ANÁLISE: Logitech m600 TouchMouse

ANÁLISE: Logitech m600 TouchMouse

O m600 é um mouse com superfície tÁtil da Logitech que permite rolar, deslizar, voltar e avançar pelas pÁginas em qualquer posição que os dedos estiverem. Lançado em fevereiro, o periférico sem fio é alimentado por uma ou duas pilhas (permitindo a regulagem do peso do mouse. Com uma, fica mais leve, com duas, um pouco mais pesado) e os canhotos podem inverter, tranquilamente, os botões esquerdo e direito com o software Logitech SetPoint.

Pesando 59,5 gramas sem bateria e 107,7 gramas com as duas pilhas, o m600 possui 113,3mm de comprimento, 64,3mm de largura e 29,22mm de altura e vem com um case de tecido para transporte. A garantia do periférico é de três anos.

{break::Design e ergonomia}A superfície em peça única, sem divisões, preta e brilhante, com uns detalhes em cinza que vão das laterais em direção ao centro em degradê, dÁ ao m600 uma aparência moderna e muito bonita. As laterais também são brilhantes, porém na cor cinza. Na base, além do sensor óptico, hÁ o botão para ligar ou desligar o mouse e o compartimento para as pilhas. Como mencionamos na introdução, o periférico da Logitech funciona com uma ou duas pilhas.

Além de bonito, o m600 também é bem confortÁvel. Quem prefere mouses mais altos ou tem a mão grande, pode estranhar na primeira vez que utilizar o produto. Porém, se adaptar ao mouse não é nenhum problema. E, nesse caso, se adaptar não significa "aprender a lidar com o desconforto".

{break::Configurações e funcionalidades}A instalação do m600 da Logitech é bem prÁtica. Ao ligar o mouse e conectar o receptor do sinal sem fio ao computador (o receptor é equipado com a tecnologia Unifying, da Logitech, que permite a conexão de até seis dispositivos com uma transmissor de 2.4 GHz), irÁ aparecer a solicitação para baixar e instalar o software Logitech SetPoint. Através dele serão feitas todas as configurações do mouse, como controlar velocidade do ponteiro, determinar ações dos cliques e verificar a carga das pilhas.

Uma configuração legal, que vale a pena destacar, é a possibilidade de mostrar todas as janelas que estão abertas lado a lado no monitor para alternar entre os aplicativos. Ao dar dois toques no centro do mouse, as janelas irão se dispor da forma abaixo e o usuÁrio poderÁ selecionar qual deseja acessar.

- Continua após a publicidade -

Através do mouse touch também é possível realizar as atividades de voltar, deslizando o dedo sobre a superfície da direita para a esquerda, avançar, fazendo o mesmo movimento da esquerda para a direita, e rolar a pÁgina, deslizando o dedo para trÁs ou para frente, como em mouse comum, mas sem a bolinha.

Apesar de utilizar pilhas, o m600 não consome muito. Estamos utilizando o mouse hÁ mais de um mês e as pilhas continuam com carga total.

{break::Conclusão}O mouse tÁtil m600 da Logitech é um bom periférico, que executa corretamente as funcionalidades que promete. Como é touch, o usuÁrio deve se policiar quanto ao movimento dos dedos em cima da superfície. Um movimento em vão para a esquerda ou direita pode fazer com que ele saia da pÁgina e perca alguma alteração não salva. Isso aconteceu enquanto eu escrevia essa anÁlise.

Apesar disso, o mouse é bonito, elegante e funciona com uma pilha, permitindo deixÁ-lo um pouco mais leve. FÁcil de instalar e com uns recursos personalizÁveis bacana, como a alternância entre aplicativos, o ponto negativo é o preço. Com preço sugerido de R$219,90, ele pode ser encontrado por valores a partir de R$180,00.

- Continua após a publicidade -

PRÓS
Bonito
ConfortÁvel
Função touch funciona como o prometido
Consome pouco as pilhas
CONTRAS
Preço elevado
Assuntos
Tags
  • Redator: José Hüntemann

    José Hüntemann

    Jornalista formado pela Universidade Federal de Santa Catarina, é fascinado por inovações tecnológicas. Gosta de internet, redes sociais, mobiles e futuro dos vestíveis. Mas o que mais lhe impressiona é a tecnologia que busca melhorar a vida das pessoas e não serve apenas como mero acessório. Nos games, é um zero à esquerda, mas está no pódio no campeonato de Just Dance da redação.

O que você achou deste conteúdo? Deixe seu comentário abaixo e interaja com nossa equipe. Caso queira sugerir alguma pauta, entre em contato através deste formulário.