Novo rei dos hardwares baratinhos? Ryzen 3 2200G versus GT 1030 e Ryzen 5 2400G

Nosso comparativo com o Ryzen 5 2400G já está no ar, assim como sua análise, e agora é hora de dar uma olhada no segundo modelo desse line-up inicial de processadores Ryzen com gráficos integrados Vega. O Ryzen 3 2200G é uma APU com algumas especificações mais modestas (menos núcleos de processamento Vega, sem SMT, frequências mais baixas) porém em contrapartida chegou com um preço muito mais competitivo que seu "irmão maior".

AMD Ryzen 5 2400G 348 Um processador pra dispensar uma placa vídeo de entrada
O que Radeon Vega integrado é capaz de rodar? Jogamos com o Ryzen 5 2400G!

Nesse comparativo vamos colocar ele lado-a-lado com o Ryzen 5 2400G, para verificar o impacto na performance que as reduções de 11 para 8 núcleos Vega trouxeram para a capacidade desse sistema em rodar games, além da diferença de 150MHz no clock do chip gráfico. Na disputa entra também a placa de entrada Nvidia GeForce GT 1030, uma placa de vídeo com custo na casa dos 350 a 450 reais.

Comparativo

AMD Ryzen 3
2200G
AMD Ryzen 5
2400G
AMD Ryzen 3
1300X

Preços

Preço no lançamentoU$ 99,99 U$ 169,99 U$ 129,00
Preço atualizadoR$ 499,90 R$ 815,00 U$ 129,00

Especificações

CodinomeRaven Ridge Raven Ridge Summit Ridge
SoqueteAM4 AM4 AM4
Fabricação em14nm 14nm 14nm
Instruções64-bit 64-bit 64-bit
Núcleos4 4 4
Threads4 8 4
Clock3500 MHz3600 MHz3500 MHz
Clock (Turbo)3700 MHz3900 MHz3700 MHz
DesbloqueadoSim Sim Sim
Canais de memóriadual-channel dual-channel dual-channel
MemóriasDDR4 DDR4 DDR4
Cache4 4 8
PCI Express3.0 3.0 3.0
Canais PCI Express24 24 24
TDP65 65 65

Vídeo Integrado

GPURadeon Vega 8 Radeon Vega 11 SEM V͍DEO INTEGRADO
Clock1100 1250
DirectX12 DX12
Monitores suportados3 3

Características Gerais

Acompanha cooler?Sim, Wraith Stealth Sim, Wraith Stealth Sim

Testamos os seguintes games:

- Tom Clancy's The Division (DX 12)
- The Witcher 3 Wild Hunt (DX 11)
- Assassin's Creed Origins (DX 11)

Plataformas usadas:

- CPU AMD Ryzen 3 2200G
- Coolerbox AMD Wraith Stealth
- RAM 2x 8GB G.SKILL FlareX Series DDR4 3200MHz
- Mainboad Gigabyte AB350N Gaming WIFI

- Zotac GeForce GT 1030 Mini
- AMD Ryzen 5 2400G

Vídeo

- Continua após a publicidade -

Veredito


Temos aqui uma situação parecida com a do Ryzen 5 2400G, onde o ideal é olhar para esse produto como dois: um processador e um chip gráfico. O Ryzen 3 2200G é, quando você não faz uso de seu chip gráfico, basicamente um Ryzen 3 1300X (com metade do L3 cache e só x8 PCIe, mas ainda um 1300X). Mesmo com as perdas de desempenho resultado dos núcleos Vega a menos, o Vega 8 presente nesse processador ainda está em um patamar próximo de desempenho de uma GeForce GT 1030, especialmente se você fizer um overclock na iGPU.

O ryzen 3 2200G traz em um único pacote um bom processador
e um bom chip gráfico para iniciar um PC pra jogos

É nesse combo que o Ryzen 3 2200G brilha: com preço de pré-venda em R$ 499, ele une um processador de uns R$ 420 com uma placa de vídeo na faixa dos R$ 400. Em apenas um passo você tem o começo de seu PC para jogos, tanto na porção de processador quanto na placa de vídeo. Esse valor de combinação foi algo que seu irmão mais potente, o Ryzen 5 2400G, e seus R$ 300 a mais no custo não foram capazes de alcançar. A redução R$ 930 para R$ 820 ajudaram, mas ainda está bem próximo do gasto de comprar um CPU e mais uma placa de entrada, um combo que compensa mais. 

Outo detalhe que não posso deixar de destacar. Assim como na análise e no gameplay do Ryzen 5 2200G, ainda acontecem variações de frequência da iGPU que geram sérias variações na performance, criando travamentos e stutterings irritantes de tempos em tempos. É algo que pode ser corrigido em futuras atualizações, mas no momento ainda afeta a experiência.

Ainda acontecem stutterings devido a queda de frequências da iGPU,
algo que impacta a experiência no momento

Um detalhe importante: esses testes do comparativo foram realizados com memórias operando em 3200MHz, algo que privilegia os gráficos integrados, mas acaba não refletindo a condição ideal de comparação no "mundo real", já que não faz sentido ficar investindo em memórias de alto desempenho para um sistema com processadores de entrada. Mas nada temam: já estamos preparando os testes para ver se o Ryzen 3 2200G não conquista um espacinho no nosso PC da Crise! Será que a nova geração da AMD vai conseguir trazer o nosso computador de mais baixo custo "de volta para o jogo"?

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube