Créditos: Fan2Fan/Reprodução

Consoles personalizados: trabalho primoroso de dois brasileiros faz sucesso mundial

Anderson e Débora, dois amantes dos videogames, criam cases de consoles de fãs para fãs

Todo gamer já se apaixonou por algum jogo, seja pelo gameplay, personagens ou narrativa. Ao se tornar fã, é natural querer que o game faça parte do seu dia a dia. É com esse sentimento, de paixão por videogames, que Anderson Gomes e Débora Araújo criaram a Fan2Fan. Capturando todos os detalhes das franquias mais respeitadas pelo público, a Fan2Fan fabrica cases para consoles, suporte para controles e figures que são comercializados ao redor do mundo, incluindo a Comic Con de Dubai.

Conheça o trabalho da Fan2Fan

Seja God of War, Red Dead Redemption 2, The Witcher ou Horizon Zero Dawn, as cases são pensadas para o fã que vai identificar os detalhes no machado do Kratos, ou a fotografia de John e Arthur na case de Red Dead Redemption 2. 

De fã para fã

Em entrevista ao Adrenaline eles explicam como tudo começou. A empresa foi fundada em 2019, no princípio com o nome de Inovary Arts. Anderson e Débora se conheceram em 2010 e por 8 anos trabalharam juntos com assistência técnica para celulares. Buscando um emprego que trouxesse maior satisfação pessoal, o casal decidiu mudar de vida. 

Amantes dos games, esperam a empresa trazer aos seus consumidores as mesmas emoções que sentem ao jogarem videogame. Débora, comenta que ao jogar um game como The Witcher 3, tudo o que mais quer é eliminar todos os incontáveis pontos de interrogação presentes no mapa, para se perder na narrativa do jogo.

"Poxa, e se tivesse uma arte que desse para encaixar no console?"

A ideia para a empresa surgiu em um dia qualquer de 2019, enquanto Anderson, sentado no sofá, olhava o seu Playstation 4. "Um belo dia eu estava sentado no sofá, olhando meu PS4 no rack e com vontade de colocar uns adesivos. Mas depois ia tirar e ficar aquele grude. Enteu eu pensei: Poxa, e se tivesse uma arte que desse para encaixar no console?".

Para justificar o volume extra, afinal ao instalar a case o console irá ocupar um pouco mais de espaço, a riqueza de detalhes é o diferencial da Fan2Fan, atingindo um público que busca algo único.

- Continua após a publicidade -

Além disso, as cases são pensadas para serem removidas com facilidade. No caso do Playstation 5, que possui um design ondulado, as placas do console já são removíveis por padrão, o que facilita a troca. A faixa da frente é colocada com um sistema de travas, que pode ser facilmente removida. Dessa forma, também é possível trocar a decoração do console em poucos minutos

Parceiro em Dubai

A Fan2Fan possui parceria exclusiva com a Gom.Gom.Figures, localizada em Dubai. O primeiro contato feito por Ahmed, responsável pela Gom.Gom.Figures, aconteceu pelo Instagram. 

Ele fez o pedido de 30 cases, para serem comercializadas durante evento em março de 2020. Surpresos com a quantidade de unidades, Anderson e Débora acabaram não perguntando em qual evento os produtos seriam vendidos.

Após o tal evento, Ahmed informou ao casal que as peças foram todas vendidas e o produto um sucesso completo no evento. Somente após receberem uma foto, ambos descobriram que o "tal evento" se tratava da Comic Con em Dubai. "Foi uma emoção incrível saber que o nosso produto estava lá, vendeu todas as peças e ainda havia diversas encomendas", comentou Débora.

Somente após receberem a foto, descobriram que o evento era a Comic Con.

Desde então, Ahmed tornou-se parceiro da Fan2Fan. O dinheiro do Playstation 5 utilizado para o trabalho, e também para jogar é claro, foi dado pela Gom.Gom.Figures. Ele recebe prioridade nas encomendas de produtos o que representa a maior parte do que é fabricado. Já as demais unidades produzidas são divulgadas através das páginas do Etsy, Facebook e Instagram.

- Continua após a publicidade -

Do papelão a impressora 3D

Ao ter a ideia em 2019, a empresa começou produzindo cases com materiais simples, como o papelão. Até mesmo uma pistola de brinquedo, saída direto de uma loja de 1,99 e giz de cera foram utilizados. Os primeiros produtos não possuíam a riqueza de detalhes dos produtos lançados atualmente.

Anderson comenta que postou no Mercado Livre uma das primeiras cases produzidas, do God of War, por R$100 sem a esperança de que iria vender. No dia seguinte ele acordou e ficou surpreso ao perceber que o produto tinha vendido.

Esse foi o ponto de partida para que ambos buscassem trazer aos clientes um produto único. "Foi uma sensação que eu nunca tinha sentido. Você despertar algo em alguém", comentou Anderson sobre a realização de ver que a case havia sido vendida.

Atualmente o processo de fabricação se profissionalizou, mas os materiais continuam simples. Desde EVA, betume, bicarbonato de sódio e cola branca, até um ferro de passar roupa ainda é utilizado para reproduzir alguns efeitos.

A Fan2Fan agora possui oito impressoras 3D para a criação de alguns objetos, como o perfil do Kratos no suporte de controle do God of War, ou a cabeça do Mímir na case do Playstation 5 do jogo. Anderson modela as peças no computador com alguns softwares como Blender e Fusion. As pinturas e efeitos são realizadas com pincéis especiais, e muitos dos detalhes são feitos à mão, um por um. 

O trabalho de produção é extenso. Uma case do God of War pode demorar até 20 dias para ficar pronta. Como é montado uma linha de produção, onde a cada semana uma peça do produto é criada, em um mês são finalizadas a´te 10 unidades.

Eu quero que quando ele olhe aquela peça, ele se transporte para o momento em que jogou o jogo.

Para ambos, o diferencial da empresa é que cada detalhe é feito por pessoas que ama jogar videogame. Eles brincam que, se trabalharem demais não sobra tempo para jogar. Além disso, o dinheiro não é o fator primordial no processo, pois ele é a consequência de um trabalho bem feito.

Por este motivo, já recusaram parceria com outra empresa ao perceberem que o foco seria 100% monetário, o que levaria à uma automatização da produção e perda da essência. "Eu quero que quando ele olhe aquela pela, ele se transporte para o momento em que jogou o jogo", ressaltou Débora.

Há males que vem para o bem

No dia 4 de dezembro, sexta-feira, correu por sites da mídia a informação que um usuário do Reddit teria feito uma incrível customização do PS5 de Red Dead Redemption 2, notícia a qual também divulgamos. No dia seguinte, chegou para a equipe a informação que as imagens haviam sido roubadas da Fan2Fan e reproduzidas no Reddit, local onde a informação falsa começou a circular primeiro.

Apesar do choque em ver sua dedicação roubada, Anderson comenta que buscou extrair algo de positivo da experiência ruim. Dessa forma, a Fan2Fan expandiu seu canal de comunicação e também começou a marcar presença no Reddit. "Todo esse imprevisto que aconteceu, me serviu para eu falar: poxa eu preciso aprender a mexer no Reddit. Fui pra lá ontem e postei a foto do God of War e tá bombando lá".

Com o devido reconhecimento, a empresa espera expandir sua produção. No momento a Fan2Fan está desenvolvendo um projeto de case de Mortal Kombat para o PS5. Logo em seguida será God of War Ragnarok. Os artistas pretendem ficar mais próximos dos lançamentos oficiais dos jogos, para aproveitar o hype de títulos como Horizon Forbidden West. 

Para isso, ambos pensam em contratar alguns profissionais após a Comic Con de Dubai que acontece em março de 2022. O trabalho de produção é totalmente realizado dentro de casa. Qualquer lugar é lugar, seja na mesa da rua ou sentado no sofá. Para a expansão, pensam em aproveitar o quintal grande da casa onde moram em Cotias, São Paulo. 

A Fan2Fan é, além de uma empresa criada de fã para fã, um local onde ambos buscam sempre respeitar o universo gamer. Por se tratar de produtos desenvolvidos por terceiros, o casal busca identificar o logo da Sony e desenvolvedoras em seus produtos. 

Todo o nosso trabalho é feito com respeito e gratidão para essas empresas. Sem eles a gente não teria o que jogar, o que criar. A gente é apenas um galho nessa árvore - Anderson Gomes

Os dois brasileiros que transformaram a paixão por videogames em um trabalho primoroso de sucesso continuarão criando para agradar quem é fã.  Seja um case para o console, ou suporte para controle, é inegável que qualquer gamer gostaria de ter um produto personalizado de seu jogo favorito em casa.

Tags
  • Redator: Luiz Schmidt

    Luiz Schmidt

    Estudante de jornalismo na UFSC. Amante de games, anime, manga e cultura japonesa. Gosta de escrever histórias de horror nas horas livres e sonha em publicar um livro.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.