ANÁLISE: Motorola Moto X 2014

ANÁLISE: Motorola Moto X 2014

Depois do sucesso que o Moto X primeira geração fez aqui na redação, levando inclusive o título de Android mais Ágil e inteligente testado até então, estÁvamos ansiosos pela chegada do Moto X 2014, que começou a ser vendido no Brasil em setembro deste ano por R$1.500,00 – o mesmo valor de lançamento da versão anterior. A expectativa era grande porque o aparelho ganhou mais processamento, uma tela maior e com mais resolução. Concluímos que a Lenovo fez bem à Motorola e que o aparelho amadureceu ainda mais. O Moto X 2014 continua Ágil e inteligente.

Vídeo: Todos os smartphones topo de linha analisados no menor tempo possível

Especificações e Comparativo



LG G3

Galaxy S5

Xperia Z3

Moto X 2014
Processador (CPU)
Snapdragon 801,
quad-core, 2.5GHz
Snapdragon 801,
quad-core, 2.5GHz
Snapdragon 801,
quad-core, 2.5GHz
Snapdragon S801,
quad-core, 2.5GHz
Chip GrÁfico (GPU)
Adreno 330 Adreno 330 Adreno 330 Adreno 330
Armazenamento
16/32GB (interna)
+ 128GB (microSD)
16/32GB (interna)
+ 128GB (microSD)
16/32GB (interna) +
128GB (microSD)
32GB (interna)
Memória RAM
2/3GB 2GB 3GB 2GB
Sistema operacional
Android 4.4.2
Android 4.4.2 Android 4.4 Android 4.4.4
Câmeras
Traseira 13MP /
Frontal 2.1MP
Traseira 16MP/
Frontal 2MP
Traseira 20.7MP /
 Frontal 2.2MP
Traseira 13MP /
Frontal 2MP
Tela
IPS LCD 5.5''
(1440 x 2560)
Super AMOLED 5.1"
 (1080 x 1920)
LED IPS LCD 5.2''
(1080 x 1920)
AMOLED 5.2''
 (1920 x 1080)
Dimensões
146.3 x 74.6 x 8.9 mm 142.0 x 72.5 x 8.1 mm 146 x 72 x 7.3 mm 71,99 x 139,71 x 9,97 mm
Peso
149g 145g 152g 144g
Dual-SIM
Li-Ion 3000 mAh Li-Ion 2800 mAh Li-Ion 3100 mAh Li-Po 2300 mAh
LTE
TV Digital
Resistência
À prova d'Água e poeira
À prova d'Água e poeira
Preço (06/11)
R$1.699,00 R$1.699,00 R$2.100,00 R$1.499,00

Design e tela
No início, eu fui resistente ao design do Moto X. Achava que ele possuía "detalhes de Itu" na câmera e no logo da Motorola na parte traseira e nos sensores frontais. Depois, o aparelho acabou me ganhando e acostumei com essas características. Agora, até acho o smartphone bonito. Mas tudo depende da customização do aparelho, claro. O que analisamos tem a traseira de bambu. É bonita, diferente e descolada. Para os mais tradicionais, hÁ umas cores mais neutras. E se a Motorola não fosse vacilona, ela disponibilizaria o Moto Maker no Brasil. Pelo site, o usuÁrio pode customizar vÁrios detalhes do aparelho. Não temos isso por enquanto.

- Continua após a publicidade -

No mais, o acabamento é de qualidade, com bordas de metal e sem muito espaço sobrando na tela. Falando na tela, ela ganhou 0,5 polegadas a mais que o primeiro Moto X (agora são 5,2 polegadas). Resistente graças à tecnologia Gorilla Glass 3, outra novidade é a resolução Full HD e a densidade de pixels de 424 ppi. Pense numa tela boa. Por mais que você vire o aparelho, não hÁ distorção das cores que são fieis, nítidas e com um contraste muito bom. TÁ ótimo para assistir a filmes e aproveitar os grÁficos dos games.  Outro ponto positivo é que ficam poucas marcas de digitais no vidro. Algo que incomoda um pouquinho nos aparelhos da linha Xperia, por exemplo.


Câmera e Multimídia
O Moto X 2014 tem uma câmera traseira de 13MP. Em condições ideais de luz, faz fotos à altura da resolução, com cores bem definidas, saturação ideal e um contraste muito bom. Mas peca ao granular a imagem. Essa granulação se acentua ao tirar fotos em ambientes mais escuros. A estabilização também não é boa e, na hora de utilizar o flash, o resultado é uma foto um pouco lavada, mas que quebra um galho. Ao fazer vídeos, a qualidade é boa, dentro do que um smartphone consegue fazer, mas o autofoco se perde com frequência. Um recurso legal do Moto X, é que basta girar o pulso duas vezes para que a câmera abra. A melhor saída para os momentos mais apressados.


A câmera frontal possui 2MP. O que vale a pena falar dela é que ao pedir para o Google Now tirar uma selfie, ela abre sozinha e inicia uma contagem regressiva pra bater a foto. A qualidade tÁ na média oferecida pelas câmeras frontais.

Funcionalidades e Desempenho
O Moto X não oferece mil recursos inúteis como muitos aparelhos por aí (oi, Galaxys). Mas o pouco que ele oferece, tem utilidade. Não fica nada sobrando. Os dois mais legais são o Google Now personalizado, que ativa mesmo com a tela travada ao ouvir o comando, e a tela de descanso que percebe a sua presença e mostra as notificações e hora sem que você pressione qualquer botão. Porém, o Google Now causou certa estranheza ao ficar meio lento em alguns momentos e demorar para executar as ações. Mesmo assim, acostumei com essas funções e senti muita falta depois que voltei pro meu smartphone.

- Continua após a publicidade -

A não existência de firulas desnecessÁrias ajuda no desempenho do aparelho. Ele consegue rodar o que precisa (e quando precisa) sem travamentos, graças ao processador Snapdragon S801 de 2,5GHz e à memória RAM de 2GB. Esse desempenho potente é confirmado em nossos benchmarks, nos quais o aparelho só fica atrÁs do Moto Maxx.



E se engana quem pensa que o processador potente deixa o Moto X com menor autonomia de bateria. O aparelho não precisa ser carregado todo dia. Ele dura, tranquilamente, quase dois dias inteiros com WiFi, 3G e brilho mÁximo da tela ativados. Fizemos um teste de autonomia da bateria e ele ficou em quarto. Olha:

Conclusão

Avaliação: Motorola Moto X 2014

Design
9.0
Desempenho
10.0
Funcionalidades
9.5
Câmera
7.5
Preço
8.5


O Moto X 2014 é bonito, com uma tela muito boa, um design que pode ser despojado ou discreto, dependendo da capa traseira, e tem desempenho superior aos atuais smartphones topo de linha com sistema Android. E o melhor, é que ele custa R$1.500,00 por tudo o que oferece. Mesmo que a câmera não seja a melhor, ela tÁ mais que suficiente para quem não é entusiasta de fotografia. Sem falar nas funcionalidades do Google Now, na tela que acende quando você tira o aparelho do bolso ou aproxima a mão do smartphone e na bateria que não acaba até o fim do dia. Todas essas características tornam o aparelho muito prÁtico e eficiente, fazendo com que ele seja considerado por nós, do Adrenaline, o melhor smartphone Android que analisamos em 2014.

O Moto X 2014 é o melhor smartphone Android testado pelo Adrenaline em 2014

- Continua após a publicidade -


PRÓS
Bonito e com acabamento de qualidade
Google Now personalizado
Tela que acende com movimentos
Ótimo desempenho
Boa autonomia de bateria
Boa tela
Preço
CONTRAS
Customização poderia ser melhor caso o Moto Maker existisse no Brasil
Câmera deixa a desejar
Assuntos
Tags
  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.