Galaxy S4 e a concorrência: quem leva a melhor?

O Galaxy S4 chegou oficialmente ao Brasil ontem (30/04), junto do resto do mundo. O smartphone, sem dúvidas, é um dos mais poderosos da atualidade: combina um processador poderoso (em versões octa-core ou quad-core) com 2GB de memória e uma grande tela de 5 polegadas, além de uma câmera de 13 megapixels.

Fora isso, o aparelho inclui uma variedade de inovações de software, que aprimoram a experiência de uso. O preço de tudo isso? R$2.399 ou R$2.499, dependendo da versão. Não é uma compra que você vai fazer por impulso.

Mas serÁ que você precisa mesmo de tudo isso? Comparamos o S4 com outros quatro modelos top de linha: Xperia ZQ, iPhone 5, Optimus G e Lumia 920. E também contamos o que dÁ pra comprar com o preço de cada um deles.

Galaxy S4

Preço: R$2.399 na versão 3G e R$2.499 na 4G. Um preço bastante elevado, mesmo para um aparelho top de linha – seu concorrente direto nesse quesito é o iPhone 5. Com o preço do aparelho 4G, dÁ para comprar um Mac Mini, por exemplo, um pequeno desktop com 4GB de memória e processador Intel Core i5.

Também dÁ pra fazer um "combo" smartphone+tablet, se você não se importar em levar um modelo intermediÁrio, como o Motorola Razr D3, que custa entre R$700 e R$800. Sobram uns R$1,7 mil que dão e sobram para adquirir um iPad de 16GB somente Wi-Fi ou um Nexus 7, que estÁ por R$999.

Hardware: O top de linha da Samsung vem em duas versões, ambas poderosíssimas: a 3G com processador octa-core e a 4G quad-core. Ambos são da linha Exynos, da própria Samsung. Com 2GB de memória RAM, o aparelho ainda vem em versões de 16GB, 32GB e 64GB para armazenamento, que ainda pode ser expandido via microSD de até 64GB. Ou seja, você terÁ desempenho e espaço de sobra.

O Galaxy S4 peca na resistência. Apesar de adotar o policarbonato em algumas partes da carcaça, no geral o plÁstico da sua construção ainda é bem fraco. O Gorilla Glass 3 faz um ótimo trabalho contra colisões corriqueiras, como o atrito com chaves ou quedas de baixas altitudes. Mas em quedas maiores, o S4 é muito mais fraco que o iPhone 5 e o Lumia 920.

- Continua após a publicidade -

Funcionalidades: Desde o evento de apresentação, a Samsung foca nos atrativos exclusivos de software produzidos para o aparelho. Além das funções originais do Android 4.2.2 Jelly Bean, estão presentes o Smart Pause, que detecta se o usuÁrio estÁ olhando ou não para tela durante a exibição de um vídeo e realiza uma pausa até que se volte a olhar o display; o Smart Scroll, que permite a rolagem de pÁginas sem o toque de dedos na tela; e o S Translate, que realiza tradução automÁtica de línguas por voz com suporte ao português brasileiro.

A empresa também adicionou o Adapt Display, que ajusta o brilho, saturação e contraste da tela, dependendo do que o usuÁrio estiver acessando, e o Knox, que promete separar os usos e programas do smartphone direcionados ao trabalho dos de utilização pessoal. JÁ presente em outros dispositivos da Samsung, o S Voice foi mais um entre os aprimorados, trazendo melhorias nos comandos de voz para a realização de ligações e acesso ao sistema de navegação GPS. Entre os atrativos de software, o seu principal concorrente é o Optimus G, jÁ que o iPhone 5 não trouxe tantas inovações e hÁ limitações de usabilidade dos recursos no Brasil.

Design: O SIV não mudou quase nada em aparência quando relacionado ao S III. O design passou a ser menos arredondado nas bordas e o botão Home tornou-se retangular. A tela de 4.8 polegadas aumentou para 5, mas o modelo tornou-se mais fino (8.6 mm) e leve (133g) que a versão anterior. No entanto, ainda é menos compacto e pesa mais que o iPhone (112g).

{break::Xperia ZQ}

Xperia ZQ

Preço: R$2.049. Mais caro que os tops de outras empresas, mas ainda bem mais em conta que o Galaxy S4. Com essa grana, você pode comprar um ASUS Vivobook (e ainda sobra pra uma pizza), com Intel Core i3 e 4GB de memória RAM.

- Continua após a publicidade -

Que tal, então, uma Smart TV? Uma Sony Bravia LED de 32 polegadas sai por R$1.699 e com o "troco" dÁ pra levar um Lumia 520, smartphone de entrada da linha, baseado em Windows Phone 8.

Hardware: O Xperia ZQ tem especificações parecidas com as do Galaxy S4: processador quad-core, 16GB de armazenamento (expansíveis em até 64GB via microSD), 4G, tela de 5 polegadas e resolução de 1080x1920 pixels. O display, no entanto, é TFT, um tanto inferior ao Super AMOLED Plus da Samsung.

A câmera do Xperia, assim como o do Galaxy S4, tem 13 megapixels, mas as tecnologias e componentes usados pela Sony, advindas das câmeras Cybershot, ajudam bastante em ambientes escuros. O ZQ ainda tem um sensor Exmor RS, o primeiro com HDR para vídeos, que ajuda a captar cores mais reais. O sensor BSI promete qualidade de captura mesmo em fotografias noturnas. De fato, o bom desempenho em condições de baixa luminosidade sempre foi um dos fortes dos smartphones da Sony.

Funcionalidades: Além dos recursos jÁ oferecidos pelo Android 4.1 Jelly Bean, o Xperia ZQ conta com NFC (Near Field Communication), que permite a conexão do smartphone com outros aparelhos que suportem a tecnologia. É o caso das caixas de som, fones de ouvido e a nova linha de TVs Bravia da Sony, onde é possível visualizar instantaneamente fotos e vídeos do celular aproximando o aparelho ao controle remoto.

Também estão presentes as tecnologias Stamina e o Mobile Bravia Engine 2, responsÁveis por prolongar o tempo de espera do smartphone. Os recursos reconhecem quando a tela estÁ apagada e desligam os aplicativos abertos, retornando o uso toda vez que o display é acionado novamente. Assim como o Lumia 920, o Xperia ZQ não inova muito nas funcionalidades exclusivas, perdendo para o Galaxy S4 e o Optimus G.

Design: Com uma tela de 5 polegadas que ocupa 75% da Área frontal do smartphone, a empresa o define como "celular de 5 polegadas mais compacto do mercado". No entanto, as dimensões de 131.6 x 69.3 x 9.8 mm, somente batem as do Galaxy S4 (136.6 x 70.6 x 8.6 mm) em comprimento, pois o topo de linha da Samsung ainda é mais fino e menos largo que o Xperia. Além disso, o modelo ainda é um pouco mais pesado que a média (151g), mas ainda é mais leve que o Lumia 920 (185g).

A aparência do dispositivo, no entanto, é bastante agradÁvel. A textura diferenciada na traseira é uma das responsÁveis por valorizar o design do aparelho. 

{break::Lumia 920}

Lumia 920

Preço: R$1.999, com 4G. Um smartphone robusto e poderoso por um preço convidativo. 

Hardware: O Lumia 920, que jÁ analisamos aqui no Adrenaline, pode não ter um processador tão poderoso quanto o de seus concorrentes (um dual-core de 1.5GHz), mas ele casa muito bem com o sistema Windows Phone, que consegue um excelente desempenho sem exigir CPUs quad ou octa-core. 

Com 1GB de memória RAM e 32GB de armazenamento (sem slot para cartão microSD), o top da Nokia se destaca pela construção extremamente resistente, toda em policarbonato. O smartphone é praticamente indestrutível. A tela de 4.5 polegadas ainda é super sensível e pode ser usada até com luvas, algo que touchscreens normais não conseguem. O Lumia 920 ainda leva vantagem na câmera: perde em megapixels (são 8), mas faz um belíssimo trabalho com suas lentes Carl-Zeiss e uma abertura maior que a dos concorrentes (f/2.0) e um excelente sistema de estabilização óptica, que permite usar tempo de exposição mais longo sem resultar em borrões.

Funcionalidades: O aparelho não oferece grandes funcionalidades exclusivas além do que jÁ é oferecido pelo Windows Phone. Recursos interessantes da Nokia como o HERE Maps (serviço de mapas), o HERE Drive (direção ponto-a-ponto) e o HERE City Lens (mostra estabelecimentos existentes através da câmera), aparecem no 920, mas também estão presentes em outros Lumias. Uma novidade seria o PureMotion HD+, que tem recursos interessantes como rolagem e transições de tela superfluidas, o ajuste de cores no display de acordo com a iluminação e funcionamento do touchscreen até com luvas.

Design: Para manter a sua construção resistente e a excelente estabilização óptica, o Lumia 920 paga um preço alto no design. Por mais que seja bem acabado nas extremidades, o aparelho é muito mais pesado (185g) e grosso (10.7 mm) que a média. Enquanto a tendência é que os smartphones fiquem mais finos e leves, esse dispositivo nada contra a maré.

No entanto, as diferentes cores que a linha Lumia da Nokia proporciona trazem opções interessantes para o consumidor que valoriza a aparência do dispositivo.

{break::iPhone 5}

iPhone 5

Preço: a partir de R$2.599, na versão de 16GB. É a opção mais cara, chegando a R$3,2 mil na versão de 64GB, grana suficiente para a aquisição de um entre vÁrios modelos de Ultrabooks, como o LG U560-G.BG51P1 com processador Intel Core i5, 4GB de memória RAM e armazenamento híbrido (500GB de HD + 24GB) de SSD. Esse modelo custa R$2.499, R$100 a menos que o iPhone 5 de entrada.

Pelos preços do novo iPhone, também é possível adquirir televisores 3D, como a Smart TV Slim da Samsung de 46 polegadas, que sai por R$2,7 mil. Se você gosta muito da Apple, ainda pode optar por um iPad 2 de 16GB somente Wi-Fi (R$1,3 mil) e um iPhone 4 de 8GB (R$1.099). Ambos ainda são encontrados na loja oficial online da Apple.

Hardware: Se você gosta de números, pode se decepcionar um pouco com o iPhone 5. Ele tem um processador dual-core de 1.2GHz (que serve bem aos propósitos do sistema operacional iOS, que consegue trabalhar com processadores menos avançados) e uma câmera de "apenas" 8 megapixels, sem nenhuma tecnologia de hardware que realmente mereça destaque.

O que o iPhone 5 trouxe de novo foi a tela maior de 4 polegadas (todos os outros iPhones tinham 3,5 polegadas), mas ainda menor que a dos tops de linha concorrentes; o novo conector Lightning; e a compatibilidade com a rede 4G.

Funcionalidades: Quanto aos recursos exclusivos para o iPhone 5, assim como no novo iOS, a Apple não trouxe grandes novidades que os brasileiros pudessem ter acesso. Os aplicativos nativos foram otimizados para aproveitar melhor o espaço extra na tela e mostrar mais dados e o display promete menor reflexão sob luz do sol e saturação de cor 44% melhor em relação ao modelo anterior. A captura de fotos, segundo a Apple, estÁ 40% mais rÁpida, e a câmera ganhou o modo Panorama, que gera imagens de 28 megapixels.

No entanto, as grandes novidades como os novos aprimoramentos do Siri, o assistente pessoal de voz do iOS, e o Passbook, aplicativo que concentra tickets, passagens e cupons, estão limitados ao Brasil. No caso, o português ainda não é reconhecido nos comandos de voz e o Passbook não estÁ interligado às empresas que realizam vendas de ingressos e cupons no país.

Design: Segue a mesma ideia de design do iPhone 4 e o 4S, mas com curvas mais arredondadas e acabamento em vidro e metal. Na traseira é onde o iPhone 5 se diferencia mais dos antecessores, pois o modelo ganhou um detalhe em metal no meio do aparelho seguido pelos polos em vidro. Essa mudança deixou muitos usuÁrios felizes, uma vez que anteriormente a traseira era inteira em vidro, o que deixava grandes rachaduras quando o celular caia no chão.

O dispositivo tem a menor tela entre os topos de linha, então também é o mais compacto. O que mais surpreende são a sua espessura (7.6 mm) e o peso (112g), muito menores que a média. Para os que não tem como prioridade um aparelho com tela grande, o iPhone 5 ainda é a opção mais compacta entre os analisados.

{break::Optimus G}

Optimus G

Preço: R$1.999, igualzinho ao Lumia 920. Com a diferença que você leva um top de linha Android para casa, ao invés de um Windows Phone. 

Hardware: As especificações são animadoras e não devem em nada ao Xperia ZQ e ao Galaxy S4. O processador é um Snapdragon S4 quad-core de 1,5GHz, a memória RAM é de 2GB e o aparelho ainda é compatível com o 4G brasileiro. Quanto ao armazenamento interno, são 32GB, sem slot para expansão. 

A tela tem um tamanho intermediÁrio entre os tops: são 4,7 polegadas, um pouco menor que o Galaxy S4. A proteção, no entanto, é um pouco defasada, com Gorilla Glass 2 ao invés da terceira geração. A câmera também tem 13 megapixels. O que pesa contra o Optimus G é seu lançamento bem atrasado no Brasil, sete meses após o anúncio internacional. LÁ fora, ele jÁ foi superado, inclusive, pelo Optimus G Pro. É como se você comprasse um aparelho de 2012 por um preço de 2013.

Funcionalidades: A LG trouxe recursos exclusivos bem interessantes no seu modelo.  O QSlide é o destaque entre eles, pois permite que o usuÁrio sobreponha um app em outro, deixando o primeiro com certo grau de transparência. Dessa forma, pode-se abrir um vídeo, redimensionar sua janela e deixÁ-lo em execução em cima da imagem do seu aplicativo de mensagens, por exemplo. 

Também estão presentes o Live Zooming , que permite dar zoom em vídeos reproduzidos no aparelho e a tecnologia True HD IPS+ com resolução HD, que oferece imagens e cores mais vivas e com mais qualidade. Além disso, o QuickMemo, jÁ conhecido entre os usuÁrios da linha, foi aperfeiçoado, permitindo que o usuÁrio transforme o celular em um bloco de notas em poucos segundos. A tecnologia MiraCast é mais uma entre as presente e permite que se espelhe a tela do smartphone em uma SmartTV que também tenha suporte a esse recurso.

Design: O Optimus G tem um acabamento totalmente em vidro Corning Gorilla Glass 2, uma tecnologia que permite que o vidro seja quase inquebrÁvel. Quanto ao peso (142g), ele ainda é mais pesado que o iPhone 5 e o Galaxy SIV, mas também é mais leve que o Lumia 920 e o Xperia ZQ. Os 8.45 mm de espessura são responsÁveis por tornar a usabilidade e manuseio confortÁveis. 

Assuntos
Tags
  • Redator: Carolina Franco

    Carolina Franco

    Com pouca habilidade no playstation, leva surra de toda na redação. Seu vício são os games para celular e as tecnologias mobile. Desde que passou a cursar jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina, descobriu nas notícias sua verdadeira vocação: escrevê-las e publicá-las agilmente.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.