ANÁLISE: Sony Xperia Z Ultra

ANÁLISE: Sony Xperia Z Ultra

O foblet Xperia Z Ultra, da Sony, é uma versão ampliada do Xperia Z1, um dos smartphones topos de linha da empresa. Com tela de 6.4 polegadas, ele possui os mesmos pontos positivos do telefone: é à prova d'Água, tem proteção contra poeira, bateria potente que não precisa ser carregada todos os dias, 2GB de RAM e um belo acabamento com uma traseira de vidro. Embora seja bonita, porém, a traseira não conta com Gorilla Glass e, assim como o Z1, "risca só de olhar".

Comparativo


Xperia Z Ultra
Galaxy S5
iPhone 5S
Processador
MSM8974 Snapdragon 800, quad-core, 2.2GHz Snapdragon 801,
Quad-core 2.5GHz
Apple A7,
Dual-core 1.3 GHz
Armazenamento

16GB (interna)
64GB (microSD)

16/32GB(interna)
128GB (microSD)

16/32/64GB (interna)
Memória RAM
2GB 2GB 1GB
Sistema operacional
Android 4.3 / upgrade para 4.4 KitKat

Android 4.4 KitKat

iOS 7
Câmeras
Traseira 8MP /
Frontal 2MP
Traseira 16MP / Frontal 2MP Traseira 8MP /
Frontal 1.2MP
Tela
6.4" Triluminus
1080x1920
5.1" Super AMOLED
1080 x 1920
4'' LCD IPS
640 x 1136
Dimensões
179 x 92.2 x 6.5 mm 142 x 72.5 x 8.1 mm
123.8 x 58.6 x 7.6 mm
Peso
220g 145g 112g
Bateria
Li-Ion 3050 mAh Li-Ion 2800 mAh Li-Po 1560 mAh
LTE

HDMI

NFC
Dois chips SIM
Preço (07/04/14)
R$ 1.900,00
R$ 2.599,00
R$ 2.799,00

Design e Tela

Sem dúvida, é um aparelho muito bonito. O acabamento em vidro na parte traseira chama bastante a atenção no primeiro momento. E só. Depois de um tempo você percebe quão frÁgil ela é e quanto risca facilmente. Os arranhões ficam ainda mais visíveis no material brilhante do vidro e acabam com a estética do aparelho.

JÁ a tela, não é tão frÁgil. Ela não possui Gorilla Glass, o que exige um pouco mais de cuidado, mas não risca facilmente. A resolução Full HD é super bem vinda, com 342 pixels por polegada. O display Triluminus e a tecnologia X-Reality aumentam o brilho e a nitidez das imagens e impedem a distorção das cores em diferentes ângulos de visão. O tamanho é mais que suficiente para visualizar vídeos e jogos com qualidade e utilizar a caneta para fazer anotações e desenhos. As bordas, porém, são finas. Então, quando você estiver segurando o aparelho, parte da sua mão pode ser percebida pela tela e executar algum comando involuntariamente.


Um detalhe que chama a atenção é a espessura. JÁ que o aparelho é grande demais para algumas utilidades, ao menos é fino. Ele possui apenas 6,5mm. O peso de 220 gramas também não incomoda. Para um foblet de 6.4 polegadas, estÁ até abaixo do esperado.

Os botões de volume e desligar estão no lado direito do Z Ultra. Porém, o botão power tem um probleminha. Embora seja visível esteticamente, é um pouco imperceptível ao passar o dedo para pressionÁ-lo. Para facilitar o uso, os botões de volume estão abaixo do de desligar, que fica no meio do aparelho. Na parte superior estÁ a conexão para fone de ouvido e as entradas para chip SIM e cartão microSD. A entrada micro-USB estÁ na lateral esquerda superior.


Câmeras e multimídia

O Xperia Z Ultra possui câmera traseira de 8 megapixels e faz fotos à altura da resolução. Elas saem com alguns ruídos, mas oferecem cores fieis e nítidas. O contraste também é bom, embora no modo automÁtico a câmera se perca, às vezes, no balanço de branco e na exposição. Para corrigir esses probleminhas, ela oferece a possibilidade de fazer ajustes manuais e selecionar modos diferentes para ambientes diferentes. Para fotos mais caóticas ou conceituais, o software da câmera possui alguns efeitos do tipo sépia, preto e branco, olho de peixe, com cores mais vívidas etc.



A gravação de vídeos também não decepciona. As imagens saem nítidas, com movimentação fluida. O único problema é que elas podem estourar um pouquinho em dias ensolarados e ficarem com um tom esbranquiçado.

Porém, em relação à câmera hÁ dois problemas. Um é a falta de flash. É inconcebível pensar em um smartphone, mesmo um foblet, com essas especificações - e preço - sem flash. Se um foblet procura adotar recursos de tablet e smartphone, manter a característica "sem flash" da maioria dos tablets foi um erro.

Outro probleminha técnico é a falta de um botão dedicado à câmera e explico o porquê. A Sony vende o Xperia Z Ultra como um aparelho a prova d'Água. E para ilustrar isso, mostra pessoas tirando foto embaixo d'Água, numa piscina, porque ele só é resistente à Água doce. Porém, quando você estÁ com o dispositivo submerso, a tela fica inativa ao toque e não é possível apertar para fotografar. A saída seria, fora d'Água, programar o disparo automÁtico em X segundos, mergulhar e esperar dar o tempo. Mas não é nada prÁtico, certo?

JÁ a câmera frontal não tem nenhum problema. Os 2MP são muito bem aproveitados, ideais para as fotos embaixo d'Água, se não tivéssemos o problema citado acima. Em algumas situações, a foto com a câmera frontal ficou melhor que a traseira. Ambas as câmeras gravam vídeo em 1080p.


Na hora de reproduzir, jogos filmes e outros vídeos a tela é super bem vinda, com uma qualidade excelente, mas o som desagrada. Apesar de os agudos e graves serem bons, os alto-falantes não emitem um Áudio com volume muito alto. Dentro de um carro, ele não foi uma boa opção para reproduzir músicas.

A Sony caprichou na interface dos seus apps multimídia, como o player musical, que normalmente não recebe muita atenção das fabricantes. O Álbum e a galeria de vídeos também estão muito bonitos, colocando em destaque, ao fundo, uma das imagens ou algum dos vídeos da biblioteca. E isso sem perder desempenho. Uma solução diferente e muito legal.

Funcionalidades e desempenho

A Sony teve que disponibilizar algumas funções para justificar o uso da tela exagerada. Uma delas é a opção de utilizar um lÁpis ou caneta como caneta stylus. Com eles é possível fazer desenhos mais precisos no aplicativo "rascunhar" ou, ainda, como forma de entrada em uma mensagem. Você vai escrevendo e o sistema converte em texto nas mensagens, ou em qualquer outro momento que você usaria o teclado. O traço é preciso e surpreendeu bastante. Não é só uma funcionalidade desleixada.

Falando em teclado, ele possui o recurso swipe. Aquele que você arrasta o dedo entre as letras e ele descobre, magicamente, a palavra que você quer. E funciona muito bem.

Outra função legal é a TV digital. O aplicativo busca os canais abertos disponíveis e possibilita que você grave ou programe a gravação de trechos para assistir mais tarde. A transmissão é boa, mas a imagem, dependendo do local, não é de alta qualidade. Para quem gosta bastante de ver televisão, é uma boa pedida, jÁ que aparelhos com esse recurso costumam ser de um segmento mais baixo.

O recurso multitarefa também é eficiente. Acessível ao pressionar o botão virtual da esquerda, ele permite que  você coloque em primeiro plano calendÁrio, alarme, calculadora, captura de tela etc, e configure a utilização de widgets enquanto outras funções continuam em segundo plano.

Todos esses recursos funcionam muito bem, sem lentidão. Embora alguns travamentos loucos do sistema aconteçam, mas isso é o sistema. Pois o hardware é bem eficiente e comprovou isso nos benchmarks abaixo. Deixou os outros aparelhos no chinelo, praticamente. Com exceção do Shield. E tudo isso, com uma excelente autonomia de bateria. No modo econômico, dura até dois dias e meio com uso frequente.





Conclusão

Se o tamanho não for empecilho para você, o Xperia Z Ultra é um aparelho com ótimo desempenho, capaz de rodar vídeos em alta qualidade em uma tela excelente. A câmera também gera imagens com boa qualidade, porém não possui um botão dedicado, o que impossibilita tirar fotos embaixo d'Água, jÁ que a tela fica inativa. O ideal seria acionar o disparo automÁtico fora d'Água e aí mergulhar. A gravação de vídeos também deve ser iniciada do lado de fora.

Ele é muito bonito, mas a traseira de vidro risca facilmente. Apesar disso, é fino e leve. As caixas de som são um problema, por emitirem Áudio com volume muito baixo. O Android 4.3 é bem personalizado, com apps multimídias eficientes da Sony, e recursos multitarefa super funcionais. A autonomia da bateria é excelente. Utilizando direto, uma carga chega a durar dois dias e meio no modo econômico. O aparelho jÁ começou a receber atualização para o KitKat mundo afora. Logo deve chegar por aqui. O preço oficial estÁ elevado: R$2.599,00. Porém, é possível encontrÁ-lo por até, menos de R$2.000,00.


PRÓS
Bonito, leve e fino
Ótimo desempenho
Tela de excelente qualidade
Câmeras geram boas imagens
Boa autonomia de bateria
CONTRAS
Traseira de vidro super fÁcil de riscar
Falta botão dedicado à câmera
Tela fica inativa embaixo d'Água, impossibilitando tirar fotos ou iniciar a gravação de vídeos
Assuntos
Tags
  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.