As novidades do Windows 10

Hoje a Microsoft lançou oficialmente o Windows 10 e mostrou o que os consumidores podem esperar da nova versão do sistema operacional assim que ele chegar neste ano para PCs, smartphones e tablets. Em setembro a empresa já havia anunciado o sistema e, ao disponibilizar a versão technical do Windows 10, pudemos ter uma noção mínima do que está vindo por aí.

Clique aqui para assistir ao Hands-on que fizemos da versão technical do Windows 10

Mais 1,7 milhão de pessoas em todo o mundo testaram essa primeira versão e a Microsoft diz ter recebido o feedback de mais de 800 mil usuários. Isso ajudou na finalização do sistema e há várias mudanças em relação ao que havia sido disponibilizado no ano passado. Essas mudanças foram mostradas hoje, durante o evento, mas nem todas estarão disponíveis imediatamente para aqueles que testarem o Windows 10. Joe Belfiore, executivo da companhia de Redmond, disse que elas vão chegar em três, quatro ou cinco meses.

Para começar, se você já está familiarizado com o Windows 8.1 e prefere a experiência do sistema, vai poder utilizar o Menu Iniciar em tela cheia e navegar através dos blocos dinâmicos ao invés de um menu iniciar semelhante ao Windows 7, como havia sido mostrado na versão technical. A Microsoft também adicionou uma central de ações que oferece acesso instantâneo a tarefas comuns, como ativar ou desativar o WiFi, Bluetooth e outras configurações. As notificações vão ser sincronizadas entre todos os dispositivos logados com a mesma conta. Portanto, se você descartar uma notificação no smartphone, ela não vai aparecer de novo no tablet ou PC. O menu de configurações também foi remodelado e ele será o mesmo para todas as plataformas, com um design mais limpo e intuitivo.

Interface automaticamente adaptável

O novo OS da Microsoft vai ter uma interface que se ajusta automaticamente para ter um uso otimizado pelo toque ou pelo teclado e mouse. Isso significa que o sistema vai detectar automaticamente quando há um teclado e mouse conectados ou não e isso vai alterar sua aparência. A interface modern vai aparecer como um "grande menu Iniciar" com um botão "voltar" na barra de tarefas para quem estiver usando o sistema no "modo touch", mas, quem estiver usando um teclado e mouse, vai ver uma aparência de desktop tradicional.


Cortana no Desktop

Atendendo às expectativas, a assistente pessoal da Microsoft que antes era exclusividade do Windows Phone agora chega aos desktops. Ela pode ser ativada com o comando “Hey Cortana” e está localizada ao lado do botão iniciar. Com a assistente pessoal será possível fazer buscas tanto na web quanto nos arquivos locais, adicionar lembretes e ler mensagens, além de iniciar chamadas no Skype e fazer anotações no calendário.

A reunião de informações realizadas pela Cortana se baseia em um sistema de armazenamento estruturado pelo Bing e ela vai se adequando ao usuário conforme o seu comportamento e pesquisas anteriores. O centro dos dados reunidos estará no Notebook, já presente na versão do Windows Phone. Ao abrir este aplicativo, o usuário poderá ver o que a assistente pessoal já sabe sobre seu comportamento.

Nos aparelhos menores, a assistente pessoal ocupará a tela toda com um fundo branco. Todas as tarefas solicitadas aparecerão em texto no display, com botões grandes que permitem aceitar ou recusar a ação interpretada. Seu funcionamento é similar à versão anterior presente no Windows Phone.

Melhorias na interface e design

Já vimos algumas melhorias no design do sistema na versão technical, mas a empresa aprimorou ainda mais a estética do Windows 10. Durante as demonstrações de hoje, foi possível ver ícones mais modernos e repaginados no desktop. As bordas ao redor dos aplicativos foram achatadas e tudo parece mais coeso e consistente em relação à primeira versão.

A versão do Windows 10 para dispositivos móveis também traz novidades nesse quesito. Projetado para rodas em smartphones e tablets com processadores ARM, o sistema vai permitir colocar uma imagem atrás dos blocos da tela, terá um novo aplicativo de mensagens que vai integrar Skype e, no futuro, Facebook e WhatsApp, um teclado ajustável que pode ser posicionado em qualquer lugar da tela e outras melhorias.

Aplicativos universais

Ao oferecer um único sistema para todas as plataformas, a Microsoft pretende entregar a mesma experiência de usabilidade em todas elas. Além de um SO único, a empresa também está trabalhando para criar aplicativos universais, que funcionem tanto no tablet quanto no PC ou smartphone. A lista de aplicativos universais inclui uma versão otimizada para o toque dos aplicativos Office, um novo Outlook, e novos aplicativos de Calendário e Fotos.

Projeto Spartan, o novo navegador

O Windows 10 virá, também, com um novo navegador, deixando-nos incertos sobre o futuro do Internet Explorer. Com o chamado Spartan, a Microsoft quer focar em três novos recursos. Um é o suporte a anotações em páginas web, que podem ser sincronizadas no OneDrive e compartilhadas com outras contas. A ferramenta permite tanto anotações e comentários digitados quanto em anotações com a caneta stylus.

Além das anotações, há um modo de leitura que remove todos os elementos que poluem o layout da página, numa experiência similar a de um e-book. Esse recurso já foi oferecido por um tempo pela Apple em seu navegador Safari, tanto no Mac quanto no iOS. Esta mesma função conta com uma lista de leitura que sincroniza-se com todos os dispositivos Windows.
Naturalmente, a Cortana estará integrada no Projeto Spartan, e surgirá em páginas relevantes onde a assistente pessoal possa ser útil, como dar direções para chegar a um restaurante enquanto visita o website do estabelecimento, junto com horário e data de funcionamento.

Maior interação com o Xbox

A Microsoft anunciou que todas as plataformas (computadores, tablets e smartphones) com Windows 10 terão suas próprias versões do Xbox App. Tudo o que o usuário fizer em cada uma delas será mostrado em todas as outras. Dessa forma, usuários desses dispositivos poderão interagir uns com outros através de mensagens de texto, conversas por voz, checar a listagem de amigos, visualizar biblioteca online de games, checar conquistas, gravar vídeos, editá-los e compartilhá-los pela Xbox Live.

Além disso, a companhia também revelou que os jogos do Xbox One poderão ser jogados no PC ou em qualquer tablet com Windows 10 por streaming. Dois games foram mostrados realizando o processo: "Fable Legends" e "Forza Horizon 2". No primeiro, Phil Spencer, o chefe da divisão Xbox, estava no controle de um PC e se juntou à parceira de palco para jogar o game de aventura rodando no XOne (cross-play). No segundo, Phil usou o tablet Surface Pro 3 para mostrar a fluidez da transmissão. Segundo o executivo, será preciso realizar passos bem simples para registrar e conectar os aparelhos e, em seguida, começar a jogar.

Foi informado ainda que o multiplayer online de alguns games do console serão compatíveis. E uma vez iniciada a jogatina, o acesso à interface do videogame estará disponível em todos os momentos permitindo, ainda, desligar o console (a fonte da transmissão).

Gostou das novidades? A atualização para o Windows 10 vai estar disponível gratuitamente para quem possui Windows 7, Windows 8.1 ou Windows Phone 8.1.

Tags
  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.