ANÁLISE: Sony Xperia Z5

Um bom aparelho por um preço alto demais

O Sony Xperia Z5 é o atual topo e linha da empresa no Brasil (pelo menos enquanto não aparecer por aqui o Xperia Z5 Premium). O aparelho mantém diversas características de seu antecessor, o Xperia Z3+ (ou Z4, dependendo do mercado), sendo que o grande destaque fica por conta de seu sensor de digitais localizado na lateral direita.

Com mudanças bastante pontuais ao longo dos anos, a linha Z ainda tem potencial para ganhar o consumidor? Vejamos mais a fundo no restante da análise!

Análise em vídeo

Comparativo

Sony Xperia Z5Apple iPhone 6sSamsung Galaxy
S6 edge
LG G4

Especificações

Armazenamento interno|32GB| 16GB, 64GB, 128GB |32GB||64GB| |32GB|
Cartão microSDAté 200GB Até 128GB
Memória RAM3GB 2GB 3GB 3GB
Número de núcleos8 2 8 6
Portas de conexão|Micro-USB| |Micro-USB|
Sistema OperacionalAndroid 5.1 iOS 9.0 Android 5.0 Android 5.0
Update disponível para o sistemaNão informado iOS 11 Não informado
ProcessadorQualcomm Snapdragon 810 Apple A9 Samsung Exynos 7420 Qualcomm Snapdragon 808
Clock2.0 GHz1.84 GHz2,1 GHz1.8 GHz
GPUAdreno 430 PowerVR GT7600 (6 cores) ARM Mali-T760MP8 Adreno 418
Bateria2900 mAh mAh1810 mAh mAh2.600 mAh mAh3000 mAh mAh
Dimensões146 x 72 x 7.3 mm mm138.3 x 67.1 x 7.1 mm mm142.1 x 70.1 x 7mm mm148.9 x 76.1 x 9.8mm mm
Peso154 g g143 g g132g g155g g

Recursos

GPSSim Sim Sim Sim
Leitor de DigitalSim Sim Sim Não
LTESim Sim Sim Sim
NFCSim Sim Sim Sim
Número de cartões SIM1 1 1 1
RadioSim Sim
Tipo de cartão SIMNano SIM Nano SIM Nano SIM Micro SIM
TV DigitalNão Não
Bluetooth4.1 4.0 4.1 4.1
Extras3D Touch, Coprocessador M9, Touch ID 2ª geração Carregamento por indução e Fast Charge Foco laser, carregar por indução, Quick Charge 2.0

Display

Resolução1080 x 1920 750 x 1334 1440 x 2560 1440 x 2560
Tamanho5.2 polegadas 4.7 polegadas 5.1 polegadas 5.5 polegadas
TecnologiaIPS IPS Super AMOLED IPS Quantum
ProteçãoScratch-resistant glass, oleophobic coating Vidro ionizado Corning Gorilla Glass 4 Corning Gorilla Glass 4

Câmera

Vídeos2160p 30 fps 2160p 30 fps 2160p 30 fps 2160p 30 fps
Traseira23 MP 12 MP 16MP 16 MP
Frontal5.1 MP 5 MP 5MP 8 MP

Design

Os Xperias "Zs" são possivelmente a linha de aparelhos Android com visual mais "estável" no mercado. Desde seus primeiros modelos em 2013, os smartphones topo de linha da Sony contam com linhas bastante retas e bordas levemente arredondadas. O Xperia Z5 traz ligeiras modificações se comparado ao Xperia Z3. As caixas de som, ambas na parte frontal, estão posicionadas nos cantos dosmartphone, enquanto o botão de ligar e desligar agora é encaixado no perfil do aparelho, ao invés do saliente presente no Z3.

As mudanças no design são pontuais, como um novo botão de destrave, um reposicionamento das caixas de som e uma traseira com acabamento fosco

 

- Continua após a publicidade -

 

Outra mudança notável é na traseira. Ao invés do vidro com acabamento brilhante como nos modelos anteriores, a Sony agora equipa o Z5 com uma traseira com acabamento mais fosco. Isso melhora um pouco a estabilidade na pegada, porém por conta de seu formato reto na parte de trás, o encaixe não é tão firme quanto em outros aparelhos. Como esperamos de um topo de linha, os materiais e acabamentos são caprichados, com encaixes precisos no corpo do smartphone.

A tela do aparelho é de alta qualidade, com boas cores e contrastes, resultado de tecnologias como Mobile BRAVIA Engine 2 e Triluminos . No contexto dos atuais topo de linha, sua resolução FullHD ficou desinteressante frente aos QuadHD praticamente onipresentes entre seus rivais. Em termos práticos, porém, a diferença é pouco perceptível e temos aqui um modelo com boa densidade de pixels e uma imagem bastante nítida. 


A traseira possui um acabamento fosco, e a porta microUSB não precisa de tampa para proteger da água

Apesar de possuir uma resolução menor que rivais, o display tem ótima qualidade de cores, contrastes e boa definição. Pena que não possui mais tanto brilho, como em seus antecessores

 

Porém houve alguns retrocessos. Comparado ao seus antecessores Xperia Z3+ e o Z3, a luminescência da tela não é mais tão expressiva, sendo que esse aparelho agora possui um "brilho de tela" apenas regular. Em situações de muita claridade, ele automaticamente aumenta a luminosidade do display, mas não é mais tão eficiente quanto o seus antecessores nesse aspecto. 

Outra característica que vem se tornando "clássica" entre os Xperias foi mantida no Z5: a resistência à água. O Xperia Z5 vem com a certificação IP68, o que significa que ele possui total proteção contra poeira e é capaz de lidar com longos períodos de imersão em água e pressão. Entre suas conveniências está a capacidade de ser submergido sem necessidade de tampas protegendo conexões como a para fone de ouvido ou a microUSB. 

Performance e autonomia

- Continua após a publicidade -

Na parte de performance, o Xperia Z5 chega com o que há mais potente disponível hoje no mercado. O SoC é o Qualcomm Snapdragon 810, chip de alta performance mas que também sofre críticas por questões de aquecimento e consumo excessivo. O chip gráfico é o Adreno 430, e há um total de 3GB de memória RAM.

Em uso, o Xperia Z5 entrega o que esperamos dele: alta fluidez e excelente performance. As aplicações abrem de forma ágil e os engasgos são raros. Apesar de não ser o aparelho mais potente do mercado, o Xperia Z5 está no patamar dos melhores smartphones do mercado.

 

Em performance gráfica, porém, não teve para ninguém. O Xperia Z5 tomou o topo de nosso comparativo, mostrando o potencial do smartphone na hora de rodar games. com uma tela de resolução "apenas" FullHD, ele também fica com mais margem de performance para rodar os games, comparado a outros aparelho que precisam gerar gráficos na resolução QuadHD. 

 

Na hora da autonomia, o Xperia Z5 mantém a tradição dos topo de linha da Sony e traz uma boa duração de bateria.

- Continua após a publicidade -

Com uma boa quantidade de bateria, o smartphone conta com alguns trunfos na hora de fazer sua bateria durar. Um é sua menor resolução de tela: ao se limitar ao 1080p, a Sony reduziu um pouco do consumo comparado a outros aparelhos. Porém seu grande diferencial é alcançado via software: através do Stamina, uma modificação do Android que gerencia de forma agressiva o acesso dos apps a recursos do sistema, o aparelho é capaz de garantir mais autonomia.

O Stamina continua garantindo até dois dias de duração de bateria, mas é preciso configurar alguns detalhes para um bom funcionamento

 

Em um uso normal e com os recursos todos ativados, o Xperia Z5 é capaz de ficar um dia fora da tomada, sendo que descarregamos o aparelho após aproximadamente 14 horas de uso. Ao ativar o Stamina, porém, passamos a ter quase dois dias de duração de bateria. Mas é preciso lidar com alguns efeitos colaterais, como apps atualizando com menos frequência ou até mesmo menor performance, dependendo da agressividade que você configurar. Por conta de seu SoC de alto desempenho, foi possível usar a economia de consumo com a redução de desempenho, sem tornar a experiência ruim. Quanto ao gerenciamento dos apps, é preciso adicionar exceções como Whatsapp e Gmail para garantir que suas mensagens cheguem rapidamente.

Um ponto crítico do Snapdragon 810 deu suas caras no Xperia Z5. Em nossos testes foi notável o aquecimento do smartphone, muitas vezes em usos triviais como navegação na internet. Apesar de não inviabilizar o uso, esse aquecimento é notável. A autonomia também não foi tão convincente quanto em modelos anteriores da linha Z, e na experiência de uso o smartphone o modelo se sai pior que seu antecessor Xperia Z3 em termos de duração de bateria.

O aquecimento do Xperia Z5 é notável em diversas atividades

 

Câmera

Um dos pontos principais da publicidade da Sony acerca desse aparelho é suas fotos superrápidas. As Sony tem uma boa tradição em fotografia em smartphones, e o Xperia Z5 chega para manter esse legado com um sensor de 23MP na câmera frontal e 5MP na dianteira.

Boa luz

Xperia Z5, Galaxy S6 edge, iPhone 6 Plus, G4 e Moto X Force

Pouca luz

Xperia Z5, Galaxy S6 edge, iPhone 6 Plus, G4 e Moto X Force

Flash 

Xperia Z5, Galaxy S6 edge, iPhone 6 Plus, G4 e Moto X Force

O celular conta com vários recursos interessantes. A primeira é a presença de um botão de fotos, algo que vem progressivamente sumindo em aparelhos de rivais e que é um elemento útil. Com o botão é possível bater fotos com o aparelho molhado , uma boa pedida pois quando há água na tela o touchscreen costuma não operar corretamente. Como o botão opera em dois tempos, é possível realizar o foco no primeiro estágio e no momento exato acionar o segundo estágio e fazer a foto, função útil diversas cenas de movimento.

A câmera continua entre uma das melhores do mercado, só ficou devendo estabilização óptica da imagem

 

Falando em foco, o Xperia Z5 é muito rápido na hora de focar. Utilizando uma tecnologia híbrida que combina o tradicional foco através de contraste e o phase, a Sony afirma que a câmera consegue deixar a imagem nítida em apenas 0.03seg. Em nossos testes o tempo de resposta do foco é mesmo muito ágil, apesar de algumas eventuais falhas se você "forçar muito a barra", como movê-lo pouco antes da foto. O tempo de abertura da câmera também é excelente, e em pouco mais de 2 segundos você já consegue a primeira foto.


Câmera frontal

Um recurso que ficou faltando, comparado a aparelhos rivais, é a estabilização óptica (OIS). Esse recurso é bastante útil para evitar fotos tremidas, em cenas de longa exposição, ou deixar vídeos mais "firmes". Na hora dos vídeos, o Xperia Z5 tem disponível a estabilização digital, que faz o corte de uma porção do sensor e utiliza as margens para tentar "firmar" a imagem. O resultado é interessante, mas ainda abaixo da solução via OIS.


Sem estabilização (esquerda) e com estabilização digial (direita)

O software da câmera tem modos interessantes, mas fica devendo funções manuais

Assim como implementado em outros produtos da empresa, o Xperia Z5 traz algumas funções curiosas para sua câmera, com modos automatizados para diversas situações e até mesmo renderizações em tempo real. Você pode bater fotos que combinam a câmera frontal e traseira, aplicar efeitos em tempo real e até mesmo gerar realidade aumentada, o que cria cenas bem divertidas.

Extras

A principal mudança, e um adicional importante nessa geração, é o leitor de digitais. Esse recurso está se tornando onipresente nos novos lançamentos de topos de linha Android é uma boa pedida para futuras tecnologias como o Android Pay, além de possibilitar o uso da biometria para segurança no lugar das lentas e inconvenientes senhas a cada desbloqueio de tela.

Por conta de seu tamanho compacto, nem sempre o leitor de digitais acerta no reconhecimento

No Xperia Z5 temos um posicionamento bem diferente do sensor. Ao invés de ser localizado na traseira ou na parte da frente, a Sony colocou a biometria no botão de destrave da tela na lateral. O botão é estreito e está no mesmo perfil das laterais do aparelho, o que torna a leitura em alguns momentos ineficiente: com uma área pequena, não é incomum posicionar o dedo em um ângulo que o sensor não consegue funcionar de forma adequada. O resultado é que não raro a leitura falha, e basta estar com a mão um pouco suada ou molhada e o sensor também vai te deixar na não.

O sensor de digitais opera no botão de destrave da tela, na lateral direita, e é bastante fino 

A Sony também embarca nesses aparelhos algumas tecnologias exclusivas, e entre as principais está uma muito útil para donos de outro aparelho da empresa, o Playstation 4. O smarpthone vem com um app embarcado que possibilita jogar remotamente com seu videogame, bastando que ambos os aparelhos estejam na mesma rede local. Inclusive é possível utilizar os controles do videogame no celular, na hora de jogar. 

O Xperia Z5 mantém várias das características positivas da linha Z da Sony, mas ao mesmo tempo mantém um de seus grandes problemas: o preço. O aparelho chegou ao país com preço sugerido de impressionantes R$ 4.299, um dos mais altos do mercado e que consegue ser mais caro que o do iPhone 6s. 

Com esse valor elevado, é difícil justificar a escolha pelo aparelho. Em um contexto onde um LG G4 pode ser comprado por R$ 1.699, e até mesmo o Galaxy S6 edge e seu acabamento diferenciado pode ser adquirido por R$ 2.399, pagar os R$ 3.499 é muito, ainda mais considerando que todos esses aparelhos estão em níveis semelhantes quando o assunto é recursos, funcionalidades, câmera e performance.

Com problemas como o aquecimento e um sensor de digitais não tão eficiente quando comparado a rivais, o Xperia Z5 fica com poucos diferenciais em mãos: ser à prova d'água, sua sincronia e games remotos do Playstation, seu software de gerenciamento de energia e sua câmera ultrarrápida. Se esses recursos são atrativos para você, tem aqui um aparelho a cogitar, caso contrário encontrará outros modelos no mercado que também trazem excelente qualidade a um preço mais competitivo.

O Xperia Z5 não possui diferenciais suficientes para justificar seu preço mais elevado que o dos rivais diretos

 

Conclusão

 

Avaliação: Sony Xperia Z5

Design
9.5
Câmera
10
Desempenho
10
Autonomia
9.0
Recursos
10
Preço
5.0

PRÓS
À prova d'água sem necessitar de tampas
Alta performance
Câmera de alta qualidade e muito rápida
Bom design e acabamentos
CONTRAS
Aquecimento perceptível em várias atividades
Custo maior do que de rivais
Sensor de digital falha com frequência
Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.