ANÁLISE: Asus Zenfone 6

ANÁLISE: Asus Zenfone 6

O Zenfone 6 é phablet da Asus com tela de 6 polegadas. Na essência, é muito semelhante ao Zenfone 5, porém com a tela ampliada. Apesar do display maior, a resolução segue sendo HD (720 x 1280p) e as demais especificações são parecidas. Um dos incrementos é a câmera, com resolução aumentada para 13 megapixels.



Xperia T2 Ultra Dual

Lumia 1320

Zenfone 6
Processador
Qualcomm MSM8228
quad-core, 1.4 GHz
Snapdragon 400, quad-core, 1.7GHz Atom Z2560,
dual-core 2GHz
GPU
Adreno 305 Adreno  305 PowerVR SGX544MP2
Armazenamento
8GB (interna)+
32GB (microSD)
8GB (interna) +
 64GB (microSD)
8/16GB (interna)+
64GB (microSD)
Memória RAM
1GB 1GB 2GB
Sistema operacional
Android 4.4 Windows Phone 8.1 Android 4.3
(com upgrade para 4.4.2)
Câmeras
Traseira 13MP /
Frontal 1.1MP
Traseira 5MP/
Frontal VGA
Traseira 13MP/
Frontal 2MP
Tela
6" TFT LCD
800 x 1280
6" IPS LCD
720 x 1280
6" IPS LCD
720 x 1280
Dimensões
165,2 x 83,8 x
7,65 mm
164.2 x 85.9 x
9.8 mm
166.9 x 84.3 x
 9.9 mm
Peso
172g 220g 196g
Bateria
Li-Ion 3000 mAh Li-Ion 3400 mAh

Li-Ion 3300 mAh
LTE

NFC
Dois chips SIM

Preço (20/10/14)
R$ 1.099
R$ 999
R$ 999


Zenfone ainda maior 

Tanto o Zenfone 6 quanto o 5 trazem as mesmas características no design. A traseira é feita em um plÁstico com um material que simula cerâmica muito bem encaixado, os acabamentos são precisos em elementos como os botões e o produto como um todo tem uma ótima apresentação. O Zenfone 6 também compartilha os mesmos defeitos da versão mais compacta, como a falta da retroiluminação nos botões bÁsicos da interface Android, que são fixos e não virtuais, e as bordas do aparelho são bastante largas.

Como resultado de também possuir as bordas largas e do display maior, com 6 polegadas, o Zenfone 6 consegue ser ainda maior que o Zenfone 5. É um aparelho de grandes proporções, praticamente impossível de ser operado com uma mão mesmo por curtos períodos. É o dispositivo que só cabe em bolsos de calças ou bermudas relativamente grandes, logo até mesmo transportÁ-lo pode envolver uma lógica mais complexa - no caso de homens que usem calças mais justas, carregar sempre na mochila ou mesmo adotar o visual das bolsas masculinas. Pela falta de praticidade no manuseio, um smartwatch também é algo a se cogitar na sua lista de compras.

 

- Continua após a publicidade -

Mas é claro que nem tudo é defeitos. A tela gigante traz um benefício importante: uma Área útil para uso de aplicativos e consumo de multimídias. Segurar um aparelho de 6 polegadas próximo do corpo é uma experiência parecida com um televisor dos grandes a alguns passos de você. Consumir vídeos é muito confortÁvel, e apesar da densidade de pixels não ser muito alta, a resolução HD é suficiente para que a experiência com o display não seja comprometida.

Com todo este potencial para multimídias, uma pena que a Asus não investiu mais em alguns recursos para o modelo. O sistema de som é mono e localizado na parte traseira, algo que resulta em uma experiência inferior aos modelos que possuem Áudio estéreo na parte frontal, com o som melhor direcionado. Também não hÁ uma opção com TV Digital, o que acaba matando outra possibilidade de uso interessante para este display.

Os botões físicos, ao invés de usar os digitais, trazem a vantagem de liberar um espaço extra na base da tela, mas a falta de retroiluminação é incômoda, ainda mais que no caso do Zenfone 5. Com uma Área maior de "terra de ninguém" entre os botões físicos na base, é mais difícil achÁ-los em locais escuros.


Ótima performance e autonomia

O Zenfone 6 vem com um processador Atom mais potente que o presente no Zenfone 6, com incremento nos clocks de operação, de 1.6GHz do modelo de 5" que testamos para 2.0GHz. Como resultado, temos scores de 15 a 30% superiores nos benchmarks.

- Continua após a publicidade -

No uso, porém, pouca coisa muda comparado ao Zenfone 5: a interface opera de forma fluída, o multitarefa é Ágil por conta dos confortÁveis 2GB de memória RAM e a experiência com o sistema Android é bem satisfatória. Todos os apps funcionaram sem maiores problemas, e mesmo games mais exigentes rodam fluídos. O Zenfone 6 tem performance - e uma tela bem confortÁvel - para games.

 

Na autonomia, o Zenfone 6 herda uma das características mais interessantes do phablets, talvez até mais interessante que o grande display: a bateria. Com mais espaço, as fabricantes recheiam com mais miliamperes seus dispositivos, e o resultado é um aparelho com maior autonomia. Com um uso intenso, todos os sensores e o 3G ativo de forma constante, o Zenfone 6 fechou o dia com ainda 30% de bateria disponível. Em consumo mais maneirado, ele tem autonomia para encarar dois dias, um resultado bom, mas que não chega a ser excepcional neste mundo dos smartphones-quase-tablets.


Boa câmera

A outra modificação importante em relação ao modelo de 5 polegadas é a câmera. A Asus equipou o Zenfone 6 com um sensor de 13MP. Apesar de fazer bonito na lista de especificações, mais megapixels não quer dizer fotos melhores, e isto fica evidente na comparação entre o Zenfone 5 e 6.

Minhas principais críticas em relação às câmeras dos Zenfones são o balanço de branco meio indeciso, que em alguns momento satura bastante as fotos, e em outros segue uma abordagem "mais realista", e a exposição. O Zenfone se sai muito bem em fotos de baixa luminosidade, por conta da tecnologia PixelMaster, porém além de combinar os pixels para aumentar a luminosidade, ele também aumenta o tempo de exposição. O resultado são vÁrias fotos borradas, caso você não fique firme na hora de bater a foto, ou algo da cena se mova. Alguns smartphones, como Lumias, também usam uma técnica parecida, mas por virem equipados com estabilização óptica (OIS) - o Zenfone não tem - eles sofrem menos os efeitos negativos do obturador "mais lento".


Boa iluminação: Zenfone 5 e Zenfone 6

- Continua após a publicidade -


Pouca iluminação: Lumia 925 e Zenfone 6

A câmera vem com os mesmos recursos do Zenfone 5. O app padrão jÁ vem recheado de funções, como os modos automÁticos que detectam sorrisos para batera foto, modos noturnos, esportivos e até a criação de GIFs é bastante simples com este aparelho. Na hora de filmar, este modelo é capaz de capturar vídeos em até 30fps e resolução FullHD. Em geral, o resultado fica melhor se ativado a estabilização digital da imagem, que reduz a resolução para HD e compensa a falta da estabilização "física".


ZenUI 

Assim como os demais modelos da linha Zenfone, o modelo de 6 polegadas vem com a ZenUI, uma customização geral da interface do Android criada pela Asus. Para o pessoal que curte o Android sem interferência da fabricante, este é um ponto bastante negativo do aparelho, porque o que temos aqui é praticamente uma releitura do Android por parte da Asus.

As alterações não resultaram em uma interface ruim. A Asus usou um visual leve e intuitivo, com bastante imagens e ícones bastante grandes para facilitar a navegação e acesso às funcionalidades. O sistema também opera de forma fluída, mostrando que a nova "cara do Android da Asus", não compromete o desempenho.




Os destaques da ZenUI são o "What's Next", um centralizador dos próximos compromissos que surge jÁ na tela de desbloqueio do aparelho,  o "Do It Later", um app de anotação rÁpidas de coisas a fazer, o "PC Link", que possibilita controlar o smartphone em uma janela no PC, além de uma série de apps para compartilhar multimídias como o "Share Link" e o "Party Link", e também um app que possibilita usar o smartphone como controle remoto do computador através da conexão bluetooth, o "Remote Link".

Existem outros apps que podem realizar muitas destas funções, disponíveis no Google Play, mas não deixa de ser interessante ter estes aplicativos jÁ disponíveis e coerentes com a interface da ZenUI. Esta interface traz também pequenas adições, como um aplicativo chamado espelho (que mostra a imagem da câmera frontal) e um que acende o LED da câmera para utilizÁ-lo como lanterna. Novamente, pequenas adições que estão disponíveis em outros apps, mas que não deixam de serem úteis de estarem no aparelho.


Conclusão

O Zenfone 6 traz muitas das características que vimos no Zenfone 5. É um aparelho com ótima performance, tela de boa qualidade e design com bons acabamentos. Algumas mudanças como a câmera de maior resolução não chegam a trazer um impacto grande na qualidade das fotos, mas continuam situando este aparelho entre os melhores de seu segmento de preço, neste aspecto. O ganho de performance, comparado ao modelo mais compacto, é sempre bem-vindo.

Com seu estilo phablet, ele agrava um pouco uma característica jÁ negativa no Zenfone 5: o seu tamanho. Comparado ao seu equivalente menor, o Zenfone 6 não chega a ter bordas tão largas, mas ainda estÁ entre os maiores e mais pesados phablets do mercado. É um aparelho para quem quer este porte todo, e recomendo muito que teste ele antes de fazer a compra, para ver se vai e adaptar com seu tamanho.

Na parte do preço, ele não conseguiu repetir o feito do Zenfone 5 de "esculhambar" o mercado com um preço abaixo de todos os concorrentes. Seus 999 reais estão próximos do que jÁ vemos neste segmento, logo não chega a se sobressair neste aspecto. No restante, é um phablet com uma ótima experiência do mundo Android, e pode ser uma boa opção para você que busca um smartphone de grande porte.

Zenfone 6 é um bom phablet, mas não traz o mesmo impacto que o Zenfone 5, por conta do preço apenas dentro da média do segmento

 

PRÓS
Bom design e tela
Boa performance
Câmera eficiente em locais escuros
CONTRAS
Pouco portÁtil
Não explora muito a tela disponível
Preço menos competitivo que o do Zenfone 5
Assuntos
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.