ANÁLISE: Cooler Master MasterCase 5

A Cooler Master enviou pra gente seu mais novo gabinete, o MasterCase 5. Mas ele não é um gabinete comum. Ele é o primeiro produto de uma série que vai direcionar o futuro da empresa no mercado. Com um conceito de ser quase que totalmente personalizável, o MasterCase 5 pode começar como um modelo intermediário, mantendo o alto padrão da Cooler Master, e pode ficar bem mais "parrudo" com uma série de acessórios, com promessa da empresa de seguir com o conceito "FreeForm" para outros tipos de produtos, como coolers, fontes de energia e outros produtos desenvolvidos pela empresa.

Em cenário nacional, o MasterCase 5 chegou custando em média R$650. Esse valor é acima do que a empresa pretendia, mas como todos da área de tecnologia, a Cooler Master não conseguiu fugir da alta do dólar.


Videocast Especial: o futuro da Cooler Master e apresentação do MasterCase 5

Fizemos um vídeo muito interessante com Gustavo Trida, gerente de marketing e produtos da Cooler Master, no qual desmontamos o MasterCase 5 até as últimas peças, mostrando como funcionam as peças modificáveis no "Master Concept".


Características
O gabinete Cooler Master MasterCase 5 foi desenvolvido com o conceito do sistema modular FreeForm, que tem o objetivo de dar uma maior flexibilidade para os usuários na hora de fazer upgrade do produto. Isso porque a empresa permitiu expansão através de acessórios internos e externos. Ou seja, quando for fazer um upgrade no PC, é possível modificar o gabinete, ao invés de jogá-lo fora e comprar um novo.

Modificações utilizando a modularidade externa
A Cooler Master criou alguns acessórios para permitir que os usuários customizem de maneira facilitada o gabinete. É possível, por exemplo, adicionar uma tampa superior que vai possibilitar a instalação de radiador de um liquid cooler ou até mesmo fans na parte superior. Outra opção é colocar um painel transparente na lateral. Abaixo, alguns acessórios já disponíveis vendidos separadamente após o lançamento. A empresa promete, ainda, lançar uma série de novidades, algo parecido com a linha LEGO, possibilitando, assim, que o usuário crie o modelo ideal para seu uso.

- Continua após a publicidade -

A ideia da Cooler Master é lançar uma loja online com todos os acessórios

Abaixo mais algumas imagens mostrando gabinetes montados com diferentes tipos de componentes e acessórios destinados ao MasterCase5.

Layout de ajuste interno "Clip and Click"
O sistema permite ajustar verticalmente ou remover totalmente coisas como o drive de discos ópticos e HDs utilizando travas que deslizam. É possível utilizá-las para ajustar a altura de cada um dos drives, dependendo da necessidade. A Cooler Master sugere que os usuários os coloquem no topo para possibilitar a instalação de até 3 placas de vídeo. Ou, caso queiram utilizar um radiador no topo, dá para colocar todos os drives na parte inferior.

Sistema "Slip and Clip" para montagem de SSD
O MasterCase 5 é o primeiro gabinete da Cooler Master a incorporar o sistema "Slip and Clip" para montagem de SSDs. Ele inclui dois bolsos diferentes com 4 posições para montagens dos SSDs. Eles podem ficar visíveis, logo acima da partição da fonte, ou ficarem mais escondidos, atrás da bandeja da placa-mãe.

Opções de ventilação
O sistema FreeForm dá ao usuário a opção de instalar 3 fans de 140 mm na frente do gabinete, um radiador de 280 mm, além de suporte a até 6 fans de 140 mm por todo o case.

- Continua após a publicidade -

Especificações

FAQ
Abaixo temos alguns esclarecimentos passados pela Cooler Master através das dúvidas que vêm aparecendo após o lançamento do MasterCase5. É importante pela mudança de conceito desse e de outros produtos que a empresa vai trazer ao mercado daqui por diante:

PERGUNTA: Vai existir MasterCase´s de outros tamanhos?
RESPOSTA: Sim, o MasterCase 5 é apenas o começo, o primeiro produto do novo conceito da marca. Toda linha de produtos vai seguir o conceito Maker e de modularidade com diversidade de tamanhos, funcionalidades e designs.

P.: Sem as peças e acessórios o MasterCase é somente um Gabinete comum?
R.: Não. Primeiramente, temos que entender que o MasterCase foi desenvolvido em conjunto com a comunidade global de CaseModders, então as funcionalidade de montagem, manutenção e gerenciamento são todas fundamentadas em facilitar a vida do usuário, sem contar o nível de qualidade do material, acabamento e fluxo de ar.

Em uma segunda fase, estamos trabalhando no Ecossistema, harmonia entre os componentes do seu PC. Ou seja, a partir de agora, toda linha de produtos será desenvolvida para construir a sua máquina perfeita e exclusiva, com fontes de energia, sistemas de refrigeração, periféricos e até mesmo integração com dispositivos mobile.

P.: Como funcionarão peças e acessórios de personalização?
R.: Estão sendo firmadas parcerias para esse segmento, tanto para fornecimento de peças e acessórios oficiais como tratamento de terceiros. Tudo isso para prover experiência exclusiva aos clientes Cooler Master, como um clube de clientes, com diferentes opções e valores. Mas tudo isso leva tempo e estruturação de canal. Não podemos lançar ou mudar toda uma cultura do dia pra noite, o processo será aos poucos, mas intenso e cheio de novidades.

- Continua após a publicidade -

P.: Quem não tiver possibilidade de adquirir um produto dessa categoria, ficará de fora?
R.: Continuaremos com as linhas de produtos já atuantes. Não iremos parar de produzir produtos de demanda existente. Simplesmente iremos criar um novo segmento de produtos Maker e focar em experiência para nossos usuários.

Esclarecimentos da Cooler Master
É normal novidade causar dúvidas. Já sabíamos que isso ia ocorrer e, para nós, é excelente. Tentar criar produtos definitivos é um desafio que aceitamos. O conceito aborda a modularidade e a expressão própria através do upgrade e personalização interna e externa com o FreeForm. 

Até mesmo a versão básica já irá suportar a montagem de uma máquina topo de linha com toda sua facilidade. Sendo assim, todo o entorno é considerado extra e deve ser opção ao usuário de acordo com sua necessidade e orçamento. Queremos que o PC seja algo prazeroso não só quando está sendo utilizado, mas um hobby e uma peça de orgulho para seu dono, e que ele tenha tempo para mudar e usar o tempo para chegar ao seu objetivo.

Em 2016 e 2017, com a chegada dos novos produtos, cada vez mais vai se tornar claro o desejo da Cooler Master em "vamos fazer juntos".

Fotos
Abaixo, temos uma série de fotos que tiramos do gabinete, onde é possível constatar o alto padrão de qualidade do produto, algo esperado em se tratando da Cooler Master, uma das maiores do mundo quando o assunto é gabinete.

Já em relação ao projeto, como o Gustavo Trida colocou durante o VideoCast que ele fez aqui no Adrenaline, muitos especialistas da comunidade de modders participaram desde o inicio do processo. Dessa forma, vários detalhes foram pensados visando um produto definitivo, ou seja, comprando a versão básica do gabinete é possível ir comprando acessórios e torná-lo em modelo topo de linha. Gustavo frisou bastante o conceito de faça você mesmo do seu jeito, indicando o alto grau de personalização que o gabinete possui.

Outros detalhes importantes também merecem destaque. Vários deles já comuns em produtos da empresa e da concorrência, como parafusos não desconectáveis, ou seja, aqueles parafusos que não "são removíveis" como os da tampa. Aqueles que sempre perdemos, sabe? Perdíamos. O detalhe da tampa não cair do gabinete ao desparafusar, encaixe deslizável da fonte de energia etc.

 


O conceito de encaixe das baias internas também teve cuidado especial em todo o projeto. É muito simples remover as baias para drives de DVD se você não vai utilizá-las. É possível adicionar outras baias ali ou mesmo deixar sem nada, facilitando assim a instalação de um sistema de cooler líquido.

A empresa, junto com os envolvidos no projeto, teve bastante atenção em tudo que envolve a parte interna, sempre tomando bastante cuidado com a organização dos cabos. Então temos muitos "buracos" que facilitam a passagem dos cabos visando tornar o processo o mais organizado e funcional possível, independente do formato da mainboard utilizada, desde que com suporte máximo a modelos ATX.

De fábrica ele vem com dois fans de 140mm e rotação de 1200RPM, mas logicamente traz uma série de espaços para mais fans.

Instalação
Antes de começarmos a falar do processo de instalação, vamos aos componentes utilizados:

- Placa-mãe ASRock Z97 Extreme6/3.1
- Processador Intel Core i7 4790K
- Placas de vídeo XFX Radeon R9 290X BE
- Fonte de energia Fractal Design Tesla 650W
- Memórias Kingston Predator 3000MHz 8GB (2x4GB)
- SSD Kingston Fury 240GB
- Cooler BOX Intel

É importante destacar aqui que utilizamos uma fonte de energia com cabeamento fixo, forçando a necessidade do sistema possuir espaço para os cabos não utilizados. Isso dá uma noção melhor de como foi pensado esse tipo de solução interna no gabinete. Outro ponto importante é a utilização de um cooler box, justamente para deixar evidente a temperatura gerada na parte interna do sistema, afinal um cooler de melhor desempenho naturalmente iria minimizar eventuais deficiências nesse sentido. Já a mainboard é um modelo ATX.

O gabinete se destaca justamente pelo projeto, então não teria como ser ruim no quesito instalação. É muito fácil e simples de montar um sistema no MasterCase 5, com fácil instalação dos componentes, tirando a placa-mãe e um ou outro componente, sem necessidade de chave de fenda.

A organização dos cabos é facilitada pelas presilhas do tipo velcro. Dessa forma é possível mudar facilmente, ao contrario das "línguas de sogra" que precisam ser cortadas para refazer a organização. 

A parte de trás tem outro detalhe que chamou a atenção positivamente. Sabem aquelas divisórias finas de metal entre um slot e outro no painel onde ficam as conexões da placa de vídeo? Reparem na foto em detalhe que elas não existem. Isso evita que uma conexão que fica muito próxima a um daqueles metais tenha dificuldade de receber um cabo conectado. É um detalhe tão simples de ser removido, mas foi o primeiro modelo que recebemos assim.

Testes
Os testes consistem em medir a temperatura máxima do processador e da placa de vídeo em modo ocioso e rodando alguns games e aplicações. Também fizemos testes overclokando o processador para 4.5GHz e a placa de vídeo para 1100MHz, 100MHz acima de seu clock original. 

Confiram abaixo os testes:

Temperatura CPU
Começamos pelos testes de temperatura do CPU, sendo que as temperaturas foram medidas com o sistema em modo ocioso e rodando o wPrime.

IDLE
O modo IDLE, ou ocioso, consiste em testar a temperatura do sistema quando o mesmo não está executando nada além do Windows aberto, esperando alguma ação do usuário.

Metro Last Light
Rodando um game que exige bastante do sistema, vejam abaixo como foi o comportamento do processador:

wPrime
Por fim, o teste com o wPrime estressa o CPU e todos seus cores, sendo um bom teste para ver como fica a temperatura do processador em uma situação extrema. 

 

Temperatura da Placa de vídeo
Também fizemos testes de temperatura com uma Radeon R9 290X BE da XFX.

IDLE
Primeiro o teste em modo ocioso, com o sistema em espera.

Metro Last Light
Por fim, abaixo as temperaturas da placa de vídeo rodando o game Metro Last Light, que existe bastante do gpu.

Nos últimos anos, as grandes mudanças em gabinetes estão relacionadas ao aumento da qualidade dos componentes, maior facilidade de montagem e organização dos componentes internos, além de diversidade de tamanhos, de modelos extremamente grandes a modelos bastante compactos. A proposta da Cooler Master com o lançamento do MasterCase 5 é uma mudança de conceito de todos os produtos da empresa, com uma estratégia muito interessante. O gabinete MasterCase 5 surge como um produto definitivo. A partir dele o usuário vai comprando novos acessórios com o tempo. Esse modelo visa, principalmente, mudar o visual e se adaptar a novas tecnologias. É o que a empresa chama de "FreeForm" com o conceito "faça você mesmo", seguindo a ideia utilizada em outras linhas de produtos como o famoso LEGO.

Na prática, esse conceito torna possível fazer mudanças visuais em cima de um modelo mais básico. Então o usuário poderá comprar o modelo mais simples e em um segundo momento comprar uma tampa lateral de acrílico, adicionar novas baias para drives 2,5 polegadas e até mesmo mudar o painel de conexões frontais, adicionando conexões USB 3.1 Tipo C por exemplo. Já que a Cooler Master pretende ir lançando novos acessórios para que o usuário não tenha que trocar todo o gabinete apenas para ter novas conexões. A ideia é muito boa, especialmente porque, de acordo com a empresa, uma série de outros produtos vão adotar esse conceito, de fontes de energia a coolers, inclusive liquid coolers.

Todo o projeto do gabinete é muito bom, desde o conceito inicial colocado acima, ao projeto interno, qualidade de materiais e facilidade de montagem do sistema. Envolver especialistas da comunidade de modder´s de gabinetes sempre tende a trazer bons resultados, especialmente quando o projeto envolve muita gente e tem o devido tempo para ser executado. Talvez uma das únicas críticas fica por conta das mainboards suportadas, sendo o tamanho máximo em formato ATX, ou seja, uma placa-mãe em formato E-ATX não poderá ser montada no sistema. Consequentemente, o máximo que é possível utilizar em placas de vídeo combinadas será 3, não é um grande problema para muitos, mas é uma limitação para um gabinete nessa faixa de valor.

Logicamente, um produto desse tipo tende a ter um preço alto. Durante nosso VideoCast, inclusive, foi falado que a empresa esperava lançar por R$500, mas como ele foi gravado antes da crise estourar, a realidade foi outra, com o gabinete chegando por R$650 em seu modelo básico. Por outro lado estamos falando de um lançamento, com o passar do tempo tende a cair de valor, chegando ao que deveria ser seu valor máximo, os R$500 idealizados no início pela CM.

O MasterCase 5 traz um novo conceito aliado à qualidade e experiência da Cooler Master. Com o tempo, sua proposta tende a ficar ainda mais interessante

Nos testes de temperatura, ficou claro que o fato de vir com apenas 2 fans comprometeu um pouco o desempenho dele frente a outras soluções utilizadas, que acompanham maior quantidade de fans e, consequentemente, conseguem dissipar melhor a temperatura interna. Agora, de forma alguma, isso será um problema. Primeiro, porque a diferença é pequena e, segundo, porque quem compra esse tipo de produto não utiliza um cooler box na maioria dos casos. Em nosso, usamos justamente para deixar mais evidente a temperatura gerada internamente. 

Conclusão

 

Avaliação: Cooler Master MasterCase 5

Acabamento e Design
9.0
Funcionalidade
10
Instalação
10
Tamanho
9.0
Preço
6.0

 

PRÓS
Conceito FreeForm, faça você mesmo
Excelente acabamento e qualidade dos materiais
Excelente projeto interno
Possibilidade de comprar acessórios para mudanças visuais e suporte a componentes diferentes
CONTRAS
Não suporta mainboards maiores do que formato ATX
Acompanha apenas 2 fans
Tags
  • Redator: Fabio Feyh

    Fabio Feyh

    Fábio Feyh é sócio-fundador do Adrenaline e Mundo Conectado, e entre outras atribuições, analisa e escreve sobre hardwares e gadgets. No Adrenaline é responsável por análises e artigos de processadores, placas de vídeo, placas-mãe, ssds, memórias, coolers entre outros componentes.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.