Qual é melhor: GeForce GTX 960 ou Radeon R9 285?

Com o lançamento da GTX 960, a Nvidia aqueceu a briga no segmento intermediário de placas de vídeo, com modelos que custam entre R$900 e R$1100. Atualmente, a principal concorrente da GTX 960 de 2GB é a Radeon R9 285, placa da AMD lançada no ano passado, mas que traz alguns benefícios interessantes sobre a R9 280, gerando uma boa batalha com a placa da Nvidia.

Hoje vamos colocar para brigar esses dois modelos a fim de ver qual é a melhor opção de compra, sempre destacando que utilizamos como referência os preços cobrados atualmente. 

Qual a melhor: GeForce GTX 970 ou Radeon R9 290X?

Os modelos escolhidos são da MSI, ambos da linha Gaming e com características semelhantes, tanto em projeto de cooler como overclock de fábrica, o que dá uma noção melhor de qual o elhor GPU. Atualmente, modelos semelhantes são encontrados a partir de R$950, podendo chegar a R$1050 ou até mais. Mas também é possível encontrar placas com ambos os GPUs por menos de R$900 em promoções.

Na tabela abaixo comparamos as especificações dos modelos analisados. 

Comparativo

MSI GeForce GTX 960 Gaming 2GMSI Radeon R9 285 Gaming

Especificações da GPU

Processo de fabricação28nm 28nm
ChipGM206 Tonga (PRO)
Clock do GPU1190 MHz973 MHz
Clock do GPU (Turbo)1253 MHz

Especificações das Memórias

Tecnologia da RAMGDDR5 GDDR5
Interface de largura de BUS128 bit 256 bit
Quantidade de RAM|2GB| |2GB|
Clock das memóriass1753 MHz1375 MHz
Clock efetivo7012 MHz5500 MHz
Largura de banda112 GB/s176 GB/s

Características Gerais

Shading Units1024 1792
TMUs64 112
ROPs32 32
Pixel Rate38.1 GPixel/s31.1 GPixel/s
Texture Rate76.2 GTexel/s109 GTexel/s
Performance de pontos flutuantes2,437 GFLOPS3,487 GFLOPS

Design

Pinos de alimentação1x 8 pinos 2x 6 pinos
Suporte à combinação de placasAté duas placas Até duas placas
Tipo de SlotDual-slot Dual-slot
Comprimento da placa267 mm263 mm
TDP120 W190 W
Fonte recomendada400 W500 W
Conexões de vídeo1xDVI, 1xHDMI 2.0, 3xDisplayPort 2xDVI, 1xHDMI, 1xDisplayPort

Recursos

DirectX12.1 12.0
OpenCL1.2 2.0
OpenGL4.5 4.4
Shader5.0 5.0

Extras

ExtrasSistema de cooler com 2 FANs Sistema de cooler com 2 FANs

Fotos
Confira abaixo imagens das placas de vídeo utilizadas. 


- Continua após a publicidade -

Como ambos são da MSI e da linha Gaming, são bastantes parecidas, em visual e tamanho. As principais diferenças ficam por conta da placa com gpu R9 285 não precisar mais de conector Crossfire, algo por enquanto exclusivo desse modelo e das R9 290, além dos conectores de força, 2 de 6 pinos na placa com GPU AMD contra apenas um de 8 pinos na placa com GPU Nvidia.

O sistema de cooler da GTX 960 também parece um pouco superior, com mais heatpipes. Em se tratando de conexões de vídeo, este modelo possui uma conexão a mais, como podem ver nas imagens abaixo.

Sistema Utilizado
Como de costume, utilizamos uma máquina top de linha baseada em uma mainboard ASUS Rampage V Extreme, processador Intel Core i7 5960X overclockado para 4GHz para os testes. A ideia é evitar que o sistema seja um limitador para o desempenho das placas de vídeo testadas.

Preços em R$ ( pesquisa feita no dia 02/04/2015 no site Kabum.com.br)
MSI GeForce GTX 960 Gaming 2GB - R$ 950+
MSI Radeon R9 285 Gaming 2GB - R$ 950+

OBS.: Caso o modelo analisado não estivesse disponível em estoque, pegamos o preço de um modelo com característica semelhante optando pelo mais barato, se disponível. 

Mais abaixo, detalhes da máquina, sistema operacional, drivers e softwares/games utilizados nos testes.

Máquina utilizada nos testes:

- Processador Intel Core i7 5960X 3.0GHz @ 4.0GHz - Análise
- Placa-mãe Asus Rampage V Extreme - Análise
- Kit de memórias Kingston HyperX Predator DDR4 16GB 3000MHz (4x4GB) - Análise
- SSD Kingston HyperX 3k 240GB
- SSHD Seagate 4TB SATA3 - Análise (modelo de 2TB)
- Sistema de refrigeração liquida Cooler Master Nepton 280L
- Fonte de energia Cooler Master V1200 Platinum
- Gabinete Cooler Master HAF EVO XB
- Monitor ASUS PB287Q 4K

- Windows 8.1 64-bit
- Nvidia GeForce 347.88
- AMD Catalyst 15.3

- Continua após a publicidade -

Aplicativos/Games:
- 3DMark (DX11) 
- Unigine HEAVEN Benchmark 4.0 (DX11)
- Battlefield 4 (DX11)
- BioShock Infinite (DX11)
- Crysis 3 (DX11)
- GRID 2 (DX11)
- Metro: Last Light (DX11)
- Middle Earth Shadow of Mordor (DX11)
- Tomb Raider (DX11)

GPU-Z
Abaixo, a tela principal do aplicativo GPU-Z mostrando algumas das principais características técnicas das duas placas comparadas, reparem que ambos os modelos possuem 2GB de memória.


Temperatura
Iniciamos nossa bateria de testes com um bastante importante: a temperatura do chip, tanto em modo ocioso como em uso contínuo.

É importante destacar que alguns modelos ficam com as fans desligadas quando o sistema está em modo ocioso, rodando aplicações que não utilizem a placa de vídeo ao ponto de necessitar maior dissipação do calor gerado, dessa forma a temperatura dessas placas tende a ser mais alta com o sistema em modo ocioso.

Confiram abaixo a temperatura das placas com o sistema em modo ocioso, destacando que a placa com gpu GTX 960 utiliza o novo sistema de cooler da MSI que desliga as fans quando o sistema está em modo ocioso (como explicado acima), naturalmente fazendo a temperatura ficam acima da placa com gpu AMD que mantem as fans ligadas.

Para o teste da placa em uso, medimos o pico de temperatura durante os testes do 3DMark rodando em modo contínuo, ambos os modelos tiveram o mesmo resultado:

Consumo de Energia
Também fizemos testes de consumo de energia com todas as placas comparadas. Todos os testes foram feitos em cima da máquina utilizada na análise, o que dá a noção exata do que cada VGA consome. Vale destacar que o valor é o consumo total da máquina e não apenas da placa de vídeo. Dessa forma, comparações com testes de outros sites podem dar resultados bem diferentes.

Para o teste de carga, rodamos o 3DMark - aplicativo que exige um pouco mais do sistema e da placa de vídeo do que grande maioria dos games. Nesse teste vemos bem um dos maiores avanços da Nvidia, o consumo de energia, com a R9 285 consumindo 36% a mais.

OBS #1.: No teste rodando o aplicativo 3DMark, consideramos 10w como margem de erro, devido variação que acontece testando uma mesma placa.

Testes sintéticos
Começamos pelos testes sintéticos, utilizando aplicativos específicos para medir o desempenho das placas.

3DMark (2013)
Rodamos a versão mais recente do aplicativo de testes da Futuremark com dois testes, ou melhor, um teste em duas situações, o Fire Strike em modo normal e também em modo 4K. Abaixo, os resultados em modo normal:

Agora o resultado em modo 4K: 

Unigine HEAVEN Benchmark 4.0
Agora em sua nova versão, o HEAVEN 4.0 é um dos testes sintéticos mais “descolados” do momento, pois tem como objetivo mensurar a capacidade das placas 3D em suportar os principais recursos da API gráfica DirectX 11, como é o caso do Tessellation.

O teste foi dividido em duas partes: uma sem e outra com o uso do Tessellation em modo "extreme", ambas a 1920x1080 com o filtro de antialiasing em 8x e anisotropic em 16X.

O primeiro teste, com o Tessellation desativado:

E o segundo com o Tessellation ativado em modo EXTREME:

Testes em games - FullHD
Agora vamos ao que realmente importa, os testes de desempenho em alguns dos principais games do mercado, todos rodando em FullHD, leia-se 1920x1080, e gráficos com alta qualidade e filtros ativados.

Battlefield 4
"Battlefield 4" é um referencial da plataforma PC quando se trata de gráficos de alta qualidade. O game foi todo desenvolvido sobre a Frostbite 3, engine mais recente da produtora DICE.

BioShock Infinite
O game "BioShock Infinite" é outro grande sucesso de crítica desenvolvido pela 2K Games. Abaixo está seu o desempenho das placas comparadas rodando ele:

Crysis 3
Sendo o game "Crysis 3" um dos mais incríveis já desenvolvidos quando o assunto é gráfico, não poderíamos deixar ele de fora de nossos testes em análises de placas de vídeo.

GRID 2
O game "GRID 2" já não é o mais recente da série, mas utiliza a mesma engine de "GRID Autosport", sendo uma boa referência de desempenho em games de corrida.

Metro Last Light
Outro excelente teste que exige o máximo das placas de vídeo é o game "Metro: Last Light" que também é referência de qualidade gráfica em games para PC.

Middle Earth Shadow of Mordor
O novo game inspirado no universo da franquia "O Senhos dos Anéis" chegou sem gerar muita expectativa e se tornou um dos grandes lançamentos do ano, com destaque para seus gráficos muito refinados. Nosso teste utiliza a melhor qualidade possível do game, onde placas com pouca memória tem seu desempenho comprometido devido às texturas em alta qualidade.

Tomb Raider
O game marca o reboot da histórica franquia de Lara Croft, desenvolvido pela Crystal Dynamics com sua engine própria, a Crystal Dynamics Engine.

Conclusão
Os comparativos deixam claro que os modelos são concorrentes diretos, já que brigam em praticamente todos os games pela ponta da tabela com a placa da AMD ficando levemente à frente em maior quantidade dos games, sendo que ambas conseguem rodar bem em FullHD e alta qualidade gráfica tudo que tem de mais exigente no mercado sem comprometer o gameplay. Em se tratando de preço, apesar de ambas custarem valores bem próximos, a placa com gpu GTX 960 está com preços levemente mais atrativos atualmente, mesmo sendo lançamento.

Sobre as placas, a GTX 960 se destaca pelo menor consumo de energia, conexão HDMI 2.0 (que permite rodar games em 4K e 60 Hz) e melhor potencial para overclock, já a placa da AMD não requer conectores para a tecnologia Crossfire e tem média de desempenho um pouco superior.

Preço vs Desempenho
Diferente da batalha entre GTX 970 e R9 290X, a batalha entre GTX 960 e R9 285 coloca as duas placas de vídeo em uma briga mais competitiva no que diz respeito a preço, como ambas também têm desempenho semelhante, a tabela gráfica de preço vs desempenho mostra uma diferença muito pequena, e ao nosso ver temos um empate técnico nessa batalha.

Apesar do projeto mais atual da GTX 960, o bom desempenho da R9 285 deixa o preço como um dos principais fatores na hora da escolha

 

Abaixo o gráfico de custo vs. desempenho das placas comparadas nessa análise.

Fórmula do cálculo:  FPS somados dos games: BF4, BioShock, Crysis3, GRID 2, MLL, Shadow of Mordor e Tomb Raider * 100 e dividido pelo valor da placa em dólares.

Ambas as placas são boas opções, ficando por conta do preço o ponto final na hora da decisão.


Tags
  • Redator: Fabio Feyh

    Fabio Feyh

    Fábio Feyh é sócio-fundador do Adrenaline e Mundo Conectado, e entre outras atribuições, analisa e escreve sobre hardwares e gadgets. No Adrenaline é responsável por análises e artigos de processadores, placas de vídeo, placas-mãe, ssds, memórias, coolers entre outros componentes.

Qual vai ser o melhor game lançado em maio de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.