Desafio da Blizzard: a configuração mais barata para jogar Overwatch com alta qualidade

O PC Baratinho já encarou com louvor o Overwatch, lá em junho, e conseguimos rodá-lo com relativa facilidade com as especificações que tínhamos disponíveis nele (FX-6300/ 8GB de RAM/ GTX 750 Ti 2GB). A Blizzard nos desafiou a montar um PC com as especificações mais modestas capaz de entregar um gameplay com boa qualidade. Será que dá para enxugar mais das specs do Baratinho, que jogou o game no Ultra?

Compre Overwatch através desse link

Na época usamos o seguinte (inclusive com o preço de junho):

- AMD FX-6300 - R$ 485
- Asus M5A78L-M LX/BR - R$ 299
- Nvidia GeForce GTX 750Ti 2GB - R$ 534 - Análise da placa
​- HD de 1TB Seagate Barracuda 1TB - R$ 283
- 8GB de memória RAM - 2x R$ 106
- Fonte 350W -  R$ 167
- Tela, mouse e teclado reaproveitados de PCs velhos - R$ 0

Custo total estimado: R$ 1.980

Existem três frontes de economia em relação a essa especificação que pretendo testar. 1) Acho que dá pra reduzir o processador, 2) a RAM não era tão atualizada e 3) a GTX 750 Ti entregou qualidade alta acima dos 70FPS, o que nos indica que um modelo menos potente poderia dar conta do recado. 

Comecei os testes descendo (e muito!) nas especificações do processador, começando com um Atlhon 5350 (pode ser encontrado por menos de R$ 200). Esse modelo já rodou alguns games em testes no passado, então combinei ele com 4GB de RAM (2x2GB 1333MHz) e a placa de vídeo utilizada foi a R7 360 2GB. E o resultado foi 66,666% péssimo. CPU estourou constantemente os 100%, e a placa de vídeo só não ficou assim também porque o processador não deixava: ficava oscilando entre 100% (quando a CPU colaborava) para períodos em 0%, quando o processador entreva em colapso. Os 33,333% positivos foram de responsabilidade da RAM: realmente o jogo lidou bem com só 4GB, e na verdade não passou muito de 3GB.

OK. Achar que um Atlhon ia segurar o game foi muito otimismo de nossa parte. Partimos para o AMD FX-4150, um processador que até saiu de linha, mas que tem como equivalente o FX-4300, com custo de aproximadamente R$ 360, mantendo os 4GB e possibilitando ver melhor se a culpa é do R7 360. E a resposta é que era. A placa de vídeo da AMD não segura o game em qualidade alta e resolução FullHD a 60FPS, com oscilações para os 30~40FPS.

Apesar do FX-4150 ficar bem perto dos 100% também, decidimos mais uma chance para ele com uma placa mais potente. A GTX 750 Ti, a guerreira que garantiu nosso gameplay no vídeo anterior, que hoje pode ser encontrada por 450 reais, porém preferimos gastar 50 reais a mais e utilizar a Radeon RX 460 2GB, uma placa da nova geração com mais desempenho por poucos reais a mais. E aí as coisas começaram a ficar dentro dos "conformes", com bastante estabilidade quando "cravado" em 60FPS, e com quedas em momentos bem específicos, como telas de carregando ou início da fase, e pequenas quedas que raramente trazem os FPS para algo abaixo dos 55FPS.

- Continua após a publicidade -

E quanto conseguimos economizar?

AMD FX-6300 - R$ 485  AMD FX-4150 - R$ 349
- Asus M5A78L-M LX/BR - R$ 299 GIGABYTE Gigabyte GA-78LMT-USB3 - R$ 318
- Nvidia GeForce GTX 750Ti 2GB - R$ 534 AMD Radeon RX 460 2GB - R$ 493
HD de 1TB Seagate Barracuda 1TB - R$ 283 HD Seagate SATA 3.5´ 1TB 7200RPM - R$ 236
8GB de memória RAM - 2x R$ 106 4GB de memória RAM 1333MHz (2x2GB) - 2x R$ 59
- Fonte 350W -  R$ 167- Fonte 350W -  R$ 152
- Tela, mouse e teclado reaproveitados de PCs velhos - R$ 0

Custo total estimado: R$ 1.980 R$ 1.666

Graças a boa otimização do Overwatch, deu para "espremer" mais o Baratinho e ainda manter a performance em um competente Alto/1080p/60FPS, uma condição ideal para um gameplay eficiente. Recomendamos essas economias? Aí é outra história. Diferente de Overwatch, que está se saindo bem nessa situação bastante limitada de hardware, a maioria dos grandes lançamentos "patinam feio" se forem executados em apenas 4GB de RAM. O FX-4300 também não dará segurança para jogos com uso mais intensivo de CPU, o que descarta a possibilidade de uma boa experiência com Battlefield 1, por exemplo. Na parte de placa de vídeo, a troca da GTX 750 Ti para a RX 460 2GB não foi um downgrade, apesar do gasto menor, e sim um upgrade. Aqui o risco acontece na memória: apenas 2GB na placa de vídeo também tem se mostrado crítico em alguns games executados em 1080p.

Concluindo, dá para montar um PC capaz de rodar Overwatch em qualidade alta com especificações bem modestas, lembrando que o PC da Crise e seus gráficos integrados foram capazes de encarar o game em 720p relativamente próximo dos 60FPS com quedas para 45FPS.

 

OK, mas aí tem só a configuração de hardware. E os resto das peças caso eu queira montar um computador "do zero", sem reaproveitar componentes? Aí vai da vontade de cada um para investir em monitor, periféricos e etc. Fazendo uma estimativa bastante básica, dá para estimar os gastos em:

- Continua após a publicidade -

Kit mouse+teclado - em torno de R$ 100
Monitor FullHD 60Hz - R$ 450
Gabinete - em torno de R$ 100
Restante do hardware - R$ 1.666

Custo total estimado: R$ 2.316

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube