Os topo de linha chegaram: veja as armas de Galaxy S6, LG G4, Xperia Z4 e iPhone 6

Com a apresentação do LG G4, foi introduzida toda a nova geração de smartphones topo de linha das principais fabricantes Android. Neste segmento temos todas as empresas buscando entregar "o melhor possível", embarcando o máximo de tecnologias e os melhores componentes. Vamos fazer aqui um comparativo entre estes modelos, e quais seus principais recursos na hora de disputar seu dinheiro.

É importante notar uma coisa. Alguns modelos pegam esta geração "no contra-pé". A Apple tradicionalmente introduz novos iPhones em setembro, tornando um caos definir "quem briga com quem" em termos de geração, enquanto a Motorola também tem um planejamento bem diferente e lançou seu atual topo de linha, o Moto Maxx, no final do ano passado. 

Outro detalhe: em geral estes aparelhos tem excelentes câmeras, ótima performance e designs caprichados, então vamos focar mais no que realmente são os diferenciais de cada um, passando de forma superficial nestes aspectos, exceto se houve alguma mudança importante na nova geração ou se há uma diferença relevante, como acontece em casos específicos.

Comparativo

Sony Xperia Z3+LG G4Samsung Galaxy S6 edgeMotorola Moto Maxx

Especificações

Armazenamento interno|32GB| |32GB| |32GB||64GB| |64GB|
Cartão microSDAté 128GB Até 128GB Não possui
Memória RAM3GB 3GB 3GB 3GB
Número de núcleos8 6 8 4
Portas de conexão|Micro-USB| |Micro-USB|
Sistema OperacionalAndroid 5.0 Android 5.0 Android 5.0 Android 4.4
Update disponível para o sistema- Não informado Android 5.0
ProcessadorQualcomm Snapdragon 810 Qualcomm Snapdragon 808 Samsung Exynos 7420 Qualcomm Snapdragon 805
Clock2 GHz1.8 GHz2,1 GHz2.7GHz GHz
GPUAdreno 430 Adreno 418 ARM Mali-T760MP8 Adreno 420
Bateria2930mAh mAh3000 mAh mAh2.600 mAh mAh3900 mAh mAh
Dimensões146 × 72 × 6,9mm mm148.9 x 76.1 x 9.8mm mm142.1 x 70.1 x 7mm mm143,4 x 72,9 x 8,55 mm mm
Peso144g g155g g132g g160 g g

Recursos

GPSSim Sim Sim Sim
Leitor de DigitalNão Não Sim Não
LTESim Sim Sim Sim
NFCSim Sim Sim Sim
Número de cartões SIM1 1 1 1
RadioSim Sim Não
Tipo de cartão SIMNano SIM Micro SIM Nano SIM Nano SIM
TV DigitalNão Não Não
Bluetooth4.1 4.1 4.1 4.0
ExtrasFoco laser, carregar por indução, Quick Charge 2.0 Carregamento por indução e Fast Charge Resistente à água, carregamento por indução

Display

Resolução1080 x 1920 1440 x 2560 1440 x 2560 1440 x 2560
Tamanho5.2 polegadas 5.5 polegadas 5.1 polegadas 5.2 polegadas
Tecnologia- IPS Quantum Super AMOLED AMOLED
ProteçãoVidro resistente a riscos Corning Gorilla Glass 4 Corning Gorilla Glass 4 Corning Gorilla Glass 3

Câmera

Vídeos2160p 30 fps 2160p 30 fps 2160p 30 fps 2160p 30 fps
Traseira20.7 MP 16 MP 16MP 21 MP
Frontal5.1 MP 8 MP 5MP 2 MP

LG G4- preço não definido
Acabamento em couro, novo display, bateria removível e cartão MicroSD

A última a chegar e primeira em nosso artigo é a LG e seu G4. O aparelho lançado esta semana mantém algumas características do G3, como a tela de 5.5" com resolução QuadHD, mas traz aprimoramentos. A tela agora usa a tecnologia IPS Quantum, que promete mais cores, contrastes e luminescência. 

O design, apesar de ser um dos maiores por conta da tela ampla, promete ser um dos mais confortáveis. Para isso, a LG usa um formato levemente curvado e um acabamento em couro na parte traseira

- Continua após a publicidade -

Na câmera o G4 aprendeu novos truques: o smartphone agora tem um sensor de 16MPajustes manuais na hora das fotos e a estabilização óptica - que ajuda a não tremer demais na foto ou vídeo - agora está mais avançada. A objetiva também tem maior abertura para entrada de luz, e a câmera frontal vem com 8MP. O sensor laser do G3, que acelera as fotos, foi mantido, identificando rapidamente o foco da cena, mas foi incorporado aqui também um sensor de espectro de cores, que promete tirar fotos ainda mais realistas.

Na parte da autonomia, a sul-coreana promete importantes melhorias. O chip Qualcomm Snapdragon 808 foi desenvolvido de forma muito próxima com a LG, o que pode resultar em uma melhor otimização. A nova interface, o LG UX 4.0, tem a proposta de ser mais leve e direta, baseando-se no design do Android 5.0, além de gerenciar o consumo de energia dos apps de forma mais eficiente.

O G4 também tem duas características muito bem recebidas entre usuários de Android: bateria removível e cartão microSD. Enquanto a utilidade do primeiro é questionado por alguns, a possibilidade de usar o cartão microSD entra na discussão sobre a perda de performance do uso desta memória externa versus a margem de upgrade que ela proporciona. De quebra, outro recurso mais restrito a alguns aparelhos, temos neste modelo o carregamento por indução.

Sony Xperia Z4 - Preço não definido
À prova d'água, cartão microSD e serviços Sony

A Sony foi bem discreta em seu Xperia Z4. O aparelho traz um design bem semelhante ao do Z3, com algumas melhorias nos componentes, como o novo SoC Qualcomm Snapdragon 810.

Com o fim dessa característica da linha Galaxy, a resistência à água no Xperia Z4 passa a ser o principal diferencial do aparelho. Outro ponto - ora forte, ora fraco - da Sony é o software. O sistema Android sofre modificações importantes, sendo que as alterações na estética e organização do sistema muitas vezes são questionáveis. Em compensação, a Sony utiliza o Stamina, um gerenciamento de energia mais eficiente e que garante a linha Z, desde seus primeiros modelos, uma excelente autonomia.

A empresa se tornou o "reduto da resistência" do FullHD entre os Androids. Pode parecer negativo, afinal é a única tela não QuadHD, mas ao mesmo tempo a resolução a menos representa menos consumo de recursos do sistema e da bateria, e a tela de 5.2" não chega a ter baixa densidade de pixels só por alguns pontos a menos. 

Por fim, o Xperia Z4 conta com a integração com outros serviços da Sony, um diferencial importante, especialmente para donos de outros produtos da empresa como o Playstation. 

Samsung Galaxy S6 edge - R$ 3.799
Design inovador, Samsung Pay e componentes de alta performance

- Continua após a publicidade -

A Samsung "pegou pesado" no lançamento de seu novo topo de linha, e incorporou praticamente todas as tecnologias de ponta possíveís. A tela agora é QuadHD, o processador é um chip próprio octa-core com instruções em 64-bits e as memórias são LPDDR4.

MWC 2015: Hands-on com o Galaxy S6 e o Galaxy S6 Edge, novos topo de linha da Samsung

O foco da sul-coreana foi o design. Com um acabamento em vidro e estilo metalizado brilhante, o Galaxy S6 e S6 edge usam alumínio e vidro em sua construção, resultando em um visual muito mais chamativo que o "apagado" Galaxy S5. O principal trunfo no visual do edge é sua tela com um formato curvado nas bordas, algo que resulta em um design que se diferencia bastante dos modelos dos concorrentes.

A borda curvada traz funções específicas, como exibir informações básicas e também efeitos de luzes para mostrar interações de até seis contatos cadastrados, mesmo quando o aparelho está com a tela virada para baixo. 

O Galaxy S6 conta com um sensor de digitais aprimorado, comparado ao presente no Galaxy Note 4. Outro diferencial que segue presente apenas no modelo da Samsung é o sensor de batimentos, pronto para registrar suas atividades físicas dispensando o uso de outro acessório.

Na área de pagamento mobile, a Samsung apresentou o Samsung Pay, que atua com a cooperação com Visa e Mastercard. A solução veio ao Brasil também com o lançamento do smartphone. Apesar de não possuir uma projeção, a Samsung está otimista com a adoção da tecnologia em nosso país.

A câmera traseira ganhou melhorias como a estabilização óptica, o que garante fotos menos borradas e vídeos menos tremidos, mantendo a resolução de 16MP presente no Galaxy S5. Entre as principais novidades estão as fotos mais ágeis, resultado do app da câmera sempre aberto em segundo plano e aberto através de um atalho no botão físico. A câmera frontal vem com 5MP e uma maior entrada para luz, garantindo boas fotos mesmo em situações ruins de luz.

Motorola Moto Maxx - R$ 2.000
Muita bateria, sempre atento e Android pouco mexido 

O Moto Maxx chegou no final do ano passado com uma proposta interessante: nada de um aparelho fino – a Motorola colocou toda a bateria que conseguiu. O resultado é um smartphone com uma das melhores autonomias que já testamos por aqui.

O design também foi pensado para ser resistente, com uso de materiais como fibra balística. Apesar de não ser à prova d'água, a Motorola incluiu uma película protetora nos componentes internos, que garantem alguma resistência, especialmente à respingos. 

Análise: Motorola Moto Maxx

A Motorola tem sido uma das fabricantes mais ponderadas nas mexidas no sistema da Google, o que é uma ótima pedida para os fãs do sistema da Android mais "puro". E quando mexeu, a Motorola se saiu bem: o Maxx está sempre prestando atenção no que acontece ao seu redor, resultado de seus sensores e o coprocessador sempre ativos. Com isso, o aparelho é capaz de responder a comandos por voz a qualquer momento, além de perceber quando saiu do bolso e ativar a tela, por exemplo.

Com uma câmera de 20MP, este é o primeiro aparelho da Motorola capaz de brigar de forma mais equilibrada com os topo de linha das concorrentes. Vocês conseguem conferir o desempenho da câmera em nosso artigo comparativo.

Qual a melhor câmera de smartphone? Veja o nosso comparativo de G3 vs Z3 vs Maxx vs S5 vs iPhone 6 vs L930

Apple iPhone 6 Plus - R$ 3.899
Ecossistema do iOS e Apple Pay

A Apple conta com o diferencial do iOS, sistema desenvolvido pela própria empresa e que traz um nível muito superior de integração entre hardware e software, graças a este maior controle da Apple sobre ambas as partes de seu produto. Como resultado, este é o dispositivo com as especificações mais leves e, ainda assim, com uma das melhores performances entre os aparelhos do comparativo.

Análise: Apple iPhone 6 Plus 

A resolução FullHD em uma tela de 5.5" resulta na menor densidade de pixels deste comparativo. Ainda assim, o display da Apple segue como uma das referências em qualidade, em aspectos como equilíbrio das cores, luminosidade e contrastes. O corpo em alumínio é bastante fino e leve, e o design está entre os melhores disponíveis no mercado.

O sensor de digitais no botão principal é eficiente e ágil, e além de dispensar o uso de senhas pode ser combinado com o serviço Apple Pay para o pagamentos com o smartphone. Essa função ainda tem seu uso bastante restrito no Brasil, com poucas possibilidades de pagamento através desta função.

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube