Hands-on: Demo de Fifa 12 (PS3)

Finalmente! Apaixonados por futebol virtual jÁ podem se degladiar na escolha de qual seu game favorito nesta nova temporada e, claro, começar a juntar mais uma vez os trocados para conseguir trazer para casa um dos games, ou quem sabe até dois.

O FIFA 12, considerado o grande jogo do ano para os amantes do esporte inglês, lançou, enfim, sua versão de demonstração ma última terça-feira - dia 13 - e para variar, jÁ começou a arrancar suspiros e elogios de seus fãs, e ira, revolta e inveja dos fãs de seu concorrente, o PES. Ou não.


As principais apostas da Electronic Arts, especificamente da seção Games, da especialização Sports e da sede CanadÁ, são a nova Engine Impact - responsÁvel por revolucionar todos os conceitos  que se tinha sobre encontrões na jogatinha virtual - a nova interação com a torcida, que promete reagir a situações relacionadas com o intra e o extra campo, novos dribles e novo sistema de marcação.

Engine Impact
Considerada o carro chefe da EA nesta empreitada, a nova Engine Impact é realmente surpreendora. Embora não seja perfeita e tão recorrente como alguns esperavam (talvez até pelo bem da saúde dos seus jogadores), o  principal ponto de discussão é o que ela representa exatamente na proposta deste tipo de jogo, que é justamente simular jogos de futebol de verdade.

E quando você se depara com situações onde um jogador, numa corrida, distante de qualquer adversÁrio, tem uma lesão na coxa - mais ou menos ao estilo RomÁrio quando estava cansado -, ou situações onde a maneira que o atleta cai no campo, ou os locais atingidos por um outro atleta numa colisão, modificam e atenuam, ou não, as lesões sofridas; isso com certeza representa uma verdadeira revolução neste aspecto do jogo. JÁ que, anteriormente, as disputas de bola utilizavam somente alguns pares de animações pré-definidas, muitas vezes sem graça alguma. Agora, com esta inovação, e com um trabalho brilhante dos desenvolvedores na composição da inteligência artificial do jogo, tipos de lances como estes citados serão possíveis, dando um quê a mais de improbabilidade às partidas.

Isso sem falar na inclusão do tal fairplay, que ocorre quando um atlea se machuca no meio do jogo e o juíz para o lance, na volta, o jogador adversÁrio joga a bola para fora, devolvendo a posse de bola. Excelente, EA.

Resta saber apenas se esta nova criação serÁ "forçada" demais ao ponto de, em um campeonato mais longo, ou mesmo numa copa qualquer, isto venha a se repetir muitas vezes apenas para ficar mais evidente a mudança. Mas isso só vai dar para descobrir mesmo na versão final do game, que jÁ estÁ aí, batendo à porta.

Interação da torcida
Esta proposta ainda não dÁ para ser totalmente avaliada, uma vez que as promessas de mudanças neste âmbito giram em torno de algo que necessite de um pouco mais de longitudinalidade. O que significa que é preciso um campeonato maior para ver se o comportamento da torcida irÁ  mesmo modificar-se quando do retorno de um ídolo do passado ao time, por exemplo. Ou quando este mesmo jogador sofrer uma entrada violenta SerÁ que a torcida irÁ se exaltar mais do que o normal? Por enquanto, o que dÁ pra notar é uma diferenciação nas animações dos torcedores, que é muito mais variÁvel e muito mais personalizada ao que estÁ acontecendo no momento do jogo.

- Continua após a publicidade -

Dribles
Como a cada ano que passa os produtores do jogo incluem uma nova remersa de dribles espetaculares. Este ano não poderia ser diferente. A partir de caps detalhados dos movimentos reais de um jogador muito habilidoso, a EA incluiu alguns dribles muito bonitos. Claro que estes servem muito mais para a plasticidade das jogadas do que propriamente para a objetividade dela. Mas quem se importa?


Marcação
É considerada a outra grande atração deste jogo. Uma vez que ao testar a Demonstração do FIFA você é quase que obrigado a seguir um tutorial de como marcar corretamente neste jogo, mostrando as mudanças que ocorreram neste aspecto. Evoluções tais como conter o jogador adversÁrio sem a necessidade de "bote" imediato, chamar um companheiro suplente para ajudar na marcação, atrapalhar o adversÁrio com puxões quando se estÁ perdendo na corrida e algumas outras mudanças para melhor, é claro.


Você também poderÁ conferir o hands-on que eu (Pedro Lima) e o Diego Kerber, fizemos da versão de demonstração do jogo, a exemplo do que aconteceu com a demo PES.


Football Club
Seguindo a tendência mundial de compartilhamento de todo tipo de informação, a EA criou o Football Club, que é uma maneira que você tem de comparar o seu nível com o de outros amigos, ou de qualquer desconhecido. Funciona mais ou menos como jÁ é de costume em RPGs, a cada partida ganha, títulos ganhos, desafios vencidos e demais feitos notórios, você acumularÁ pontos de experiência, que te subirão de level e servirão para uma comparação online em forma de ranking.


O FIFA 12 serÁ lançado dia 27 deste mês.

Assuntos
Tags
  • Redator: Pedro Lima

    Pedro Lima

    Graduando de Jornalismo e Ed. Física, Pedro cresceu jogando videogames e futebol. Dividiu sua infância e adolescência com master-system, super nintendo, 486, k6-2, playstations e outros eletrônicos. Com eles aprendeu, além de gostar de games, tecnologia e ciência, a idolatrar Homer Simpson e Jaiminho, do Chaves.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.