Créditos: Google

Esperando Microsoft Flight Simulator? Veja como jogar o simulador de voo grátis da Google

A solução presente no Google Earth é bem leve, mas também está longe do realismo do simulador da Microsoft

A Microsoft conquistou os fãs de games e aviação com seu novo Flight Simulator, um simulador de voo gigantesco e realista que chegará em 2020 para PC e Xbox One. A empresa ainda não deu uma janela de lançamento para o projeto, mas matou a curiosidade dos fãs recentemente divulgando os requisitos mínimos e recomendados do game. Spoiler: você precisará de uma máquina muito potente para tirar proveito máximo do título, que terá parte de seu mapa renderizado na nuvem para garantir alta fidelidade visual. 

Se você está cansado de esperar o game ou já perdeu as esperanças de que seu PC vai conseguir rodá-lo, saiba que é possível dar uma de piloto de graça atualmente. Como? Utilizando um simulador de voo presente no Google Earth, o projeto da gigante da web que mapeia todo o planeta Terra.

Como baixar o simulador de voo da Google

Enquanto o serviço da Google conta com uma versão web, o modo de simulação de voo só pode ser acessado na edição Pro da plataforma, que pode ser baixada e instalada gratuitamente para PC, Mac e Linux por meio deste site. Como a solução disponível no Earth não é tão rebuscada quanto o Microsoft Flight Simulator, as especificações necessárias para rodá-lo são modestas em relação ao simulador de voo da Xbox.

Para rodar o simulador de voo do Google Earth Pro, basta preencher os requisitos mínimos para rodar o programa, que não exigem nem mesmo uma placa de vídeo dedicada. Ou seja, até mesmo um notebook encostado pode ser utilizado na brincadeira.

Requisitos Mínimos
Sistema operacional: Windows 7
CPU: 1 GHz ou mais rápido
Memória do sistema (RAM): 2 GB
Disco rígido: 2 GB de espaço livre
Processador gráfico: compatível com DirectX 9 ou OpenGL 1.4
Conexão com a Internet

Requisitos Recomendados
Sistema operacional: Windows 7 ou mais recente
CPU: 2 GHz dual-core ou mais rápido
Memória do sistema (RAM): 4 GB
Disco rígido: 4 GB de espaço livre
Processador gráfico: compatível com DirectX 11 ou OpenGL 2.0
Conexão de alta velocidade com a Internet

Como acessar o simulador de voo

Após a instalação, o acesso ao simulador de voo do Google Eath Pro é simples. O usuário só precisa abrir o programa, ir até a barra superior e clicar em “Ferramentas”. Em seguida, na opção “Entrar no Simulador de Voo”, que também pode ser ativado por meio do atalho “Ctrl + Alt + A”.

- Continua após a publicidade -

Após acionar a funcionalidade, o programa irá te mostrar duas opções de aeronaves que podem ser utilizadas. Além disso, o usuário também pode escolher entre quase 30 aeroportos para começar sua pilotagem, além de iniciar a simulação do local em que está no Google Earth.

O comando da aeronave pode ser feitos diretamente no mouse e teclado, mas o simulador também funciona com controles. Caso um joystick esteja conectado ao computador, a opção de utilizá-lo na pilotagem será apresentada automaticamente. Com tudo configurado, basta clicar em "Iniciar Voo".

A interface vai alterar a visão do Google Earth para primeira pessoa e exibirá uma tela com medidores que indicam informações como direção, velocidade, ângulo de inclinação e altitude.Veja mais detalhes neste site da Google. Enquanto os comandos no controle podem ser feitos de maneira simples com os botões analógicos e setas, a pilotagem usando o teclado e mouse usa os seguintes comandos:

- Pressione a tecla Page Up para acelerar
- Mova o mouse um pouco para baixo ou use a seta para baixo para delocar
- Quando o avião atingir altitude de voo e as asas estiverem niveladas, centralize o mouse na tela.
- Para controlar as direções, use as teclas de seta.
- Para olhar ao redor, segure Alt e pressione as teclas de seta para virar de maneira lenta, ou utilize Ctrl para movimentos rápidos.
- A simulação pode ser pausada no botão de espaço
- Veja mais dicas no site de ajuda da Google

Mesmo com o tom contemplativo, é importante ressaltar que os controles são importantes, já que o voo é encerrado sempre que o usuário derruba a aeronave. Além disso, é importante ressaltar que os gráficos do simulador do Google Earth Pro estão longe do que vemos no Microsoft Flight Simulator.

Microsoft Flight Simulator aposta alto no realismo

Enquanto o simulador de voo do Windows 10 pretende se tornar referências com visual de ponta e um mapeamento detalhado de aeroportos e aviões, o sistema presente no Google Earth Pro é apenas um extra que permite "sobrevoar" imagens do planeta Terra. 

Ainda sem data definida de lançamento, Microsoft Flight Simulator vai exigir hardware e conexão de internet potentes para funcionar com todo o seu esplendor. Utilizando dados do Bing Maps, o jogo promete mapear o planeta inteiro e incluir todos os aeroportos do mundo.

- Continua após a publicidade -

Para que tudo seja renderizado em alta qualidade, a Microsoft vai utilizar processamento em nuvem da Azure, visando garantir um visual de ponta. A empresa também fechou parcerias com diversas empresas aeronáuticas para desenvolver modelos fidedignos de aviões para o game.

Confira mais informações sobre Microsoft Flight Simulator no site do game.

Fonte: Google
Tags
  • Redator: Mateus Mognon

    Mateus Mognon

    Mateus Mognon é formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina. Vencedor do prêmio SET Universitário na Categoria Reportagem Digital, atua nos sites do grupo Adrenaline desde 2014. Atualmente, colabora para os veículos com notícias, análises e artigos envolvendo tecnologia e games.

Qual vai ser o melhor game lançado em maio de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.