O que são as pokéstops do Pokémon GO e como elas podem ajudar no seu comércio?

Ninguém é obrigado a gostar de Pokémon GO, mas ignorar as oportunidades trazidas por um fenômeno mundial como este pode ser um erro, especialmente para comerciantes. E é o sistema de pokéstops implementado pelo jogo que tem mudado a rotina das pessoas e trazido movimento para lugares inesperados. Neste artigo vamos explicar rapidamente para quem não joga o que são as pokéstops, como elas funcionam e as oportunidades que elas oferecem.

Mesmo quem não tem o menor interesse por Pokémon GO já deve saber mais ou menos como funciona o jogo. O aplicativo rastreia a posição das pessoas pelo GPS e com essa informação simula os monstrinhos em localidades reais, então os jogadores andam pra cima e pra baixo caçando os pokémons. Todo tipo de pessoa está experimentando o aplicativo e pelo menos alguém vai se interessar pelo seu comércio. O negócio é "abraçar a causa", como o caso da doceria Sweety Ice, por exemplo, que está aproveitando ao máximo a febre com o aplicativo:

Mas os pokémons do jogo podem ser encontrados literalmente em qualquer lugar e estamos aqui para explicar um recurso menos conhecido para quem não joga: as pokéstops. Para capturar os pokémons e também para aproveitar outras mecânicas do jogo são necessários itens que podem ser obtidos pelas microtransações do jogo, ou seja, custando dinheiro de verdade. Mas esses itens também podem ser conseguidos gratuitamente nas pokéstops e é por isso que elas são um recurso tão importante para tantos jogadores.

As pokéstops são lugares específicos do mundo real que o jogo marca como um ponto para conseguir os itens. No momento elas são totalmente aleatórias, podendo ser qualquer lugar mais ou menos reconhecível, desde um shopping ou até mesmo um grafite grande em alguma parede. Parques e universidades costumam contar com muitas pokéstops. Além disso, alguns pontos comerciais tiveram a sorte de se tornarem pokéstops e é aqui que as oportunidades começam a surgir.

Como saber se aqui é uma pokéstop?

O jeito mais simples de saber se o seu comércio ou estabelecimento é uma pokéstop é baixando o aplicativo e olhando. Mas para quem não tem um aparelho compatível, espaço no smartphone ou simplesmente não tem o menor interesse em fazer isso, existe o "Mapa Pokémon GO", um site que mostra todas as pokéstops por cidade. Basta localizar seu endereço e ver se ele está marcado.

Minha loja é uma pokéstop, como eu aproveito?

Se o seu estabelecimento é uma pokéstop, ou se ele fica ao alcance de uma, você pode ter certeza que muitas pessoas vão começar a aparecer ao seu redor. Isso, pra quem trabalha com o comércio, pode ser muito bem-vindo. Não pense que por causa da temática do jogo só vão aparecer pessoas mais jovens ou alguém que não seja o público alvo do seu estabelecimento. O aplicativo está atingindo o tipo mais variado de público, dos fãs aos curiosos e lojas ao redor do mundo estão pensando em maneiras diferentes de aproveitar isso. As dicas abaixo vêm da conceituadíssima revista de negócios Forbes:

- Continua após a publicidade -

1 - Não expulse os jogadores

Se o pessoal jogando começar a entrar na sua loja atrás de pokémon ou porque seu estabelecimento é uma pokéstop, eles podem não comprar nada e até atrapalhar outros clientes por andarem distraídos com o celular. Num primeiro momento isso vai dar vontade de expulsá-los, mas evitar atritos é sempre o melhor caminho. Os jogadores de Pokémon GO estão desenvolvendo um certo senso de comunidade entre si e eles vão recomendar e preferir uma loja que os recebeu bem no momento em que eles estavam jogando. Mesmo que não comprem nada na hora, quando precisarem de algo que seu estabelecimento oferece vão escolhê-lo pra aproveitar e jogar um pouquinho.

Mas claro que isso não dá aos jogadores o direito de atrapalharem seus outros clientes. A Forbes dá uma sugestão bem elegante: fazer uma placa dizendo que jogadores de Pokémon GO são bem-vindos, mas que aproveite pra lembrar a eles de não esquecerem os bons modos e não entrarem em lugares privados onde não foram convidados. 

2 - Destaque seus produtos de interesse aos jogadores

Essa dica é mais pro pessoal que deu a sorte de ser uma pokéstop e, além disso, trabalha com produtos relacionados a smartphones, ou tecnologia. Principalmente power banks! O uso intenso do aparelho pra jogar está drenando a bateria das pessoas e a venda de power banks aumentou muito nos últimos dias. Destacar seus produtos que podem ser relevantes para os jogadores pode ser uma boa e a dica aqui é fazer um "cantinho do Pokémon GO", já separando os produtos que podem ser relevantes pra quem joga. Se nesse canto houver uma tomada, melhor ainda.

3 - Invista em "iscas"

Isso é o mais importante se sua loja for uma pokéstop e a dica que mais se relaciona com este artigo. Se você chegou a acessar o mapa, deve ter notado que há milhares de pokéstops por aí. Então se a sua loja é um, como deixar mais atrativo para competir com outros que podem até estar bem próximos? É aqui que entram as "iscas". Também chamadas pelo seu nome não traduzido, "lures", essas iscas são um item que se compra dentro do jogo para atrair pokémons para uma pokéstop. Isso significa que uma pessoa no seu estabelecimento vai poder aproveitar pra conseguir itens e uma chance bem maior de capturar os monstrinhos que coleciona. Claro que aqui entra um investimento. Você vai precisar baixar o aplicativo e comprar a isca nele pra instalar na pokéstop que é sua loja. Para se ter uma noção de valor: 

- Continua após a publicidade -

- 1 isca sai por 100 moedas do jogo
- O pacote com 8 iscas sai por 680

Abaixo os valores para se comprar moedas do jogo:

Como faço para meu estabelecimento se tornar uma pokéstop?

Atualmente a Niantic, produtora responsável pelo Pokémon GO, não está aceitando pedidos para criar novos pokéstops. Ou seja, se você não deu a sorte do seu estabelecimento ser uma, é necessário aguardar. Mas fique de olho! No site oficial, a Niantic informa que no momento não está aceitando, o que dá a entender que essa política pode mudar mais tarde. 

Como faço para deixar de ser uma pokéstop?

Se depois desse artigo você ainda vê mais desvantagens do que vantagens em seu estabelecimento ser uma pokéstop, ou se sua casa é uma pokéstop e você não joga e está tendo que lidar com aglomerações de pessoas, é possível requisitar à Niantic, desenvolvedora do Pokémon GO, que sua localidade deixe de ser uma pokéstop. Para isso, basta acessar este link e preencher as informações requisitadas. Ajuda se você mandar uma foto da localidade anexada na parte indicada como "Attachments".

Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.