ANÁLISE: Samsung Galaxy On7

ANÁLISE: Samsung Galaxy On7

O Galaxy On7 é mais uma opção intermediária pela Samsung com foco numa tela grande e autonomia satisfatória ao mesmo tempo em que ele tenta se manter numa faixa de preço mais acessível. O smartphone já foi lançado há um tempinho, mas isso ajuda a tornar seu preço até mais competitivo. Mas será que ele ainda se segura como uma boa opção frente a aparelhos mais recentes? Confira na nossa análise!

Comparativo

Samsung Galaxy On7Asus Zenfone GoQuantum GOMotorola Moto G 2015 (3ª geração)

Preços

Preço no lançamentoR$ 900,00
Preço atualizadoR$ 850,00

Especificações

Armazenamento interno|8GB| |16GB| |16GB||32GB| |8GB||16GB|
Cartão microSDAté 128GB até 64GB até 32GB
Memória RAM1.5GB 2GB 2GB 2GB
Número de núcleos4 4 8 4
Portas de conexão|Micro-USB| |Micro-USB| |Micro-USB| |Micro-USB|
Sistema OperacionalAndroid 5.1 Android 5.1 Android 5.1 Android 5.1
Update disponível para o sistemaNão informado -
ProcessadorSamsung Exynos 3475 MediaTek MT6580 Mediatek MT6753 Qualcomm Snapdragon 410
Clock1.2 GHz1,3 GHz1.3 GHz1.4 GHz
GPUMali-T720 ARM Mali-400 Mali-T720 Adreno 306
Bateria3000 mAh mAh2070 mAh mAh2300mAh mAh2.470 mAh
Dimensões151.8 x 77.5 x 8.2 mm71 x 144,5 x 5,2 ~ 9,98 mm mm145 x 71,5 x 6,5 mm142.1 x 72.4 x 6.1~11.6 mm
Peso172 g135g g115g g155 g

Recursos

GPSSim Sim Sim Sim
Leitor de DigitalNão Não Não
LTESim Não Sim Sim
NFCNão Não Não
Número de cartões SIM2 2 2 2
RadioSim - Sim Sim
Tipo de cartão SIMMicro SIM Micro SIM Micro SIM Micro SIM
TV DigitalNão Não Sim Sim
Bluetooth4.1 4.0 v4.0 4.0
ExtrasModo de baixo consumo da bateria Zen UI Certificação IPx7

Display

Resolução720 x 1280 720 x 1280 720 x 1280 720 x 1280
Tamanho5.5 polegadas 5 polegadas 5 polegadas 5 polegadas
TecnologiaTFT LCD IPS AMOLED IPS
ProteçãoGorilla Glass 3 Corning Gorilla Glass 3

Câmera

Vídeos1080p 30 fps - 1080p 30 fps 1080p 30 fps
Traseira13 8 MP 13MP 13
Frontal5 2 MP 5MP 5

Design
O mesmo padrão Galaxy de sempre, só que bem grande e um pouco desajeitado

O Galaxy On7 segue o mesmo padrão de design encontrado em todos os smartphones Galaxy das linhas mais acessíveis da Samsung. Linhas retas formam um aparelho retangular com os cantos arredondados. Sua traseira também é plana, com uma leve curvatura se aproximando das bordas que ajuda o On7 a não ser tão ruim de pegar quanto um Xperia, mas que não chegam a ser um grande diferencial na pegada do aparelho. Sua tela de 5,5' acompanhada de bordas não muito finas formam um smartphone bem grande, o que é bom e ruim. Bom porque ele consegue ter uma grande bateria sem precisar ficar muito espesso. Ruim porque, sem um design que ajude, ele fica bastante desajeitado na pegada e é difícil fazer as coisas com uma só mão sem ter medo de derrubar o aparelho.

O acabamento é em plástico e tem uma traseira texturizada e removível, o que dá um pouco a impressão de smartphone barato para o aparelho. Um ponto negativo que não pode ser ignorado é que a Samsung aparentemente desistiu de não deixar suas câmeras traseiras protuberantes e no Galaxy On7 isso acontece, apesar de ser quase imperceptível.

Câmera
Muita resolução e muita velocidade, mas pouca qualidade

- Continua após a publicidade -

A câmera do Galaxy On7 segue o princípio de quantidade sobre qualidade. O software e o obturador são bastante rápidos e, aliados ao sensor de 13MP, garantem que você vai conseguir sacar a câmera rapidamente e garantir várias fotos com resolução de 4128 x 2322 em qualquer momento. Só que as fotos são feitas com pós-processamento e não adianta muito uma resolução tão alta se no primeiro zoom as imagens começam a exibir granulado e os detalhes são todos perdidos.

Boa luz

Flash

Pouca luz

Não adianta muito uma resolução tão alta se no primeiro zoom as imagens começam a exibir granulado e os detalhes são todos perdidos

Na parte dos recursos, a câmera do On7 não traz nada que já não tenha se tornado padrão em smartphones dessa faixa de preço. Há o "embelezador" que, na prática, só borra a cara das pessoas. Há também diversos filtros para as fotos e opções avançadas que permitem controlar o ISO, balanço de branco e exposição manualmente. Veja abaixo algumas fotos batidas com a câmera do smartphone na resolução máxima.

- Continua após a publicidade -

Desempenho
Pequena diferença na memória faz a diferença 

Diversas análises de diferentes dispositivos Android provaram vez após vez que, na maioria dos casos, o gargalo do sistema acontece na memória RAM e não no processador, ou no número de núcleos dele, como muitas vezes o marketing quer fazer o consumidor acreditar. Claro que a linha Exynos de processadores da Samsung é referência em qualidade e performance, mas dá pra sentir a diferença que a memória faz. Especialmente porque o smartphone se sai bem melhor quando a aceleração de gráficos não está envolvido.

 

Autonomia
Duração da bateria é o grande destaque do aparelho

- Continua após a publicidade -

A bateria do Galaxy On7 é um destaque não só no uso diário do dispositivo, mas também se saiu muito bem nos nossos comparativos gráficos. No PCMark ele já não teve dificuldades em ser o primeiro colocado na categoria.

Mas quando o assunto foi nosso teste "caseiro" do cara épico tocando saxofone no aplicativo do YouTube, o aparelho não só chamou a atenção, ele bateu recordes. O aparelho se tornou o segundo melhor resultado que já tivemos neste teste aqui no Adrenaline. Ele teria sido o primeiro, mas o recém testado J7 acabou levando a posição com apenas 3 "pontos" de diferença.

O aparelho se tornou o segundo melhor resultado que já tivemos neste teste aqui no Adrenaline 

Recursos
Nenhum grande diferencial em relação a outros aparelhos

O On7 não conta com diversos recursos diferenciados que possam ser considerados um "fator de compra", mas pra quem optar pelo smartphone por outros motivos, haverá alguns extras interessantes. Pra começar, o já tradicional modo de baixo consumo da bateria que a Samsung incorpora em seus aparelhos e é um ótimo recurso emergencial. Ativar este modo praticamente transforma seu smartphone num celular comum, o que não é o ideal para o uso comum do aparelho, mas é ótimo para uma situação imprevista em que você vai ficar um longo tempo fora de casa e não pode ficar incomunicável. Ele estende consideravelmente aquela porcentagem final da bateria e, num aparelho com tanta capacidade como o Galaxy On7, dá pra ter certeza que vai dar tempo de chegar numa tomada.

Outro extra digno de ser mencionado é uma configuração extra para o brilho, um quadradinho que o usuário pode marcar chamado "externo". Como o nome sugere, o modo externo dá um ganho absurdo no brilho, ótimo para situações de luminosidade intensa em que fica difícil enxergar a tela. Claro que este é um modo que consome bem mais bateria, mas ele deve ser utilizado somente quando necessário, o que o torna um recurso muito bem vindo.

Infelizmente, o valor dos smartphones intermediários subiu como um todo e, nessa nova faixa de preço, o Galaxy On7 até que está bastante acessível e ele se torna uma boa opção para quem preza, acima de tudo, pela autonomia. Sua tela não é a mais bonita do segmento, mas é uma das maiores, então ele continua sendo uma escolha interessante para quem precisa de mais área para operar do que riqueza de detalhes.

O Galaxy On7 é um smartphone prático e confiável, que oferece uma tela grande e muita autonomia por um preço justo

O desempenho do aparelho é mais do que satisfatório, com o 0,5GB a mais de RAM fazendo a diferença. As fotos não são as melhores, mas a câmera é rápida e ágil. Então o smartphone é ideal para quem não liga muito para fotos, mas quer poder contar com sua câmera num momento oportuno. Ele perde mais pontos por causa do acabamento também, que não é dos melhores.

Por fim, o Galaxy On7 é um smartphone prático e confiável, que oferece uma tela grande e muita autonomia por um preço justo. 

Conclusão

 

Avaliação: Samsung Galaxy On7

Design
8.0
Câmera
8.0
Desempenho
8.5
Autonomia
10.0
Recursos
7.5
Preço
8.5

 

PRÓS
Tela grande por um preço acessível
Incremento na memória garante desempenho satisfatório
Autonomia acima da média
Câmera rápida e ágil
CONTRAS
Bordas espessas deixam o aparelho grande com uma pegada desajeitada
Resolução desaponta com fotos granuladas e sem detalhes
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.