5 séries originais do Netflix para assistir antes que a internet fique mais cara para quem usa a plataforma

A notícia que vem movimentando os sites de tecnologia ultimamente é que as operadoras pretendem adotar franquias mensais na internet fixa. Basicamente, as regras que funcionam na internet móvel passariam a valer na internet fixa, com corte de velocidade, e até mesmo da conexão, no final do pacote de dados.

Você pode entender toda essa treta neste link, que conta com a explicação da Anatel, cálculos de gastos de dados e mostra como tudo isso é bastante injusto com o consumidor, principalmente para quem joga ou assiste vídeos via streaming.

Por que as franquias estão virando a salvação das operadoras na era do streaming?

O assunto ainda está muito nebuloso e algumas operadoras não se posicionaram, mas a Vivo, que está fazendo a frente do novo método de distribuição de internet e quer instaurá-lo ainda este ano, disse que os usuários de plataformas como Youtube e Netflix pagarão mais caro com as franquias mensais na internet fixa

Pensando neste possível cenário pós-apocalíptico onde a internet ficará mais cara para quem gosta de séries, resolvi fazer uma lista com 5 indicações de seriados originais do Netflix para assistir antes que o negócio fique feio e sua maratona seja cortada por causa da franquia de internet.

 As séries foram escolhidas de acordo com meu gosto e experiências pessoais. Basicamente, se um amigo me dissesse que não poderia mais usar o Netflix daqui alguns meses, eu indicaria estas séries para ele:

Marvel - Demolidor
Nota IMDb: 8,8/10

A série do super-herói cego é a prova de que a Netflix pode salvar personagens que foram mal introduzidos no cinema. Feita em parceria com a Marvel, "Demolidor" conta a história do advogado Matt Murdock, que perdeu sua visão na infância em um acidente com produtos químicos, mas acabou tendo seus sentidos aguçados. A produção mostra a perseguição do personagem por justiça e seus esforços para tornar o bairro nova-iorquino Hell's Kitchen um lugar melhor.

- Continua após a publicidade -

"Demolidor" já está na segunda temporada e ganha bastante destaque pela bela fotografia e personagens bem construídos e fiéis aos quadrinhos. A Netflix também utilizou "Demolidor" como abertura para o seu universo de seriados de heróis da Marvel, trazendo figuras como o Justiceiro e Elektra para a trama.

A produção possui conexão com a série "Jessica Jones",  que também é exclusiva do Netflix e merece ser assistida, principalmente pela atuação de David Tennant, o eterno Dr Who, como o vilão Kilgrave.

House of Cards
Nota IMDb: 9,0/10

Lançada em 2013, a premiada série do Netflix é um dos maiores sucessos da plataforma, sendo a primeira série para web a concorrer em nove categorias no Emmy e ganhando diversos prêmios.

 

Protagonizada por Kevin Spacey, a série conta a história do político Francis Underwood, um homem que entende a lógica do poder e da corrupção e utiliza isso para tentar alcançar os mais altos cargos do governo norte-americano. "House of Cards" foi criada com base nos hábitos dos usuários da plataforma e pode ser considerada um sucesso premeditado da Netflix.

A produção já está na quarta temporada e traz muitos ensinamentos sobre como a política e o poder funcionam. Vale a pena assistir.

- Continua após a publicidade -

Making a Murderer
Nota IMDb: 9,0/10

Diferente das outras produções desta lista, "Making a Murderer" é uma série documental e traz uma história real contada em capítulos pelo Netflix. O protagonista é Steven Avery, um norte-americano condenado a 20 anos de prisão por um crime que não cometeu. Dois anos após ser inocentado, pistas apontam seu envolvimento com um assassinato.

No decorrer da série, o espectador pode ver a evolução do caso, conhecer a história de Avery e todos os erros e acertos do sistema judiciário dos Estados Unidos. "Making a Murderer" chegou ao Netflix em dezembro e gerou uma grande movimentação na internet e nas cortes norte-americanas

Master of None
Nota IMDb:
8,3/10

 

Esta é aquela série que você olha no catálogo, não dá atenção para ela de início, mas quando assiste percebe a obra que estava perdendo. Produzida e protagonizada pelo humorista Aziz Ansari, "Master of None" mistura comédia e drama na medida certa. A história acompanha Dev, um cara comum que tem muitas dúvidas na vida. Dúvidas que possivelmente você também tem ou já teve.

 

No decorrer dos episódios, o espectador aprende, junto com o personagem, a lidar com diversas situações e como lidar com a vida na nossa sociedade atual. Temas polêmicos como preconceito, feminismo e até mesmo comportamento na internet são abordados pelo seriado.

Assim como "House of Cards", esta é uma série que redefine conceitos e tem grandes chances de mudar o jeito como você vê o mundo. 

Bojack Horseman
Nota IMDb: 8,3/10

"Bojack Horseman" é uma animação que conta a história de um equino humanizado que entra em decadência e depressão após ser uma estrela da TV nos anos 90. Sim, esta é a série mais nonsense do Netflix, mas também uma das mais divertidas.

Ambientada em uma Hollywood habitada por animais e humanos, a série aborda os problemas triviais dos astros de cinema de uma forma bastante cômica e sarcástica. Apesar de ser um seriado animado, Bojack Horseman conta com um elenco bem famoso, incluindo Will Arnett, Aaron Paul, de "Breaking Bad", e Lisa Kudrow, de "Friends".

A série possui duas temporadas, sendo os primeiros episódios bem arrastados. Meu conselho é ter paciência e continuar, pois a segunda temporada é bem engraçada e traz muitas lições importantes sobre dificuldades na vida. Se não quiser assistir a série, pelo menos veja a abertura.

Menções honrosas:

- The Ranch - comédia que traz uma visão do interior no mundo atual.
- Unbreakable Kimmy Schmidtpossui a melhor abertura das séries do Netflix
- Um Drink no Inferno - tem a primeira temporada baseada no filme de Quentin Tarantino e Robert Rodriguez.
- Better Call Saul -  dos criadores de Breaking Bad
- Narcos - a série que quase deu um Globo de Ouro para Wagner Moura

Veja também: Sugestões de filmes para você assistir no Netflix

 

Vale lembrar, novamente, que apenas a Vivo se posicionou com firmeza sobre deixar o Netflix mais caro com as franquias na internet fixa, uma vez que os usuários terão que assinar planos com limites mais altos. As coisas podem mudar nos próximos meses e outras operadoras podem não seguir o plano, mas levando em consideração que a provedora disse que isso é uma "tendência mundial", não podemos deixar de imaginar um cenário onde nós, os consumidores, somos afetados da forma mais negativa possível.

Já existem até iniciativas para (tentar) impedir que o novo método de distribuição de internet aconteça, incluindo o Movimento Internet Sem Limites e uma petição no Avaaz que já conta com quase 200 mil assinaturas. Assim como esta coluna, são ótimas formas de mostrar para o público em geral que as coisas estão prestes a mudar.

 

Para a galera que curte comentar, não se limitem a apenas tretar sobre a internet ficando mais cara. Adoraria ver mais sugestões de séries, filmes e jogos nos comentários! Por favor, colabore com a postagem!

 

 

Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.