ANÁLISE: MSI Z97 Gaming 9 AC

ANÁLISE: MSI Z97 Gaming 9 AC

Como em toda linha de produtos, sempre teremos um que pode ser chamado de melhor, ou o topo de linha; aquele com acabamento, tecnologias e visual acima dos demais, justamente visando mostrar que esse é "o produto". No caso da série Gaming da MSI, esse produto é a placa Z97 Gaming 9 AC, que, além dos gamers, busca conquistar também os entusiastas.

Diferenças entre chipsets Intel Z97 e H97

Destaque para o projeto diferenciado com visual bastante gamer, seguindo o padrão de cores preto e vermelho. A placa possui uma espécie de "carcaça" cobrindo parte dos componentes que torna o visual mais imponente. Ela ainda traz conexão M.2, rede Killer 2200, Wifi, Bluetooth 4.0, suporte a SLI e Crossfire e sistema de Áudio Xtreme Audio DRC / Audio Boost 2, inclusive com tecnologias específicas para melhor qualidade de dispositivos sem fio.


No cenÁrio internacional, a placa custa U$285 dólares (pesquisa feita dia 23/07/2014). No seu lançamento o preço era de U$300; jÁ no Brasil seu preço fica na casa de R$1400.

Fabricação Nacional, aliÁs, montagem
Esse modelo é o único da linha Z97 Gaming que ainda não estÁ sendo fabricado no Brasil, mas dependendo de suas vendas isso pode vir a acontecer em breve de acordo com a empresa. Caso aconteça, estimamos que seu valor possa ficar abaixo de R$1200. Destacamos que a fabricação na verdade é a montagem da placa, sendo que os componentes vem de fora do país, e aqui eles são "chipados" no PCB.

Tecnologias
Abaixo algumas das principais tecnologias da Z97 Gaming 9 AC:

Especificações técnicas da MSI Z97 Gaming 9 AC:
- Suporta processadores 4ª e 5ª Geração Intel® Core™ / Pentium® / Celeron® para soquete LGA 1150
- Suporta memória DDR3-3300(OC)
- USB 3.0 + SATA 6Gb/s + M.2
- Xtreme Audio DAC
- Audio Boost 2
- Killer Ethernet
- USB Audio Power
- XSplit Gamecaster
- Guard-Pro
- OC Genie 4
- Gaming App
- Click BIOS 4
- Multi-GPU: suporte a NVIDIA SLI & AMD CrossFire
- Sound Blaster Cinema 2
- Porta para dispositivos de jogo
- Wi-Fi 802.11ac, Bluetooth 4.0, Intel® Wireless Display

Protetores específicos
A MSI Z97 Gaming 9 AC traz dois protetores - o I/O Cover e o Dragon Armor - que aumentam a vida útil da placa mãe e impede que o sistema sofra interferência eletromagnética.

- Continua após a publicidade -

Porta M.2 com suporte ao adaptador de SATA Express
O usuÁrio tem a opção de escolher qual das duas tecnologias ele irÁ utilizar: a porta M.2 da placa pode se tornar portas SATA-Express com a adição de um adaptador.


Xtreme Audio DAC/Audio Boost 2
Equipada com o chip de som C-Media CM6631A, a placa também conta com o exclusivo sistema Audio Boost 2 da MSI, que fornece alta qualidade de Áudio graças a diversas tecnologias, como o suporte ao Creative Sound Blaster Cinema 2 e à isolação do sistema de Áudio no PCB.

Portas USB específicas para acessórios gamer:
A placa também fornece continuamente um sinal de energia 5V para todas as suas portas USB, assegurando que o usuÁrio tenha a qualidade de Áudio desejada mesmo que todas as portas estejam sendo usadas. A MSI Z97 Gaming 9 também possui portas produzidas especificamente para acessórios gamer como mouses e teclados.

Killer E2200 Game Networking
Outra especificação que merece ser lembrada é a plataforma Killer E2200 Intelligent Networking, que foi produzida para oferecer o mÁximo desempenho para jogos online e streaming.

- Continua após a publicidade -

Especificações para Gamers e Overclockers 
A placa-mãe ainda traz diversas tecnologias que visam o público gamer e overclocker:
- OC Genie 4: botão que dÁ "upgrade" na performance do sistema;
- MSI Gaming App: permite o controle simultâneo do overclocking da placa-mãe e da placa grÁfica;
- Click BIOS 4: a mais nova UEFI BIOS otimizada para Windows.


Abaixo um vídeo de apresentação da placa criado pela MSI:

Fotos
Segue abaixo uma série de fotos da Z97 Gaming 9 AC, modelo que à primeira vista jÁ chama a atenção pelo visual gamer e bastante imponente.

Seguindo o padrão de cores preto/vermelho, adotado para todas as placas da linha, a Z97 Gaming 9 AC chama o destaque também quando a pegamos, claramente desenvolvida com um processo que a torna mais robusta, diferente de modelos tradicionais.

Os acabamentos com dissipadores estilizados, a carcaça plÁstica que protege o painel traseiro e os componentes de Áudio também são os destaques visuais.

- Continua após a publicidade -

Com três slots PCI-Express 16x, a placa tem suporte a Crossfire e SLI, mas com diferenças entre as tecnologias. No caso da tecnologia da AMD, é possível conectar três placas de vídeo ao mesmo tempo, jÁ no caso da tecnologia da Nvidia, apenas duas.

Em se tratando de slots de memória, a placa possui o padrão: quatro com suporte a dual channel. Botões de acesso rÁpido também estão presentes no PCB, power, reset e oc genie, que overclocka "automaticamente" o sistema.

A placa possui 8 portas SATA 3, mas não possui porta nativa SATA Express, uma pena, talvez seja a única tecnologia que faltou, jÁ que ela possui uma conexão M.2. Vale destacar que a MSI comercializa um adaptador M.2 com uma conexão SATA Express, que devia ter sido adicionado junto à placa, diga-se de passagem.

O sistema de Áudio Xtreme Audio DRC / Audio Boost 2 promete melhor qualidade sonora aos gamers. Visualmente, o destaque fica por conta da carcaça que, de acordo com a MSI, além de proteger os componentes também evita interferências sonoras.

Dissipadores estilizados dão o toque robusto ao modelos, sendo eles posicionados sobre os controladores de fases, componentes importantes para o overclock do sistema.

Em se tratando das conexões do painel traseiro, o destaque fica por conta das conexões de Áudio banhadas a ouro e do adaptador WiFi-Bluetooth que não vem fixado na placa: o usuÁrio deve fazer esse trabalho.

Bela placa, com acabamento acima da média, digno de um produto diferenciado que concorre com o que existe de melhor por parte da concorrência.

Abaixo fotos da Z97 Gaming 9 AC ao lado da Z87-GD65 Gaming, placa da geração passada, mas também da linha Gaming.

BIOS
Diferente de outros fabricantes como Asus e Gigabyte, a MSI não fez mudanças visuais na interface de suas BIOS de placas com chipsets Serie 9, que, de forma alguma, é um problema; pelo contrÁrio, em muitos casos esse tipo de mudança só complica algo que em teoria deve ser simplificado.

Abaixo algumas telas da BIOS da placa.

{break::MÁquinas/Softwares utilizados}Abaixo, detalhes sobre o sistema que utilizamos para todas as placas-mãe comparadas, além de informações dos drivers e aplicativos/games utilizados nos testes.

Mas antes, fotos da placa analisada e montada com demais componentes do sistema.

MÁquinas utilizadas nos testes:
Todas os sistemas utilizaram os mesmos hardwares para os testes:
- Processador: Intel Core i7 4790K
- Placa de vídeo: Vídeo integrado do processador
- Memórias: 8 GB Kingston Predator 2800MHz (2x4GB)
- SSD: Corsair Neutron GXT 240GB Sata III
- HD: Seagate Barracuda 2TB SATA III 7200RPM
- Cooler: Cooler Master TPC 812
- Fonte de energia (PSU): XFX ProSeries 850W PSU

Sistema Operacional e Drivers:
- Windows 8.1 64 Bits com Updates
- Intel INF 10.0.14
- Intel HD Graphics Drivers 15.33.19.3540

Aplicativos/Games:
- CineBENCH R15
- MaxxMEM 2.01
- x264 FHD Benchmark 1.0.1
- wPrime 2.10

- 3DMark - Fire Strike (DX11)
- Bioshock Infinite (DX11)
- GRID 2 (DX11)
- Tomb Raider (DX11)

CPU-Z, GPU-Z
Abaixo, telas do CPU-Z e GPU-Z mostrando detalhes da placa-mãe e sistema utilizado nos testes.


Overclock
JÁ que não tivemos grandes mudanças nos chipsets Série 9, temos um cenÁrio muito semelhante ao anterior, com foco em otimizações, especialmente das empresas que desenvolvem as placas-mãe.

Colocamos o Core i7 4790K utilizado trabalhando em 4.7GHz, isso através de forma manual via BIOS, subindo o multiplicador para 47x. O GPU subimos de 1250MHz para 1500MHz, para estabilizar o sistema fixamos a tensão do processador em 1.375v. As memórias mantemos em seu clock mÁximo, 2800MHz via perfil XMP.

Vale destacar que o perfil do OC Genie da placa-mãe para esse processador sobe muito pouco seu clock, de 4.4GHz para 4.5GHz, então não fizemos os testes com essa tecnologia. Abaixo as telas do CPU-Z / GPU-Z após o overclock, além das telas da BIOS com as configurações utilizadas.

Consumo de energia
Fizemos os testes do sistema em modo ocioso e rodando o 3DMark, aplicativo que exige bastante do sistema.

IDLE (Sistema ocioso)
Começamos pelo teste com o sistema em modo ocioso.

Rodando o 3DMark
Quando colocamos os sistema com vídeo integrado rodando o 3DMark, temos os consumos abaixo:

{break::Testes de desempenho}Abaixo temos uma série de testes de desempenho com o sistema, comparando a placa com outros modelos do mercado utilizando os mesmos componentes e fazendo exatamente os mesmos testes, com exceção de overclock, que é diferente em cada placa-mãe/sistema.

CineBENCH R15
Iniciamos os testes de desempenho em aplicações com o CineBench, que testa o processador convertendo uma imagem. 

x264 Full HD Benchmark
Em um teste de conversão de vídeo Full HD, temos os seguintes resultados:

MaxxMEM
O aplicativo MaxxMEM serve para testar o desempenho das memórias. Os testes são do modo "copy".

wPrime
Rodando o wPrime, teste que estressa todos os cores do processador, temos os resultados abaixo:

PCMark 8
Através do aplicativo PCMark 8 temos uma bateria de testes diversos do sistema, sendo um dos melhores para ver o comportamento geral do computador.

Testes com uso do vídeo integrado
Agora vamos aos testes com o vídeo integrado do Core i7 4770K utilizado nos sistemas.

3DMark
Começamos nossos testes com o 3DMark.

BioShock Infinite
Em teste de games, começamos pelo "Bioshock Infinite", o mais recente da franquia, lançado em 2013.

GRID 2
O game de corrida "GRID 2" é um bom exemplo de jogo que roda em alta qualidade grÁfica mesmo em sistemas com vídeo mais modestos, rodando muito bem mesmo com vídeos integrados.

Tomb Raider
Para finalizar os testes em games, vamos ao teste de desempenho do "Tomb Raider".

{break::Conclusão}A Z97 Gaming 9 AC estÁ entre os modelos mais interessantes do mercado para quem busca uma placa topo de linha, especialmente se o interesse são características e tecnologias voltadas a gamers, afinal, ela é uma mainboard da linha Gaming da MSI.

A placa se destaca por trazer uma série de tecnologias importantes para quem pretende montar um sistema visando jogos como principal uso. Os grandes destaques ficam pelo sistema de Áudio, com uma série de tecnologias exclusivas que entregam maior fidelidade sonora, além de efeitos que aumentam a imersão do jogador. Diferente da grande maioria dos produtos concorrentes, que usam chip de Áudio Realtek ALC 1150, a Z97 Gaming 9 AC vem com o controlador C-Media CM6631A além de componentes de alta qualidade, com promessa de melhores resultados sobre concorrência. Também destacamos o chip de rede Killer 2200, que promete maior controle do trÁfego de dados, possibilitando que o sistema de mais atenção aos games e evite "engasgos" durante gameplay online, na pratica, a melhora fica pelo aplicativo de gerenciamento e não pelo chip físico, que pouco melhora em cima de outras boas soluções de Intel e Realtek por exemplo.

Ainda visando tornar o produto mais imponente visualmente, a MSI adicionou uma carcaça plÁstica sobre o painel traseiro e sobre alguns componentes relacionados ao sistema de Áudio da placa. A empresa chama essa carcaça de Dragon Armor, que na prÁtica, apesar de gerar certa proteção, funciona mais como atrativo visual.

WiFi, Bluetooth, Crossfire e SLI também estão presentes nesse modelo, o porém é que é possível conectar três placas de vídeo via Crossfire, mas apenas duas via SLI. De novidade sobre o chipset Z97 temos uma conexão M.2, com suporte a vÁrios tamanho, mas a placa não traz nativamente conexão SATA Express, outra novidade dos chipsets Serie 9 da Intel. Para resolver esse problema a MSI possui um adaptador opcional M.2 para SATA Express, mas o mesmo não acompanha a placa, talvez o único equivoco do modelo para deixar ela completa em se tratando de tecnologias, sem contar as pouco utilizadas conexões Thunderbolt, que também não estão presentes nesse modelo.

Diferenças entre chipsets Intel Z97 e H97
O que é M.2 e para que ele serve
O que é SATA Express e para que serve

A mainboard Z97 Gaming 9 AC da MSI é a mais completa da série Gaming, sendo o modelo indicado para quem pretende montar uma mÁquina gamer com tecnologias diferenciadas e voltadas a jogos, como um sistema de Áudio e chip de rede superior a modelos tradicionais

 

O preço? Em cenÁrio internacional ela foi lançada por U$300 e hoje(25/07/2014 via pesquisa na newegg.com) custa U$285, no Brasil chegou custando em média R$1400, valor alto, mas um pouco abaixo de modelos concorrentes com características semelhantes. Esse é o único modelo da série Z97 Gaming da MSI que inicialmente não estÁ sendo fabricado no Brasil, mas que dependendo da demanda, pode vir a ser nacionalizado. Quando falamos em fabricado, na verdade o correto é dizer montado, sendo que os componentes vem de fora e a placa é "chipada" no país, serviço feito pela Braview.

PRÓS
Ótimo acabamento e componentes de alta qualidade
Visual gamer bastante bonito e imponente
Sistema de som Audio Boost 2 com Sound Blaster Cinema 2
Chip de rede Killer E2200
WiFi e Bluetooth
Conexão M.2
Bom potencial para overclock
CONTRAS
Modelo sem grandes melhorias sobre placas com chipset Z87, não justifica upgrade
Sem conexão SATA Express
Tags
  • Redator: Fabio Feyh

    Fabio Feyh

    Fábio Feyh é sócio-fundador do Adrenaline e Mundo Conectado, e entre outras atribuições, analisa e escreve sobre hardwares e gadgets. No Adrenaline é responsável por análises e artigos de processadores, placas de vídeo, placas-mãe, ssds, memórias, coolers entre outros componentes.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.