ANÁLISE: Asus Z170 MARK1 Sabertooth

Recebemos para análise a placa-mãe Asus Z170 MARK1 Sabertooth, considerada uma das melhores placas do mundo com o chipset Z170, trazendo como destaque projeto que visa dar ao modelo maior durabilidade frente a projetos tradicionais. As placas da linha Sabertooth se destacam pelas suas carcaças reforçadas e acessórios que podem "proteger" praticamente todas as conexões existentes.

Como todas as demais placas com chipset Z170, ela suporta os novos processadores socket LGA 1151, além de também vir com slots para memórias DDR4.

Intel anuncia os processadores Skylake e chipset Z170


Até o dia da publicação da review, não achamos a placa à venda na Newegg e nem na Amazon através de um loja confiável, mas estimamos que seu valor fique pouco abaixo de US$300, considerando modelos de gerações anteriores.

Chipset Intel Z170 Express
No quarto trimestre de 2014 a Intel lançou o chipset X99, primeiro com suporte a memórias DDR4. Só que a linha de chipset "X" é destinada aos produtos mais caros da empresa. Sendo assim, o mercado aguardava com ansiedade a chegada dos chipsets destinados ao segmento abaixo do X99 capazes de usar a nova tecnologia, no caso os chipsets série 100. Isso acontece inicialmente apenas com o modelo topo de linha, os Z170, que entre todas suas características têm como um dos principais destaques trazer o suporte a memórias DDR4 para o restante da linha de processadores da Intel da sexta geração Core, tirando a exclusividade da série Extreme no suporte a nova geração de memórias.

O chipset Intel Z170 Express é destinado às primeiras placas-mãe com slot LGA 1151 e suporte aos processadores Skylake. A nova linha de chipsets aproveita as funcionalidades voltadas para o overclock, como o multiplicador desbloqueado e promessa de melhor experiência em games. Além disso, a linha possui largura de banda de 64 Gbps e suporte nativo ao protocolo NVMe. Na tabela abaixo, é possível ver maiores detalhes técnicos do chipset e do processador topo de linha, o Core i7-6700K.

Reparem que o chipset traz suporte a memórias DDR4 e também DDR3, ficando por conta da fabricando da placa-mãe optar por qual padrão utilizar. Como os formatos são diferentes, só é possível trazer o suporte a uma ou outra versão da tecnologia. Também é possível dedicar dois slots para um padrão e dois para outro, porém as duas tecnologias não podem ser usadas ao mesmo tempo.

Apesar do suporte a DDR3 e DDR4, o fabricante da placa-mãe precisa optar por um ou outro padrão. Também podem existir os híbridos, com metade dos slots DDR3 e metade DDR4, sendo impossível usar as duas tecnologias ao mesmo tempo



- Continua após a publicidade -

Os dois primeiros processadores Skylake anunciados são o Core i7 6700K e o Core i5 6600KOutros modelos da linha Skylake serão lançados em breve pela Intel. Os novos processadores devem estar disponíveis nas próximas semanas em cenário internacional, como sempre demorando um pouco mais para chegar por aqui.

Tecnologias
Abaixo as principais tecnologias da placa:


Thermal Armor
A TUF Thermal Armor é, segundo a Asus, uma espécie de escudo futurista para proteção da placa-mãe. Ele utiliza dois fans para oferecer a melhor circulação de ar possível, com um direcionamento específico para melhorar a refrigeração do slot M.2. Há uma tecnologia de fluxo de ar reverso, que serve para expelir a poeira também.

TUF Fortifier
A promessa da Asus é de que a placa-mãe oferece bastante força e refrigeração através do TUF Fortifier. A backplate é reforçada para que a placa-mãe não se dobre após a instalação de GPUs e coolers de CPUs excessivamente pesados. Segundo a empresa, ela aguenta até 10 kg.

- Continua após a publicidade -

OC Design
A Asus Pro Clock Technology possui um gerador de clock base dedicado (BCLK) projetado para processadores da Intel de 6ª geração, que permite overclock da frequência base da CPU em até 400 MHz.

TUF ICe
O TUF ICe é um processador dedicado que monitora a temperatura da placa e as velocidades dos fans, providenciando o que a Asus promete ser um "refrigeração ultra-precisa". Isso ocorre independente do usuário ajustar as configurações manualmente ou utilizar uma otimização de um clique.

Thermal Radar 2
O Thermal Radar 2 permite que você controle as ventoinhas em placas de vídeo ASUS, assim como as ventoinhas do gabinete. Múltiplos sensores onboard e o cabo termistor incorporado permitem monitorar a temperatura da placa de vídeo e de outros componentes chave em tempo real. Agora, a tecnologia possui 13 conectores de fans, e permite controlar tudo através de um smartphone ou tablet pelo app TUF Detective 2.

Fotos
Como de costume em produtos da linha Sabertooth, a placa usa bastante as cores marrom, cinza, preto e alguns detalhes em amarelo, visando remeter algum equipamento militar. Além das cores, clássicas de todos os produtos da série, a cada nova geração é possível notar que a empresa avança mais nos acessórios para proteger todos os componentes da placa, sendo possível "fechar" praticamente todas as conexões, de memórias a portas USB no PCB e todas as conexões do painel traseiro.

Para manter o uso de botões que ficam no PCB da placa, a empresa adotou adaptações na carcaça, como é o caso do "MEM OK" como é possível ver em uma das fotos.

- Continua após a publicidade -


8+4 controlador de fases junto com tecnologia Digital fazem dela uma boa opção para quem pretende fazer overclock no sistema. Ainda acompanham a placa dois FANs, um posicionado no painel traseiro e outro logo abaixo do socket do CPU. Esses FANs visam melhorar a dissipação do calor que fica por baixa da carcaça protetora, que possui alguns orifícios para melhor circulação do ar, ficando a critério do usuário se ficam abertas ou fechadas para evitar entrada de poeira.

Já nas fotos abaixo é possível ver o painel de conexão traseiro, com destaque para um espaço vazio atrás do botão "BIOS", onde pode ser instalado um FAN que ajuda a dissipar o calor dos componentes sobre a carcaça protetora. Outro destaque está nas conexões USB 3.1, uma tipo A e outra tipo C logo abaixo.

BIOS
Como já destacamos em uma série de análises de placas-mãe da Asus, a empresa tem a melhor BIOS entre as principais fabricantes do mercado, tanto no que diz respeito a interface, quanto na disposição das opções, que, dependendo a fabricante, confundem bastante na hora da localização, o que é muito ruim para opções simples como as da BIOS de uma mainboard.


Sistema utilizado
Abaixo, detalhes sobre o sistema utilizado para os testes. Antes, mais algumas fotos do processador e sistema com cooler e memórias:

Máquinas utilizadas nos testes:
Todas os sistemas utilizaram os mesmos hardwares para os testes:

- Processador: Intel Core i7-6700K
- Placa de vídeo: NVIDIA GeForce GTX 980 Ti (referência)
- Memórias: 8 GB Kingston HyperX Predator 3000MHz (2x4GB)
- SSD: Kingston HyperX Savage 240GB Sata 6Gb/s
- HD: Seagate Barracuda 2TB 7200RPM Sata 6Gb/s
- Cooler: Noctua NH-U12S / Cooler BOX
- Fonte de energia (PSU): XFX ProSeries 1000W PSU

Sistema Operacional e Drivers:
- Windows 10 64 Bits com Updates
- Intel INF 10.0.27
- GeForce 355.82
- Intel HD Graphics Driver 15.40.5.1.4274

Aplicativos/Games:
- AIDA 5.xx
- AS SSD Benchmark 1.8.x
- CPU-Z Bench
- wPrime 2.10
- WinRAR 5.21

- 3DMark (DX11)
- Bioshock Infinite (DX11)
- Metro Last Light (DX11)

CPU-Z e GPU-Z
Abaixo, telas do CPU-Z e GPU-Z mostrando detalhes da placa-mãe e sistema utilizado nos testes.


Overclock
O overclock do sistema foi através do perfil de 4.7GHz disponível na BIOS, que overclockou também o vídeo integrado. Já as memórias estão em seu perfil XMP máximo, 3000MHz. No modelo Z170-Deluxe da Asus colocamos um perfil que overclockou 2 dos 4 cores para 4.8GHz. Nesse modelo, o perfil de 4.8GHz não manteve o sistema estável, provavelmente devido necessidade de aprimoramentos no próprio perfil.

Abaixo a tela do CPU e GPU-Z mostrando o clock alcançado, sendo que as memórias utilizam seu perfil XMP máximo, 3000MHz.

Consumo de energia
Fizemos os testes do sistema em modo ocioso e rodando o 3DMark, aplicativo que exige bastante do sistema.

IDLE (Sistema ocioso)
Começamos pelo teste com o sistema em modo ocioso.


Rodando o 3DMark
Quando colocamos os sistema com vídeo integrado rodando o 3DMark, temos os consumos abaixo:

Testes de desempenho
Abaixo temos uma série de testes de desempenho com o sistema, comparando a placa com outros modelos do mercado utilizando os mesmos componentes e fazendo exatamente os mesmos testes, com exceção de overclock, que é diferente em cada placa-mãe/sistema.


AIDA64
Iniciamos os testes de desempenho em aplicações com o AIDA64 e seu teste de memórias, mostrando o resultado de latência, confiram:


AS SSD Benchmark
Dando sequência, abaixo um teste de desempenho do mesmo SSD utilizado em todas as placas:

CPU-Z Bench
Abaixo o resultado do teste "Multi Thread" do aplicativo CPU-Z.


wPrime
Rodando o wPrime, teste que estressa todos os cores do processador, temos os resultados abaixo:

WinRAR
Outro bom teste para medir o comportamento do processador é o WinRAR, que consegue fazer bom uso de todos os cores.

3DMark
Começamos nossos testes com foco em vídeo com o 3DMark, mas por enquanto com a placa de vídeo dedicada.

Metro Last Light
Para finalizar fizemos mais um teste em games com a placa de vídeo dedicada, agora com o Metro Last Light.

3DMark
Também fizemos testes para medir o desempenho do vídeo integrado, confiram abaixo o comportamento rodando o 3DMark.

BioShock Infinite
Por fim, mais um teste com o vídeo integrado, agora com o game "Bioshock Infinite".

Todos os modelos de placas-mãe com chipset Z170 que recebemos até o momento são destinadas a usuários entusiastas, que procuram produtos de alta qualidade com o que existe de melhor em tecnologias para essa plataforma. A Asus Z170 MARK1 Sabertooth é outro produto com esse perfil, desenvolvida com acabamento de primeira, visual imponente, materiais que prometem um produto da mais alta durabilidade, com os principais recursos que a plataforma oferece.

Logo de inicio o que chama mais atenção é seu visual e carcaça devido o modelo ser da linha Sabertooth, que busca entregar um produto com durabilidade acima de qualquer outro modelo disponível. A proteção metálica chama bastante a atenção por cobrir boa parte da placa, além de ser feita com material altamente resistente. Outro detalhe que chama a atenção é a quantidade de acessórios para "cobrir" quase todas as conexões disponíveis. Isso no PCB, nos slots PCI, slots dos módulos de memória ou mesmo conexão USB, como todas as conexões do painel traseiro.

Outro ponto bastante favorável é a quantidade de tecnologias oferecidas pelo modelo, com as principais conexões de armazenamento, incluindo M.2 e uma placa PCI-Express, além de Sata Express. Como o drive M.2 pode ficar "escondido" por baixo da carcaça a Asus não adicionou aos acessórios o adaptador M.2 para U.2, mas não acreditamos ser um contra já que esse tipo de conexão deve demorar a vingar e mesmo assim não tende a ser mais utilizada que as demais já disponíveis, especialmente a M.2.

Seu desempenho em overclock foi bom, mantendo o Core i7-6700K estável em 4.7GHz através do perfil disponível na própria BIOS da placa, mas também oferece uma série de opções avançadas para usuários entusiastas nessa prática, contando com 8+4 controladores de fases digitais.

O som leva o selo Crystal Sound 3, assim como em outros modelos topo de linha da Asus, sendo baseado no chipser Realtek ALC1150 de 8 canais. A placa ainda traz outras tecnologias já comuns em modelos de mesmo segmento, como USB 3.1 com conexão tipo A e C.

Não achamos o preço da placa em cenário internacional, mas deve ficar na casa de US$ 300, normal para essa linha da empresa. Se superar a Z170-Deluxe, recomendaríamos esse último modelo por trazer mais tecnologias, a não ser que o foco seja mesmo em um produto mais duradouro ou caso seu visual reforçado faça sua preferência, sendo esse o grande destaque da Z170 MARK1.

Placa-mãe está entre as mais duráveis do mundo, com destaque para seus componentes e projeto que visa proteger quase todas as conexões disponíveis

Conclusão

 

Avaliação: Asus Z170 MARK1 Sabertooth

Tecnologias
9.5
Acabamento
10
Overclock
9.5
Performance
10
Preço
8.0

PRÓS
Ótimo acabamento e visual imponente
Componentes de alta qualidade e durabilidade
Suporte a memórias DDR4
Suporte a múltiplas placas de vídeo
Bios com ótima interface e bons perfis de overclock
Suporte as principais tecnologias da plataforma
Bom sistema de som
CONTRAS
Sem adaptador U.2 e sem conexão WiFi+Bluetooth
Difícil de ser encontrada a venda
Tags
  • Redator: Carlos Felipe Estrella

    Carlos Felipe Estrella

    Apaixonado por games desde os 6 anos de idade, quando ganhou um Playstation 1. Em 2005 migrou para o PC, e aí começou a se interessar por tecnologia. Formado jornalismo na Universidade Federal de Santa Catarina.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.