Um ano de PS4 vs. Xbox One - veja o placar da nova geração

No sÁbado, dia 22 de novembro, o Xbox One completou um ano de "vida" e, uma semana antes, no dia 15, o seu rival, o PS4 fez também o seu primeiro aniversÁrio. Agora que a poeira do lançamento baixou e que vÁrios jogos jÁ foram lançados, estÁ na hora do Adrenaline fazer um saldo e vermos como anda o placar dessa disputa entre os gigantes do mundo dos consoles.

Vendas

PS4 Xbox One




Os dados vêm das próprias empresas e referem-se ao número de consoles enviados para as lojas. A vitória do PS4, neste caso, não é surpresa. O vídeo game da Sony vinha vendendo mais que seu rival desde o lançamento e somente agora, com um marketing bastante agressivo e bundles muito atrativos, que a Microsoft estÁ conseguindo se recuperar nas vendas. A empresa alega que até conseguiu vender mais que o PS4 em algumas semanas.

Mas, no total do ano, ainda tem muito chão pra correr atrÁs nessa "maratona", e o Xbox One ficou atrÁs do PS4 em mais de 3 milhões de unidades. 

Lançamentos Exclusivos

Não é a quantidade de unidades vendidas que faz uma pessoa optar por um console ou outro. Um dos verdadeiros divisores de Águas na hora de fazer um comprador tomar essa decisão é o o número e a qualidade de exclusivos em cada plataforma. Fizemos uma tabela com os principais títulos jÁ lançados de cada plataforma (com link para anÁlises nossas, quando houver). Agora são vocês que decidem qual dos dois consoles tem os melhores.

- Continua após a publicidade -
PS4 Xbox One
Knack*

Killzone: Shadow Fall*

Crimson Dragon

Dead Rising 3*

Infamous: Second Son*

Final Fantasy XIV: A Realm Reborn

Fighter Within*

Forza Motorsport 5*

The Last of Us Remastered*

Driveclub*

Ryse: Son of Rome*

Titanfall

Samurai Warriors 4

LittleBigPlanet 3

Forza Horizon 2*

Sunset Overdrive



Halo: The Master Chief Collection

A tabela acima mostra os exclusivos de maior relevância, que tiveram maior divulgação e investimento em seus lançamentos e conta os jogos que estão disponíveis também no PC ou alguma outra plataforma, mas não no vídeo game rival (como no caso de Realm Reborn, por exemplo). O PS4, em número total, ainda tem mais jogos que o Xbox One devido a uma grande quantidade de títulos indies e menores que foram portados para o console da Sony, mas não para o da Microsoft. Em número de lançamentos maiores, porém, pela tabela é possível ver que o Xbox tem mais. 

Desempenho

A discussão sobre o desempenho de cada mÁquina talvez tenha se intensificado nessa geração como nunca antes, possivelmente devido à grande rivalidade que acabou se estabelecendo entre as duas plataformas. Tanto o PS4 como o Xbox One tiveram suas GPUs fabricadas pela AMD, de maneira customizada pra cada um, sobre uma arquitetura Jaguar. O vídeo game da Sony conta com memória GDDR5 enquanto o da Microsoft optou por ficar com a DDR3. Essas diferenças, sutis ou não, resultaram em performances variadas dependendo de cada jogo.

A tabela abaixo mostra alguns dos principais (ou mais pesados) lançamentos multiplataforma comparando em que resolução e framerate eles rodam em cada mÁquina. 

Jogo  PS4  Xbox One
Battlefield 4



[email protected]

-fonte

- Continua após a publicidade -



[email protected]

-fonte

Assassin's Creed IV: Black Flag



[email protected]

-fonte



[email protected]

-fonte

Call of Duty: Ghosts



 [email protected]

-fonte



[email protected]

-fonte

Destiny



[email protected]

-fonte



[email protected]

-fonte

Watch Dogs



 [email protected]

-fonte



 [email protected]

-fonte

Shadow of Mordor



 [email protected]

-fonte



[email protected]

-fonte

GTA V



[email protected]

-fonte



[email protected]

-fonte

Assassin's Creed Unity



[email protected]

-fonte



[email protected]

-fonte

Call of Duty: Advanced Warfare



[email protected]

-fonte



(1360x)[email protected]

-fonte

Far Cry 4



 [email protected]

-fonte



(1440x)[email protected]

-fonte

Nos casos de CoD: Advanced Warfare e Far Cry 4 o número entre parêntesis antes do 1080p se refere à resolução horizontal dos jogos, que rodam um pouco abaixo dos 1920p necessÁrios para chamar de um Full HD propriamente dito.

Polêmicas 

O inesquecível "always-on" do Xbox One

Antes mesmo do vídeo game ser oficialmente anunciado (lÁ no tempo que ainda achÁvamos que ele se chamaria Xbox 720), vazou a informação de que o Xbox One iria exigir, obrigatoriamente, uma conexão 24h por dia com a internet para funcionar. A informação causou grande comoção entre os fãs que, em sua maioria, não gostaram nada da novidade.

Pior do que o vazamento foi a maneira desastrosa com que a Microsoft lidou com o problema causado por ele. Primeiro a companhia ficou em silêncio, até um de seus funcionÁrios, Adam Orth, ter a infeliz ideia de tweetar sobre o assunto. Além de chamar de "drama" as reclamações dos jogadores, ele ainda mandou que "lidassem com isso". O tweet custou o emprego de Orth.

Mais tarde, Don Mattrick, o chefe da divulgação do Xbox One na época de seu lançamento, "errou rude" durante uma entrevista ao dizer que a Microsoft tinha um produto para quem não pudesse se conectar o tempo todo: o Xbox 360.

Depois de meses insistindo na ideia do always on, a Microsoft acabou cedendo aos apelos dos fãs. Mattrick deixou a empresa e o Xbox One agora funciona sem internet também. Foi aí que começou a pressão pra tirar o Kinect da caixa...

A Sony e suas "mentirinhas"

O PS4 não chegou a atingir o mesmo nível de polêmicas do seu rival, e a Sony até aproveitou o feedback negativo do Xbox One para se promover, como a fatídica apresentação do console na E3 que fez questão de dizer que o console funcionaria offline e deixaria seus jogadores trocarem seus jogos.

Isso ajudou a algumas informações "passarem batido". A primeira, por exemplo, é de que a PSN não seria mais gratuita. Claro, os jogadores ainda podem criar suas contas sem pagar, mas jogar no multiplayer (a parte mais relevante de se ter uma conta na PSN) agora é só para os usuÁrios da Plus. A Sony nunca mentiu sobre isso, mas foi bem sucedida em deixar essa informação sem destaque nenhum.

Pontos mais discutíveis foram o Share Play, recurso que permite dois usuÁrios jogarem juntos com apenas um deles tendo o jogo, e que a Sony prometeu que estaria disponível em todos os jogos. A empresa só "esqueceu" de dizer que essa disponibilidade poderia ser vetada pelas empresas fabricantes dos jogos. Na prÁtica, a maioria dos grandes títulos jÁ vetaram o recurso. Ah, e ainda estamos esperando por aquele tal suporte do DualShock 4 ao PC...

O Veredicto

Infelizmente temos um empate técnico, senhoras e senhores. Os consoles rivais da oitava geração são bastante diferentes, mas surpreendentemente iguais ao mesmo tempo. Para cada ponto positivo do PS4, o Xbox One tem outro que compensa e vice-versa. O PS4 roda os jogos com melhor resolução, mas o Xbox One tem mais exclusivos de peso. A Microsoft dÁ um suporte muito melhor ao videogame, com atualizações mensais que trazem melhorias e novos recursos, mas a PS Plus dÁ games melhores mensalmente (bem melhores). A lista podia continuar indefinidamente.

O que podemos dizer é: depois de um ano de lançados, tanto o PS4 como o Xbox One jÁ têm uma biblioteca interessante de jogos e preços mais atrativos, agora valendo a pena o seu investimento.

Então, como decidir? Isso fica pela experiência pessoal de cada um. Mas ainda podemos dar algumas dicas para ajudar na escolha!

  1. VÁ a alguma loja e experimente os controles. O DualShock 4 mudou bastante em relação ao 3 e pode agradar até quem não gostava da versão anterior. Mesma coisa com o D-Pad do controle do Xbox, que era uma porcaria no 360 e ficou muito melhor no One.
  2. Se você jÁ tem um bom PC para jogos, pense no PS4 com mais carinho. Muitos dos exclusivos do Xbox One acabam saindo para o PC também ou jÁ estão nele e o PS4 vai te trazer um número maior de exclusivos que você só encontra nele.
  3. Se você quer um centro multimídia para a sala, pense no Xbox One com mais carinho. Os controles por voz e gesto no Kinect e sua ampla compatibilidade com diferentes mídias fazem do Xbox One uma ótima opção para alguém que quer um aparelho que seja mais do que um vídeo game.
  4. NÃO SE ESQUEÇA DO WII U. Esse artigo serve para mostrar as diferenças e comparar os maiores rivais, os videogames mais parecidos. Mas se nenhum deles estÁ lhe agradando, por que não dar uma olhada no Wii U? O console da Nintendo jÁ acumulou uma biblioteca interessantíssima de jogos e não pode mais ser ignorado. E os lançamentos para o console da Nintendo, para os próximos meses, devem tornÁ-lo ainda mais atrativo.
  5. Não seja um hater. Escolha o console que mais lhe agrada (ou fique no PC), mas não se esqueça que gosto cada um tem o seu e o que é melhor pra você pode não ser melhor para os outros. O importante aqui é cada um ser feliz na própria escolha. :)

Tags
ps4
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.