PC e controles: os melhores games para multijogador local

[+update]: Após jogar mais alguns games, estou adicionando novas franquias que merecem um espaço por aqui. Apesar de conhecer (por nome) vÁrios outros games, estou me limitando a incluir aqui o que joguei e realmente achei interessante. Quem tiver sugestões, serão sempre bem-vindas, para ampliarmos esta listagem!

Monaco
1 a 4 jogadores local, mais jogadores no modo online
Modo campanha e versus

O game Monaco é uma ótima pedida para quem quer um jogo dinâmico para quatro pessoas. Com uma "visão de cima", você e seus amigos precisam realizar uma série de atividades ilegais, como assaltos e resgate a prisioneiros. O jogo tem uma "pegada stealth", mas caso alguém seja visto, basta correr e se esconder para "sumir de vista" dos policiais e NPCs.

O jogo mistura um estilo estratégico, quando você estÁ decidindo o caminho que irÁ seguir nos mapas, com um estilo dinâmico, quando alguém do seu time é visto e tudo vira correria.

A visão exótica e a grande quantidade de cores e informações na tela podem ser confusas no início. É preciso algumas rodadas para entender algumas mecânicas do jogo.

Prós: Misto de estratégia com ação. Jogabilidade dinâmica.
Contras: Difícil de ser entendido, no começo.



Guacamelee
1 a 2 jogadores local
Modo campanha

- Continua após a publicidade -

Guacamelee é um game indie bastante divertido, que inclusive jÁ apareceu em uma coluna com sugestões de games engraçados. Ele alia a agilidade e pancadaria de um bom "jogo de porrada em plataforma" com puzzles desafiantes. Em alguns momentos, a dificuldade de alguns inimigos pode irritar os jogadores menos adeptos ao estilo gamer hardcore que "teima até conseguir ganhar".

Prós: Ótimo game de luta de plataforma, engraçado e com ótimos desafios
Contras: Dificuldade pode frustrar jogadores menos "habilidosos". Tem partes que jogar em duas pessoas torna a câmera confusa.




Worms Revolution
1 a 4 jogadores local, jogo misto entre jogadores no modo local e via internet
Modo campanha e versus

O Worms jÁ é um clÁssico, e gamers acostumados com jogos anteriores não terão nenhuma dificuldade em se localizar neste jogo da franquia. Com apenas algumas melhorias nos grÁficos e algumas brincadeiras novas com física, Worms Revolution segue a fórmula imbatível de "formigas incrivelmente armadas com coisas absurdas se mantando". 

Como é um game de estratégia (sim, apesar do jeito zoado, o jogo pede um certo planejamento nas jogadas), e com um ciclo em turnos, ele não é muito "animado". Pode não ser uma boa opção para quem quer algo com mais ação, em que todos "fazem algo ao mesmo tempo". 

Prós: Estratégico. Cheio de momentos engraçados graças a jogadas erradas.
Contras: Jogo por turnos, então não é muito dinâmico. 

Texto original: Computadores, com mouse e teclado, são feitos principalmente para uso individual. Mesmo quando caímos em uma jogatina multijogador, a grande maioria dos games usam da conexão com internet para colocar mais pessoas no jogo. Isto é notÁvel quando você compra um conjunto de controles e liga seu PC ao seu televisor, pra chamar os amigos para a jogatina em sua casa. É aí que vemos que a biblioteca de games dos computadores se mostra bem limitada.

Apesar do menor número, ainda existem boas opções de games para multiplayer local para computadores. Vou passar aqui algumas dicas dos games que jÁ deram certo com o meus combos de quatro controles de Xbox, dois controles USB e dois controles de Playstation (do 1, por sinal, e que jÁ passaram desta para uma melhor).

- Continua após a publicidade -


Magicka
1 a 4 jogadores local, jogo misto entre jogadores no modo local e via internet
Modo campanha e versus

O jogo Magicka é um game muito bom para quem quer se divertir em vÁrios amigos. Conjurando oito elementos, com combinações diversas, cada mago cria seus golpes ofensivos e defensivos. O game é muito divertido para os combates entre seus amigos, ou em conjunto tentando passar pelo modo campanha. Magias mal-combinadas, "fogo amigo" e o próprio estilo debochado do game, que tem mapas em locais inusitados como o Vietnã, prometem algumas risadas.

Só hÁ um porém: compreender os elementos e as interações, e dominar os vÁrios botões do controle para conjurar os golpes, é algo bem desafiante e que demanda um tempo para se dominar. Boa pedida para gamers experientes que querem um desafio.

Prós: Mecanismo de magias inteligente. Friendly Fire torna tudo mais divertido
Contras: Difícil de se dominar os comandos. 

Atomic Bomberman
1 a 10 jogadores local, online via IPX (?!)
Jogo casual versus

Atomic Bomberman é um game de... 1997,e nada menos que o primeiro jogo da franquia a ser desenvolvido para Windows! Apesar da idade, o game é um dos mais divertidos destes personagens piromaníacos. Com os devidos ajustes, o game é capaz de ser rodado nas versões 7 e 8 do sistema da Microsoft, e tem um suporte muito bom para controles (considerando a velhice do game). Os gritos dos personagens e as animações bem-humoradas para suas mortes dão um ar engraçado ao game.

Prós: Animações muito engraçadas, promete partidas acirradas entre os jogadores
Contras: Antigo, é preciso configurar algumas coisas pra rodÁ-lo direito (exceto se você continua no Windows 95)

Rayman Origins
1 a 4 jogadores local
Modo campanha

O game que arrancou elogios da redação do Adrenaline também não deixa os jogadores de PC na mão, na hora de se divertir com os amigos. Com trilha sonora e grÁficos fantÁsticos, aliados a uma jogabilidade de precisão cirúrgica (necessÁria para um bom side-scrolling), o game do personagem sem braços é uma ótima pedida. Novamente, o friendly fire promete algumas risadas.

Prós: FantÁstico para fãs dos jogos de plataforma. Se ficar sem graça, é só empurrar os amigos no fogo/buraco/inimigo.
Contras: Como assim, contras? ¬¬

Trine 1 e 2
1 a 3 jogadores local
Modo campanha

Trine é um game indie que chama muito a atenção pelos belos grÁficos rebuscados e pelos puzzles de física interessante. Os três personagens principais possuem habilidades diferentes, o que força uma coordenação das ações para que todos passem as fases. Os grÁficos são muito "emperquetados" e, assim como o gameplay lento, podem cansar os jogadores a longo prazo.

Prós: Belíssimos grÁficos, narrativa interessante, trabalho em equipe entre os jogadores
Contras: Ritmo lento de gameplay, pode enjoar rÁpido.

The Cave
1 a 3 jogadores local
Modo campanha

Para os jogadores que sentem saudades dos games irreverentes do estilo "Mokey Island", o The Cave podem ser uma ótima pedida. Com uma narrativa maluca, e o trabalho coordenado de três personagens, o game leva os jogadores a descer por uma caverna onde reveem sua história e as vÁrias implicações que este auto-descobrimento pode causar. Ótimo para fãs de games de plataforma, humor Ácido e de puzzles.

Prós: Engraçado (se você entende inglês), leva ao trabalho em equipe, quebra-cabeças interessantes
Contras: Repete desafios, você corre o risco de não resolver um puzzle e todo mundo se entediar

Portal 2
1 a 2 jogadores local, modo multiplayer online (mas aí é cada um no seu PC)
Modo campanha

O game da Valve se destaca por trazer um desafio bastante diferente para a mecânica de FPS, fazendo os jogadores passarem por fases complexas munidos com uma arma que dispara... portais. No modo cooperativo o desafio é ampliado, e é preciso pensar através de quatro portais, ao invés dos dois da campanha solitÁria.

Prós: Jogo inteligente, dÁ pra ferrar com seu amigo, tudo é melhor quanto tem a GLaDOS
Contras:  Se o seu parceiro não tiver uma boa inteligência espacial a experiência vai ser bem frustrante 



Dungeon Defenders
1 a 4 jogadores local, jogo online
Jogo Casual Cooperativo

Dugeon Defenders é um game que segue a mecânica do estilo "tower defense", mas meio cruzado com RPGs e com games em terceira pessoa. Cada jogador escolhe um personagem de uma certa classe, capaz de evoluir seus aspectos à medida que aumenta seu nível (eu disse que era um RPG). Um bom trabalho em equipe é necessÁrio para evitar que as hordas cheguem a um cristal que, se for destruído, faz você perder o jogo.

Prós: Simples e divertido, atende bem fãs de RPGs
Contras: A divisão da tela em quatro pessoas torna os status e menus minúsculos para cada jogador


Hamsterball
1 a 4 jogadores
Modo versus (até 4 jogadores) e corrida (2 jogadores)

Hamsterball é um game com uma premissa bem doida: você é um hamster dentro de uma bolinha, e precisa correr dentro dela para ganhar uma corrida ou para jogar outros hamsters para fora da plataforma (ou, se quiser bancar o Dick Vigarista, pode fazer os dois: joga seus adversÁrios fora da plataforma durante a corrida). Os controles são baseados somente nos direcionais, e por isto a curva de aprendizado é muito rÁpida, o que garante a participação de qualquer um na jogatina.

Só hÁ um defeito: por padrão, o game aceita apenas dois controles, e os demais jogadores precisam jogar com mouse e teclado. Um jeito de contornar o problema é configurar dois controles para atuarem como estes dois periféricos, com softwares como o Joy2Key.

Prós: Engraçado, controles bastante simples
Contras: Se for usar mais de dois controles, a configuração é na "gambiarra"


Little Fighters 2
1 a 4 jogadores (pode subir para 8, com dois PCs com 4 jogadores cada)
Modo campanha, versus e torneio 

Outra velharia, este game é uma opção interessante para fãs de Streets of Rage e Street Fighter, pois mescla um pouco de cada: a porrada side scrolling com combinações para disparar especiais. O game é bem simples, com jeitão meio "caseiro", mas não deixa de divertir com sua pancadaria e seus especiais bem elaborados. DÁ para tentar sobreviver à hordas de inimigos, cooperativamente, se enfrentar em campeonatos individuais ou em duplas e, uma ótima pedida, se bater no "cada um por si".

Pena não funcionar bem em tela cheia, e vir em uma resolução muito baixa. O jeito é fazer seu monitor voltar para 1024x720 para fazer as coisas "ficarem maiores".

Prós: Pancadaria divertida, especiais bem elaborados, é grÁtis!
Contras: Não funciona em tela cheia, o rock que toca no menu "enche o saco", é preciso um tempo para aprender os especiais de cada um



Pro Evolution Soccer/ FIFA 
1 a 4 jogadores
Modo "campanha", partida casual e torneios

Assim como assunto aleatório com alguém que você só conhece "mais ou menos", o futebol é uma boa saída para entreter um grupo de amigos. Tanto a franquia Pro Evolution Soccer quanto o FIFA possui uma série de modos, que abrem diversas possibilidades como evoluir um time em conjunto, montar um campeonato (individual ou de duplas) ou simplesmente se enfrentar em partidas casuais.

Prós: Futebol é muito popular (inclusive na sua versão digital), mecânica desses games trazem disputas animadas
Contras: Diferente do estereótipo, não é todo brasileiro que curte este esporte



Castle Crashers
1 a 4 jogadores
Modo campanha

Fãs de porrada e de side-scrolling vão se sentir em casa em Castle Crashers. Neste game você pode escolher entre 4 personagens com golpes especiais diferenciados. Cada jogador evolui seu personagem, tornando ele mais poderoso e preparado para enfrentar as fases mais difíceis. É um game que pode ficar meio repetitivo pela baixa variedade e simplicidade dos ataques, mas em contrapartida é fÁcil de ser dominado por jogadores menos experientes. As

Prós: Debochado, fÁcil de se aprender
Contras: Pode frustrar quem deseja um desafio maior, a maioria das piadas são do tipo "bathroom humor"

Esta lista, é claro, não é definitiva. Vou adorar ver mais sugestões aparecendo nos comentÁrio, afinal, serão mais coisas para eu jogar com a galera, lÁ em casa.

Baseado na sugestão do usuÁrio do forum malukon.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.