróleo em busca do seu filho artificial perdido. Fácil, simples. Não deixem de comentar e comparar suas impressões sobre cada cena e vamos juntando nossas teorias aqui! Lembrem-se que a única certeza que temos é que todo mundo vai errar tudo. :)

Ah, tem outra certeza também, na verdade. Bizarro ou não, o teaser para Death Stranding deixou a galera do PS4 assim: 

  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.