ANÁLISE: Apple iPhone 6

ANÁLISE: Apple iPhone 6

O iPhone 6 não é só o mais novo smartphone top de linha da Apple, mas também é um aparelho de referência em todo o segmento. Cada nova edição dele tem um nome pelo qual zelar e toneladas de expectativas para alcançar. E como se saiu o iPhone 6 nessa situação? Veja nossa anÁlise para saber!

Vídeo: Todos os smartphones topo de linha analisados no menor tempo possível

Como sempre, para definir o segmento onde o iPhone 6 se insere, recorremos ao seu preço, justamente o "calcanhar de Aquiles" deste excelente aparelho. Confira na tabela abaixo. 



LG G3


Galaxy S5


Xperia Z3
Compact

Moto Maxx


iPhone 6

Processador (CPU)
Snapdragon 801,
quad-core, 2.5GHz
Snapdragon 801,
quad-core, 2.5GHz
Snapdragon 801,
quad-core, 2.5GHz
Snapdragon 805,
quad-core, 2.7GHz
A8 (64 bits) e M8, dual-core, 1.4Ghz
Chip GrÁfico (GPU)
Adreno 330 Adreno 330 Adreno 330 Adreno 420 PowerVR GX6450
Armazenamento
16/32GB (interna)
+ 128GB (microSD)
16/32GB (interna)
+ 128GB (microSD)
16/32GB (interna) +
128GB (microSD)
64GB (interna)
16/64/128 GB (interna)
Memória RAM
2/3GB 2GB 3GB 3GB 1GB
Sistema operacional
Android 4.4.2
Android 4.4.2 Android 4.4 Android 4.4.4
iOS 8
Câmeras
Traseira 13MP /
Frontal 2.1MP
Traseira 16MP/
Frontal 2MP
Traseira 20.7MP /
 Frontal 2.2MP
Traseira 20.7MP /
Frontal 2MP
Traseira 8MP /
Frontal 1.2MP
Tela
IPS LCD 5.5''
(1440 x 2560)
Super AMOLED 5.1"
 (1080 x 1920)
LED IPS LCD 4.6''
(720 x 1280)
AMOLED 5.2''
 (1440 x 2560)
LED IPS 4.7''
 (750 x 1334)
Dimensões
146.3 x 74.6 x 8.9 mm 142.0 x 72.5 x 8.1 mm 127.3 x 64.9 x 8.6 mm 73,3 x 143,3 x 8,3-11,2 mm 138.1 x 67 x 6.9 mm
Peso
149g 145g 129g 176g 129g
Dual-SIM
Li-Ion 3000 mAh Li-Ion 2800 mAh Li-Ion 2600 mAh Li-Po 3900 mAh Li-Po 1810 mAh
LTE
TV Digital
Resistência
À prova d'Água e poeira
À prova d'Água e poeira
Resistência à Água

Preço (22/12)
R$1.699,00 R$1.699,00 R$1.699,00 R$2.399,00 R$3.499,00

Logo de cara dÁ pra ver que esse não é o maior atrativo do iPhone 6, mas vamos tratar melhor do preço mais tarde. Vamos começar falando da maior diferença dele em relação ao 5S, seu design.

Design

- Continua após a publicidade -

O desenho mais bonito do ano, com acabamento impecÁvel e muito conforto no uso

A qualidade do acabamento do iPhone 6 fica evidente logo que se pega o aparelho na mão. Seu corpo em metal extremamente fino (apenas 6,9mm de espessura) e bordas arredondadas proporcionam uma pegada muito confortÁvel. Seu peso é o ideal: leve o suficiente para não incomodar e pesado o suficiente para não parecer que é de brinquedo.

É evidente a qualidade do acabamento em alumínio logo que se pega no aparelho, que tem, possivelmente, o design mais bonito do ano.

A câmera nessa versão do iPhone ficou um pouco protuberante, o que não é uma vantagem. Não chega a chamar muito a atenção, mas no design fino e elegante do aparelho, não combina. 

 

A opção da Apple em não abandonar o botão físico da home também acaba sendo bem-vinda. Além dele não prejudicar o design do aparelho, ainda serve à funcionalidade do reconhecimento das impressões digitais do usuÁrio, que serÁ comentado mais abaixo. Mas uma coisa não pode deixar de ser citada: Não importa quantas opções de conectividade são criadas e incorporadas ao aparelho, uma simples entrada USB ainda faz falta.

O design do aparelho foi considerado por muitos uma retomada às suas primeiras versões, por reincorporar as bordas arredondas. Isso é, em parte, verdade, mas no comparativo da evolução do smartphone abaixo, fica perceptível que ele estÁ muito mais próximo do 5S do que de seus irmãos mais velhos.

Ordem: iPhone 3, 4S, 5S e 6 

- Continua após a publicidade -

Desempenho

Menos RAM, menos núcleos, mais desempenho

Entusiastas de números ficaram decepcionados ao saber que o iPhone 6 viria com um A8 dual-core clockado em apenas 1,4GHz. Apenas 1GB de RAM também não traz muito destaque para o aparelho quando o assunto é somente valores. Mas números não são tão importantes quanto o desempenho final, e os benchmarks não mentem.

Tanto o iPhone 6 como o 6 Plus têm o melhor desempenho entre seus rivais no Basemark e no AnTuTu, ganhando até do parrudo Moto Maxx, ficando pra trÁs apenas no 3D Mark. Para além dos grÁficos, é possível dizer que a experiência do uso deles em nada deixa a desejar, mesmo em aplicativos mais exigentes de grÁficos 3D. A performance é fluida e sem travamentos, sendo inclusive o smartphone que melhor alterna entre diferentes aplicativos, sem engasgos. A tela é extremamente responsiva e os comandos pelo toque se dão de maneira completamente natural.

Tanto o iPhone 6 como o 6 Plus têm o melhor desempenho entre seus rivais no Basemark e no AnTuTu, ganhando até do parrudo Moto Maxx.

Mas, como jÁ é típico da Apple, esse brilho fica um pouco apagado quando começamos a falar de autonomia.

- Continua após a publicidade -

O iPhone 6 e o 6 Plus tiveram as piores autonomias de nossos testes, sendo que o iPhone 6 perdeu pro seu irmão maior ainda. Claro que o tamanho do Plus permite incluir uma bateria maior e, consequentemente, com mais autonomia. Mas a tela maior também consome mais energia, logo, ao que tudo indica, mesmo uma tela menor não compensa a redução no tamanho da bateria.

Atualmente estamos acostumados a carregar nossos smartphones todos os dias e usuÁrios que não exigem muito dos seus aparelhos não terão problemas com a baixa autonomia do iPhone. Mas quem faz uso intenso de seu smartphone precisa ficar esperto com o consumo da bateria, ou no fim do dia pode acabar carregando um peso de papel de mais de R$ 3.000 até encontrar uma tomada.

Câmera e Tela

Câmera rÁpida e eficaz e tela com cores bonitas, mas baixa resolução

Ao abrir a câmera do iPhone 6 logo de cara se percebe uma das maiores vantagens dela: a velocidade com que se inicia. Conforme são lançados novos smartphones, suas câmeras ficam cada vez melhores, proporcionando imagens com melhor resolução e aproveitamento de luz, mas são poucos os que se preocupam com a velocidade que a câmera leva para abrir. Ter uma câmera que se inicia rapidamente é uma grande vantagem principalmente para aqueles momentos em que devemos ser rÁpidos na foto, e nesse quesito, o iPhone 6 deixa seus concorrentes no chinelo.

E a rapidez com que o aparelho da Apple captura a foto também impressiona. Você apertou, mal tirou o dedo e a imagem jÁ estÁ arquivada. Eficiência não vista na maioria dos smartphones Android, muito menos nos da linha Lumia, que levam um tempinho para focar. 

A qualidade das fotos tiradas também não deixa a desejar. Na comparação abaixo dÁ pra perceber que ele não alcança um Moto Maxx, que tem mais de 20MP, mas bate o LG G3 e se equipara ao Xperia Z3 mesmo tendo menos megapixels. São 8MP (contra 13MP do LG G3) com resolução de 3.264 x 2.448p e o ótimo balanço de cores permite boas imagens mesmo com pouca luz, mas, só pra garantir, ainda hÁ um flash dual LED.

Boa luz: 

Pouca luz:

Ordem: iPhone 6, Moto Maxx, Galaxy S5 e G3

A tela, que cresceu bastante em relação à sua versão anterior, indo para os 4,7'', tem cores vivas e bonitas, com boa iluminação. A tecnologia é LED IPS e, nesse caso, diferente da câmera, os números importam. Sua resolução de 750 x 1334p não chega a desagradar, mas é visível a diferença em relação a concorrentes com telas superiores, como o LG G3 e o Moto Maxx.

Funcionalidades

Interessantes, mas a melhor de todas, o Apple Pay, ainda não veio pra cÁ 

O iPhone 6 não mostra uma evolução grande em suas funcionalidades em relação ao seu antecessor, especialmente no Brasil, onde o Apple Pay ainda não estÁ disponível. A Apple estÁ se esforçando para emplacar seu HealthKit, mas o aplicativo vai ficar mais interessante quando puder ser usado junto com o Watch.

O destaque das funcionalidades aqui é o que jÁ apareceu primeiro no iPhone 5, o TouchID, que possibilita desbloquear seu smartphone e confirmar ações financeiras através do reconhecimento da impressão digital do usuÁrio. O recurso funciona muito bem, sem problema algum na leitura das digitais, como muitas vezes encontramos nesse tipo de sistema. O desbloqueio do celular se dÁ quase de maneira imediata, e o funcionamento é tão satisfatório que o usuÁrio muitas vezes (se não sempre) vai preferir o TouchID do que ficar digitando sua senha.

A câmera também tem seus recursos extras, como diversos filtros para as fotos e a possibilidade de filmar nos dois extremos da velocidade: o Time Lapse, que faz aquelas imagens aceleradas que transforma vÁrias horas em minutos, e a câmera lenta, que faz o que o nome diz. O iPhone 6 executa os dois recursos com maestria, apesar da perda de qualidade no vídeo final.

Conclusão

Avaliação: Apple iPhone 6

Design
10.0
Desempenho
10.0
Funcionalidades
8.0
Câmera
9.0
Preço
3.0
O iPhone 6, como era de se esperar, é um excelente aparelho. Uma vez que você o tem em mãos a qualidade do acabamento e a excelente performance tornam-se facilmente evidentes. Recursos extras como o TouchID e, quem sabe, o Apple Pay um dia, dão maior identidade e agregam valor ao aparelho. Todas as suas vantagens compensam sem dificuldade sua baixa autonomia, que é um ponto negativo, mas não o bastante para ofuscar o brilho desse smartphone.

Pelo seu ótimo design e acabamento de qualidade incrível, o iPhone 6 até justificaria ser o smartphone mais caro do segmento, mas não tão mais caro assim.

Então o iPhone 6 vale muito a pena, certo? Errado. Todo smartphone estÁ atrelado a uma característica impossível de ser ignorada, e o iPhone tem nela a sua pior desvantagem: o preço. Essa anÁlise, até aqui, traz as características do aparelho por si só, mas para se ter um desses em mão o usuÁrio vai precisar desembolsar, no mínimo, R$ 3.499 (valor revisado este ano), para a versão de 16GB. Fica difícil recomendar um aparelho que custa quase o dobro do que o salÁrio médio do brasileiro (imagine o mínimo). O Moto Maxx, que é um aparelho melhor em diversos aspectos, estÁ saindo por R$ 2.399 (valor oficial), a diferença é absurda. Pelo seu ótimo design e acabamento de qualidade incrível, o iPhone 6 até justificaria ser o smartphone mais caro do segmento, mas não tão mais caro assim. Nada justifica esse valor.

PRÓS
Ótima performance e desempenho
Design mais bonito do ano
Câmera muito boa e muito rÁpida
TouchID é um excelente diferencial
CONTRAS
Pior autonomia da categoria
Preço absurdamente alto
Assuntos
Tags
  • Redator: João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira

    João Gabriel Nogueira se formou em jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC) em 2015 e curte games desde muito antes. Começou com o Master System e o gosto pelos jogos eletrônicos trouxe o gosto pela tecnologia. Escrever notícias e análises de jogos, hardware e dispositivos móveis para o Adrenaline, além de trabalho é uma alegria e um aprendizado.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.