PC Baratinho vai de Intel Core e AMD Radeon: experimentamos inverter as marcas!

Faz um tempo que estabilizamos o hardware do PC Baratinho: Nvidia GeForce GTX 750 Ti e AMD FX 6300 parecem ser os nomes quando o assunto é balanço entre custo mais baixo possível e qualidade suficiente para um bom gameplay. Mas... e se estivermos errados?

Hoje apresentamos a vocês o PC Baratinho reverso! Aqui vamos tentar inverter as marcas utilizadas no processador e placa de vídeo, o que significa que aqui teremos um PC baseado em CPU Intel, enquanto a AMD deixa de ter seu FX no Baratinho mas agora precisa nos garantir os gráficos com alguma Radeon.

Partindo das especificações do último episódio, para jogar Need for Speed usamos:

- AMD FX-6300 - R$ 487
- Asus M5A78L-M LX/BR - R$ 323
- Nvidia GeForce GTX 750Ti 2GB - R$ 599 - Análise da placa
- HD de 1TB Seagate Barracuda 1TB - R$ 385
- 4GB de memória RAM - 2x R$ 152
- Fonte 350W -  R$ 171
- Tela, mouse e teclado reaproveitados de PCs velhos - R$ 0 

Isso nos leva ao seguinte desafio: o que seria equivalente a um FX-6300? Nos baseando em benchmarks, temos a seguinte situação:

- Continua após a publicidade -

O Pentium que deu as caras no primeiro episódio do Baratinho é evidentemente cavalo fora do páreo. Mesmo que os benchmarks indicassem um desempenho suficiente para ele participar da disputa, nossos testes práticos nos mostraram que ele não aguenta. O FX acaba se inserindo entre o Core i5 e o Core i3 nos benchmarks, mas não há nenhuma dúvida de com qual iremos: com custo na casa dos R$ 1 mil, nem cogitamos o i5 para o Baratinho. Perceba que estamos de olho na geração Haswell e também nem colocamos o Skylake na disputa, e o motivo são seus preços mais elevados e pouco ganho de desempenho em contrapartida.

Com o Core i3 conseguimos um preço bastante próximo ao do FX 6300, sendo que em termos de placa-mãe compatível também há uma certa paridade de preços entre os modelos mais acessíveis disponíveis para AM3+ e H81 uado em nossos testes.

Placa de vídeo a história se repete: A GeForce GTX 750 ti se insere entre a R7 360 e R7 370 em termos de desempenho, como indicam nossos benchmarks:

Para decidir se vamos para baixo ou para cima, felizmente já temos um repertório de testes anteriores, sendo que inclusive vocês podem conferir a R7 360 em ação durante o episódio com Far Cry Primal. Ela não alcançou o nível de desempenho que gostaríamos, então temos que partir para a mais cara R7 370.

Felizmente o "mais caro" não é muito mais caro. A GTX 750 ti pode ser encontrada por preços na casa dos R$ 500, porém em sua versão de 1GB. Ao longo da serie do PC Baratinho usamos a versão de 2GB, pois claramente os games vem utilizando essa capacidade (e em alguns casos como AC Syndicate e Just Cause 3, queriam até mais!). Aí temos um produto na casa dos 700 reais, mesmo valor que pode ser encontrado nas R7 370 com preço mais competitivo.

O problema é que o custo aumenta em outra coisa: a fonte. A AMD tem requesistos mais altos, sendo que fabricantes muitas vezes recomendam uma fonte de 500W, e eventualmente você pode encontrar locais recomendando uma 450W. A GTX 750 ti possui uma fonte de 300W como recomendação, e ao longo da serie temos feito o cálculo em cima de uma fonte de 350W afinal é "melhor erra para cima do que para baixo", quando o assunto é fonte.

- Continua após a publicidade -

PC Baratinho 

 Preço

 PC Baratinho reverso

CPU

 AMD FX-6300

R$ 529

R$ 598

 Intel Core i3 4150

Placa-mãe

Asus M5A78L-M LX/BR

R$ 323

R$ 329

Asus H81M-A/BR

Placa de vídeo

 Nvidia GTX 750 Ti 2GB

R$ 692

R$ 677

 AMD R7 370 2GB

 Memória

2x 4GB HyperX

R$ 260

R$ 260

 2x 4GB HyperX

 HD

WD 1TB

R$ 309

R$ 309

WD 1TB

 Fonte

Fonte 350W

R$ 171

R$ 278

 Fonte 500W

 Total (R$)

2.284

R$ 2.451


Apesar de nossa placa-mãe da plataforma Intel ser levemente mais cara, da para achar modelos AMD e Intel em preços semelhantes. O custo acaba sendo mais relacionado a diferença do processador  em si. Aí temos um leve aumento de custo conta o modelo Intel, que somado a fonte mais cara para tocar a placa de vídeo  AMD, resultam em mais ou menos 200 reais  de investimento a mais. Mas vale a pena? Os benchmarks nos dão uma idéia:

 

 

 

 

Em termos gerais, o PC Baratinho Reverso tem mais performance em muitos dos games e testes. As margens não são altas,  e eventuais empates acontecem, mas em geral o PC Reverso se sai melhor. A exceção (como bem destacado no vídeo pelo Thiago, eu havia deixado isso passar) é que a GTX 750 Ti se saiu melhor em AC Syndicate. Nos demais, empate ou vantagem para o modelo da AMD. 

Em muitos dos testes, o PC Reverso tem mais performance que o Baratinho convencional. Porém, é um pouco mais caro

Então, vamos trocar as peças? Não, afinal são mais caras,  e a dupla GTX 750ti + FX 6300 está dando conta do recado. Mas,  quem sabe, em um futuro episódio? Mas aí não é comigo: seu Andrei Longen vai teu que se virar no próximo, atendendo os pedidos da galera! Vejo vocês depois das minhas férias! 

Quem você quer tocando o próximo episódio do PC Baratinho?

Andrei Longen
48.73%
João GAN
21.43%
Thiago Santana
14.97%
Carlos Estrella
14.88%

Total de 2198 votos

 

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube