ANÁLISE: Gigabyte G1.Sniper A88X

ANÁLISE: Gigabyte G1.Sniper A88X

Recebemos da Gigabyte a placa-mãe Sniper A88X, modelo compatível com processadores(APUs) socket FM2 e FM2+ da AMD, jÁ com suporte aos novos modelos da linha Kaveri (ex.: A10-7850K).

Confira nossa anÁlise do processador AMD A10-7850K

A placa-mãe, assim como todos os demais modelos da linha Sniper, tem foco no público gamer, que procura um produto mais estilizado e com características de uso em games. Um exemplo diferenciado dessa mainboard estÁ sobre seu Áudio com tecnologia AMP-UP, que possibilita ao usuÁrio a troca do "chip" amplificador de Áudio entre outras funcionalidades.


Tecnologias by GYGABYTE
Abaixo algumas das principais tecnologias com detalhamento delas na própria placa através da imagem abaixo:


Série Gigabyte G1-Killer
A G1.Sniper A88X faz parte da série de placas-mãe Gigabyte G1-Killer, que possuem foco em games. Os destaques da linha são as tecnologias de Áudio, o suporte a múltiplas GPUs e o sistema de resfriamento.



Suporte a AMD CrossFire
Com suporte ao mais recente PCIe 3.0, a mainboard permite a utilização em conjunto de até 2 placas de vídeo da AMD. 


- Continua após a publicidade -

Suporte a AMD Dual Graphics Technology
A placa-mãe possui suporte a AMD Dual Graphics Technology, que permite que os usuÁrios melhorem o desempenho dos grÁficos 3D ao adicionar uma GPU da série AMD Radeon HD 6000 (ex: Radeon HD 6670/6570/6450, etc.) no sistema.. A tecnologia permite que os jogadores juntem o poder de processamento dessa placa de vídeo com o de uma GPU integrada.

Sistema de resfriamento
A placa-mãe Gigabyte G1.Sniper A88X possui um sistema de heatsink, que promete refrigerar Áreas-chave da placa-mãe, como a Área PWM e o chipset.

Gigabyte on/off charge

A Gigabyte oferece a tecnologia "On/Off Charge", que deixa os usuÁrios carregarem a bateria dos seus dispositivos Android ou iOS através da porta USB, mesmo quando o PC estÁ desligado.

Gain Boost, Áudio AMP-UP, e Audio Noise Guard
Assim como outras placas da série G1-Killer, a G1.Sniper A88X possui o socket OP-Amp onboard, que pode ser trocado caso o usuÁrio queira personalizar o Áudio com outros OP-Amps disponíveis no mercado. Além disso, hÁ a tecnologia Gain Boost, que permite ao usuÁrio selecionar entre os modos de amplificação de 2.5x ou 6x, dependendo dos alto-falantes ou headphones que estejam sendo usados.

- Continua após a publicidade -

JÁ a tecnologia Audio Noise Guard ajuda a proteger e isolar o processador de Áudio Realtek ALC898 e os amplificadores onboard de interferência eletroestÁtica. Por último, a G1.Sniper A88X usa componentes alta qualidade banhados a ouro, que melhoram a conectividade e a durabilidade da porta USB DAC-up e dos conectores de Áudio.


Um fusível por porta USB
Cada entrada USB da G1.Sniper A88X possui um fusível dedicado, o que faz com que, mesmo que um dos fusíveis tenha queimado, as outras 3 portas continuem funcionando.

Fotos
Abaixo uma série de fotos da placa, como outros modelos da série Sniper, nas cores preto e verde limão predominantes.

Apesar de ser uma placa destinada a APUs, em teoria voltada a quem procura montar um sistema de custo mais baixo, ela possui diversas características diferenciadas, com projeto bem interessante, como componentes banhados a ouro e até a possibilidade de se trocar o amplificador de Áudio, dando uma opção de personalização para melhorar a "qualidade" sonora para os mais exigentes. 

- Continua após a publicidade -

 

BIOS
Abaixo algumas telas da BIOS, que diferente das placas mais recentes com chipset Intel, ainda é baseada no visual antigo. Na verdade, na versão anterior, não na atual utilizada em placas com chipset Intel série 8, por exemplo.

Ela é uma boa placa para quem procura overclockar o sistema, mas com algumas opções inferior ao modelo A88X-Pro, da Asus, que também passou pela nossa redação e foi utilizada nos comparativos grÁficos. Os perfis pré-programados de overclock estão presentes e podem ajudar os usuÁrios iniciantes ou mesmo os mais "preguiçosos".

Abaixo algumas telas da BIOS da placa.

{break::MÁquinas/Softwares utilizados, CPU/GPU-Z}Abaixo, detalhes sobre o sistema que utilizamos em todas as anÁlise de placas-mãe com mesma série de chipset, além de drivers e aplicações utilizadas nos testes.

Antes algumas fotos do sistema montado. Reparem que a Gigabyte implementou um "led" verde limão passando pela parte de trÁs da placa que liga quando o sistema estÁ funcionando.

MÁquinas utilizadas nos testes:
Todas os sistemas utilizaram os mesmos hardwares para os testes:
- Processador: AMD A10-7850K
- Memórias: 8 GB AMD 2133MHz (2x4GB)
- SSD: Corsair Neutron GXT 240GB Sata III
- HD: Seagate ST2000DM001 2TB SATA III 7200RPM
- Cooler: Cooler Master AMD FX Box
- Fonte de energia (PSU): XFX ProSeries 850W PSU

Sistema Operacional e Drivers:
- Windows 7 64 Bits com Updates
- AMD Catalyst 14.1

Aplicativos/Games:
- CineBENCH R15
- MaxxMEM
- x264 FHD Benchmark 1.0.1
- wPrime 2.10

- 3DMark 11 (DX11)
- Aliens vs Predator (DX11)
- BioShock (DX11)
- GRID 2 (DX11)
- Tomb Raider (DX11)

CPU-Z, GPU-Z
Abaixo, telas do CPU-Z e GPU-Z mostrando detalhes da placa-mãe e sistema utilizado na anÁlise.


Consumo de energia
Fizemos os testes do sistema em modo ocioso e rodando o 3DMark, aplicativo que exige bastante do sistema.

IDLE (Sistema ocioso)
Começamos pelo teste com o sistema em modo ocioso.

Rodando o 3DMark
Quando colocamos o sistema com vídeo integrado rodando o 3DMark, temos os consumos abaixo:

Dual Graphics
Para conferir testes com a tecnologia Dual Graphics, presente em todas as mainboards com chipset A88 da AMD, clique aqui. Vale destacar que para utilizar essa tecnologia a placa de vídeo dedicada precisa ser compatível com a APU que estÁ sendo utilizada no sistema. Para mais informações sobre a tecnologia confira o site da AMD.

{break::Testes com uso do CPU}CineBENCH R15
Iniciamos os testes de desempenho em aplicações com o CineBench, que testa o processador convertendo uma imagem. 

x264 Full HD Benchmark
Em um teste de conversão de vídeo Full HD, temos os seguintes resultados:

MaxxMEM
O aplicativo MaxxMEM serve para testar o desempenho das memórias. Os testes são do modo "copy".

wPrime
Rodando o wPrime, teste que estressa todos os cores do processador, temos os resultados abaixo:

PCMark 8
O PCMark 8 é composto por populares suítes de programas, incluindo os da Adobe e da Microsoft, testando diversos hardwares do sistema, entre eles processador e vídeo, e simulando as principais tarefas executadas no cotidiano do lar e de escritórios.

{break::Testes com uso do vídeo integrado}Agora vamos aos testes com o vídeo integrado.

3DMark
Começamos nossos testes com o 3DMark.

Aliens vs Predator
Em teste de games utilizamos o "Aliens vs Predator" para medir o desempenho do v´deio integrado.

Bioshock Infinite
Abaixo os testes sobre o game BiosShock Infinite em qualidade média.

GRID 2
Rodando o GRID 2 colocamos o game em qualidade alta, confiram:

Tomb Raider
Para finalizar os testes de games, vamos ao teste de desempenho do "Tomb Raider".

{break::Overclock}Para o overclock, aumentamos não apenas o clock do CPU, mas também do GPU integrado. Esse último, resulta em maior mudança em ganho de desempenho em aplicações que utilizam o GPU, como games.

Subimos o clock do CPU para 4.3GHz(300MHz acima do clock Turbo) e do GPU para 850MHz(130MHz acima do clock padrão). Vale destacar que estamos utilizando o cooler BOX dos modelos FX da AMD, desenvolvido pela Cooler Master.

As memórias mantivemos em 2133MHz, clock original do kit que recebemos da própria AMD, inclusive que leva sua marca.

Não fizemos nenhuma mudança de voltagem para o overclock feito. No caso da placa da Asus, conseguimos subir o clock do GPU até 960MHz sem gerar instabilidade no sistema. JÁ na Sniper A88X o mÁximo que conseguimos foi 850MHz, acima disso o sistema reiniciava. Vale destacar que a BIOS utilizada para os testes de overclock foi a versão F8a. Atualmente jÁ estÁ disponível a versão F8b que entre as características estÁ o melhor suporte a overclock.


A variação entre os sistemas existe pelo comportamento diferente de cada marca e modelo quando overclockados, especialmente quando utilizamos perfis pré-programados de overclock, onde cada empresa seta as suas configurações.

Consumo de Energia
O consumo de energia normalmente sofre um bom aumento dependendo do overclock feito, entre os motivos por aumentar a "entrega" de energia ao processador e sistema.


CineBENCH R15
Abaixo o desempenho dos sistemas na conversão de imagem do CineBench.

wPrime
Em um teste que mais vale como validador para o overclock feito, devido estressar todos os cores, temos o seguinte resultado:

3DMark
JÁ no 3DMark, que vai ter maior ganho em overclocks que também aumentem o clock do vídeo integrado, temos os seguintes resultados:

Aliens vs Predator
Em teste de games utilizamos o "Aliens vs Predator" para medir o desempenho do HD Graphics 4600 e dos sistemas comparados.

Bioshock Infinite
Abaixo os testes sobre o game BiosShock Infinite em qualidade média.

{break::Conclusão}A Sniper A88X da Gigabyte, assim como outros modelos da linha, tem um público bastante específico, o público gamer. Seu layout, com cores chamativas, procura atrair quem deseja mostrar o interior do computador. Nesse modelo foi implementado um filete de led na cor verde limão para dar mais destaque ao seu visual. Logicamente, como qualquer produto que se preze, não deixou de lado o suporte a tecnologias. Novamente algumas totalmente direcionadas ao público gamer, como é o caso da tecnologia de Áudio AMP-UP, que possibilita trocar um amplificador de Áudio, além de um seletor entre dois modos de amplificação, uma indicada para fones de ouvido e outra para caixas de som. O chip de Áudio da placa é o Realtek ALC989 com qualidade diferenciada sobre o padrão de mercado.

Suporte às tecnologias Dual Graphics e Triple-monitor também estão presentes na placa, oferecendo algumas opções a mais para usuÁrios exigentes, mesmo que essas tecnologias sejam contra senso para essa plataforma, afinal ainda estamos falando de uma plataforma de médio/baixo custo, ou deveríamos estar.

A qualidade dos componentes utilizados é de primeira linha, com vÁrias conexões banhadas a ouro, entregando melhor desempenho aos equipamentos conectados ao sistema. Assim como outras placas-mãe da Gigabyte, ela traz suporte à suíte de aplicativos da empresa, entre as melhores do mercado, mesmo que ainda atrÁs da Asus, imbatível nessa característica.

Um problema é que o preço das placas com chipset AMD A88X estÁ bem acima de modelos anteriores com suporte às APUs da AMD, especialmente desses modelos mais diferenciados. Isso coloca elas em pé de briga com placas-mãe com chipset Intel Serie 8, inclusive com modelos utilizando chipset Z87, ou mesmo de modelos com chipset AMD 990FX para processadores socket AM3+, como os da série FX.

Sem desmerecer os produtos para socket FM2+ da AMD, a proposta a principio sempre foi ter produtos com bom custo/benefício. A partir do momento que apenas a placa-mãe custa cerca de R$700,00, o sistema passa a ser mais cobrado, como no desempenho de processamento do CPU. Placas-mãe para APUs a princípio não poderiam passar de forma alguma de R$500,00, não com o desempenho de processamento dos CPUs apresentados até o momento, mesmo seu vídeo integrado sendo o que existe de melhor atualmente.

Essas mainboards continuam sendo boas opções, afinal trazem o que existe de melhor para quem pretende montar um sistema baseado em APUs socket FM2 ou FM2+, mas o preço cobrado atualmente perde o sentido de sua criação. Afinal, o valor da mainboard + processador é o mesmo de quem compra um computador pensando em uma placa de vídeo dedicada. Dessa forma, o desempenho do CPU pode fazer mais diferença do que o do GPU. Diga-se de passagem um A10-7850K também é um produto caro, custando entre R$700,00 e R$800,00. O mesmo preço de um Core i5 4670K.

 

PRÓS
Ótimo acabamento
Componentes de alta qualidade
Sistema de Áudio diferenciado
CONTRAS
Preço altíssimo para uma placa-mãe socket FM2+
Tags
  • Redator: Fabio Feyh

    Fabio Feyh

    Fábio Feyh é sócio-fundador do Adrenaline e Mundo Conectado, e entre outras atribuições, analisa e escreve sobre hardwares e gadgets. No Adrenaline é responsável por análises e artigos de processadores, placas de vídeo, placas-mãe, ssds, memórias, coolers entre outros componentes.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.