ANÁLISE: OCZ Vertex 460 SSD 240GB

ANÁLISE: OCZ Vertex 460 SSD 240GB

Quando analisamos o SSD Vector da OCZ, notamos claramente o cuidado em criar um produto com acabamento acima da média, uma nova proposta da empresa tentando se diferenciar em um mercado cada vez mais concorrido, além é claro da promessa de alto desempenho jÁ característica de produtos da empresa.

Hoje vamos analisar o modelo de 240GB da linha Vextex 460, a mais recente da empresa, que visualmente também tem proposta de um produto com alto acabamento, sempre prometendo estar entre os melhores também em desempenho e tecnologias. O drive utiliza controlador Barefoot 3 M10, mesmo da série Vertex 450. JÁ suas memórias NAND MLC possuem processo de fabricação de 19nm, o mais avançado do momento.



O modelo que estamos analisando pode ser encontrado por US$ 170 em cenÁrio internacional(pesquisa na newegg.com dia 29/04/2014). No Brasil ele estÁ custando cerca de R$1.000, mas seu preço deve cair gradativamente jÁ que se trata de um lançamento por aqui, inclusive com promessa dos produtos da OCZ chegarem em maior escala e com melhores preços com o passar do tempo devido a empresa ser adquirida pela Toshiba.

Lembramos que na semana que passou a Sandisk prometeu para 2017 drives SSD custando 25% do valor cobrado atualmente

Tecnologias

NAND flash de 19nm
A mais recente geração de 19nm do NAND flash promete um desempenho "excepcional" em estações de trabalho, desktops e laptops.

- Continua após a publicidade -

Barefoot 3
O controlador proprietÁrio Barefoot 3 entrega velocidades superiores  a longo prazo.

Performance duradoura
A suíte avançada do gerenciamento de NAND flash para analisar e adaptar dinamicamente quando as células flash se desgastam.

Copie do HD facilmente
Equipado com adaptador desktop de 3,5" e software Acronis True Image para facilitar a transferência de dados de seu HD antigo.

- Continua após a publicidade -

Performance mista superior
Se destaca com ambos os tipos de dados, comprimidos ou não, como multimídia, dados criptografados, arquivos .ZIP e software.

Ultra Slim
O OCZ Vertex possui 7 milímetros de espessura e é compatível com os computadores portÁteis finos mais recentes.

Seguro
Confiabilidade superior com a tecnologia in-house e componentes de alta qualidade com base nas tecnologias mais recentes.

Abaixo temos uma tabela comparando alguns drives de SSD da OCZ, confiram:

Fotos
Abaixo algumas fotos do drive que, em formato tradicional 2.5 inch como a grande maioria dos drives SSDs desktop.

O acabamento do Vertex 460 é muito bom, seguindo o padrão de outros modelos como o Vector. O peso é bem acima de modelos concorrentes, que normalmente utilizam uma carcaça mais simples. A OCZ adotou um material com qualidade superior, também consideravelmente mais pesado.

- Continua após a publicidade -

Nas fotos abaixo temos o Vertex 460 ao lado do Vector, mostrando a semelhança entre os dois. 

JÁ nas fotos abaixo, adicionamos um SX900 da Adata, que possui metade do peso dos drives da OCZ por utilizar um material que remete a qualidade inferior, especialmente no acabamento, não que isso venha a influenciar na pratica para a grande maioria dos usuÁrios.

Testes sintéticos
Abaixo, detalhes completos do sistema utilizado, que é baseado numa mainboard com chipset Z77:

MÁquina utilizada nos testes
- Mainboard Gigabyte GA-Z77X-UP7
- Processador Intel Core i7 3770K @ Stock
- Memórias G.Skill 8GB (2x4GB) ARES @ 1600MHz
- Fonte XFX 850W Black Edition
- Cooler CM TPC 812

Sistema Operacional e Drivers
- Windows 7 Pro 64 Bits com updates
- Intel INF 9.4.0.1017
- Intel HD Graphics Drivers 9.18.10.3165
- Intel Rapid Storage Technology 11.5.4.1001

Aplicativos:
- AS SSD Benchmark 1.x
- ATTO Disk Benchmark 2.x
- HD Tune Pro 5.xx
- PCMark 8

Antes de começarmos com os testes, abaixo temos a tela do CrystalDiskInfo e do HD Tune Pro, com alguns detalhes técnicos do drive.

Firmware
Não foi necessÁrio fazer atualização de firmware, sendo que até a data dos testes, a versão encontrada no drive era a última disponível. Para quem adquirir um SSD, seja esse modelo ou qualquer outro, é recomendado conferir se existe nova firmware e fazer a atualização antes de iniciar o uso. Especialmente porque, para a atualização, o drive não pode ser a base do sistema operacional.

Temperatura
Como comentamos anteriormente, um dos grandes trunfos de um SSD frente a um HD estÁ associado à temperatura, jÁ que o SSD não gera calor. Dessa forma, ele ficarÁ em temperatura ambiente. Isso melhora consideravelmente o sistema onde ele estiver, pois não demanda resfriamento adicional, seja em um gabinete, notebook ou case externo.

AS SSD Benchmark
Começamos nossos testes com o AS SSD Benchmark, software específico para testes de drives SSD, HD etc.

O aplicativo faz uma série de testes em diversas situações de leitura e escrita e no final gera uma pontuação com a média entre todos os testes.

CrystalDiskMark
Com o aplicativo CrystalDiskMark, outro muito famoso para testes de drives, optamos por utilizar o teste "Seq". Abaixo os resultados em modo leitura e escrita.

Abaixo a tela do aplicativo com os resultados, mostrando mais detalhes.

HD Tune Pro
Com o HD Tune, um dos aplicativos de testes de drives mais utilizados do mercado, iniciamos com o teste benchmark em "modo leitura" (read).

Também fizemos teste de desempenho no modo "File Benchmark", que coloca o drive em situação diferente do primeiro teste.

Abaixo, telas do aplicativo com os resultados dos testes:

PCMark 8
O aplicativo PCMark 8 é o mais recente da série PCMark desenvolvido pela Futuremark. Esse teste é um dos mais completos do gênero, e testa o desempenho do drive em uma série de situações, desde conversão de vídeos a carregamento de um game.

Testes prÁticos
Tempo de BOOT (Windows 7 Pro)
Com o software BootRacer, medimos o tempo necessÁrio para inicializar o sistema operacional, um dos principais atrativos de drives SSD. 

Carregando um game
Outro teste interessante é o carregamento de um game. Para isso, utilizamos o Crysis Warhead com teste em cima do mapa "ambush". O conceito do teste foi simples: computar o tempo que levou da hora que clicamos até a hora em que o gameplay começa.

Cópia de arquivo
O teste prÁtico de cópia de arquivos consiste em enviar e receber 16.72GB, organizados em pouco mais de 800 pastas e representando um total de 35 mil arquivos. Utilizando o aplicativo TeraCopy, copiamos as pastas/arquivos do drive analisado para um HD Sata 3 de 2TB, e depois fizemos o processo inverso.

Drive analisado para HD
Nesse teste copiamos as pastas/arquivos do drive analisado para o um HD Seagate Barracuda de 2TB padrão Sata 3. Esse seria o teste de leitura, jÁ que ele não escreve nada no drive analisado.

HD para drive analisado
Invertendo o processo, agora copiamos as pastas/arquivos do HD para o drive analisado, consistindo em um teste prÁtico de escrita, jÁ que os dados estão sendo gravados no drive. 

Conclusão

Conclusão

Avaliação: OCZ Vertex 460 SSD 240GB

Tecnologia
9.0
Capacidade
9.5
Desempenho
9.0
Preço
8.0
Como de costume, mais um ótimo produto da OCZ, empresa que teve sua compra efetivada pela Toshiba no inicio desse ano, mas que deve seguir utilizando o nome OCZ para esses produtos pela força que a marca tem no mercado, sendo pioneira no ramo e que sempre foi sinônimo de produtos de qualidade. Seu controlador, o Barefoot 3 M10, é o mesmo utilizado na série Vertex 450, mas suas memórias NAND MLC possuem processo de fabricação mais refinado, de 19nm, ao contrÁrio de 20nm do Vertex 450.

Como destacado, o Vertex 460 é mais um SSD de ótima qualidade da OCZ, com materiais bem acima da média para produtos desse segmento, não que vÁ fazer diferença na prÁtica, mas visando se diferenciar dos concorrentes é um detalhe que merece ser destacado.

Em se tratando de desempenho, talvez o maior atrativo de um SSD, o Vertex 460 se sai bem na grande maioria dos testes, jÁ que possui boas taxas de leitura/escrita(540/525MB/s), além de bom IOPS (95k leitura / 90k escrita), mas dentro de nossos comparativos não conseguiu se manter sempre no topo, com desempenho irregular em alguns testes. Na prÁtica ele vai atender muito bem, sem que essa irregularidade de desempenho faça diferença alguma, especialmente porque quase sempre ele briga por cima. Vale ainda destacar que o Vector utilizado nos comparativos tem características superiores ao Vertex 460, por logica desempenho superior em alguns testes, mesmo sendo mais antigo.

Excelente qualidade e acabamento, aliado a alto desempenho e durabilidade, esse é o Vertex 460 da OCZ, um ótimo SSD que por se tratar de lançamento ainda tem alto custo

Em cenÁrio internacional, seu custo é de U$170 dólares(pesquisa feira dia 29/04/2014), condizente com um produto com qualidade superior, tanto na parte física como técnica. Vale destacar que fatores como qualidade de memórias NAND e características técnicas do controlador utilizado, fazem bastante diferença com o tempo de uso de um SSD, o Vertex 460 se sai muito bem nesse sentido. Por aqui esse modelo analisado custa em média R$1.000, valor bem salgado, jÁ que temos bons modelos até mesmo da OCZ com mesma capacidade custando cerca de R$700. O atual valor do Vertex 460 por aqui estÁ relacionado a ele ter chego a pouco tempo no país via canais oficiais.

É possível encontrar modelos de mesma capacidade custando a partir de U$110, mas não podem ser comparados a esse modelo analisado sendo que não possuem memórias de mesma qualidade, além de possuírem desempenho inferior.

 

PRÓS
Bom desempenho tanto em leitura como escrita(540/525MB/s);
Alto IOPS (95k leitura e 90k escrita);
Drive promete alto desempenho mesmo com longo tempo de uso;
Excelente acabamento e material, com 7mm de espessura;
Capacidade ótima e suficiente para a grande maioria dos usuÁrios.
CONTRAS
Preço alto frente a outros modelos de bom desempenho;
Dificuldade de se encontrar drives dessa série no Brasil
Assuntos
Tags
  • Redator: Fabio Feyh

    Fabio Feyh

    Fábio Feyh é sócio-fundador do Adrenaline e Mundo Conectado, e entre outras atribuições, analisa e escreve sobre hardwares e gadgets. No Adrenaline é responsável por análises e artigos de processadores, placas de vídeo, placas-mãe, ssds, memórias, coolers entre outros componentes.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.