Os saltos de desempenho com Vulkan: o segundo round com DOOM

DOOM não foi um jogo simpático ao PC Baratinho. Com a necessidade de alta taxa de quadros por segundo para um gameplay eficiente, o frenético jogo nos forçou bastante nas specs. Enquanto uma GeForce GTX 950 foi necessária para alcançar a casa dos 60FPS em 900p/Low, só partindo para as consideravelmente mais caras GTX 960 e R9 380 (e não nas versões básicas de 2GB) para conseguir o game na resolução FullHD. O resultado foi o episódio mais caro da história do PC Baratinho.

PC Baratinho encara DOOM, e a conta não deu das mais baratas!

Mas é aí que o resgate veio: um novo update no game trouxe otimizações e, ainda mais interessante, uma nova API. É hora da aguardada Vulkan entrar em ação!

A API traz um trunfo importante, assim como o DirectX12: as instruções de baixo nível, que são uma maior proximidade do software com os recursos do hardware. Como resultado, a desenvolvedora promete não apenas melhorar o desempenho em hardwares existentes: a expectativa é que até mesmo componentes que antes não eram capazes de lidar com o game agora consigam entregar performance satisfatória. Hora de chamar de novo então a GTX 750ti e fazer uma segunda tentativa!

Partimos daquela que tem sido a config "padrão" do Baratinho:

- AMD FX-6300 - R$ 494
- Asus M5A78L-M LX/BR - R$ 289
- Nvidia GeForce GTX 750Ti 2GB - R$ 499 - Análise da placa
- HD de 1TB Seagate Barracuda 1TB - R$ 278
- 8GB de memória RAM - 2x R$ 115
- Fonte 350W -  R$ 170
- Tela, mouse e teclado reaproveitados de PCs velhos - R$ 0 

Custo total estimado: R$ 1.960

Hora de jogar!

Os resultados são bem interessantes. O amadurecimento dos drivers da Nvidia entre o lançamento do episódio do PC Baratinho (versão 368.39) e o atual (versão 368.69), asism como os próprios updates do jogo, deram "mais gás" para a GTX 750ti, que mesmo em OpenGL já saltou dos 45~60 FPS em qualidade LOW/900p para os mais seguros 60~70FPS. Apesar desse ganho, a placa ainda não é totalmente imune a eventuais quedas abaixo de 60 quadros por segundo em trechos muito intensos, com muita coisa na tela. Em contrapartida, a GeForce GTX 950 (versão sem conector de energia) ganhou o desempenho mais que o suficiente para garantir fluidez em LOW/900p.

- Continua após a publicidade -

Os updates trouxeram a GTX 750ti muito mais próxima dos 60FPS constantes, com raras quedas. Mas a GTX 950 é quem garante LOW/900p sempre acima de 60 quadros por segundo

Para FullHD também houve avanços. A GeForce GTX 950 conseguiu entregar uma performance mais próxima dos 60FPS, com quedas menos extremas, raramente caindo abaixo dos 50FPS. Usando as Nvidias com a Vulkan, os resultados já não foram tão interessantes: tivemos uma performance levemente mais baixa que a notada com o OpenGL. Em termos práticos, vemos a placa rodando algo na casa de 2 frames por segundo a menos que com OpenGL.

Não houve ganhos significativos de desempenho com a Vulkan na placa da Nvidia, comparado ao OpenGL

Partindo para a AMD, para avaliar o impacto da Vulkan em modelos Radeon, puxamos um modelo que se situa logo abaixo da GTX 750ti em termos de desempenho: a PowerColor R7 360 2GB. Aqui a coisa muda de figura: mudar de OpenGL para Vulkan representa um ganho de 20FPS na maioria das situações, com momentos em que vemos o dobro de desempenho! Na prática, temos pela primeira vez esse modelo rivalizando com a GTX 750ti, entregando uma performance muito próxima tudo graças ao salto do uso da nova API.

A nova API trouxe verdadeiros saltos para a AMD: 20 FPS na maioria dos casos, e em alguns casos o dobro!

Graças a esse avanço, esse é o primeiro episódio em que a R7 360 entrega desempenho o bastante para ser a recomendação de configuração do PC Baratinho. Ela conta com a vantagem de ser mais barata que a GTX 750ti, porém em contrapartida é mais exigente com fonte, sendo que a própria PowerColor recomenda um modelo de 500W! Essa estimativa é exagerada, e definitivamente uma fonte de 430W já seria algo seguro (usando o site da CoolerMaster para calcular uma fonte baseado nesse perfil de hardware, ele chegou a nos recomendar uma de 330W)

O PC Baratinho ficaria assim:

- AMD FX-6300 - R$ 494
- Asus M5A78L-M LX/BR - R$ 289
- AMD Radeon R7 360 2GB - R$ 424
- HD de 1TB Seagate Barracuda 1TB - R$ 278
- 8GB de memória RAM - 2x R$ 115
- Fonte 350W -  R$ 220
- Tela, mouse e teclado reaproveitados de PCs velhos - R$ 0 

- Continua após a publicidade -

Custo total estimado: R$ 1.935

O efeito mais importante da Vulkan é esse aqui, deixo o gráfico de custo bem melhor de se olhar:

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube