ANÁLISE: Sony Xperia Z3

ANÁLISE: Sony Xperia Z3

O Xperia Z3 é o atual topo de linha da Sony, com evoluções pontuais em relação ao Z2. O aparelho segue com um design que remete as linhas gerais que jÁ vemos na linha "Z", mas com pequenos ajustes e evoluções bastante interessantes, como um novo acabamento nas laterais e um perfil mais fino.

Vídeo: Todos os smartphones topo de linha analisados no menor tempo possível



LG G3

Galaxy S5

Xperia Z3

Moto Maxx
Processador (CPU)
Snapdragon 801,
quad-core, 2.5GHz
Snapdragon 801,
quad-core, 2.5GHz
Snapdragon 801,
quad-core, 2.5GHz
Snapdragon 805,
quad-core, 2.7GHz
Chip GrÁfico (GPU)
Adreno 330 Adreno 330 Adreno 330 Adreno 420
Armazenamento
16/32GB (interna)
+ 128GB (microSD)
16/32GB (interna)
+ 128GB (microSD)
16/32GB (interna) +
128GB (microSD)
64GB (interna)
Memória RAM
2/3GB 2GB 3GB 3GB
Sistema operacional
Android 4.4.2
Android 4.4.2 Android 4.4 Android 4.4.4
Câmeras
Traseira 13MP /
Frontal 2.1MP
Traseira 16MP/
Frontal 2MP
Traseira 20.7MP /
 Frontal 2.2MP
Traseira 20.7MP /
Frontal 2MP
Tela
IPS LCD 5.5''
(1440 x 2560)
Super AMOLED 5.1"
 (1080 x 1920)
LED IPS LCD 5.2''
(1080 x 1920)
AMOLED 5.2''
 (1440 x 2560)
Dimensões
146.3 x 74.6 x 8.9 mm 142.0 x 72.5 x 8.1 mm 146 x 72 x 7.3 mm 73,3 x 143,3 x 8,3-11,2 mm
Peso
149g 145g 152g 176g
Bateria
Li-Ion 3000 mAh Li-Ion 2800 mAh Li-Ion 3100 mAh Li-Po 3900 mAh
LTE
TV Digital
Resistência
À prova d'Água e poeira
À prova d'Água e poeira
Resistência à Água
Preço (18/11)
R$1.499,00 R$1.699,00 R$1.999,00 R$1.999,00

Fino e elegante

- Continua após a publicidade -

O Xperia Z3 traz melhorias pontuais  bastante interessantes em relação ao modelo anterior. A Sony reduziu as bordas em torno da tela, o que significa que este modelo é menor que o Z2, mantendo ao mesmo tempo as 5.2" de display. Seu peso e espessura também foram reduzidos em 11 gramas e 1 milímetro, diferenças que são perceptíveis assim que pegamos o Z3.

Lançado poucos meses após o Z2, a estrutura do Z3 é bem próxima a que vemos no modelo anterior: as bordas são em alumínio, enquanto a capa traseira é em vidro temperado. Este material não estÁ entre meus favoritos por dois motivos: ele é liso, comparado a outros com texturas e é mais frÁgil, razões que fizeram outras fabricantes como Apple (iPhone 4 e 4S) e LG (Nexus 4) a abandonar o uso deste material.

Felizmente, mesmo após uma queda, a traseira do Z3 passou intacta, o que dÁ uma certa sensação de resistência. O vidro temperado tem se mostrado resistente mesmo guardado em bolso junto com chaves, e nosso modelo de testes estÁ livre de riscos - coisa que o Z2 não conseguia.

O Z3 estÁ entre os designs mais bonitos, finos e leves em smarthpones disponíveis. Porém sua traseira "reta" e com acabamento em vidro temperado torna sua pegada menos firme que a de concorrentes.

 

A grande diferença na ergonomia do Z3 fica por conta de suas laterais em alumínio, que ganharam um formato mais arredondado. Esta alteração trouxe duas mudanças positivas: reduziu o estilo "quadradão" que víamos no Z2 e melhorou muito a pegada do aparelho. Mesmo com o acabamento em vidro na parte traseira, este aparelho fica firme na mão, mérito das laterais em alumínio. Este fator, somado a seu peso e tamanho, tornam o Z3 um smartphone confortÁvel de se usar. Um aspecto é importante: por ter uma traseira "reta", ele é menos ergonômico e "encaixado na mão" que aparelhos como o G3 e o Maxx, que ganham uma empunhadura melhor ao trazer o formato arredondado na capa traseira.

 

A tela é um grande destaque do Z3. A Sony colocou sua experiência com monitores neste display, que vem com tecnologias como o Triluminos. A tela deste Xperia tem ótimos ângulos de visão, luminescência acima de 600 nits - mais que o suficiente mesmo para lugares muito claros - e excelentes contrastes. Talvez a característica mais notÁvel seja a precisão das cores: colocado lado a lado com aparelhos como o Moto Maxx, fica evidente como os balanços das cores são muito mais acurados no Z3.

Apesar de não bater concorrentes em resolução e densidade de pixels, a ótima luminescência e a precisão das cores tornam esta tela superior a dos rivais

 

- Continua após a publicidade -

A única desvantagem, comparado a concorrentes como o G3 e o Moto Maxx, é a resolução de tela. Enquanto os concorrentes da LG e Motorola jÁ partiram para o QuadHD (1440 x 2560), o Z3 ficou em "apenas" FullHD (1080x1920), o que resulta em uma menor densidade de pixels. Em termos prÁticos, porém, a diferença entre as duas resoluções de tela, em um display compacto de 5", representam pouco benefício ao consumidor, e FullHD é mais que o suficiente para uma densidade de pixels excelente.


Boa performance e autonomia

O Z3 jÁ não estÁ mais no topo do benchmarks. Seu chip Qualcomm Snapdragon 801 e GPU Adreno 320 jÁ possuem verões mais recentes, como o Snapdragon 805 e o Adreno 420, presentes no Moto Maxx.

O chip menos potente resultou em um dos melhores scores que jÁ avaliamos. Ficou em par com o modelo anterior - o esperado, jÁ que possuem hardware semelhante - mas abaixo do Maxx e seu chip "novinho em folha". Comparado aos componentes de última geração, o Z3 ficou 15 a 20% abaixo, algo que irÁ chatear os fãs de benchmarks mas que no uso diÁrio não representa nenhum benefício. O Xperia Z3 é um aparelho eficiente e com uma navegação muito fluída, com rapidez na hora de alternar entre aplicativos e nenhum engasgo aparente.

- Continua após a publicidade -

O Xperia Z3, assim como jÁ era o Z2, é um aparelho excelente em duração de bateria. Ele passou raspando no Moto Maxx, um concorrente com uma bateria bem mais robusta, e entrega autonomia de um dia mesmo sob uso muito intenso - todos os sensores ativos, brilho de tela no mÁximo e muita navegação e streaming de conteúdo - e tranquilamente dois dias com consumo moderado. Ativando o sofware Stamina, de acordo com a "agressividade" que você configurÁ-lo, dÁ para ir para o terceiro dia "liso", sem precisar do carregador.

A performance do Xperia Z3 estÁ entre as mais potentes que jÁ testamos, e a bateria também estÁ entre nossos melhores resultados

 


O que hÁ de melhor em câmera

Assim como na tela, na câmera a Sony tem a vantagem de trazer o seu "know-how" de suas câmeras point-and-shoot e profissionais para o Xperia Z3. Como jÁ observamos em outros produtos da empresa, as câmeras dos smartphones Sony estão entre as melhores disponíveis no mercado.

Com um sensor de 20 megapixel de resolução, o Z3 consegue capturar ótimas fotos, com muitos detalhes e excelente equilíbrio de cores.


Boa iluminação: Z3, Moto Maxx e Lumia 930 


Pouca iluminação: Z3, Moto Maxx e Lumia 930 


Macro: Z3, Moto Maxx e Lumia 930 

Um bom adicional da Sony neste campo acontece no software. A empresa trouxe um com grau de funções para seu aplicativo de câmera, que inclui desde modos especializados para situações como fotos noturnas até coisas mais "elaboradas", como o uso de realidade aumentada ou renderização de efeitos em tempo real, em vídeos - que resulta em coisas bastante divertidas. Falando em vídeos, o Z3 jÁ é capaz de capturar vídeos na resolução 4K, possui um som estéreo e só fica devendo um elemento muito útil para vídeos: a estabilização óptica (OIS), que ajuda bastante para evitar que os vídeos fiquem muito tremidos. É um recurso ainda pouco comum, mas jÁ presente em alguns aparelhos como o Lumia 930 e o iPhone 6 Plus.

Outro detalhe é o flash. As luzes auxiliares em smartphones dificilmente fazem milagre, mas neste aspecto o Z3 fica abaixo de concorrentes ao utilizar apenas um flash simples de LED, enquanto a maioria dos outros modelos apostam em um flash duplo e até mesmo hÁ casos com o mais potente Flash Xenon, caso do Lumia 1020.

A câmera estÁ entre as melhores disponíveis no mundo Android, com alta resolução e bom balanço de cores. Fica devendo estabilização óptica (OIS) e um flash mais potente.

  

Além da falta do OIS, meu outro porém é o modo "manual": enquanto smartphones como os da linha Lumia dão acesso a ajustes em tempo de exposição e foco manual, o "modo manual" do Xperia Z3 se limita a deixar livre o ajuste da exposição e o balanço de branco. É algo que farÁ falta apenas entre os entusiastas de fotografia, mas que não deixa de ser uma possibilidade a menos.


Apps adicionais interessantes

A Sony tem um histórico de mexer bastante na interface do Android, buscando agregar diferenciais. Algumas adições são muito bem-vindas, como o software do Playstation, que permite uma série e ações remotas entre o seu smartphone e console. O LifeLog se integra com a SmartBand para passar relatórios completos sobre suas atividades diÁrias, desde quantidade de horas dormidas e passos dados, com possibilidade de cadastrar metas de queima de calorias, por exemplo. O sofware da câmera estÁ entre os mais legais, como jÁ mencionamos.

No restante das modificações do sistema Android, temos a impressão que as mudanças foram feitas apenas para criar uma "identidade Sony" para seus smartphones. As mudanças estéticas e na localização dos elementos não trazem grandes melhorias à experiência com o sistema Android. Como mérito, podemos dizer que ao menos a empresa japonesa não comprometeu o funcionamento do sistema com suas mudanças, felizmente.

O grande mérito do software da Sony é o Stamina, um gerenciador de bateria incorporado no sistema muito eficiente. Ele atua de forma bastante "intrusiva", organizando a forma como os apps utilizam recursos do sistema, como os sensores e a conexão com a internet. Como resultado, temos uma vantagem e um problema. A autonomia do Z3 estÁ entre as melhores que jÁ testamos, como jÁ afirmamos anteriormente. Em contrapartida, alguns softwares podem demorar mais para receber notificações, e alguns podem mostrar novidades apenas se você abrí-los. Felizmente, o app traz bastante possibilidade de ajustes e é só uma questão de encontrar o balanço ideal entre economia e funcionalidade.

O modo Stamina possui até mesmo um modo muito agressivo, o "Ultra Stamina". Com ele, é possível segurar ainda mais a duração de bateria, mas em troca é preciso praticamente abrir mão do aparelho "ser um smartphone". Os apps desaparecem e você fica limitado a usar a câmera, receber mensagens, mexer na agenda e realizar chamadas. É bem restritivo, mas pode te salvar do aperto caso você precise garantir que não vai ficar sem carga. 

Conclusão

Avaliação: Sony Xperia Z3

Design
9.5
Desempenho
9.5
Funcionalidades
9
Camera
9.5
Preço
7

O Xperia Z3, mesmo com o curto ciclo de lançamento em relação ao Z2, traz novidades interessantes. A troca do aparelho anterior por este é algo sem muito sentido, mas isto não é uma exclusividade da Sony: hÁ tempos o ideal é ao menos pular uma geração na hora de atualizar seu smartphone.

O design mais fino e leve tornaram o Z3 um dos modelos com o melhor design disponível, tanto em termos estéticos quanto na própria ergonomia. Seu contra é a traseira "reta", que não é tão encaixada quanto aparelhos com um estilo mais curvado. Por isto é sempre bom pegar ao menos uma vez um aparelho antes de comprÁ-lo, para ver se o formato agrada.

Em termos de performance, o Z3 não estÁ mais no topo da tabela de benchmarks, mas isto significa pouca coisa na prÁtica. Ele ainda é um dos aparelhos mais potentes e eficientes do mercado, capaz de rodar qualquer aplicação sem travamentos, e mesmo o multitarefa é Ágil e eficiente.

A grande questão do Xperia Z3 é seu preço. Ele custa em torno de R$ 2.000, algo que o coloca acima de outros modelos como o LG G3 e o Galaxy S5, que jÁ aparecem por preços próximos de R$1.600 e até mesmo R$ 1.500. No comparativo, uma das poucas vantagens do Z3 é trazer a SmartBand, porém o acessório não é o bastante para justificar o custo mais alto, principalmente entre os que não estão interessados na pulseira inteligente.

Por conta disto, o Xperia Z3 é indicado para quem realmente gostou das suas características, como o design rebuscado, ser à prova d'Água, a ótima duração de bateria, tela e câmera excelentes e o adicional da SmartBand. Porém, por conta de seu preço, é bom cogitar antes os outros aparelhos do segmento topo de linha, como o LG G3, o Galaxy S5 e o até mesmo o recém-lançado Moto Maxx, que estão disponíveis por preço inferior ou semelhante e, como falamos do segmento topo de linha, são todos excelentes smartphones. 

PRÓS
Câmera excelente
Design fino, leve e muito bonito
Ótima duração de bateria
Band é um acessório adicional interessante
Tela excelente com precisão de cores acima dos concorrentes
À prova d'Água e poeira
CONTRAS
Vidro temperado na tampa é mais frÁgil que outros materiais
Formato reto na traseira torna a pegada "menos firme"
Preço acima do de concorrentes
Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.