Como colocar suas partidas online através do streaming ao vivo de games

Uma tendência muito forte que vem surgindo no mundo dos games é o streaming de partidas. A mistura de jogos cada vez mais interessantes, a maior disponibilidade de internet de alta velocidade e a popularização de grandes competições de e-sports tem tudo para fazer com que canais especializados em exibir "games ao vivo" cresçam cada vez mais.

Para você que quer começar a colocar "sua jogatina" online, vamos mostrar aqui um pouco do material necessÁrio, bem como os serviços disponíveis na internet para que você compartilhe seus melhores momentos na internet.

Parte 1 - Capturando o vídeo

HÁ uma série de serviços que conseguem fazer a gravação de games, especialmente no PC, como o famoso Fraps e o recente Nvidia ShadowPlay. Estas soluções dispensam a compra de periféricos ou hardware, mas tem três poréns, no momento: 1) não fazem o streaming do jogo, apenas gravam na memória do computador, 2) consomem recursos do hardware e 3) estão limitados aos computadores, não servem para quem quer disponibilizar seu gameplay em consoles.

Em consoles de nova geração, como o PS4 e o Xbox One, jÁ hÁ um recurso de streaming das partidas incorporado no sistema, mas estes mecanismos estão limitados ao que Sony e Microsoft irão disponibilizar aos seus usuÁrios. A Sony, por exemplo, atrelou o streaming de seu videogame ao serviço Twitch, e ainda é um mistério quais serão as limitações que as empresas irão impor.

A solução ideal, para quem quer mesmo levar seu streaming de games a sério são as placas de captura. Estes periféricos e componentes são especializados em "pegar" o vídeo de diversas fontes (seja um videogame, uma câmera ou o computador), e tornar possível a manipulação em tempo real destas origens de conteúdo em um software, no computador. Elas estão divididas em dois tipos:

Externas: Atuam da mesma forma como um periférico do computador, como um mouse ou teclado. Você conecta a fonte de imagens (videogame, PC, câmera) nele, e ele em uma porta do PC (normalmente a conexão e USB). É a solução mais versÁtil, jÁ que muitos modelos são bastante leves e portÁteis, e a instalação é rÁpida e fÁcil. Porém, se você pretende uma gravação mais complexa, com múltiplas fontes de vídeo, este dispositivo não terÁ suporte.

Exemplos:

- Continua após a publicidade -



Elgato Game Capture HD


AVerMedia Live Gamer

Internas: São componentes que operam como qualquer outra placa de computador. Sua interface de conexão é a PCI, e precisam ser ligadas diretamente na placa-mãe do computador (ou seja, notebooks não vão servir para "controlar" seu programa). São a solução mais completa, sendo que hÁ modelos capazes de lidar com uma grande quantidade de fontes, ou também é possível adicionar múltiplas placas de captura em um mesmo computador.

Exemplos:



 Live Gamer HD

Parte 2 - Editando em tempo real

Muitos que estão de olho no streaming online jÁ estão habituados ao mundo da edição, com softwares como o Adobe Premiere, Sony Vegas ou Movie Maker. Para a transmissão de programas ao vivo, porém, a coisa é diferente, e outro tipo de software precisa ser usado.

- Continua após a publicidade -

Os principais softwares nesta Área são o Flash Media Live Encoder, da Adobe, o Wirecast e o XSplit. O primeiro é gratuito, e estÁ disponível para download através deste link. O software da Adobe, porém, é bem limitado, e quem pretende trabalhar com mais elementos, como múltiplas câmeras ou outras fontes de vídeo, vai precisar utilizar os outros dois.

Ambos os demais softwares tem uma versão de avaliação, que limita a qualidade e inclui elementos como uma marca d'Água no vídeo. Para utilizÁ-los livre deste empecilhos, é preciso adquirí-los. o Wirecast custa US$ 495 e US$ 995, dependendo da versão, enquanto o XSplit tem licença com custo mensal de US$ 39.95 e US$ 59.95, também de acordo com o pacote adquirido.

As placas de captura que sugerimos, como a Elgato e a Avermedia, costumam trazer softwares próprios para o controle do streaming, porém assim como o Flash Media Live Encoder, não possuem muitos recursos. As placas da Avermedia, em muitos casos, trazem um mês grÁtis de Xsplit.

Parte 3 - Colocando no ar

A aparelhagem estÁ pronta, e seus games estão prontos para ganhar o mundo. Mas é preciso colocÁ-los em... algum lugar. O serviço mais popular para disponibilizar gameplays é o Twitch, ramificação do Justin.tv especializada em transmissão de jogos digitais em tempo real.

É possível criar uma conta gratuita neste serviço, mas para quem deseja tornar seu canal mais atrativo, hÁ uma mensalidade de US$ 8.99 que retira a publicidade e aumenta as possibilidades de customização do seu espaço no serviço.

Para quem estÁ de olho em uma solução "na faixa", o YouTube implementou nos últimos meses a possibilidade de streaming ao vivo de vídeo. A dificuldade aqui, é outra: a Google libera o serviço de acordo com a popularidade do canal, então se o seu canal no site de streaming ainda não tem muitos acessos, vÁrios recursos podem estar bloqueados, como transmissão em HD, por exemplo.

Com todos estes elementos, você estÁ pronto para fazer o streaming de suas partidas, e compartilhar com todos sua vida no mundo dos games!

Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

Qual a sua marca de headphones/headsets para jogos preferida? - Pesquisa de Periféricos 2021

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.