Gadget sem propósito do dia: Duracell lança adaptador para carregamento por indução que é pior que cabo

Quando uma nova tecnologia chega, nem sempre entendemos para que ela serve. A internet foi pensada como uma forma de conectar múltiplos computadores e trocar informações, mas levou bastante tempo para ver que o forte da tecnologia seria mesmo a pornografia e fotos de gatinhos. A Duracell deu mais uma amostra do "eu não sei pra que serve" e lançou um acessório voltado ao carregamento por indução que não faz sentido algum: o PowerMat e o Ring.

O objetivo dos acessórios é trazer o carregamento por indução para aparelhos que não possuem este recurso. Funciona da seguinte forma: você conecta um anel todo desastrado através da porta USB ou Lighting de seu aparelho e ele passa a carregar o smartphone ao colocar este anel em uma base de carregamento por indução. E dependendo da situação, o celular fica assim mesmo "voando" pra fora da base, como na foto acima, e você vai precisar apoiá-lo para alinhar.

Aí entra o despropósito da coisa: esse carregamento acaba sendo PIOR que carregar seu smartphone através de um cabo. A graça de usar a indução é que a coisa acontece "automagicamente", você larga o aparelho em cima da base e ele sai carregando. Com o acessório da Duracell e seu módico custo de 50 dólares o que você tem são duas opções: ter que conectar o acessório toda vez que for carregar ou, pior, andar com este treco o tempo deixando o smartphone em um formato bizarro, algo que não incomoda alguns consumidores, mas que eu não aprovo exceto se der para ficar girando o smartphone com o dedo enquanto ando pela rua, sem cair.

O problema dos cabos não são apenas os cabos. O chato deles é que você não tem muita liberdade de mexer o celular do lugar e você precisa ficar conectando toda vez que quer carregar. O que a Duracell conseguiu é um feito: tirou os cabos e manteve seus problemas, como se ainda estivessem ali.

Não entendam mal, carregamento por indução é bem interessante. Você deixa o aparelho na mesa, fica fazendo outra coisa e quando vê o "bichinho" carregou. Se precisar usar, você pega, mexe com total liberdade e coloca ali de novo, sem cabo nenhum enchendo o saco, mas pra isto acontecer desta forma prática precisa ser algo já integrado, como acontece no LG G3, Lumia 930 e no recém-lançado Galaxy S6. Na pior das hipóteses, dá para aceitar uma capinha que traga a capacidade.

{via}Gizmodo|http://gizmodo.com/duracell-doesnt-understand-wireless-charging-1697901497?utm_campaign=socialflow_gizmodo_facebook&utm_source=gizmodo_facebook&utm_medium=socialflow{/via} 

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.