International Cat Day: Os 10 felinos mais legais dos games!

Muita gente não sabe e um bom tanto não liga, mas hoje foi o dia internacional dos gatosMuitas vezes maltratados pelo preconceito alheio e extremamente popularizados pela internet, querendo ou não, os bichanos são parte das nossas vidas e, é claro, dos games! Para homenagear os bichinhos de estimação mais amavelmente arrogantes do mundo, separei uma lista dos felinos dos games que eu considero os mais bacanas.

#10 - O gato de Catlateral Damage

(Catlateral Damage)

Quem tem ou já teve um gato sabe que uma das coisas mais irritantes que esses bichos fazem, só pra tirar uma com a sua cara, é derrubar as coisas de lugares altos sem nenhum motivo aparente (como bem ilustrado aqui). Seguindo a regra do "se não pode vencê-los, junte-se a eles", Catlateral Damage deixa o jogador entrar na pele do bagunceiro e derrubar tudo que encontra pela casa em troca de pontos. Entra na lista só pelo desaforo.

#9 - Cheshire Cat

(Alice: Madness Returns)

Com o tom sarcástico e arrogante que se espera de um gato, temos em Cheshire Cat, do game Alice: Madness Returns, um excelente trabalho de dublagem que faz dele um dos personagens mais interessantes do game. A voz profunda e o jeito maléfico, acentuado pela pontinha de capeta na cauda, dão um tom muito icônico a este gato que rapidamente rouba a cena no jogo, sem contar as brincadeiras com as palavras para soar mais felino, como os "r"s do "purrrrrfect". Não podia deixar de entrar na lista!

#8 - Ratchet

- Continua após a publicidade -

(Ratchet & Clank)

Ratchet na verdade é um alienígena... Mas se fôssemos classificar espécies extraterrestres também, com certeza ele seria colocado entre os felinos. E dos mais evoluídos, capaz de usar inúmeras armas diferentes e com conhecimentos avançados de robótica. Pois é, ele não se comporta muito como um gato, mas por ser um personagem tão cativante e divertido, numa série de games tão boa, com certeza ele merece ser mencionado aqui! 

#7 - Lynx

(Chrono Cross) 

Lynx começa parecendo ser o grande vilão de Chrono Cross. Seu ar misterioso e crueldade fazem dele um antagonista interessante para o inocente herói Serge. E o game dá uma reviravolta bastante inesperada quando os personagens trocam de corpo! Apesar de ter até seus golpes com uma "temática felina", Lynx, na maior parte do tempo, não age como um gato, mas sim como uma pessoa vilanesca qualquer. Por isso, apesar de ser indispensável em nossa lista, pelo mesmo motivo de Ratchet, acaba perdendo algumas posições para outros personagens "mais felinos".

#6 - Felicia

- Continua após a publicidade -

(Darkstalkers)

Darkstalkers é uma série de luta da época da Capcom criativa que parte de uma interessante premissa de colocar personagens icônicos da mitologia do terror para lutarem entre si no estilo Street Fighter. Mas por que não jogar uma "catgirl" ali só por um fanservice? Pois é, eis que surge Felicia. Apesar de sexualmente apelativa, a personagem tem um estilo de luta bastante divertido, às vezes até engraçado e na maior parte do tempo parece mais "cat" do que "girl", então é uma felina muito bem-vinda em nossa lista! 

#5 - Guppy

(The Binding of Isaac)

Guppy? Quem é esse? Até entre o pessoal que já jogou o excelente indie Binding of Isaac, deve ter muita gente que não conhece o Guppy. O gatinho de estimação do personagem principal do game é referenciado ao longo do título diversas vezes, com muitos power-ups sendo partes dele e há até um caminho em que é possível ao Isaac "virar" o Guppy. Mas o mais legal deste bichano, e o motivo dele estar aqui, é que sua versão no game é uma homenagem a um Guppy verdadeiro, animal de estimação de um dos desenvolvedores. O Guppy de verdade infelizmente faleceu no ano passado, mas agora está eternizado nesse ótimo rogue-like.

#4 - Nall 

(Lunar: The Silver Star Story Complete)

E lá vou eu falar de Lunar de novo, e lá vou eu falar do Nall de novo... Mas não tem jeito, este pequeno gatinho alado marcou minha infância e com certeza me ensinou como é importante um game ter personagens cativantes e bem trabalhados. Apesar dele repetir inúmeras vezes que NÃO é um gato, sinto muito, seu amor por peixes e sonecas e seu pouco apreço por cachorros não deixam ele enganar ninguém. Tudo bem que ele vira um dragão. Mas antes é um gato. E um gato que vira um dragão é algo simplesmente fenomenal e provavelmente o que falta no mundo para alcançarmos a paz mundial.

#3 - Tigre

(Far Cry 3) 

Quem jogou Far Cry 3 até o fim deve ter passado pelo menos uma vez pela hilária situação de estar se preparando para invadir uma base e um tigre aparecer DO NADA e matar cada um dos soldados inimigos. A vontade é fazer um "brofist" com o animal depois e até daria se ele não tentasse te devorar também. Tudo bem, a gente perdoa esse deslize, é impossível não amar os tigres neste título. Essa tirinha do Dorkly explica bem porque o tigre merece estar nesta lista.

#2 - Simba

(The Lion King)

O Rei Leão é considerado por muitos, até hoje, a obra-prima da Disney em matéria de animação. Essa excelente adaptação de Hamlet (rá, sabia dessa?) ao mundo animal marcou a infância de muitos e foi seguida por um game não tão grandioso, mas ainda muito bom no Super Nintendo e Mega Drive. Jogando como Simba filhote com um rugido digno de riso e, depois, adulto com uma voz feroz que faz os inimigos tremerem, o game trazia gráficos intensos e coloridos que dificilmente víamos na época, com a linda trilha sonora do filme e algumas ações em plataforma muito divertidas. Um dos poucos jogos em que você controla um felino e ele anda em quatro patas!

#1 - O gato órfão 

(Shenmue)

O pequeno filhote de gato que perde sua mãe que encontramos em Shenmue leva o topo da lista pelo simples fato de que ele é o único gato aqui que é realmente só um gato mesmo. Sem poderes, sem comportamentos estranhos... Apenas um gatinho precisando de ajuda. Mesmo sendo uma sidequest sem recompensas "materiais" no mundo do jogo, o Mimi, ou Chibi, ou Sasuke (justo o nome mais legal que não pode), representa o que fez de Shenmue um jogo com tantos fãs. Missões com histórias emocionais e envolventes que realmente imergem o jogador no game. O gato órfão de Shenmue foi inesquecível e adoraríamos revê-lo em Shenmue III (bem que podia ter sido um stretch-goal).

_________________________________ 

Menção Honrosa: Red XIII

(Final Fantasy) 

Muitos fãs de Final Fantasy VII devem ter entrado neste post esperando ver Red XIII na lista, um dos personagens mais legais do game. E eu queria mesmo tê-lo adicionado. Mas o caso é que não há consenso se Red XIII é um felino ou um canino! Pra mim, ele é um leão vermelho. Mas tem muita gente que o enxerga muito mais como um cachorro e, pesquisando internet afora, a maioria prefere considerá-lo um híbrido entre um felino e um canino. Sendo assim, não pude colocá-lo na lista, mas, para quem o enxerga como um gato, assim como eu, fica aqui mencionado, jamais esquecido. 

_________________________________ 

# - Conclusão

Esses são os gatos que EU considero serem os mais bacanas dos games. Essa é apenas minha opinião e eu adoraria saber a sua nos comentários! Não deixem de dizer quais os SEUS gatos prediletos nos games! Mas vocês vão ver que, infelizmente, não são muitos :/

Precisamos de mais felinos nos jogos! E gatos mesmo, que de "catgirls" genéricas já tá cheio...  

Assuntos
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

Qual vai ser o melhor game de outubro de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.