ANÁLISE: Fractal Design Define R4 Branco com Janela

ANÁLISE: Fractal Design Define R4 Branco com Janela

A Fractal Design é uma empresa de origem sueca, mas jÁ conhecida mundialmente pela qualidade e acabamento de seus produtos.

Por intermédio da MegaMamute(que representa a marca no Braisl), recebemos o gabinete Define R4 na cor branca com janela lateral acrílica, modelo muito bonito que mostra bem o conceito dos produtos da empresa, com bastante cuidado no acabamento e materiais utilizado, além de bom projeto interno em todos os sentidos, organização de cabos, suporte a hardwares, etc.

No Brasil esse modelo estÁ custando pouco mais de R$600, valor considerado dentro da média para um produto desse nível. 

A seguir iremos detalhar o produto analisando e se o mesmo estÁ dentro do que se espera no segmento.

Características
- Janela com material de acrílico para alta redução de ruído;
- Design ModuVent para o usuÁrio escolher entre silêncio ideal ou circulação de ar mÁxima;
- Baias de HD na parte superior podem ser movidas em 90º ou retiradas para maior circulação de ar ou para inserir placas de vídeo de até 430mm de comprimento;
- Três controladores de velocidade das ventoinhas na parte frontal do gabinete com suporte a até três fans;
- Duas ventoinhas R2 da série Silent;
- Corpo mais amplo permitindo, inclusive, a passagem dos cabos por trÁs da placa-mãe;
- Dois SSDs podem ser montados na parte traseira da placa, além dos 8 slots nas baias para HD, possibilitando um total de 10 locais para instalação de SSDs.

Especificações técnicas
- Compatibilidade com placas-mãe ATX, Micro ATX e Mini ITX
- 7 + 1 slots de expansão
- 2 baias de 5.25"
- 8 baias de 3.5" para HDs. Todas compatíveis com SSDs, além de duas posições SSDs extras
- 6 locais para ventoinhas. (Duas ventoinhas R2 da série silent inclusas)
- Coolers para CPU com até 170mm de altura
- PSUs ATX com até 170mm de largura quando a parte traseira para ventoinha estiver sendo
utilizada e PSUs com até 270mm quando a parte não estiver sendo utilizada.
- Placas de vídeo de até 295mm de comprimento com o HD instalado na parte superior. Sem HD instalado, suporta placas de até 430mm.
- 26mm de espaço para passar os cabos por trÁs da placa-mãe.
- Amortecedores de borracha em todos os furos da placa-mãe.
- Cores disponíveis: Pérola negra, cinza titânio e branco Ártico
- Dimensões do case: (LxAxC): 232 x 464 x 523mm
- Peso 12,3 kg

Interface frontal
- Duas portas USB 3.0 e duas portas USB 2.0;
- Entrada e saída de Áudio;
- Botão desligar com led;
- Botão reiniciar;
- Controlador de ventoinha.

Para mais detalhes sobre as especificações do gabinete, clique aqui.

- Continua após a publicidade -

{break::Fotos e Instalação}Abaixo algumas fotos do gabinete, que vem em uma caixa mais "larga" do que modelos normais por ter estrutura levemente maior.

O design busca atrair quem deseja um gabinete mais clean. Só por ser na cor branca ele jÁ gera um visual diferente. Sua porta frontal "escondendo" a frente dos drivers de CD/DVD gera um visual ainda mais limpo na comparação com gabinetes tradicionais.

Outro destaque desse modelo analisado é a janela lateral acrílica, que mostra parte do sistema, interessante para quem possui hardwares robustos, com apelo visual, ou mesmo luzes de LED internas. 

Os materiais utilizados pela Fractal Design são de primeira qualidade, consequentemente seu acabamento é muito bom. O projeto do gabinete busca conquistar quem pretende montar uma mÁquina entusiasta, com suporte a liquid cooler, vÁrios drives de HD/SSD, tudo de fÁcil instalação e manutenção.

- Continua após a publicidade -

Na parte frontal, além da porta, destacamos as portas USB 3.0, que virou padrão de mercado nesse tipo de produto. Existe também um seletor de controle dos FANs do sistema localizado na parte direita das baias de 5.25. 

Internamente o Define R4 é espaçoso, desenvolvido para facilitar a vida do usuÁrio na instalação dos hardwares, alguns deles sem necessidade de ferramentas, leia-se chave philips/fenda. Em algumas partes, como na superior, foi adicionado um material emborrachado que além de reduzir o ruído interno, ajuda a eliminar a trepidação que alguns dos hardwares podem gerar, especialmente FANs.

Falando em FANs, o gabinete vem com dois, na parte traseira e frontal temos um FAN de 14mm da linha Silent R2.

- Continua após a publicidade -

As "tampas" laterais tem bom acabamento e são de fÁcil fixação na estrutura do gabinete. O que chama a atenção novamente é um material emborrachado cobrindo toda a parte da tampa que fica por trÁs da placa-mãe, e toda a parte da outra tampa onde tem tem o acrílico.

Instalação
Para a instalação usamos uma plataforma Intel LGA 1155 com um processador Core i5 3570K e cooler BOX, além de uma placa de vídeo GeForce GTX 680 modelo referência da NVIDIA. Também utilizamos uma fonte de energia não modular da Thermaltake. Isso nos dÁ a noção de espaço interno para organização de cabos, afinal uma fonte modular se diferencia justamente por possibilitar colocar apenas o que for utilizar.

O processo de instalação é bastante simples. O gabinete é espaçoso e com bastante possibilidades para organizar os cabos internamente, jÁ padrão em gabinetes desse porte e que torna o processo de instalação e organização interna prÁtico.

Após prender a placa-mãe, instalamos um drive SSD e depois a fonte de energia. Para instalar drives de SSD e HD basta utilizar as "gavetas", facilitando o processo de encaixe.

Instalamos uma GTX 680 modelo referência da NVIDIA, pelo seu tamanho o gabinete suporte placas de alto desempenho, inclusive os modelos maiores como uma GTX 690.

O gabinete possui um material onde a fonte é fixada para ajudar novamente com a questão de trepidação, assim como nas tampas laterais. Na parte traseira, boas possibilidades para prender e organizar a fiação, com a ajuda das presilhas que acompanham o gabinete.

Com o gabinete todo montado, temos uma mÁquina com belo design e imponente ao mesmo tempo. Na última foto mostramos como fica a parte superior frontal quando a mÁquina estÁ ligada, com o botão de power iluminado.


{break::Testes}Fizemos alguns testes de temperatura com o gabinete analisado comparando com os resultados apresentados por outros modelos utilizando o mesmo sistema com um Core i5 3570K e cooler BOX, mais a GeForce GTX 680 referência da NVIDIA.

Os testes consistem em medir a temperatura mÁxima do CPU e da placa de vídeo em modo ocioso e rodando algumas aplicações.

Também fizemos um teste overclokando o processador para 4.5GHz. Vale destacar que não fizemos teste de overclock em todos os gabinetes, porque alguns utilizaram uma placa-mãe Mini-ITX com chipset H77, sem suporte a overclock.

Confiram abaixo os testes:

Temperatura CPU
Começamos pelos testes de temperatura do CPU, sendo que as temperaturas foram medidas com o sistema em modo ocioso, rodando o 3DMark 11 e, por fim, o wPrime.

IDLE
O modo IDLE, ou ocioso, consiste em testar a temperatura do sistema quando o mesmo não estÁ executando nada além do Windows aberto, esperando alguma ação do usuÁrio.

3DMark 11
JÁ o 3DMark é um teste que exige tanto o CPU como o GPU, dando a real noção de como o sistema vai se comportar em situação onde a mÁquina é bastante exigida. No caso da tabela abaixo, mostrando a temperatura do CPU.

wPrime
Por fim, o teste com o wPrime estressa o CPU e todos seus cores, sendo um bom teste para ver como fica a temperatura do processador em uma situação extrema. 

Temperatura da Placa de vídeo
Também fizemos testes de temperatura com uma GTX 680 referência.

IDLE
Primeiro o teste em modo ocioso, com o sistema em espera.

3DMark11
Por fim rodando o 3DMark 11 que exige bastante da placa de vídeo.

{break::Conclusão}A conclusão final é que o Define R4 na cor branca com janela acrílica da Fractal Design é um belo gabinete para quem procura um pouco mais de estilo no seu computador de messa, sem abrir mão da questão de suporte a hardwares de ponta, interesse normal de qualquer usuÁrio que procura um produto diferenciado como esse.

O projeto do gabinete foi claramente desenvolvido com cuidado especial no acabamento, design e materiais utilizados visando gerar o menor ruído possível pelo sistema. Internamente, a Fractal Design utilizou materiais emborrachados nas tampas, parte superior e para prender a fonte de energia, visando reduzir o barulho que passa para fora do gabinete, além de diminuir possível trepidação gerada por alguns hardwares do sistema, especialmente coolers e FANs.

Em se tratando de tecnologias, o gabinete possui algumas disponíveis em modelos top e outras padrões, como suporte a liquid coolers e FANs de alto desempenho, além de USB 3.0 frontal. Falando em FANs, esse modelo acompanha dois de 14mm da linha Silent R2, bem silenciosos. Como foi possível conferir nos testes, o comportamento dele foi muito bom no que diz respeito à temperatura interna.

Por ser branco, o cuidado deve ser redobrado, afinal um risco pode estragar todo seu estilo. Outro detalhe relacionado à sua cor, é que ele possui uma "porta" frontal, possibilitando instalar drives de CD/DVD e outros acessórios, como baias de cartões na cor preta, sem comprometer o design, afinal esses drivers e "acessórios" só serão vistos quando a porta estiver aberta.

Outro destaque estÁ em sua lateral acrílica, que deixa visível boa parte do sistema, interessante para quem tem hardwares que se destacam visualmente. 

O preço teve boa queda desde sua chega ao Brasil. Hoje jÁ pode ser encontrado por R$550, dentro da média de um produto diferenciado como este, apesar de ainda ser um valor alto. Sempre lembrando que ele, assim como grande parte dos gabinetes desse nível, não acompanha a fonte de energia.

Assuntos
Tags
  • Redator: Fabio Feyh

    Fabio Feyh

    Fábio Feyh é sócio-fundador do Adrenaline e Mundo Conectado, e entre outras atribuições, analisa e escreve sobre hardwares e gadgets. No Adrenaline é responsável por análises e artigos de processadores, placas de vídeo, placas-mãe, ssds, memórias, coolers entre outros componentes.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.