PC Baratinho para jogar vs Fallout 4

Em um mês com uma estreia do peso como Fallout 4, é claro que é hora de colocar para trabalhar o PC Baratinho para Jogar Adrenaline! Colocamos o computador de baixo custo para encarar a "terra arrasada" da franquia da Bethesda!

A configuração atual do nosso PC de baixo custo conta com (pesquisa de preços feita em 18/11): 

- Pentium - A8-5600 - AMD FX-6300 - R$ 485
- Asus M5A78L-M LX/BR - R$ 249
- Nvidia GTX 750Ti 2GB - R$ 760 - Análise da placa
- HD de 1TB Seagate Barracuda 1TB - R$ 319
- 4GB de memória RAM - 2x R$ 94
- Fonte 350W -  R$ 143
- Tela, mouse e teclado reaproveitados de PCs velhos - R$ 0 


Custo total estimado: R$ 2.144


Como vocês podem conferir no vídeo, foi possível jogar Fallout 4 com a GeForce GTX 750ti na qualidade alta, mas a fluidez não foi adequada. O jeito foi ajustar o jogo para qualidade gráfica "Medium", para conseguir uma performance mais segura e constante.

A placa da Nvidia já estava "pela boa" fazia um tempo. "The Witcher 3" rodou "no grito", em Anno 2205 também apresentou seus engasgos. Nossa proposta é FullHD, qualidade alta e o mais próximo de 60FPS, e progressivamente essa meta vinha se tornando mais distante, a cada lançamento. Depois de upgrades em RAM e processador, os 99% de uso em muitos jogos mostravam que nossa placa de vídeo se tornou o novo gargalo do PC Baratinho.

Hora do upgrade!

 

Chegada a hora do upgrade! E para nossa sorte, a escalada de desempenho não envolve escalada de preço. A AMD Radeon R7 370 é uma placa com performance de 15 a 30% superior ao que vemos na GTX 750Ti, e após um lançamento bastante caro, a nova geração da AMD enfim está com preço competitivo. Isso significa que já encontramos modelos com esse chip gráfico em um valor bem próximo ao que está sendo vendida a GTX 750ti.

Assim como o modelo da Nvidia, essa placa da AMD vem equipada com 2GB de memória, uma quantidade bastante adequada para jogar em FullHD com qualidade alta. O chip que equipa essa placa é o Trinidad PRO com características semelhantes a do chip da R7 265, como 64 TMUs, 1024 unidades de shadders e 32 ROPs. Algumas evoluções são notáveis: o chip traz um TDP menor - de 150W para 110W - e frequências mais altas - de 900MHz para 925MHz. Existe uma diferença negativa: diferente da 265, a R7 370 não possui suporte ao Freesync, tecnologia que sincroniza a taxa de atualização do monitor com os FPS gerados pela placa de vídeo. De toda a série 300 da AMD, esta é a única placa que não suporta este recurso.

O que é "tearing"? Como funciona o FreeSync da AMD? Respondemos neste vídeo!

Porém nem tudo da troca da placa de vídeo nos deixou impune. Enquanto a GeForce GTX 750ti é uma das placas mais permissivas do mercado quando o assunto é fonte, resultado de sua excelente eficiência, o chip da AMD é mais exigente. O modelo que utilizamos, o PowerColor PCS+ R7 370 2GB GDDR5 tem como fonte recomendada um modelo com 500W, o que nos trouxe um incremento no custo do PC de 150 reais para subir de uma fonte de 300 para 500W.

Então nosso upgrade consiste em: 

- GTX 750Ti PowerColor PCS+ R7 370 - R$ 770 - Análise da placa
- Fonte 350W 500W -  R$ 305

Com os novos ajustes, nosso PC baratinho passa a ter um custo aumentado em 172 reais, resutado principalmente da necessidade de investir em uma fonte mais parruda para "empurrar" a R7 370. Lembrando sempre que essa é uma estimativa utlizando grandes varejistas online, e que é sempre possível encontrar preços mais atraentes ou promoções.

Colocando nossas versões do PC Baratinho, ao longo dos testes, temos a seguinte evolução nos games "Middle Earth: Shadow of Mordor" e "Metro: Last Light".

Com vocês, o PC baratinho para jogar em sua quarta versão:

 - Pentium - A8-5600 - AMD FX-6300 - R$ 485
- Asus M5A78L-M LX/BR - R$ 249
GTX 750Ti PowerColor PCS+ R7 370 - R$ 770 - Análise da placa
- HD de 1TB Seagate Barracuda 1TB - R$ 319
- 4GB de memória RAM - 2x R$ 94
- Fonte 350W  500W -  R$ 305
- Tela, mouse e teclado reaproveitados de PCs velhos - R$ 0 

Custo total estimado: R$ 2.316

"Call of Duty: Black Ops III" e "Star Wars: Battlefront" já estão na fila para o confronto, com toda a exigência de RAM de COD e também os requisitos pesados recomendados para o novo game do Star Wars. Alguém aí já arrisca se o PC baratinho vai vencer o tranco nesses próximos episódios?

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você prefere?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.