Crysis 2: Benchmarks

Em continuidade à série de artigos ("DiRT 3", "Mafia II", "Lost Planet 2", "Tom Clancy's HAWX 2" e "F1 2010") dedicados aos desempenhos gráficos em jogos de PC, trazemos agora os testes referentes ao badalado “Crysis 2”, continuação do FPS de sucesso lançado em 2008 que redefiniu os padrões visuais dos jogos eletrônicos.

Desenvolvido com a engine CryEngine 3 da Crytek, o game chama atenção pelo belíssimo apuro visual, a começar pela "réplica" de Nova York no ano de 2024. Agora totalmente passível de destruição, enche os olhos ao visualizar partículas de objetos voando pelos cenários catastróficos durante uma invasão de alienígenas tecnologicamente desenvolvidos.

Simulação de iluminação e sombras entre arestas e vegetação são outros pontos de destaques. Sem falar nas texturas em estruturas extremamente caprichadas, feitas em altíssima resolução. Ainda, a possibilidade de jogar em 3D estereoscópico agrega profundidade e imersão inéditos nos jogos do gênero, ainda mais quando arranha céus começam  a desmoronar e fumaça e faíscas volumétricas preenchem a tela com efeitos soberbos.


Adrenaline Crysis 2 Benchmark Tool
Todos os testes do artigo foram realizados com a ferramenta Adrenaline Crysis 2 Benchmark Tool. A ferramenta dá ao usuário uma série de opções avançadas de configuração do game, como qualidade gráfica, resolução, mapas, filtros, API(DX9 / DX11) etc. Na versão rankeada é possível enviar os testes para o BenchZone(www.benchzone.com.br)  e comparar com outros resultados.

DOWNLOAD da fila de configuração utilizada nos testes. Basta salvar em qualquer pasta e carregar essa fila pelo "TOOL" para executar os mesmos testes que fizemos, desta forma, poderá comparar seus resultados com os nossos. Vale destacar que os testes foram feitos em modo ranked, sem possibilidade de alterar algumas opções.


- Continua após a publicidade -

{break::Máquina/Configurações utilizadas}

Todas as VGAs foram testadas no mesmo sistema, com as configurações idênticas e a última versão de drivers disponível no site de AMD e Nvidia no dia dos testes.

Abaixo, algumas fotos das placas e do sistema.

Para os testes, utilizamos uma série de placas de vídeo de AMD(ATI) e Nvidia com suporte a DirectX 11. Abaixo, a lista completa de placas utilizadas no artigo:

AMD(ATI)
    * Radeon HD 5750 (XFX)
    * Radeon HD 5770 (XFX)
    * Radeon HD 5850 (XFX)
    * Radeon HD 5870 (XFX)
    * Radeon HD 5970 (HiS)

    * Radeon HD 6670 (XFX)
    * Radeon HD 6790 (XFX)
    * Radeon HD 6850 (XFX)
    * Radeon HD 6870 (XFX)
    * Radeon HD 6950 2GB (XFX)
    * Radeon HD 6970 (XFX)
    * Radeon HD 6970 IceQ Turbo (HiS)
    * Radeon HD 6990 (HiS)

Nvidia
    * GeForce GTS 450 (referência)
    * GeForce GTX 460 768Mb (referência)
    * GeForce GTX 460 1GB (referência)
    * GeForce GTX 470 (Galaxy)
    * GeForce GTX 480 (referência)

    * GeForce GTX 560 (ECS)
    * GeForce GTX 560 Ti (referência)
    * GeForce GTX 570 (referência)
    * GeForce GTX 580 (referência)
    * GeForce GTX 590 (referência)

OBS: Os testes foram realizados a partir da versão FULL do game com o update 1.9 + patch DirectX 11.

Máquina utilizada nos testes:
- Mainboard Gigabyte G1.Assassin
- Processador Intel Core i7 980X @ 4.2GHz
- Memórias 4 GB DDR3-1600MHz Corsair Vengeance
- HD 1TB Sata2 Western Digital Black
- Fonte XFX 850W Black Edition
- Cooler Thermalright Venomous X

- Continua após a publicidade -

Sistema Operacional e Drivers:
- Windows 7 de 64 Bits
- Intel INF 9.2.0.1030
- Catalyst 11.6 WHQL: Placas AMD/ATI
- ForceWare 275.33 WHQL: Placas Nvidia

Configurações do game/drivers:
- Teste em DirectX 11
- Antialiasing: 0x
- Anisotropic: OFF
- Vertical sync: OFF

{break::Benchmarks: 1280x1024}Começamos os testes pela resolução de 1280x1024, a mais baixa testada.

Como vemos na tabela abaixo, a GTX 590, placa dual chip da Nvidia mostra toda sua força bruta e conquista a primeira colocação, mais de 20 FPS a frente da 6990, representando 26% de aumento sobre o score da placa da AMD. A diferença entre a 6990 e a 5970 ficou em 10 FPS a favor da placa mais recente. Ainda no topo da tabela, podemos ver que as placas da Nvidia têm uma vantagem considerável sobre os modelos concorrentes da AMD, para nível de comparação, a 6970 briga de igual com a GTX 470 e GTX 560 Ti.

No resto da tabela continuamos vendo vantagem das placas da Nvidia, possivelmente por ter trabalhado junto com a Crytek no desenvolvimento do game.

{benchmark::1797}

{break::Benchmarks: 1680x1050}Nenhuma mudança no topo da tabela, a GTX 590 continua na primeira colocação com boa margem a frente da 6990, melhor placa da AMD nos testes. O ganho da GTX 590 sobre a GTX 580 foi de 45%, dentro da média de outros testes.

Como única mudança de posição tivemos a 6870 passando a GTX 560, mesmo que por apenas 0,4 FPS.

{benchmark::1798}

{break::Benchmarks: 1920x1080}Para finalização com a resolução de 1920x1080, FULL HD, novamente não tivemos mudança de posições no topo da tabela.

Também podemos destacar o fato de grande parte das placas testadas ficarem com FPS acima de 30, mesmo em alta qualidade gráfica e rodando em DirectX 11. Quando falamos em grande parte, queremos destacar placas de segmento mid, pelo menos da atual geração, já que outras de grande sucesso como a 5850 não atingirem a casa dos 30 FPS.

Como mudança na tabela, novamente, tivemos duas placas da AMD subindo de posição, a 5850 passando a GTX 460 de 1GB e a 5830 superando a GTX 460 de 768Mb.

{benchmark::1799}

{break::Conclusão}Quando falamos em Crysis, a primeira coisa que vem à cabeça é o que existe de melhor em qualidade gráfica, foi assim desde a primeira versão, e recentemente ganhou força com o Crysis 2 devido o patch DirectX 11 e texturas em alta resolução liberados pela Crytek, mesmo que meses depois do lançamento oficial.

Se tratando dos testes, ficou claro a supremacia da Nvidia em cima do Crysis 2, muito devido à empresa ter participado desde o inicio do projeto, que, de alguma forma, deve ter ajudado a empresa em otimizações ou algo parecido, coisa que a AMD faz em alguns outros games, como o também recém lançado DiRT 3.

Em todos os testes utilizamos o "software" Adrenaline Crysis 2 Benchmark Tool desenvolvido pelo japamd, que já está amplamente difundido, inclusive em cenário internacional, por ser a única ferramenta desse tipo para o game. Recomendamos sempre ficar de olho no link oficial para download da ferramenta, dessa forma acompanhar as atualizações lançadas e, assim, poder sempre estar testando seu sistema e publicando os resultados no hotsite BenchZone, uma grande fonte de resultados de Crysis 2 e diversos outros games.

Tags
  • Redator: Fabio Feyh

    Fabio Feyh

    Fábio Feyh é sócio-fundador do Adrenaline e Mundo Conectado, e entre outras atribuições, analisa e escreve sobre hardwares e gadgets. No Adrenaline é responsável por análises e artigos de processadores, placas de vídeo, placas-mãe, ssds, memórias, coolers entre outros componentes.

Qual você acha melhor?

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.