ANÁLISE: LG G Pad 8.3

ANÁLISE: LG G Pad 8.3

O LG GPad 8.3 é um tablet com tela de 8.3 polegadas, feito para atender quem quer um tablet compacto, fino e com boa qualidade. O modelo foi lançado em setembro, na IFA 2013, e chegou ao país em janeiro, pelo preço de R$ 1.099,00.

Comparativo


LG G Pad 8.3
Asus Fonepad 7
iPad mini Retina
Processador
Qualcomm Snapdragon 600 quad-core 1.7GHz
Intel Atom Z2560 Dual-core de 1.6GHz
Apple A7 dual-core de 1.3GHz
GPU
Adreno 320
PowerVR SGX544MP2

PowerVR G6430
Armazenamento
16GB (interna)  + até 32GB (microSD)
8/16/32GB (interna) + microSD
16/32/64/128GB (interna)
Memória RAM
2GB
1GB
1GB
Sistema operacional
Android 4.2
Android 4.3 (Jelly Bean)
iOS7
Câmeras

Traseira 5MP / Frontal 1.2MP

Traseira 5MP / Frontal 1.2MP
Traseira 5MP / Frontal 1.2MP
Tela
FullHD IPS LCD 8.3” (1920x1200)
LED IPS 7.0' (1280 x 800)
LED IPS 7.9' (2048x1536)
Dimensões
216,8 x 126,5 x 8,3 mm
196.8 x 120 x 10,55 mm
200 x 134,7 x 7,5 mm
Peso
355g
328g
331g
Bateria
Li-ion 4600mAh
Li-polymer 15Wh
Li-Po 23.8Wh
Preço (28/02/14)
R$1.099,00
R$999,00
R$1.499,00

Design e Tela

O G Pad possui um design fino e leve, com tela de 8.3 polegadas. Ele possui um formato bastante estreito e alto, mais próximo dos smartphones do que de outros tablets na proporção 16:9. Por conta disto, ele pode ser segurado com apenas uma mão, mesmo por quem não possui dedos muito longos, diferente de modelos mais largos como o iPad Mini. Seu peso é um pouco maior, principalmente se você comparar com modelos mais portáteis com tela de 7 polegadas, mas não dá para considerá-lo um "trambolho".

A tela ocupa praticamente toda a parte frontal, e os acabamentos em branco e prata metalizado são elegantes e bonitos. O maior defeito é a facilidade de sujar o material plástico na parte traseira, algo normal em gadgets na cor branca. Na lateral direita temos o botão de trave e destrave da tela e os controles de volume. No topo está a porta onde é inserido o cartão microSD e entrada para fone e, por fim, a conexão microUSB fica na parte de baixo.

- Continua após a publicidade -

Em termos gerais, o LG G Pad 8.3 tem uma ótima aparência, muito mérito de seu bom acabamento, que traz a sensação de ser bem construído, e a qualidade da tela usada. A LG manteve o nível de qualidade de display que vimos no LG G2, com uma ótima tela IPS de resolução FullHD, com cores bastante vivas (saturadas) e bastante contraste. A tela é um dos principais responsáveis pelo conforto do uso deste aparelho, que apesar de não estar no mesmo patamar do iPad Mini com Tela Retina, tem uma imagem mais que satisfatória.

Câmera e Multimídia

Como acontece em outros tablets, este gadget não foi pensando como sua câmera primária. Equipado com um sensor de 5MP sem flash na traseira, e câmera de resolução 1.2MP na parte frontal, ele é capaz de te salvar em alguma situação emergencial, onde você não tem nenhuma câmera de maior qualidade. As fotos saem com uma boa qualidade se você tirá-las em condições adequadas de luz, e o tablet não se sai mal comparado a concorrentes em condições um pouco mais escuras, mas o granulado ficará bastante visível.



Na hora dos vídeos, a câmera é capaz de gravar em FullHD e, assim como na hora das fotos, não é excepcional, mas consegue uma qualidade básica e poderá ser suficiente para uma situação em que você não tiver um aparelho melhor disponível.

Na hora de assistir a vídeos, o G Pad 8.3 se sai muito bem por conta de sua ótima tela e seu sistema de som. Localizado na parte traseira, as caixas de som do tablet possuem uma boa intensidade sonora e nitidez, considerando a pouca espessura do aparelho

Funcionalidades e Desempenho

Do ponto de vista da perfomance, o LG G Pad 8.3 foi mais econômico do que no restante dos componentes. Enquanto que em sua tela e design ele traz características próximas aos topo de linha, seu processador é o um pouco mais discreto Qualcomm Snapdragon 600. Apesar de não estar entre os mais potentes, ele está longe de ser um gargalo, conseguindo rodar de forma satisfatória todas as aplicações. Seu uso geral é fluído, mas em alguns momentos específicos dá para perceber uma ligeira lentidão, quando manipulamos muito rápido uma página de internet ou no game Plants vs Zombies 2, que nitidamente roda com mais frames no iPad Mini (o de primeira geração, não o Retina).

- Continua após a publicidade -

O G Pad 8.3" traz algumas funções adicionais interessantes na interface, criadas pela LG. Uma delas possibilita "armazenamenos" até três aplicativos através do deslizar de três dedos para a lateral. Basta deslizar novamente no sentido oposto para que apareçam os apps "minimizados", tornando esta uma forma muito ágil de multitarefa. O QSlide é um recurso que explora o bom espaço de tela utilizando apps em modo "janela", sem ocupar a tela toda. Assim é possível abrir uma calculadora ou uma página de internet mantendo ao fundo o e-mail, ou mesmo exibir um vídeo em uma porção da tela e ter outro app rodando no restante do display.

Outro app bem interessante e que explora o infravermelho presente no aparelho é o QuickRemote, que já conhecemos lá na análise do LG G2. Ele tem uma função muito interessante: se tornar um controle remoto universal, e não apenas de sua sala, mas de toda a casa, organizando controles úteis de acordo com cômodo da casa. 

A autonomia deste aparelho está dentro do que vemos em outros aparelhos com o mesmo perfil. Seus 4600mAh são capazes de manter o gadget longe da tomada por até três dias sem problemas, enquanto que mesmo sob uso pesado, com muitos games, vídeos e navegação da internet, ele tem fôlego para um dia inteiro atividades intensas.

Conclusão

O G Pad 8.3 é uma ótima opção para quem busca um tablet de porte intermediário e prático. Seu formato mais estreito garante que praticamente qualquer pessoa consiga segurá-lo apenas com uma mão de forma confortável, diferente do mais espesso iPad Mini.

O design e a tela trazem a sensação de usar um modelo topo de linha, com um display de qualidade e materiais resistentes e bonitos, em um gadget com medidas finas e leves. Seu maior gargalo é o processador, o Snapdragon 600, que não chega a competir com os chips mais potentes, mas também não irá decepcionar na maior parte das atividades. Para os entusiastas de games, o iPad  Mini com Tela Retina segue com uma opção bem mais interessante, por conta de seu chip A7 e uma biblioteca mais vasta.

Com preço de R$ 1.099,00, este tablet é uma opção excelente comparado a outros modelos do segmento e, apesar de não fazer frente ao iPad Mini com Tela Retina em aspectos como performance e tela, os componentes que equipam este tablet serão o suficientes para uma boa parcela do público, que não demanda por altíssima performance ou displays com muita resolução, e quer apenas um bom tablet Android com design de qualidade e uma boa tela.

LG G Pad 8.3 é uma ótima opção para quem busca um tablet Android bom design, confortável de segurar mesmo com uma mão, uma tela com boa qualidade e performance intermediária, pronto para atividades cotidianas como abrir e-mails, navegar na internet e rodar vídeos

 

- Continua após a publicidade -


PRÓS
Ótima tela
Design bonito com bons acabamentos
Formato mais alongado facilita para segurar com uma mão
CONTRAS
Performance intermediária, pode engasgar em alguns games
Tags
  • Redator: Diego Kerber

    Diego Kerber

    Formado em Jornalismo pela Universidade Federal de Santa Catarina (UFSC), Diego Kerber é aficionado por tecnologia desde os oito anos, quando ganhou seu primeiro computador, um 486 DX2. Fã de jogos, especialmente os de estratégia, Diego atua no Adrenaline desde 2010 desenvolvendo artigos e vídeo para o site e canal do YouTube

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.