ANÁLISE: Logitech G610

Design simples, mas com alta qualidade e muitos recursos adicionais

Conforme já havia dito na análise do Logitech G810:

O primeiro teclado mecânico da Logitech, o G710+, foi um teclado que não acrescentou nada ao mercado.

O G710+ não conseguiu ser competitivo e ainda teve problemas graves de qualidade, tal como teclas quebrarem durante o uso devido ao plástico de baixíssima qualidade e LEDs queimarem. Eu mesmo fui um infeliz dono de um G710+, o qual teve 9 teclas quebradas com uso normal, além de um LED queimado na tecla R.

Ao longo do tempo e trabalhando em conjunto com a fabricante do teclado, a Logitech conseguiu consertar estes problemas nos lotes finais do teclado, mas o estrago já estava feito e tanto o G710+ quanto o G710, não foram sucessos comerciais.

Agora e quanto ao Logitech G610? O Logitech G610 é tudo o que o Logitech G710+ deveria ter sido. Um teclado simples, mas bem feito, sem defeitos crônicos e acima de tudo, com um preço bastante competitivo.

Vamos começar a análise.

Construção Externa

Os teclados Logitech G610 e G810 possuem a mesma carcaça, mas há leves diferenças na grafia de suas keycaps, as escritas do G810 estão centralizadas, enquanto que as do G610 ficam no topo devido à forma como o LED fica posicionado no switch Cherry MX. Pela mesma razão, os caracteres do numérico superior são invertidos:

- Continua após a publicidade -


Logitech G610

Logitech G810

A superfície frontal do Logitech G610 é feita com um plástico fosco de boa qualidade, que não possui nenhum acabamento adicional e não deve apresentar sinais de uso com o tempo. Já suas laterais possuem acabamento Black Piano (Glossy), que é bonito de início, mas que com o  tempo começa apresentar arranhões e marcas de uso:

No verso do teclado encontramos uma traseira estilizada e os maiores pés de borracha que já vi em um teclado.

Para ajustar a altura do teclado, temos duas opções de ajuste, ambas emborrachados e que impedem o teclado de sair do lugar.

Um dos maiores medos de especialistas e ex-donos do Logitech G710+, é que o G610 viesse a ter os mesmos problemas que o primeiro teclado mecânico da Logitech. Ou seja, que ele tivesse teclas quebrando durante o uso.

- Continua após a publicidade -

Quanto ao Logitech G610, embora ele tenha keycaps em ABS impressas a Laser de qualidade "mediana", não me fora reportado nenhum caso deste tipo de problema com ele até agora, as keycaps da iOne só costumam quebrar mesmo em casos de mau uso, diferente das antigas keycaps da Solid Year (fabricante do G710+).

A construção externa do Logitech G610 é boa mas não é nada excepcional. Realmente, em termos de qualidade de construção externa ele, assim como outros teclados tais como o Corsair K70HyperX Alloy FPSRazer Blackwidow Chroma X e tantos outros, são inferiores em construção externa a um "Motospeed CK103" de menos da metade do preço devido às keycaps inferiores utilizadas.

"Mas wetto, é só comprar keycaps novas da China, são bem baratas!"

Meu amigo, o Logitech G610 não segue o padrão, embora maioria das teclas vão caber, teclas como o CTRL, Windows, Espaço e outras teclas desta linha que chamamos de "Modificadores", não serão compatíveis por terem tamanhos diferentes de outros teclados mecânicos.

Elas não chegam a ser tão ruins quanto as keycaps do G710, mas está ficando feio ver teclados de US$ 30 com keycaps Double-Shot e teclados de US$ 100~180 usando keycaps Laser. Espero que mais marcas "mainstream" comecem a tomar atitudes para melhorar este componente em lançamentos futuros.

A Cooler Master foi uma das primeiras a disponibilizar teclados com keycaps de maior qualidade, agora até a Corsair está vendendo keycaps de alta qualidade. Se a Logitech não fizer algo, ela vai ficar para trás.

- Continua após a publicidade -

Construção Interna

Uma das melhores notícias que o Logitech G610G810 trouxeram é que a Logitech abandonou a antiga fabricante do G710+. Embora a Solid Year (antiga fabricante) tenha melhorado bastante com o tempo, nenhuma outra marca teve tantos problemas com ela quanto a Logitech, e portanto se torna plausível a troca.

A nova fabricante dos teclados da Logitech, é a veterana iOne, também responsável pela produção dos teclados mecânicos da RazerTesoroHyperXRosewill e outras marcas.

Vamos depenar o teclado então?

A construção interna do Logitech G610 é muito similar à do G810, eles não chegam a usar a mesma placa, mas é possível ver que o projeto da PCB é parecido pois alguns componentes estão nos mesmos lugares e há espaços vazios nos locais onde haveria componentes do G810.

A principal diferença entre o G610 e o G810, fica visível no fato dele ter apenas uma controladora para todos os seus LEDs, contra três controladoras no caso do G810. A simplicidade de apenas uma cor requer menos poder de processamento.

Mas fora isto, temos a mesma MCU ARM STM32L100 sendo responsável pela execução de macros e comunicação entre o teclado e o computador. É este trabalho conjunto entre a microcontroladora de LEDs e a MCU ARM dele, que permitem que ele tenha mais recursos e efeitos de iluminação mais complexos que muitos teclados mecânicos RGB de baixo custo (ex: Motospeed CK104)

Já nas soldas, temos o mesmo padrão iOne de sempre, soldas bem feitas, mas com bastante resíduo de limpeza que fica feio nas fotos, mas não é nocivo ao teclado:

Quanto aos switfches, temos neste modelo switches Cherry MX Brown, embora já foi vendido fora do Brasil algumas unidades com o switch Cherry MX Red:

O switch Cherry MX dispensa apresentações, é o switch original do qual diversas marcas copiaram seu design, utiliza componentes de altíssima qualidade e tem um controle de qualidade absurdo, e é isto que garante que casos de double-click e outros problemas com estes switches sejam muito mais raros do que são em teclados com alguns switches chineses.

Enfim, a construção interna do Logitech G610 é extremamente bem feita, uma placa bem organizada, componentes de alta qualidade, soldas bem feitas, embora não muito bonitas devido ao resíduo de limpeza (que não é nocivo) e switches de altíssima qualidade.

Recursos e Extras

Logitech G610 pode parecer simples em seus recursos, mas sua iluminação, mesmo tendo apenas uma cor, é bastante completa:

A razão para tantos teclados mecânicos sem iluminação RGB estarem utilizando a cor Branca em seus LEDs, é bastante simples: embora teclados RGB consigam alcançar o tom de branco ao misturar as cores dos 3 espectros, eles ainda assim não conseguem o mesmo tom de branco que um teclado que tem apenas esta cor consegue.

O "branco" de teclados RGB fica estranho

É um pouco difícil mostrar em imagens, mas o branco em muitos teclados RGB fica "estranho", dependendo o ângulo você pode notar tons de vermelho, verde e azul nas teclas do teclado, fora que se algum destes espectros perderem força (o que não é muito raro), pode um dos LEDs do teclado ficar com um branco avermelhado, azulado ou esverdeado. O Logitech G810 tem um "Branco" que puxa para o "Azul".

Isto acontece pois o branco do LED RGB é atingido quando os três espectros do RGB, Vermelho, Verde e Azul, trabalham em conjunto e com a mesma intensidade, algo que quase nunca acontece corretamente, até por isso que existem fitas de LEDs com "RGB+W" (W de White, ou seja, um LED só para a cor branca).

De longe, a cor pode parecer branco, mas na verdade isto é o que acontece quando você escolhe a cor branca em um teclado RGB:


Créditos da imagem para Sven Killig @ Wikipedia.com

LEDs de teclados mecânicos RGB não conseguem fazer a cor branca com a mesma precisão quanto LEDs que tenham apenas esta cor. Por isso que atualmente muitos teclados sem RGB estão na cor branca, fora que é uma cor bastante neutra e acaba combinando com quase qualquer setup.

Outro detalhe do Logitech G610, é o seu software. Para quem quiser uma análise mais detalhada do mesmo, sugiro verificar a nossa análise do Logitech G810, aqui vamos fazer apenas um resumo:

Prós:

  • Leve e prático de usar.
  • Não requer registro e login.
  • Perfis pré-programados para mais de 600 jogos e aplicativos, com atualizações constantes.
  • Sincronização entre periféricos da mesma marca.
  • Sistema extremamente completo para criação de macros
  • Uma quantia absurda de funções pré-definidas para controle multimídia, atalhos do Windows, controle de sistemas de chat por voz, etc...

Contras::

  • A interface em Português de Portugal causa confusão em algumas funções.
  • Apenas as teclas de Função (F1 ao F12) podem ser configuradas para outras funções.

É importante mencionar que embora o Logitech G610 tenha apenas uma cor, é possível fazer ele funcionar com alguns dos efeitos do Aurora, permitindo inclusive que sua iluminação responda a jogos, assim como também é possível usar efeitos de espectrográfico, embora nem todos estes efeitos tenham um bom resultado nele, especialmente porquê ele é reconhecido como sendo um G810 no software:

Além disto, o Logitech G610 também conta com teclas dedicadas para multimídia, assim como um scroll para volume:

Há também como configurar os LEDs do G610 manualmente sem usar o software pressionando o botão de controle de brilho junto aos botões 1, 2, 3, 4, 5, 6 e 0 do numérico superior, mas não vamos adentrar muito a isto pois deixaria a análise ainda maior.

Logitech G610 pode parecer um teclado "simples" por fora, mas a quantia de recursos que seu software permite vai muito além do que muitos teclados RGB chineses conseguem oferecer, e para um teclado da faixa dos R$ 350~450, é uma ótima lista de recursos.

Conclusão

 

Avaliação: Logitech G610

Construção Externa
8
Construção Interna
10
Recursos e Extras
9.5
Preço - R$ 400
8.5

Logitech G610 é tudo o que o antigo Logitech G710+ deveria ter sido. Um teclado mecânico Cherry MX com um valor bastante competitivo, com uma gama enorme de recursos, efeitos de iluminação (mesmo que apenas na cor branca) e um nível de qualidade bastante respeitável em seu acabamento e construção interna.

O preço do Logitech G610 tende a variar, chegando a custar entre R$ 350 até R$ 500, embora já foi possível ver ele na faixa dos R$ 300 em algumas promoções. Considero valores entre R$ 350~450 por este teclado como sendo bem pagos.

O Logitech G610 é sem sombra de dúvidas uma das melhores escolhas para quem não se importa com RGB mas gostaria de um teclado mais "completo", ele é um teclado mais em conta do que concorrentes como o Corsair Strafe (single-color), HyperX Alloy FPS e as versões Cherry MX do Razer Blackwidow Ultimate, tendo qualidade similar a estes por um preço inferior.

Já contra concorrentes de marcas como Motospeed, Redragon e outras, embora suas keycaps sejam realmente inferiores e o Logitech G610 não possua RGB, a utilização de switches Cherry MX diminui as chances de ter que comprar um tubo de álcool isopropílico ou acionar o RMA por Double-Click, assim como infelizmente está acontecendo com certa frequência em outros teclados...

Antes de terminarmos a análise, gostaria de deixar aqui meus agradecimentos para Rocketz, que disponibilizaram os teclados da Logitech para análise.

E como já falei em tantas outras análises, as relações do autor (wetto) e do Adrenaline com empresas e lojas, não afetam as nossas análises. Não temos medo de reprovar produtos quando não foram bem feitos (ex: G.SKILL RIPJAWS MX780), possuem preço ridículo (ex: Patriot Viper V760) ou erros de design (ex: PCYES Nemesis RGB), pois esperamos que as marcas encarem as nossas críticas de forma construtiva e usem elas para lançar produtos melhores no futuro.

PRÓS
Construção Interna caprichada
Controle multimídia dedicado
Excelente software
Ótimo Custo x Benefício
Switches de alta qualidade Cherry MX
CONTRAS
A falta de memória interna faz com que o teclado resete a sua iluminação toda vez que o computador for desligado/reiniciado, até que o LGS abra novamente
  • Redator: Wellington Diesel

    Wellington Diesel

    Formado em Redes de Computadores, o "wetto" é um entusiasta do ramo de Periféricos. Autor do Guia do Teclado Mecânico, ele carrega consigo mais de 200 análises de mouses, teclados e headsets publicadas, além de diversos Guias e Artigos sobre teclados, mouses e headsets. Respeitado pela comunidade do Adrenaline, ele trabalha à distância como colaborador.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.