Pendrives que servem tanto para seu tablet, smarphone e computador

Quando os CDs nos decepcionaram e não se tornaram os sucessores dos disquetes, só recuperamos a praticidade de possuir um dispositivo de armazenamento ágil para copiar e apagar arquivos com os pendrives, muito mérito da hegemônica conexão USB. Mas aí a computação saiu das mesas para os bolsos e o USB mudou do tradicional formato para o micro ou mini USB, e novamente ficou difícil mover arquivos de um smartphone para um tablet, por exemplo.

Vamos mexer aqui com gadgets que contornam essa dificuldade: o Dual USB Drive 3.0, o IXpand Flash Drive e o Kingston DataTraveler microDuo 3C, sendo que todos trazem duas conexões diferentes em um mesmo dispositivo.

 

 

O Dual USB da Kingston possui uma ponta USB Tipo A, aquela maior e mais tradicional, e na outra, uma conexão micro USB, a mais popular em dispositivos como smartphones e tablets no momento.

O IXpand traz o foco para os aparelhos da Apple e, no lugar do micro USB, traz um conector Lightning. Apesar de facilitar a vida dos usuários de dispositivos da maçã, o pendrive não ajuda com o preço: com versões com 16, 32 e 64GB de armazenamento, seu valor varia dos R$300,00 aos R$600,00.

o DataTraveler microDuo 3C é uma solução para o que está por vir: ele possui uma conexão USB 3.0 em um lado e outra USB 3.1 do tipo C, que deve se tornar o padrão mais popular entre dispositivos móveis da próxima geração e que já vem fazendo estreias como no novo Macbook e nos novos modelos de celulares Nexus.

- Continua após a publicidade -

Performance

Para termos parâmetro de desempenho desses modelos, rodamos um conjunto de benchmarks. 

 

Enquanto o modelo da Sandisk com conexão micro USB e o Kingston com Tipo-C operaram dentro da performance que estamos acostumados a encontrar em produtos de seu perfil, o iXpand mostrou que a necessidade de desenvolver um hardware para se tornar compatível com os dispositivos da Apple trouxe um impacto marcante na performance de transferências. 


Por conta do ecossistema da Apple ser mais fechado, o iXpand também não opera de forma "plug-and-play", sendo necessária a instalação de um app para que o pendrive opere corretamente no iPhone.

o Sandisk iXpand paga o preço dos ajustes necessários para funcionar com gadgets da Apple, o que impacta em seu preço e sua performance

Com os outros dois modelos, a experiência é bem mais tranquila. O Sandisk Dual USB Drive 3.0 consegue conectar na maioria dos tablets e smartphones em uso, já que a maioria dos gadgets ainda usam o micro USB. Conectado em um aparelho Android, os arquivos já ficam acessíveis através de apps de gerenciamento de pastas automaticamente. É importante verificar se o aparelho possui compatibilidade com a tecnologia OTG, algo bem presente em aparelhos topo de linha mas que também aparece em aparelhos mais básicos.

- Continua após a publicidade -

O terceiro modelo desse artigo, o  Kingston microDuo, também apresentou uma experiência bastante fluída. Basta conectá-lo ao PC ou ao smartphone compatível que ele já deixa os arquivos disponíveis. Ele funcionou até mesmo no novo Macbook sem necessidade de instalar qualquer software adicional, e ajudou muito na hora de transferir arquivos do aparelho da Apple para outros computadores, ou vice-e-versa, tornando o gadget uma ótima pedida para donos do ultrafino da maçã.

Análise: Apple Macbook

Conclusão

Os pendrives compatíveis com conexões de smartphones são uma boa pedida para quem necessita transferir grandes quantidades de dados com uma certa frequência. Para coisas mais eventuais, os apps de transferência via internet ou sincronização na nuvem são mais práticos e não trazem custo algum.

O trunfo desses modelos é que além de servirem para acessar e copiar arquivos de seus aparelhos móveis, também não deixam de ser pendrives, algo muito útil para ter sempre à mão no seu cotidiano. O problema aqui é o custo: especialmente no modelo voltado para aparelhos da Apple, temos um preço bastante acima de modelos convencionais.

A conexão Tipo-C está vindo com força. Ter um dispositivo de armazenamento capaz de lidar com o formato novo e o tradicional ao mesmo tempo é uma excelente pedida

Dos três modelos, temos duas situações interessantes. O Sandisk Dual USB 3.0 tem como ponto forte ser compatível com a maioria dos produtos existentes, sendo que nos últimos 4 e 5 anos praticamente toda a indústria migrou seus dispositivos compactos para o formato micro USB. Já o Kingston conta com trunfo de ser "future proof". A conexão USB Tipo-C está vindo com força na nova geração de smartphones, tablets e ultrafinos, e um aparelho com versatilidade para encarar tanto o tradicional Tipo-A quanto o novo padrão é uma excelente pedida para evitar dores de cabeça.

Já o iXpand traz uma série de deficiências que o deixam menos atrativo. A necessidade de apps, a baixa performance e seu alto custo acabam reduzindo bastante as situações nas quais sua compra compensa. 

O Sandisk Dual USB Drive 3.0 com 32GB de armazenamento é encontrado por 70 reais no Kabum e 63 reais no Submarino. O iXpand com 16GB de armazenamento está disponível por 282 reais na Americanas. Já o Kingston DataTraveler microDuo 3C pode ser encontrado na loja oficial da Kingston custando 135 reais em sua versão de 16GB, 186 reais com 32GB e sua versão mais avançada conta com 64GB com custo de 312 reais

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube