Nokia e seu karma de sempre estar com a plataforma velha

Vida Digital

Diego Kerber

A Microsoft anunciou esta semana o Windows Phone 8, cheio de ótimos recursos e que aproximou muito as plataformas tablet, PC e smartphone da empresa (quem aqui jÁ tinha imaginado DirectX em seu celular?). A nova versão do WP irÁ amadurecer o sistema, que jÁ vinha mostrando muito potencial na versão 7.5, e torna o SO um possível concorrente de peso nos próximos anos. Tudo lindo, exceto pra Nokia.


O inferno astral da finlandesa começa com o anúncio de que os aparelhos Windows Phone atuais não receberão atualizações para o WP 8. O resultado? A Nokia estÁ sentada sobre uma pilha de Lumias que ficarão obsoletos em poucos meses, o que nos traz uma ironia.

HÁ mais ou menos um ano, Stephen Elop soltaria o famoso relatório interno afirmando que a Nokia estÁ em "uma plataforma em chamas", usando esta metÁfora para dizer que caso a empresa não se mexesse, morreria no incêndio, e se pulasse, teria que encarar as Águas frias do oceano. A plataforma em chamas se chamava Symbian, que jÁ foi líder do mercado de smartphones, mas que vinha perdendo feio para a concorrência com o Android e o iOS. O MeeGo, que seria o novo sistema para salvar a empresa, parecia os estÁdios para a copa do mundo: nunca estava pronto.

A Nokia pulou da plataforma Symbian-MeeGo para o oceano. Isto aconteceu com o anúncio da parceria com a Microsoft, abraçando o sistema Windows Phone. O coro de fãs da marca que torciam para que ela mudasse para o Android fizeram esta cara aqui em baixo.


A justificativa era boa: usar o Windows Phone criaria um terceiro competidor, e assim a Nokia poderia entregar uma experiência muito diferenciada da concorrência, ao invés de ser "mais um Android". As coisas parecem ir bem, com a família Lumia entregando bons aparelhos, caso do notÁvel Lumia 710, com especificações bem leves e, mesmo assim, ótimo desempenho. Uma aula de bom uso do hardware para o "fominha" Android, que se não tiver 1GHz de processador e mais de 1GB de RAM fica meio lerdo.

Nesta quarta-feira (20/06), o mousse desandou. Em agosto chega a nova versão do WP8, bastante superior ao WP 7.5. Quem compra um aparelho sabendo que ele ficarÁ defasado em tão pouco tempo? Ou pior: como a Nokia vai vender os Lumias que ainda tem em estoque? Quem chupa essa manga? (Mango é o codinome do WP 7.5, que quer dizer manga, em português. Sim, estou orgulhoso deste trocadilho)

Um ano depois, a Nokia deixou de vender um sistema defasado, para vender um quase defasado. Não sei se estão orgulhosos da evolução. Enquanto isto, todos que afirmavam que a empresa devia ter implementando o Android em seus smartphones, dizem aquela frase clÁssica: "Viu? Eu te avisei..."

E que feio, heim, dona Microsoft? Queimando seu aparelhos, enquanto a Apple trarÁ o iOS 6, no final deste ano, para o iPhone 3GS, smartphone lançado hÁ três anos atrÁs.

Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Qual o seu palpite para os preços dos consoles da próximo geração?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.