DiRT 3: Benchmarks

Em continuidade à série de artigos ("Mafia II", "Lost Planet 2", "Tom Clancy's HAWX 2" e "F1 2010") dedicados aos desempenhos gráficos em jogos de PC, trazemos agora os testes referentes ao recém lançado “DiRT 3” , nova versão desenvolvida pela Codemasters dessa que está entre as mais famosas séries de games de rally.

A grande atração de “DiRT 3” é o modo carreira , que dá a chance ao jogador de ganhar pontos em vários eventos afim de conquistar reconhecimento de patrocinadores de todo mundo, com a chance de seguir uma carreira internacional de sucesso e se tornar a lenda das pistas de barro e areia.

Um dos destaques do game é sua parte visual. Além de ser compatível com o uso da tecnologia DirectX 11, a EGO Engine foi atualizada para a versão 2.0, o que significa gráficos, modelagem e comportamento físico dos carros, ambientes e objetos coadjuvantes mais rebuscados e realistas.

Um dos pontos altos, contudo, fica para a sensação de peso dos veículos. Segundo Paul Coleman, designer líder do projeto, a idéia é que o enfoque esteja na maneira como as suspensões agem sobre cada tipo de caranga. “O novo motor de física permite que você jogue o carro para um lado e para o outro e realmente sinta seu peso de deslocamento sobre o chassi”, explicou ao IncGamers.

Nessa versão também é possível fazer "upload" das corridas para o Youtube, todo o processo sendo gerenciado por completo pelo game, facilitando muito que o jogador compartilhe suas corridas na rede.


Adrenaline Racing Benchmark Tool
Todos os testes do artigo foram realizados com a ferramenta Adrenaline Racing Benchmark Tool. A ferramenta da ao usuário uma série de opções avançadas de configuração do game, além de escolha de pistas, número de caros, clima etc. Na versão rankeada é possível enviar os testes para o BenchZone(www.benchzone.com.br),  e comparar com outros resultados. Vale destacar ainda que o tool suporte os games DiRT 2 e F1 2010 além do DiRT 3.

DOWNLOAD da fila de configuração utilizada nos testes. Basta salvar em qualquer pasta e carregar essa fila pelo programa para executar os mesmos testes que fizemos, dessa forma poderá comparar seus resultados com os nossos. Vale destacar que os testes foram feitos em modo ranked, sem possibilidade de alterar a visão e número de carros.

- Continua após a publicidade -


{break::Máquina/Configurações utilizadas}Todas as VGAs foram testadas no mesmo sistema, com as configurações idênticas e última versão de drivers disponível no site de AMD e Nvidia no dia dos testes.

Abaixo, algumas fotos das placas e do sistema, incluindo a placa HiS 6970 IceQ Turbo que iremos analisar por completa nos próximos dias.

Para os testes, utilizaremos uma série de placas de vídeo de AMD(ATI) e Nvidia. Abaixo lista completa de placas utilizadas no artigo, destacando, todas DirectX 11:

AMD(ATI)
    * Radeon HD 5670 (XFX)
    * Radeon HD 5750 (XFX)
    * Radeon HD 5770 (XFX)
    * Radeon HD 5850 (XFX)
    * Radeon HD 5870 (XFX)
    * Radeon HD 5970 (HiS)

    * Radeon HD 6670 (XFX)
    * Radeon HD 6790 (XFX)
    * Radeon HD 6850 (XFX)
    * Radeon HD 6870 (XFX)
    * Radeon HD 6950 2GB (XFX)
    * Radeon HD 6970 (XFX)
    * Radeon HD 6970 IceQ Turbo (HiS)

Nvidia
    * GeForce GTS 450 (referência)
    * GeForce GTX 460 768Mb (referência)
    * GeForce GTX 460 1GB (referência)
    * GeForce GTX 470 (Galaxy)
    * GeForce GTX 480 (referência)

    * GeForce GTX 560 (ECS)
    * GeForce GTX 560 Ti (referência)
    * GeForce GTX 570 (referência)
    * GeForce GTX 580 (referência)
    * GeForce GTX 590 (referência)

OBS: Os testes foram realizados a partir da versão FULL do game com o patch/update 1.1.

- Continua após a publicidade -

Máquina utilizada nos testes:
- Mainboard Gigabyte GA-890GPA-UD3H
- Processador AMD Phenom II X6 1100T @ 4.1GHz
- Memórias 4 GB DDR3-1600MHz Corsair Vengeance
- HD 1TB Sata2 Wester Digital Black
- Fonte XFX 850W Black Edition
- Cooler Cooler Master V8

Sistema Operacional e Drivers:
- Windows 7 de 64 Bits
- Intel INF 9.2.0.1030
- Catalyst 11.6 WHQL: Placas AMD/ATI
- ForceWare 275.33 WHQL: Placas Nvidia

Configurações do game/drivers:
- Teste baseado em DirectX 11
- Vertical sync: OFF

{break::Benchmarks: 1280x1024}Nos testes em "baixa resolução", 1280x1024, placas de segmento TOP acabam que sendo limitadas pelo processador, ficando com scores muito próximos a 1680x1050.

A GTX 590 ficou na ponta da tabela, seguida de perto pela 5970. Entre a segunda e sexta colocação temos 4 placas empatadas tecnicamente, com destaque para o BiOS MOD de 6950, deixando ela colada em uma 6970 original.

Diferente dos scores de DiRT 2, na terceira versão do game a AMD consegue melhores resultados, colocando suas placas a frente dos modelos concorrentes da Nvidia.

No final da tabela podemos ver que até uma Radeon HD 5750 e GTS 450 conseguem rodar o game acima de 30 FPS em sua qualidade máxima na resolução de 1280x1024, o que não deixa de ser surpreendente pela boa ótima qualidade gráfica e por estar rodando em DirectX 11.

{benchmark::1909}

{break::Benchmarks: 1680x1050}Como destaque na tabela sobre a resolução anterior, em 1680x1050 temos algumas placas da Nvidia ganhando posições, como a GTX 580 e 570.

É interessante ver também o aumento gradativo de performance dependendo do segmento em que a placa se encaixa. Podemos ver bem o porque das empresas lançarem diversos modelos, sempre visando não ter diferenças gritantes entre um e outro no que diz respeito a desempenho.

Outro ponto a se destacar é que novamente as placas de baixo custo, Radeon HD 5750 e GTS 450 rodando o game acima de 30 FPS.

{benchmark::1910}

{break::Benchmarks: 1920x1080}De 1680x1050 para 1920x1080 temos uma única mudança de posição nos gráficos, com a GTS 450 ultrapassando a 5750, no mais todas as placas tiveram uma pequena queda de desempenho já esperada pelo aumento de resolução.

Como destaque temos a GTX 560 Ti muito próxima da GTX 480, placa TOP da geração passada da Nvidia. Por parte da AMD a dúvida se a 6990 bateria a GTX 590, teste que iremos fazer em alguns dias atualizando o artigo.

{benchmark::1911}

{break::Conclusão}DiRT 3 tem entre seus principais destaques a qualidade gráfica, mesmo quando rodando em DirectX 9 o game impressiona, com algumas pequenas melhorias como tessellation, em DirectX 11 ele é com certeza um dos melhores do gênero no que diz respeito a parte visual.

Detectamos que rodando benchmarks em DirectX 9 o game apresenta alguns bugs, optamos por rodar apenas testes em DirectX 11, dessa forma temos resultados 100% de acordo com o comportamento de cada placa sobre o game.

Diferente do DiRT 2, nessa nova versão parece existir um equilíbrio maior entre AMD e Nvidia, mas como vimos, até mesmo placas de baixo custo como a 5750 e a GTS 450, ambas da geração anterior de AMD e Nvidia, ainda rodam o game em qualidade "Ultra" com filtro anti-aliasing em 8x, acima de 30 FPS, valor considerado mínimo para se jogar.


Destacamos também o lançamento da ferramenta de benchmark "Adrenaline Benchmark Racing Tool" e do hotsite BenchZone. A ferramenta rodando os três últimos games de corrida da Codemasters, e o hotsite sendo uma excelente forma de comparar resultados dos mais variados tipos de configurações entre esses games.

Vamos adicionar uma série de outros games e funcionalidades ao BenchZone, assim como lançar uma promoção em alguns dias em parceria com a HiS, onde um dos participantes poderá ganhar uma HiS 6870 IceQ acompanhada de uma cópia do DiRT 3.

Tags
  • Redator: Fabio Feyh

    Fabio Feyh

    Fábio Feyh é sócio-fundador do Adrenaline e Mundo Conectado, e entre outras atribuições, analisa e escreve sobre hardwares e gadgets. No Adrenaline é responsável por análises e artigos de processadores, placas de vídeo, placas-mãe, ssds, memórias, coolers entre outros componentes.

Qual vai ser o melhor game lançado em maio de 2020?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.