Guia cultural para nerds e geeks 2013


Ao longo de 2012 usei este espaço para comentar filmes, quadrinhos e games, então é mais do que justo que eu comece o ano falando exatamente sobre as produções mais aguardadas nestes três meios. Sei que existem mais variados tipos de nerds e geeks, mas considero que me encaixo em pelo menos um desses gêneros. Espero que tenham paciência se não concordarem exatamente com tudo que aparecer aqui. Encare esta coluna como um guia informal. Existirão coisas que eu falarei pelo interesse comum de nosso clã e outras por pura paixão pessoal.

Se o ano que acabou de terminar foi um tanto aqüem (Tulio eterno) nesses três fronts - hey, pelo menos o mundo não acabou - , 2013 começa a se desenhar com muito potencial. Temos grandes franquias voltando a dar as caras em grande forma e algumas produções originais que têm tudo para dar certo. Sem mais delongas, vamos à primeira parte do Guia cultural para nerds e geeks 2013.


Ah! E depois que tudo estiver terminado, comentem se concordam, discordam, ou se acham que eu esqueci alguma coisa (de preferência falando o por que) e mereço queimar na fogueira. 

{break::Games}Para falar de games, prefiro deixar alguém que sabe muito mais do que eu dar seus pitacos. Assim, quem quiser um texto muito mais detalhado a respeito do que valerÁ a pena em 2013, tem que ler a coluna do Andrei.

O que eu posso destacar por aqui é que o ano que vem parece muito mais promissor, com franquias de peso lançando títulos como GTA V, God of War: Ascension, Dead Space 3, BioShock Infinity e Tomb Raider. Infelizmente discordo com o Andrei na ordem de suas expectativas. Para mim, o game que ele listou em décimo é exatamente aquele que mais chama a atenção, Watch Dogs.


Se for metade do que é prometido em seu trailer, o jogo pode oferecer possibilidades praticamente ilimitadas para cumprir seus objetivos das maneiras mais inventivas possíveis. Essa foi a primeira vez em muito tempo que eu fiquei verdadeiramente ansioso ao assistir apenas um trailer. - Ok, isso é uma mentira. Com Skyrim fiquei assim também.

{break::Quadrinhos}

- Continua após a publicidade -

DC Comics
A DC começa o ano com o que deve ser seu principal evento jÁ em andamento, a ainda-não-confirmada-oficialmente-mas-meio-que-confirmada-sim Guerra da Trindade (Trinity War). A saga, que pode deve envolver todos os Novos 52 da editora, provavelmente gira ao redor da "Trindade do Pecado", composta por Vingador Fantasma, Questão e Pandora, a mulher encapuzada misteriosa que aparecia no final de Flashpoint. Alguns rumores indicam também um envolvimento direto da trindade principal da DC, Superman, Batman e Mulher-Maravilha, além de três equipes batizadas de Liga da Justiça (a original, a da América, com ligações com o governo americano, e a Dark, ligada a magia e composta por personagens mais secundÁrios).

A editora também promete um grande ano para o Homem de Aço, ao unir a sua principal equipe criadora ao redor do herói. Scott Snyder, o roteirista mais conceituado atualmente na DC, se une ao desenhista e editor Jim Lee, planeja explorar aspectos negligenciados do personagem, além de expandir seu universo. Este pode ser o ano do retorno de Clark Kent aos holofotes. 



Marvel Comics
Se a rival ainda não confirmou seu grande evento do ano, a Marvel jÁ anuncia hÁ algum tempo a Age of Ultron ("Era de Ultron"). A história terÁ dez edições e deve começar pela metade, com o robô Ultron jÁ com o domínio sobre o planeta e com os poucos heróis que sobraram - Homem-Aranha, Wolverine, Mulher-Invisível, Treinador, Fera, Emma Frost, Mulher-Hulk, Luke Cage e Cavaleio da Lua - lutando para livrar a Terra das garras do vilão. De acordo com o roteirista do evento, Brian Bendis, o seu final serÁ tão surpreendente que é guardado com uma senha que apenas seis pessoas conhecem. Age of Ultron terÁ periodicidade quinzenal, publicada entre março e junho.

A participação do Cabeça de Teia na saga deve se tornar ainda mais interessante se levarmos em consideração que o herói passarÁ 2013 inteiro envolvido em um problema pessoal, a história Superior Spider-Man. **SPOILERS A FRENTE** No final do ano passado, uma história gerou revolta - e até alguma ameaças de morte - entre os fãs do amigão da vizinhança. Na edição 700 de Amazing Spider-Man, Doutor Octopus teve sucesso em um plano que jÁ vinha se desenhando hÁ anos nas publicações da editora e trocou de corpos com Peter Parker, que morreu logo após ser transferido para seu antigo inimigo. A princípio, achei uma idiotice, comparÁvel ao pacto com o diabo que o herói fez anos atrÁs e que resultou no fim de seu casamento com Mary Jane. No entanto, o desenvolver da história tem potencial, principalmente se a Marvel não se acovardar e simplesmente apagar tudo no final. Octopus, agora em posse dos poderes, corpo e memórias de Parker, resolve que serÁ um herói melhor do que o Aranha jamais foi. Um herói superior. E serÁ este quem estarÁ lutando contra Ultron.

- Continua após a publicidade -


Graphic Novels
Sandman. Sandman, senhoras e senhores. No aniversÁrio de 25 anos de uma das maiores graphic novels de todos os tempos, Neil Gaiman, seu criador, nos dÁ o maior presente de todos. Acompanhado do ilustrador J. H. Williams III, Gaiman contarÁ a história da batalha que drenou tanto as energias e os poderes de Morpheus que permitiu sua captura, como o encontramos no primeiro capítulo da série clÁssica. Estou aqui falando de um dos meus autores favoritos (não apenas de HQs, mas de livros, também) voltando a um de seus principais e mais conceituados trabalhos. Não tem como não ficar ansioso. Infelizmente, ainda não hÁ data oficial de lançamento, mas a primeira edição de Sandman foi publicada em novembro de 1988, então talvez a nova história chegue às bancas mais ou menos nessa época.

Outra série que também merece atenção são as publicações de Star Wars pela Dark Horse. A editora promete retomar seus títulos simplesmente nomeados Star Wars e, como o próprio nome indica, contar histórias ligadas aos principais personagens da trilogia original vista nas telonas. Ou seja, nada de narrativas paralelas. A série deve se passar entre o final de Uma Nova Esperança e O Império Contra-Ataca.

{break::Filmes}Machete Kills - 11 de abril de 2013
A continuação do filme dirigido por Robert Rodriguez em 2010 promete ser ainda maior e mais explícita do que o original. Danny Trejo estÁ de volta no papel principal, junto de Jessica Alba (Quarteto FantÁstico) e Michelle Rodriguez (Resident Evil - O Hóspede Maldito), com a adição de nomes do calibre de Charlie Sheen como o presidente dos EUA e Mel Gibson como o principal vilão da película. A diversão da primeira parte e um começo de ano parado garantem a entrada da sequência nessa lista.

Homem de Ferro 3 - 3 de maio
O terceiro capítulo da franquia protagonizada por Robert Downey Jr. conta com Sir Ben Kingsley como o vilão Mandarim, o que jÁ é mais do que suficiente para explicar a expectativa pela produção. Este não se trata apenas do primeiro filme da Marvel Studios após o estrondoso sucesso de Vingadores, mas também é o primeiro da série do herói a não ser dirigido por Jon Favreau. Quem assume as rédeas agora é Shane Black, que jÁ trabalhou com Downey Jr. no ótimo Beijos e Tiros, e promete dar um tom um pouco mais sombrio à franquia. Basta ver o trailer para ficar bem animado com a continuação.


Sir Ben Kingsley como Mandarim. Precisa de mais alguma coisa?

O Homem de Aço - 12 de julho
Confesso que não estou muito animado com o recomeço do mundo do Superman nas telonas - eu tinha grandes expectativas para Superman Returns e principalmente para outro reboot recente, o Espetacular Homem-Aranha, que foram, para dizer o mínimo, frustradas. No entanto, ainda tenho fé em estar enganado. Afinal, por trÁs do argumento e da produção estão Christopher Nolan, o homem responsÁvel pela trilogia recente do Batman. Além disso, temos na direção Zack Snyder que tem no currículo duas ótimas e bem sucedidas adaptações de quadrinhos, 300 e Watchmen. Vamos torcer para a DC Comics ter aprendido com seus erros do passado, nos entregando um blockbuster cheio da ação que o Homem de Aço merece.

Star Trek Into Darkness - 26 de julho
Este é, fÁcil, um dos títulos que mais me fazem salivar neste ano que se inicia. Assisti pelo reinício da franquia Star Trek (ou Jornada nas Estrelas, para os mais old school) sem esperar muito, e talvez por isso fui agradavelmente surpreendido. As esperanças aqui são ainda maiores, jÁ que os boatos ainda não confirmados pelo estúdio garantem que esta serÁ uma nova versão da Ira de Khan, o melhor dos filmes originais estrelados por William Shatner e Leonard Nimoy. Vida longa e próspera!

The Wolverine - 26 de julho 
Neste momento consigo ouvir vocês sentados em suas casas ou escritórios e bufando ou lacrimejando ao lembrar da desgraça que foi X-Men Origens: Wolverine. Acreditem, eu também fiquei desgostoso ao ficar sabendo que uma continuação estava sendo desenvolvida. No entanto, pouco a pouco minha fé foi sendo reerguida. Começou quando prometeram que esta produção não teria nada a ver com a primeira, seguido por quando publicaram a sinopse, que prometia utilizar o arco mais celebrado do mutante nos quadrinhos, seus anos no Japão. Somando-se a isso os incríveis pôsteres publicados no final de 2012, temos a promessa de que Logan talvez volte a ser o melhor no que faz.


O filme é baseado no arco Eu, Wolverine (1982), de Chris Claremont e Frank Miller

Pacific Rim - 9 de agosto
Guillermo del Toro. Robôs colossais. Kaijus (monstros gigantes japoneses). Não é preciso muito mais para fazer com que qualquer nerd chore de emoção. Posso estar sendo precipitado, mas prevejo que este talvez seja O filme geek do ano. Eu jÁ estive errado antes (né, Prometheus?), mas como não confiar no cara que fez Hellboy e O Labirinto do Fauno?

Elysium - 16 de agosto
Elysium é a nova produção do diretor de Distrito 9, Neill Blonkamp, uma ficção científica passada em um futuro distópico em que alguns poucos afortunados conseguiram fugir do planeta em frangalhos que se tornou a Terra e vivem isolados em uma estação espacial. A grande atração para nós tupiniquins é que o filme, além da presença de Alice e Sonia Braga, duas brasucas que fizeram bem a transição para Hollywood, conta também com o vilão interpretado por Wagner Moura. Eu não sei vocês, mas não vejo a hora de ver o Capitão Nascimento chutando uns traseiros futuristas.

Thor: The Dark World - 22 de novembro
Sei que o primeiro Thor não empolgou muito, mas é sempre interessante acompanhar como a Marvel expande ainda mais o universo integrado de seus personagens. Afinal, cada filme individual é praticamente apenas uma preparação milionÁria para o que realmente interessa: Vingadores 2, que só chega em 2015. Kenneth Branagh passa o elmo de diretor para Alan Taylor, conhecido por seu trabalho em séries bem sucedidas como Mad Men e Game of Thrones, e grande parte do elenco estarÁ de volta. Ou seja... Natalie Portman, caras!

Ender's Game - 13 de dezembro
Esta é provavelmente a produção com o sabor mais agridoce para mim, entre todas as listadas aqui. Permitam-me a explicação: Ender's Game é a adaptação para as telonas de O Jogo do Exterminador (1985), meu livro favorito de todos - TODOS!! - os tempos, então vocês podem entender minha empolgação. É exatamente por isso que também tenho grandes temores ao ver o nome de Gavin Hood na cadeira de diretor, o meliante que cometeu aquele primeiro filme do Wolverine, jÁ comentado aqui. Contando a história de uma escola militar futurista para crianças, a produção conta com um ótimo elenco, principalmente na parte mais crucial, a infantil. Mesmo assim, não conseguirei dormir tranquilo enquanto Hood estiver envolvido.


O elenco é composto por Harrison Ford, Sir Ben Kingsley, Abigail Breslin e Hailee Steinfeld, mas o diretor é Gavin Hood :(

The Hobbit: The Desolation of Smaug - 20 de dezembro
A segunda parte da trilogia feita do prelúdio de Senhor do Anéis, que vende-se por si só. Para mim, o primeiro filme deixou a desejar, com grande parte de seu valor vindo da novidade que eram os 48 fps. Se não existe mais o ineditismo do High Frame Rate, pelo menos poderemos acompanhar finalmente o desenvolvimento de Bilbo Bolseiro com o Um Anel, enquanto torcemos para que se resolvam os problemas de roteiro que deixaram O Hobbit: Uma Jornada Inesperada tão repetitivo.


Assuntos
Tags
  • Redator: César Massaki Teshima Soto

    César Massaki Teshima Soto

    Graduando de Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina, ganhou um Mega Drive aos 5 anos, mas nunca conseguiu fazer final em Sonic 2. Navegava pelas salas de bate papo nos tempos da internet discada e até hoje procura o disquete perdido com seu jogo salvo do América-MG no Elifoot 98.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.