Mais e menos vistos 2017: quem bombou (ou não) no Adrenaline nesse ano!

Mantendo a tradição, fechamos o ano aqui no Adrenaline fazendo a contabilidade dos assuntos que mais se destacaram ao longo de 2017. Além dos conteúdos com mais visualização, sempre guardamos um espacinho em nosso coração para aqueles nossos filhotes que não deram certo, aqueles posts que quase ninguém clicou. Por fora estamos rindo, mas por dentro ficamos #chateado.

Os mais e menos vistos em 2016 no Adrenaline
Retrospectiva Adrenaline 2015: as mais importantes, as mais lidas e as mais polêmicas do ano!
Retrospectiva Adrenaline: os assuntos que bombaram (ou não) no ano de 2014
Os mais (e os menos) vistos em 2013 no Adrenaline
 

Análise

Mais vistas: Se 2016 tinha sido a vez das placas de vídeo, o ano foi de processadores aqui no Adrena. Das sete análises mais acessadas, apenas duas não foram CPUs: o Moto G5 Plus em terceiro e o Dell Inspiron Gaming 15 em quinto. O Ryzen 5 1400, que por muito pouco não foi o processador escolhido para nosso PC Ideal do ano, foi o grande vencedor.

1 - AMD Ryzen 5 1400 - 73.685 acessos
2 - AMD Ryzen 7 1800X - 69.390 acessos
3 - Motorola Moto G5 Plus - 66.275 acessos

Além do Dell 15 Gaming como o notebook mais acessado e o Moto G5 Plus como smarpthone mais procurado, o teclado HAVIT HV-KB366L RGB foi o periférico mais buscado (58 mil visualizações) e Mass Effect Andromeda foi o jogo mais acessado (50 mil visualizações) e a NVIDIA GeForce GTX 1080 Ti foi a placa de vídeo mais acessada (50 mil visualizações).

Menos vistas: Não é uma surpresa que as análises com menos acessos são mais recentes. Reviews são um conteúdo que "acumula acessos" lentamente, então conteúdos com um mês ou menos de publicação são os que se dão mal nesse ranking. O resultado são três produtos com análises lançadas em novembro e dezembro, com pouco mais de 2 mil acessos cada:

1 - Gigabyte Z370N WIFI
2 - Asus Maximus X Hero
3 - Samsung Gear Fit2 Pro

Fica o prêmio "piores acessos mesmo estando um tempão no ar" para For Honor. Um ano quase no ar (foi publicada em março) e acumulou apenas 10 mil acessos.

- Continua após a publicidade -

Notícias

Foram ao total 4.389 notícias, que somadas geraram um total de quase 33 milhões de acessos! Vamos dar uma conferida em que sem saiu melhor (e quem não foi lá muito bem).

Mais lidas:

1 - Trump teve que deixar seu smarpthone Android por um "dispositivo mais seguro" - 291 mil cliques
2 - Windows 10 começa a mostrar pop-up para usuários do Chrome - 236 mil cliques
3 - Veja o que a Nintendo está disposta a revelar (e a esconder) sobre o Switch -  196 mil cliques

No ano que parecia que ia rolar uma declaração de guerra via Twitter, não é de se surpreender que Trump aparece na notícia mais lida do ano. A Nintendo mostrou sua força com o hype em torno do (ainda não lançado na época) Switch, e a Microsoft conquistou um espaço com uma inglória notificação.

Menos lidas: para fazer esse ranking ignoramos as notícias de novembro e dezembro, já que os acessos são diretamente relacionados ao tempo no ar. Tirando os dois últimos meses, as notícias que menos receberam a atenção e o carinho do público são:

1 - Qualcomm anuncia o Snapdragon 835, seu novo topo de linha - 765 cliques
2 - Facebook utiliza tecnologia para auxiliar Porto Rico na recuperação do tornado Maria - 773 cliques
3 - iPad Pro de 2018 terá reconhecimento facial igual ao iPhone X [Rumor] - 862 cliques

- Continua após a publicidade -

Eu levo a dobradinha do ano: a notícia mais e a menos lida em 2017, mostrando que glória e tragédia são dois lados da mesma moeda. Curiosamente menos acessada das notícias não é irrelevante! Com os vazamentos massivos da plataforma Snapdragon 835, parece que quando a Qualcomm enfim falou dela ninguém estava mais interessado. Ninguém por aqui se importa também se tablets da Apple vão usar reconhecimento facial e, especialmente, vocês não ligam para o pessoal de Porto Rico e todo seu sofrimento com o tornado Maria. Seus monstros sem coração!

Artigo e colunas

Como esses conteúdos tem menos vazão, juntei as 28 colunas e os 116 artigos do ano em nosso ranking. Apesar da menor frequência, temos 500 mil acessos aproximadamente em colunas e 2.8 milhões em artigos!

1 - Abrir uma igreja no Brasil é tão fácil que eu registrei uma religião para Overwatch - 197.647 acessos
2 - PC Gamer Adrenaline: qual o computador que indicamos você montar pra jogar! - 130.457 acessos
3 - Os maiores problemas de Mass Effect Andromeda não são técnicos - 101.146 acessos

Mateus Mognon brilhou  e entregou o artigo mais lido do ano, e de quebra agora tem uma igreja. Nosso PC Gamer Ideal faz sua primeira aparição aqui, e ainda vai dar as caras também na seção de vídeos. Meu mal-humor com o que fizeram com Mass Effect foi visto por mais de 100 mil vezes. Nunca eu surtando foi tão popular.

Canal no YouTube

Não podemos reclamar, ao longo do ano acumulamos novos 143.865 inscritos, sendo que entraram 169.981 e foram embora 26.116, sendo umas 2,6 mil por contas desativadas. Não sei quantas foram embora por conta disso, mas o vídeo com mais "não gostei" foi Montando um PC com o preço do Xbox One X pra jogar em 4K, com 841 dislikes. Em geral nosso "karma" vai bem, afinal nesse vídeo foram mais de 13 mil "eu gostei" para equilibrar. No ano todo foram 20 mil "não gostei" versus 1.3 milhões de "eu gostei". Acho que gostam da gente :)

Em média, o público do Adrena gasta quase oito minutos em média em cada vídeo. Foram no total 23 mihões de visualizações com um somatório de 175 milhões de minutos assistidos! Vamos ao ranking do ano:

Mais vistos:

1 - PC Gamer Ideal: o computador que indicamos montar - 780 mil visualizações - 8 milhões de minutos assistidos
2 - CPU fraca com placa de vídeo forte? Vamos desequilibrar os chips e ver o que acontece! - 426 mil visualizações - 2.6 milhões de minutos assistidos
3 - PC velhinho pra jogar: ressuscitamos peças e tentamos rodar os games! -355 mil visualizações - 2.9 milhões de minutos assistidos

Além desses, dois vídeos que são de 2016 ficariam em terceiro e quarto contando só seus acessos ao longo desse ano: "Sem experiência e quer montar um computador? Mostramos o passo-a-passo para você!" teve 

Mais minutos assistidos:

1 - PC Gamer Ideal: o computador que indicamos montar - 780 mil visualizações - 8 milhões de minutos assistidos
2 - Resident Evil 7 Completo! Venha ver a gente fechar o game em 9 horas - 123 mil visualizações - 2.9 milhões de minutos assistidos
3 - PC velhinho pra jogar: ressuscitamos peças e tentamos rodar os games! -355 mil visualizações - 2.9 milhões de minutos assistidos

Vale mencionar: novamente "Sem experiência e quer montar um computador? Mostramos o passo-a-passo para você!" e também "PC dos Sonhos 2016 - veja a montagem e performance da supermáquina para nossos gameplays e artigos!", que são de 2016, tem um total de 7.6 milhões e 3 milhões de minutos assistidos SÓ em 2017.

Menos vistos:

Já fizemos mais entrevistas aqui no Adrena, mas reduzimos bastante isso. Por que? Porque quase ninguém assiste! E uma mostra disso é "TVs, geladeiras, notebooks e robôs! Falamos com um representante da LG na CES 2017", uma conversa com o gerente de produtos e TV da LG durante a CES e que teve meros 3.4 mil visualizações. Até o "Marvel vs. Capcom Infinite - Gameplay LIVE! - Parte 02", um pedaço meio perdido de uma transmissão ao vivo que caiu diversas vezes acumulou 3.5 mil visualizações.

Playlist mais popular: a lista de reprodução do PC Baratinho acumulou 1.2 milhões de minutos assistidos, com  218 mil visualizações. O "PC Baratinho de 2017: o mais barato que encara tudo que saiu esse ano!", último vídeo do ano com nosso PC de baixo custo, teve um total de 1.5 milhões de minutos assistidos, e o episódio com mais visualizações foi o gameplay com PUBG (é claro), com quase 160 mil views.

Conteúdos bizarros

Com a curadoria de Neri Neto, também escolhemos alguns dos conteúdos mais WTF do ano. Aqui não tem ordem, nem vencedor, todos ganharam nosso carinho em igual medida:

Hotel "gamer" em Taiwan oferece PCs completos nos quartos para casais jogarem
NASA nega manter colônia de crianças escravas em Marte
Mulher atira no namorado e o mata sem querer durante streaming no YouTube
Streamer consegue transmitir luta pay-per-view de UFC ao fingir que está jogando no Twitch
Thermaltake anuncia X Comfort Air gaming, cadeira gamer com sistema de resfriamento
Após discussão sobre placas de vídeo, fã da Nvidia mata amigo que gostava de AMD

Já na parte de análises, tem o "Elecom M-DUX70BK 32 Exclusivo do Japão: mouse permite ser usado em dois computadores ao mesmo tempo (Multiboxing)", um pequeno pesadelo em forma de mouse e botões que o Wetto destaca como a principal esquisitice que ele testou:

Falando em análises, aqui está a coletânea das análises que não receberam selo nenhum, ou seja, não conseguiram nem a nota 7 necessária para faturar um selo bronze:

Sniper: Ghost Warrior 3 - Terceiro título é o melhor da franquia, mas isso não significa muita coisa
Quantum Muv Up - 3GB de RAM. E, bom... só tem isso de interessante mesmo
ASUS Radeon RX Vega 64 Strix OC 283 Belo design em uma placa OC que não é boa de... overclock?
Drevo Calibur RGB - Um teclado mecânico RGB sem fio
Quantum Sky - Um intermediário mais ou menos com um preço desproporcional

Escolhas dos editores

Alguns assuntos foram relevantes, mas não chegaram a figurar nesse artigo já que nosso critério foi apenas o número de acessos (seja por muitos, seja por poucos). Selecionamos alguns dos conteúdos mais relevantes que marcaram o ano:

- A ascensão das Bitcoins, que ultrapassou os US$ 15 mil em novembro, foi um destaque de 2017, chegando a inaugurar uma era em que até resgates já estavam sendo cobrados na criptomoeda ou dava para comprar ingresso de show de duplas sertanejas com elas.
- Estamos mais politizados e exigentes com os órgãos públicos, e por isso não deixamos passar em branco o gasto de 340 mil reais em iMacs pelo STJ ou quando o governo gastou 65 mil em um vídeo no YouTube.
- Esse foi o ano de PUBG. O game massacrou recordes anteriores e chegou a impressionante cifra de 2 milhões jogadores simultâneos, ultrapassando e depois "colocando no chinelo" o recorde anterior, que era de DOTA 2.
- As loot boxes e microtransações se tornaram o centro das polêmicas entre a comunidade gamer. O caso mais icônico aconteceu em Star Wars Battlefront 2, onde rumores indicam que até a Disney (dona dos direitos da franquia) interviu no game por conta da repercussão. Alguns países, através de seus governos, começaram a se envolver no caso e até cogitar a regulamentação das loot boxes, considerando como uma espécie de jogo de azar.

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube