ANÁLISE: Xiaomi Mi A1

Uma boa opção de câmera dupla por um preço bem atraente

O Xiaomi Mi A1 é um smartphone interessante em seu conceito. O aparelho traz especificações de um intermediário, mas adota o sistema operacional Android One, desenvolvido pela Google para trazer a experiência Android mais pura possível, ou seja, sem MIUI neste aparelho. A ideia é ser um sistema leve, o mais básico possível, para não pesar no hardware. Então o que acontece se colocarmos um sistema assim num aparelho que tem specs para rodar tranquilamente a versão completa do Android? É isso que a Xiaomi fez e é isso que vamos analisar aqui!

Link de compra do Xiaomi Mi A1 na Gearbest

Comparativo

Xiaomi Mi A1Motorola Moto
G5S
Samsung Galaxy
J5 Metal
Quantum Fly

Preços

Preço no lançamentoU$ 269,00 R$ 1.009,00 R$ 1.299,00 R$ 1.299,00
Preço atualizadoR$ 750,00 R$ 710,00 R$ 799,00 R$ 800,00

Especificações

Armazenamento interno64GB 32GB |16GB| 32GB
Cartão microSDAté 256GB Até 128GB Até 128GB Até 128GB
Memória RAM4GB 2GB 2GB 3GB
Número de núcleos8 8 4 10
Portas de conexãoUSB Tipo-C Micro-USB |Micro-USB| Micro-USB
Sistema OperacionalAndroid 7.1.2 Android 7.0 Android 6.0 Android 6.0
Update disponível para o sistemaAndroid 8.0 Não informado
ProcessadorQualcomm Snapdragon 625 Qualcomm Snapdragon 430 Qualcomm Snapdragon 410 Mediatek Helio X20
Clock2.0 GHz GHz1,4 GHz1.2 GHz2.1 GHz
GPUAdreno 506 Adreno 505 Adreno 306 Mali-T880MP4
Bateria3080 mAh mAh3.000 mAh3100mAh mAh3000 mAh
Dimensões155.4 x 75.8 x 7.3 mm mm149,95 x 73,5 x 8,24 mm145.8 x 72.3 x 8.1 mm14.92 x 7.35 x 7.5 mm
Peso165 g g156,5 g159 g141 g

Recursos

GPSSim Sim Sim Sim
Leitor de DigitalSim Sim Não Sim
LTESim Sim Sim Sim
NFCNão Não Sim Não
Número de cartões SIM2 2 2 2
RadioSim Sim Sim Sim
Tipo de cartão SIMNano SIM Nano SIM Micro SIM Nano SIM
TV DigitalNão Não Não Não
Bluetooth4.2 4.2 v4.1 4.1
ExtrasSensor de digitais

Display

Resolução1080 x 1920 1080 x 1920 720 x 1280 1080 x 1920
Tamanho5.5 5.2 polegadas 5.2 polegadas 5.2 polegadas
TecnologiaLTPS IPS Super AMOLED IPS
ProteçãoCorning Gorilla Glass 3 Gorilla Glass 3 Corning Gorilla Glass 3

Câmera

Vídeos2160p 30fps 1080p 30 fps 1080p 30 fps 1080p 30 fps
Traseira12MP e 12MP zoom 16MP 13 MP 16
Frontal5MP 5MP 5 MP 8

Design e Tela


Um bonito design com uma tela satisfatória

O design do Xiaomi Mi A1 certamente é um dos pontos fortes do aparelho. Seu corpo em metal tem um caprichado acabamento que oculta muito bem as linhas de emenda dando um aspecto de peça única. O smartphone é levemente curvado em suas bordas, o que ajuda na pegada. Diferente de muitos aparelhos modernos que tentam passar uma aparência de "premium", o Mi A1 não adota uma traseira em vidro e mantém o metal na parte de trás do corpo também, garantindo mais resistência para o aparelho e ajudando na pegada. Mas isso, pra mim, não prejudica em nada a estética dele que não parece mais barato ou de menor qualidade por causa dessa decisão.

o Mi A1 não adota uma traseira em vidro e mantém o metal na parte de trás do corpo também

A tela tem uma boa proporção em relação ao corpo levando-se em conta o segmento onde o Mi A1 se insere. E isso é importante porque o smartphone conta com um display de 5,5'', algo que tornaria o aparelho muito grande se as bordas fossem mais grossas. E o smartphone aproveita a borda de baixo para colocar botões capacitivos, algo que a Xiaomi faz bastante e é bem-vindo. O posicionamento do leitor de digitais é na traseira, no centro, minha opção preferida para este sensor.

A tela em si não chama tanto a atenção, mas também não há muito o que se criticar. É um bom tamanho para o segmento e a resolução FullHD é adequada, com uma boa quantidade de brilho, garantindo uma experiência bastante satisfatória.

- Continua após a publicidade -

A caixa de som que acaba sendo um dos maiores problemas do design. Ela segue o posicionamento muito comum de smartphones mais caros, na base do aparelho, do lado da conexão USB, o que por si só já é um problema, uma vez que fica difícil segurar o aparelho na horizontal sem abafá-la. Mas isso é agravado pelo fato dela não ser muito boa, tornando qualquer obstrução, por menor que seja, algo que deixa o aparelho mudo.

Performance


Boa performance, mas não é diferente do Android normal

A performance do Mi A1 é completamente satisfatória, mas ficou um pouco abaixo do que eu esperava pelo smartphone incorporar o Android One. Não dá pra sentir uma diferença propriamente dita na usabilidade do aparelho, que é fluida, mas assim como seus concorrentes com versões completas ou mexidas do Android também são. Isso é visível nos benchmarks:

- Continua após a publicidade -

É o típico caso dos smartphones nesse segmento - sai na frente em alguns testes, atrás em outros e, na prática, no uso, mal dá pra notar qualquer diferença.

É importante destacar que não estou dizendo que a performance do Mi A1 é ruim. Ela é satisfatória, rodando bem mesmo com muitos apps abertos e dando conta de jogos 3D pesados sem engasgos, assim como seus concorrentes. A única decepção aqui é que eu esperava mais por ele incorporar essa versão mais "básica" do Android.

Um outro aspecto negativo que aparece aqui são algumas travadas ocasionais em apps aleatórios. Na maioria dos casos são lentidões inesperadas em aplicativos relativamente leves. Cito como exemplo o app do BB que demora vários segundos com a tela escura pra carregar cada janela.

Autonomia


Uma grande diferença entre uso intenso e casual

É na autonomia que dá pra sentir a diferença do sistema operacional, trazendo uma experiência bem diferente do que já tive. Existe uma diferença gritante entre o uso casual e o intenso do smartphone, mostrando que o Android One tem uma excelente economia de bateria quando o aparelho está ocioso. Isso não aparece bem no benchmark, que simula um uso mais pesado para o celular:

Mas na experiência de uso propriamente dita as coisas mudam. Quando eu não estava exigindo muito do Mi A1, apenas trocando algumas mensagens e sem o 4G, jogando ocasionalmente e tirando uma foto ou outra, o aparelho chegava a durar 2 dias sem dificuldade.

Agora, "forçar" o aparelho, com o 4G ligado e uso constante, vai fazer ele durar menos de um dia, podendo até dar um "susto" no usuário que não tiver acesso a uma tomada tão cedo.

- Continua após a publicidade -

Câmera


Câmera dupla é um ótimo diferencial nessa faixa de preço

O Xiaomi Mi A1 é o único smartphone em sua faixa de preço a incorporar uma câmera dupla, trazendo um excelente diferencial para o aparelho. As fotos não são sempre as melhores, especialmente em ambientes escuros, mas a presença das duas câmeras oferece muita versatilidade e mais diversidade para as imagens que o usuário pode fazer. Vamos começar com o comparativo:

Boa luz

Pouca luz

Flash

O Mi A1 se sai muito bem no comparativo, principalmente em boa luz. A câmera consegue capturar bem os detalhes sem "estourar" a luz da imagem e, para minha surpresa, consegue se sair melhor até que o Galaxy J7 em pouca luz, deixando a imagem menos granulada. Isso é surpresa porque a linha Galaxy é famosa pela qualidade de suas fotos em pouca luz e por costumeiramente entregar a melhor câmera nesses segmentos intermediários. Agora, alguns exemplos de fotos tiradas com o Mi A1 em diferentes locais e condições de luz:

Dá pra notar que no escuro o aparelho deixa a desejar, mas no claro as fotos saem com qualidade bem satisfatória. O software da câmera é rápido e eficiente, e as fotos batidas, pelo menos sem HDR, são registradas em questão de instantes. Isso é muito importante pra não perder o momento certo da foto. O problema é que em alguns casos a foto borra.

Por fim, um rápido comparativo entre as duas câmeras traseiras. As duas fotos abaixo foram tiradas da mesma posição:

As imagens nessa análise foram tratadas e redimensionadas para não pesar o post. Para ver uma imagem em seu formato original, clique neste link.

Recursos Extras


Nada pra ver aqui

Pela própria proposta do Android One, o Mi A1 não conta com muitos recursos extras, como seria de se esperar. Já que temos aqui a mais pura experiência do Android possível, sem bloatware, etc, também temos um smartphone que não oferece recursos exclusivos.

Pela própria proposta do Android One, o Mi A1 não conta com muitos recursos extras

O único recurso que posso mencionar aqui é a possibilidade de acionar a câmera com um duplo clique do botão de travar a tela, algo que acabou se mostrando bastante problemático. Não sei se o bug é do aparelho ou do sistema, mas ligar esse recurso vai fazer o smartphone abrir o câmera o tempo todo, mesmo quando apertamos o botão de travar só uma vez.

Fora os bugs, a usabilidade em si não é das melhores. Uma vez que o Mi A1 não conta com nenhuma tecnologia para acender a tela automaticamente ou um botão home, se o usuário quiser apenas ver a hora ele precisa apertar o botão de travar, o que certamente vai abrir a câmera se ele apertar de novo em seguida para apagar a tela, por exemplo. Se por um lado o aparelho não vem carregado de softwares e recursos indesejados, se você quiser algumas das funcionalidades interessantes que fabricantes vem implementando em seus aparelhos terá buscar através de apps de terceiros.

O Xiaomi Mi A1 é um ótimo smartphone se conseguido na faixa de preço dos R$ 700. A taxa de importação que normalmente estamos pagando aqui em Florianópolis é de R$ 100, o que mantém o aparelho com um valor atrativo. Mas é importante verificar as regras para o seu estado, porque uma taxa mais pesada pode fazer o aparelho ficar um pouco menos interessante. Esses sites estrangeiros também apresentam uma variação considerável no preço, então é bom ficar de olho para eventuais promoções.

pra quem conseguir o Mi A1 entre R$ 700 e R$ 800, recomendo o aparelho fortemente

Link de compra do Xiaomi Mi A1 na Gearbest

Mas pra quem conseguir o Mi A1 entre R$ 700 e R$ 800, algo que já aconteceu recentemente, recomendo o aparelho fortemente. Este não é um aparelho para quem gosta de recursos extras e vários diferenciais exclusivos, mas pras pessoas que estiverem procurando um Android sem "firulas" acompanhado de uma performance satisfatória e um confiável conjunto de câmeras, o Xiaomi Mi A1 não vai deixar a desejar. É só não se importarem muito com um ou outro "engasgo" ocasional em apps aleatórios.

Conclusão

 

Avaliação: Xiaomi Mi A1

Design
8.5
Performance
8.0
Autonomia
8.5
Câmera
9.0
Preço -importado-
9.5

PRÓS
Câmera dupla
Boa localização do sensor de digitais
Experiência "pura" do Android
Ótima autonomia no uso casual
USB Tipo-C não sacrifica o P2
CONTRAS
Não vende oficialmente no Brasil
Lentidões "aleatórias" em alguns (poucos) apps
Caixa de som não é das melhores
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.