Créditos: Montagem: Bruno Pires (Adrenaline)

Guia de Black Friday - Processador

Veja como escolher o CPU para sua necessidade, e quais os melhores modelos!
Por Diego Kerber 20/11/2021 14:00 | atualizado 25/11/2021 11:10 Comentários Reportar erro

Bem-vindo ao guia de compras da Black Friday do Adrenaline! Esse conjunto de cinco artigos vai ajudar a galera de olho em dar um upgrade no seu PC, focando em diferentes componentes, com recomendações dos principais fatores a serem considerados e indicações de produtos para ficar de olho. A cobertura da Black Friday no Adrenaline é um oferecimento da Intel, e abaixo está a listagem dos artigos:

Veja outros artigos do Guia Adrenaline Black Friday

OS PREÇOS COM DESCONTO NO KABUM VALEM A PARTIR DAS 19HS DO DIA 25/11

O processador é um dos principais componentes do computador, e pode ser o principal fator de performance em diversas atividades. Quanto mais você investe em um CPU, mais recursos ele terá, mas não necessariamente entregará mais desempenho dependendo do ciclo de trabalho que será feito na máquina. As principais mudanças entre modelos de processadores são a contagem de núcleos, frequências de operação e performance por ciclo (IPC). 

As duas fabricantes de processadores domésticos, Intel e AMD, seguem uma lógica parecida em seu line-up de produtos. Os produtos de entrada trazem uma menor contagem de núcleos, com quatro núcleos em modelos recentes da linha Ryzen 3 e Core i3, subindo para seis núcleos nos Ryzen 5 e Core i5 e chegando a 8 ou mais nos modelos Core i7/i9 e Ryzen 7/9.

Esse aumento no número de núcleos é relevante para a performance em aplicações que usam muitos núcleos, com destaque para algumas aplicações profissionais de renderização. Abaixo dá pra ver essa sequência claramente, com o aumento de número de núcleos progressivamente reduzindo o tempo que os processadores precisam para renderizar um vídeo:

Assim se você usa seu PC em cenários que demandam muito de um processador, o recomendável é partir para essas soluções mais robustas com mais núcleos, como linha Core i7 e i9 ou Ryzen 7 e Ryzen 9. Infelizmente, também, temos aqui os custos mais altos, obviamente.

- Continua após a publicidade -

Mas núcleos não é a única coisa para ficar de olho. Gerações também são um fator importante, já que produtos mais modernos também melhoram o IPC (a quantidade de trabalho que realizam a cada ciclo) e trazem novos recursos. Abaixo temos uma amostra da evolução de várias gerações de produtos do mesmo segmento em diferentes linhas:

Pra galera de olho em games também é relevante cuidar outro fator: a frequência. Tanto AMD quanto Intel trazem produtos com foco em frequências mais altas ou possibilidade de overclock, como é o caso das linha X da AMD e K da Intel. Em games isso pode representar um ganho especialmente para quem busca uma taxa de quadros elevada, como dá pra notar abaixo no comparativo:

Mesmo sendo dois modelos de Core i5, há uma vantagem perceptível para o 11600K, graças a sua frequência de operação mais alta, e que pode ter sua vantagem ampliada através do overclock. O Ryzen 3 3300X também tem boa margem sobre o Ryzen 3 3100, mesmo tendo a mesma quantidade de núcleos, e entre os fatores está uma frequência de operação mais alta.

Mas é bom destacar que por mais que um produto mais moderno e também mais robusto seja melhor, dependendo do seu uso você pode ser muito bem atendido por um modelo mais modesto. Aqui temos um comparativo de processadores com preços bem diferentes, e dependendo de seu objetivo e de seu orçamento, modelos mais modestos podem atender sua demanda.

- Continua após a publicidade -

Está na dúvida se um processador atende sua demanda? Na nossa sessão de análise de processadores temos testes com vários modelos do mercado em diferentes aplicações, tanto profissionais quanto games, o que pode te ajudar a descobrir se o modelo que você está pensando em comprar vai dar conta!

Com esse contexto, temos algumas sugestões. Quem quer um processador bem barato que já serve para uso leve e até roda algum jogo mais suave, o AMD Athlon 3000G abaixo dos 400 reais. 

- Processador AMD Athlon 3000G - R$ 449,90

Para começar a jogar, o ideal é começar com algo como o Intel Core i3-10100, um quad-core com um bom nível de performance por núcleo e disponível abaixo dos R$ 1 mil. Pra quem tem foco em produtividade e também busca algo abaixo dos mil reais, AMD Ryzen 5 1600 traz seis núcleos e 12 threads, o que vai ajudar nos aplicativos que sabem fazer bom uso de muitos núcleos.

Processador Intel Core i3-10100 - R$ 1.239,90
Processador AMD Ryzen 5 1600 - R$ 949,90

Para os entusiastas de games o foco deve ser em CPU robusto para altas taxas de quadros, e um dos modelos mais fortes no balanço entre custo e benefício no momento é o Intel Core i5-11400 com custo na casa dos R$ 1,1 mil. Também ficaria de olho no AMD Ryzen 5 5600X, um dos mais potentes do mercado para games, brigando pelo topo de nossos gráficos de desempenho até mesmo com modelos bem mais caros e com mais núcleos.

- Processador Intel Core i5-11400 - R$ 1.499,90
- Processador AMD Ryzen 5 5600X - R$ 1.779,90

ANÁLISE: Intel Core i7-10700K - CPU tem ótimo desempenho, mas...

ANÁLISE: Intel Core i7-10700K - CPU tem ótimo desempenho, mas...
Intel consegue melhorar performance, mas chega custando consideravelmente acima do 3800X

Por fim, para o pessoal que precisa de mais desempenho, ficaria de olho em modelos com o Core i7-10700/11700, dois robustos modelos com oito núcleos e 16 threads que aparecem próximo ou até abaixo dos R$ 2 mil. Acima temos nossa análise do 10700K, modelo que deve apresentar leve vantagem de desempenho 

- Processador Intel Core i7-10700 - R$ 2.299,90
- Processador Intel Core i7-11700 - R$ 2.299,90
- Processador Intel Core i7-10700K - R$ 2.799,90


Espero que esse guia tenha ajudado como uma referência rápida de por onde começar, e durante a Black Friday vocês não vão estar sozinho! Vamos fazer diversas lives ficando de olho nas ofertas que vão surgindo e interagindo com a galera do chat. Vem trazer sua pergunta pra nós ou compartilhar a promoção que está na dúvida se está valendo a pena!

  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Qual a sua marca de headphones/headsets para jogos preferida? - Pesquisa de Periféricos 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.